Ricardo Mello e Dadá Vieira são bicampeões do Itaú Masters Tour e Koch é reverenciado

koch-e-mello-peqA 14ª edição do Itaú Masters Tour terminou nesta segunda-feira, com os bicampeonatos de Ricardo Mello e Andrea Vieira. O campineiro conquistou seu segundo troféu, após 2013, ao vencer a etapa de Angra dos Reis ao lado de Thomaz Koch. O mestre de 71 anos encantou o público no Club Med com seu esforço e amor pelo tênis.

Mello e Koch derrotaram Francisco Costa e Roberto Jabali por 6/4, 3/6 e 10-8 no match-tiebreak. “Ele foi fundamental. É sempre uma honra jogar com ele, que tem uma energia incrível. E nas horas difíceis, como ele consegue jogar o melhor dele. No 7-7 ele conseguiu devolver muito bem na paralela”, comentou o campineiro, ex-top 50 do mundo.

O público cantou “Olê, olê, olê, olê, olá, Thomaz, Thomaz” após o fim do jogo. “Foi muito incrível. É algo totalmente inesperado. O pessoal gosta do cara mais velho, o vovô do circuito”, brincou o campeão de duplas mistas em Roland Garros em 1975. “Achava que tinha uma hora que tinha que deixar para a garotada e parar de jogar o circuito. Mas me convenceram a voltar. Se eu não jogo, eu deixo meu corpo um pouco a desejar. Jogando assim, eu me motivo para manter o corpo saudável. Também gosto de jogar, não posso negar, e de estar com o pessoal do Itaú Masters Tour”, acrescentou o maior nome do país na Copa Davis.

Entre as mulheres, Dadá Vieira e Letícia Sobral triunfaram na final contra Luciana Tella e Carla Tiene por duplo 7/5. A atual comentarista da ESPN Brasil voltou a vencer o Itaú Masters Tour após cinco anos. “A Luciana jogou muito bem, fez o jogo ficar difícil. O mais importante foi manter a cabeça no lugar quando elas empataram os sets”, analisou a jogadora de 45 anos. “Eu me divirto muito com os meus amigos da vida toda, mas a competição, não adianta, está na veia. Enquanto eu conseguir jogar, a gente vai continuar”, completou a bicampeã.

Títulos do Itaú Masters Tour 2016 ficam entre Mello, Costa, Dadá Vieira e Tella

mello-e-koch-peqA 14ª edição do Itaú Masters Tour termina nesta segunda-feira, com a definição dos campeões da etapa de Angra dos Reis, disputada no Club Med. Ricardo Mello e Francisco Costa lutam pelo troféu no masculino e Andrea Vieira e Luciana Tella disputam o título entre as mulheres.

Mello joga em Angra dos Reis ao lado do lendário Thomaz Koch. A dupla venceu um duelo muito disputado contra Gabriel Pitta e Givaldo Barbosa, com show do tenista de 71 anos no tiebreak decisivo. O público aplaudiu de pé o desempenho de Koch, que pode ajudar seu parceiro campineiro a conquistar o bicampeonato do Itaú Masters Tour.

“No final, ele (Koch) literalmente me carregou. Nas horas importantes, ele jogou muito firme. É um prazer mais uma vez jogar com o Thomaz, uma honra. Estou muito contente de ter feito dois jogos bons hoje e poder disputar a final amanhã”, afirmou Mello, que foi campeão da competição em 2013. “Com ele (Mello), eu estou acostumado a chegar na final. No Rio, jogamos juntos e fizemos final também. O mínimo que eu posso fazer é dar uma força no final do jogo”, acrescentou Koch.

Francisco Costa, que tenta um título inédito no circuito, alcançou a decisão ao lado de Roberto Jábali. Os dois superaram Adriano Ferreira e João Soares na primeira rodada e Mauro Menezes e Alexandre Simoni na semifinal.

No feminino, as duas candidatas ao título já foram campeãs do Itaú Masters Tour. Andrea Vieira busca o bicampeonato, cinco anos após a primeira conquista, e Luciana Tella tenta um inédito tricampeonato (2013 e 2014). Vieira e Letícia Sobral superaram Renata Dias e Ana Paula Zannoni na primeira semifinal, e Tella venceu Marina Tavares e Sumara Passos ao lado de Carla Tiene.

As partidas deste domingo foram disputadas em quadras cobertas, por conta do tempo ruim em Angra dos Reis. “A quadra estava bem rápida e pode acontecer qualquer coisa. Como foi um set só, por conta da chuva, era preciso ter atenção total. Ainda bem que conseguimos a vitória”, disse Dadá.

O domingo também teve o início do torneio amador, contando com o treinador tricampeão olímpico de vôlei José Roberto Guimarães. Outro grande nome da história do voleibol brasileiro esteve presente no Club Med: Tande deu uma animada clínica da modalidade para cerca de 50 pessoas.

André Sá reencontra amigos e fala sobre nova dupla com Paes no Itaú Masters Tour

sa-itau-masters-tour-peqO duplista mineiro André Sá teve a chance de reencontrar grandes amigos que fez em 20 anos de circuito durante a etapa de Angra dos Reis do Itaú Masters Tour. O jogador de 39 anos está no Club Med para acompanhar a decisão do maior circuito de Seniors da América Latina. A disputa começará no domingo, já que a chuva impediu a realização das partidas neste sábado.

“Tirei foto agora com as meninas, fazia um tempão que eu não as encontrava. A Ana Paula Zanonni é da minha época de juvenil, fazia anos que não via. E os meninos, Ricardo Mello, Júlio Silva, (Alexandre) Simoni, Adriano Ferreira, pessoal mais velho também, Thomaz Koch. É uma festa fantástica. Quero agradecer a Try e o Itaú por terem me convidado, porque está sendo um fim de semana incrível”, disse Sá, que disputou sua quarta Olimpíada neste ano.

Em 2017, Sá jogará com o indiano Leander Paes, de 43 anos, dono de 18 títulos de Grand Slam em duplas e mistas. “O principal da dupla é a questão da química. Os primeiros jogos e torneios serão muito importantes para a gente ter aquele conforto um com o outro. Isso é algo que não tem como saber antes. Tem que jogar, disputar os torneios, por isso vamos começar cedo, já na primeira semana da temporada, em Chennai (na Índia) e depois Auckland (Nova Zelândia), antes do Aberto da Austrália”, comentou o mineiro. Parceiro de Sá em 2016, o australiano Chris Guccione sofrerá uma cirurgia no pé.

Conterrâneos de Sá, Marcelo Melo e Bruno Soares estreiam neste domingo no ATP Finals. Duas duplas se classificam de um grupo de quatro, sendo que Melo e Ivan Dodig, Soares e Jamie Murray e os irmãos Bryan foram sorteados para o mesmo.

“O Finals não tem jeito, vai ser sempre duro. São as oito melhores duplas da temporada. Foi um pouco de azar eles terem saído no mesmo grupo. A gente tem que torcer para os dois se classificarem. O que pode acontecer de pior seria os dois jogando pela mesma vaga. Temos que torcer para isso não acontecer”, afirmou Sá.

Por fim, Sá parabenizou Thomaz Bellucci, que se casou nesta sexta-feira, e espera que o paulista se motive ainda mais como tenista daqui para frente: “É um passo novo na vida dele, um capítulo novo da vida pessoal. A gente torce para que ajude. O casamento às vezes dá um equilíbrio, um balanço dentro da carreira”.

Primeiro dia tem presença de Zé Roberto Guimarães e clínica de beach tennis

Apesar da chuva, o dia inicial da etapa de Angra dos Reis do Itaú Masters Tour contou com muitos convidados e atividades especiais. Treinador de vôlei tricampeão olímpico, José Roberto Guimarães chegou ao Club Med na manhã deste sábado. O tenista Gabriel Pitta deu uma clínica de tênis para crianças e Renata Dias ensinou o beach tennis para cerca de 30 pessoas na praia.

As crianças presentes também participaram de um concurso de customização de camisetas e de um encontro de leitura da iniciativa Leia Para Uma Criança, do Itaú. Os convidados disputaram as partidas do torneio amador nas quadras cobertas e os fãs de videogame participaram de um campeonato do jogo FIFA 2016.

A programação de jogos válidos pelo Itaú Masters Tour começa às 9h30 deste domingo, com William Kyriakos e Nelson Aerts contra Ricardo Mello e Thomaz Koch, Mauro Menezes e Alexandre Simoni diante de Alexandre Hocevar e Júlio Silva, Pablo Albano e Ricardo Acioly versus Gabriel Pitta e Givaldo Barbosa, e Adriano Ferreira e João Soares contra Francisco Costa e Roberto Jábali. As semifinais serão disputadas às 17h no Club Med.

Foto: João Pires/Fotojump

Decisão do Itaú Masters Tour 2016 começa neste sábado em Angra dos Reis

koch-peqMaior circuito seniores da América Latina, o Itaú Masters Tour realiza sua etapa decisiva de 2016 a partir das 16h deste sábado (12), no Club Med, em Angra dos Reis. Vinte e quatro tenistas que marcaram época no tênis brasileiro disputam os títulos masculino e feminino até a segunda-feira (14).

Durante as etapas de Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, os jogadores somaram pontos válidos para o ranking do Itaú Masters Tour. Pablo Albano e Júlio Góes são os líderes no masculino (com 19 pontos) e Andrea Vieira e Sumara Passos são as que mais somaram entre as mulheres até o momento (13). No entanto, muitos pontos estão em jogo em Angra: 18 para os campeões e nove para as vencedoras desta etapa.

Albano joga em Angra com Ricardo Acioly, o “Pardal”, contra Gabriel Pitta e Givaldo Barbosa, às 16h. No mesmo horário, na Quadra Central, Ricardo Mello e Thomaz Koch encaram William Kyriakos e Nelson Aerts. Ainda no sábado, Mauro Menezes e Alexandre Simoni duelam com Alexandre Hocevar e Júlio Silva, e a parceria de Adriano Ferreira e João Soares joga contra Francisco Costa e Roberto Jábali. A disputa da chave feminina começa no domingo.

Andrea Vieira jogará com Letícia Sobral, Ana Paula Zannoni formará dupla com Renata Dias, Luciana Tella será parceira de Carla Tiene e Marina Tavares e Sumara Passos formam a quarta dupla da chave.

Programação de sábado – 12/novembro:

Quadra Central – 16h
William Kyriakos/Nelson Aerts vs. Ricardo Mello/Thomaz Koch
Mauro Menezes/Alexandre Simoni vs. Alexandre Hocevar/Júlio Silva

Quadra 2
Pablo Albano/Ricardo Acioly vs. Gabriel Pitta/Givaldo Barbosa
Adriano Ferreira/João Soares vs. Francisco Costa/Roberto Jábali

Pontuação – Etapa Angra dos Reis

Masculino: 18 pontos para os campeões, nove para os vice-campeões, quatro para os semifinalistas e dois para primeira rodada.
Feminino: nove para as campeãs, quatro para as vice-campeãs e dois para primeira rodada.

Ranking masculino – Top 5
1. Pablo Albano – 19 pontos
2. Julio Góes – 19 pontos
3. Ricardo Mello – 18 pontos
4. Francisco Costa – 18 pontos
5. Gabriel Pitta – 16 pontos

Ranking feminino – Top 5
1. Andrea Vieira – 13 pontos
2. Sumara Passos – 13 pontos
3. Ana Paula Zannoni – 12 pontos
4. Luciana Tella – 12 pontos
5. Mariana Tavares – 8 pontos

Quadro de Campeões – Itaú Masters Tour

2015 – Thiago Alves e Letícia Sobral
2014 – Flavio Saretta e Luciana Tella
2013 – Ricardo Mello e Luciana Tella
2012 – Givaldo Barbosa e Ana Paula Zannoni
2011 – Marcio Carlsson e Andrea Vieira
2010 – Marcelo Saliola
2009 – Marcelo Saliola
2008 – João Soares
2007 – Nelson Aerts
2006 – Danilo Marcelino
2005 – Julio Góes
2004 – Fabio Silberberg
2003 – Fabio Silberberg

Etapa paulista do Itaú Masters Tour deixa ranking acirrado para a decisão em Angra

masters-tour-paineiras-peqCom os títulos conquistados neste domingo na fase paulista do Itaú Masters Tour, Ricardo Mello, Júlio Góes, Ana Paula Zannoni e Sumara Passos encostam nos líderes da temporada antes da etapa final. Os campeões do maior circuito seniores da América Latina em 2016 serão definidos entre 12 a 14 de novembro, em Angra dos Reis.

No Clube Paineiras do Morumby, em São Paulo, Mello e Góes venceram a chave masculina com vitória sobre Roberto Jabali e Mauro Menezes, por 6/3 e 6/4. Góes brincou que o parceiro parecia um “lobisomem” em quadra, acertando winners em todos os cantos da quadra.

“Fiquei muito contente por ter vencido. É um prazer enorme jogar com o Meca. Ele faz o jogo ficar divertido, descontraído e flui muito melhor. Agora a briga ficou boa para o Master. Vamos ver se eu consigo vencer o geral mais uma vez este ano”, disse Mello, que agora tem 18 pontos, um a menos do que os líderes Góes e Pablo Albano.

Entre as mulheres, Ana Paula Zannoni e Sumara Passos superaram Luciana Tella e Renata Dias por 7/5 e 6/3. Sumara agora está empatada com Andrea Vieira na liderança do ranking, cada uma com 13 pontos, e Zannoni tem os mesmos 12 pontos de Tella. Marina Tavares e Vanessa Menga vêm logo atrás, com 8. “Agora a gente embolou o meio de campo. Assim que é bom”, afirmou Zannoni.

Este foi o quarto título em cinco participações de Zannoni em São Paulo, mas, neste ano, ela havia perdido duas finais antes deste fim de semana. “Joguei duas etapas, tinha sido vice de duas. Queria ser campeã antes de Angra. Chegar com três vices lá, a moral ia ficar meio baixa”, brincou.

As chaves da etapa de Angra dos Reis contam com 16 tenistas no masculino e oito no feminino, juntando os melhores colocados no ranking com outros jogadores escolhidos pela organização. As três primeiras etapas do Itaú Masters Tour foram realizadas em Brasília (DF), Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ).

Foto: João Pires/Fotojump

Kyriakos/Albano e Dadá/Sumara são campeões na etapa do Rio do Itaú Masters Tour

Masters Tour peqA terceira etapa do Itaú Masters Tour 2016 foi finalizada neste domingo, no Clube dos Caiçaras, no Rio de Janeiro, com títulos de Pablo Albano e William Kyriakos no masculino e de Andrea Vieira e Sumara Passos no feminino. O maior circuito seniores da América Latina retorna entre 9 e 11 de setembro para a quarta e penúltima fase, no Clube Paineiras do Morumby, em São Paulo.

Albano e Kyriakos marcaram duplo 6/3 contra Thiago Alves e Ricardo “Pardal” Acioly na decisão. “Nunca havia jogado com o Pablo. Todos aqui jogam muito bem, mas o que esse cara joga de duplas deixa qualquer um à vontade. Sem pressão alguma”, comentou Kyriakos. “Depois de tantos anos é muito legal se encontrar na quadra e desfrutar. Quase perdemos na primeira rodada, estávamos perdendo por 6/1 e 4/1, já estávamos na ducha. Mas seguimos com alegria”, completou Albano.

Na final feminina, Andrea Vieira e Sumara Passos derrotaram Patrícia Medrado e Luciana Tella com parciais de 6/1 e 6/3. Dadá venceu mais uma etapa, após triunfar em Curitiba com Vanessa Menga. “Vamos tentar um outro campeonato. Um por vez, sem pressa”, afirmou Vieira, que ficou contente por finalmente desencantar no Rio: “Foi a primeira vez que eu ganhei aqui. Cinco anos jogando esta etapa e precisei da Sumara me carregando para vencer”.

Já Sumara comemorou sua primeira campanha de destaque no Itaú Masters Tour nesta temporada. “Estou muito feliz porque saí da ‘lanterninha’. Claro que ganhei um super presente por jogar com uma parceira que ganhou Angra ano passado, Curitiba agora, estava cheia de confiança. Ela me botou lá para cima”, comentou a tenista.

Dadá acredita em Djokovic e Serena em Wimbledon

Depois de jogar muito bem no Itaú Masters Tour, Vieira agora parte para a cabine de transmissão da ESPN Brasil, canal que transmite o torneio de Wimbledon a partir de 27 de junho. “Wimbledon é um torneio completamente diferente dos outros, por ser na grama, acontecem muitas zebras neste piso. Às vezes um jogador muito bom não gosta de jogar na grama e outros que estão abaixo conseguem fazer resultados melhores”, analisou.

Apesar de saber que pode haver surpresas, Dadá acredita nos líderes do ranking para o título do Grand Slam inglês. “Mas continuo achando que a Serena Williams tem muita chance. O Novak Djokovic vem de um título de Roland Garros, que ele nunca tinha vencido, vem com toda confiança. O Roger Federer tem perdido nos últimos torneios na grama, mas também pode chegar. Mas eu vou de Serena e Djokovic. É sempre difícil falar antes (risos)”, complet

Foto: Nelson Toledo/Fotojump

Dadá Vieira e Vanessa Menga buscam o bi do Itaú Masters Tour no Rio de Janeiro

Dadá Vieira peqCampeãs da 2a etapa do Itaú Masters Tour 2016 em Curitiba, no mês de maio, Dadá Vieira e Vanessa Menga chegam ao Rio de Janeiro em busca do bicampeonato do Itaú Masters Tour. A competição acontece no próximo final de semana, de 17 a 19 de junho, no Clube dos Caiçaras, na capital fluminense.

As duas não jogaram a etapa inaugural em Brasília e por esta razão estão atrás de Marina Tavares no ranking do circuito que está totalmente embolado. Quatro jogadoras estão empatadas em segundo lugar, com seis pontos: Ana Zannoni, Luciana tela, Vanessa Menga e Dadá Vieira.

“Toda vez que entro em quadra é para ganhar. Brincadeiras a parte, falou play todo mundo quer vencer, e a única etapa que nunca ganhei foi a do Rio, já fui três vezes vice. Mas gosto de jogar lá. Sacar, com o cristo lá no fundo é muito bonito e inspirador”, falou Dadá.

Outro jogador que também bateu na trave nas duas primeiras disputas e corre atrás do primeiro título é Marcio Carlsson. Vice em Brasília e semifinalista em Curitiba, o catarinense quer sair da quinta colocação no ranking e chegar mais perto da liderança.

“Sempre tento fazer o meu melhor, mas o circuito está cada vez mais acirrado!! E difícil prever o resultado, mas um título no Rio, viria de bom agrado!!”

Carlsson e Dadá Vieira são ex-atletas de Larri Passos e aproveitam as disputas do Itaú Masters Tour para relembrar os velhos tempos de circuito e de convívio com o técnico que levou Gustavo Kuerten a número 1 do ranking mundial.

Os dois contam como foi trabalhar com Passos e a intimidade dos treinamentos, que pouca gente conhece.
Tudo está no vídeo publicado no canal da Try no Youtube.
Veja no link: https://youtu.be/aZwIzOCiR4o

Os jogos do mais tradicional circuito de seniors da América Latina começam nesta sexta-feira e seguem até domingo, no Clube dos Caiçaras, Av. Epitácio Pessoa, s/n – Lagoa – RJ

Ranking do circuito até o momento:
Masculino
1- Adriano Ferreira 13 pts.
1- Alexandre Simoni 13 pts.
2- Francisco Costa 12 pts.
2- Gabriel Pitta 12 pts.
5- Marcio Carlsson 09 pts.

Feminino
1- Marina Tavares 07 pts.
2- Luciana Tella 06 pts.
2- Ana Zannoni 06 pts.
2- Vanessa Menga 06 pts.
2- Dadá Vieira 06 pts.

Foto: João Pires/ Fotojump

Adriano Ferreira/Francisco Costa e Dadá Vieira/Vanessa Menga vencem etapa de Curitiba do Itaú Masters Tour

Masters Tour - Curitiba peqA segunda etapa do Itaú Masters Tour 2016 terminou neste domingo com títulos de Adriano Ferreira e Francisco Costa no masculino e de Andrea Vieira e Vanessa Menga no feminino, no Graciosa Country Club, em Curitiba. A próxima disputa será no Rio de Janeiro, no Clube dos Caiçaras, entre 17 de 19 de junho.

Ferreira e Costa superaram na decisão Alexandre Hocevar e Pablo Albano com parciais de 6/2 e 7/6(5). “Todo mundo aqui é experiente. Por mais que a gente passe a ser um pouco mais favorito com o passar dos jogos, os adversários sempre acham uma maneira de deixar o jogo duro e hoje não foi diferente. Jogamos bem no primeiro set, no segundo eles conseguiram manter saque a saque, mas no tiebreak mantivemos a calma e ganhamos”, comentou Costa.

Nas últimas duas semanas, Costa foi muito lembrado pela imprensa pela partida que disputou contra Novak Djokovic em 2004 em Budapeste, na qual fez 6/0 no atual número 1 do mundo, mas acabou perdendo o jogo. “Foi um jogo especial para mim, estava parando de jogar. Foi o primeiro torneio que ele ganhou. Já tive uma boa impressão dele naquele dia, ele era muito maduro na quadra. Comentei com amigos que tinha enfrentado um futuro craque, sabia que ele brigaria no topo. E o resto todo mundo viu”, disse o campeão.

Ferreira agora lidera o Itaú Masters Tour 2016, empatado com Alexandre Simoni, o campeão de Brasília. “Sempre quando o primeiro set é elástico, o segundo set endurece, é uma lei do tênis praticamente. A situação em Curitiba favorecia muito nosso estilo de jogo, usamos muito o saque. Perdi na estreia na etapa de Brasília, mas esse título pode me botar na briga pelo circuito”, comentou.

Na decisão feminina, Vanessa Menga e Andrea Vieira derrotaram Ana Paula Zannoni e Eugênia Maia por duplo 6/1. Campeã em 2011 do Itaú Masters Tour, Dadá saiu com o título em sua primeira participação no circuito nesta temporada. “A gente sempre gosta de vir e rever os amigos, mas pela vida que tivemos, somos muitos competitivos. É sempre legal ganhar um título, mas estou pensando mais em vir, jogar e me divertir. Ganhando é melhor ainda”, disse Vieira.

Já Menga tem como objetivo principal ser a campeã do Itaú Masters Tour pela primeira vez. “Agora vai. Estou jogando há anos, vou começar a treinar mais agora para poder de repente levar o título do circuito”, afirmou a jogadora. “Jogamos bem, começamos um pouco mais regulares do que ontem. Hoje já entramos mais seguras, elas erram um pouco, mas a Dadá jogou muito no fundo e eu na rede também”, analisou a campeã Pan-Americana de duplas em 1999.

A liderança do Itaú Masters Tour no feminino está com Marina Tavares, que foi campeã em Brasília e participou da semifinal em Curitiba, com sete pontos. Empatadas na segunda colocação estão Ana Paula Zannoni, Luciana Tella, Andrea Vieira e Vanessa Menga.

O dia também foi de comemoração para Thiago Alves, campeão do Itaú Masters Tour em 2015 e vencedor do Pro-Am em Curitiba, que celebrou seu aniversário de 34 anos ao lado dos jogadores da etapa de Curitiba.

Confira ao longo da próxima semana várias entrevistas exclusivas com os tenistas do Itaú Masters Tour: youtube.com/grupotry.

Calendário – Itaú Masters Tour 2016
Etapa de Brasília
29 de abril a 1 de maio – Clube do Exército (DF)

Etapa de Curitiba
20 a 22 de maio – Graciosa Country Club (PR)

Etapa do Rio de Janeiro
17 a 19 de junho – Clube dos Caiçaras (RJ)

Etapa de São Paulo
9 a 11 de setembro – Clube Paineiras do Morumby (SP)

Etapa de Angra dos Reis
11 a 15 de novembro – Club Med Rio das Pedras (RJ)

Foto: João Pires/Fotojump

Simoni conquista bi em Brasília e Pitta vence primeiro título no Itaú Masters Tour

Itaú Masters Tour peqO paulistano Alexandre Simoni conquistou neste domingo seu segundo título consecutivo em Brasília no Itaú Masters Tour, ao lado de Gabriel Pitta. O maior circuito seniores da América Latina realizou a primeira etapa de sua 14a edição no Clube do Exército da capital federal e retorna entre 20 e 22 de maio, em Curitiba.

A dupla campeã derrotou na final Fábio Silberberg e Márcio Carlsson por 6/2 e 7/6(6). “Sempre gostei de jogar em Brasília, desde a época do profissional, conseguia bons resultados. Meu parceiro ajudou bastante, sacou demais, ainda mais aqui que a bola anda muito. Deu tudo certo, estou feliz, bicampeão. Quem sabe tricampeão ano que vem”, afirmou Simoni.

“Foi um final de semana excelente com os amigos. Sou muito grato à Try e ao Itaú por organizarem o circuito”, acrescentou Pitta, que venceu seu primeiro troféu no Itaú Masters Tour. Os dois campeões somam 12 pontos e os vice-campeões deixam Brasília com seis pontos cada.

Na decisão feminina, Luciana Tella e Marina Tavares derrotaram Ana Paula Zannoni e Carla Tiene com parciais de 7/6(7), 4/6 e 10-8 no super tiebreak. As campeãs largam na frente na luta pelo título do Itaú Masters Tour 2016.

“Confesso que não esperava. Vim sem expectativa e acho que isso ajudou. Machuquei o pé antes de vir e não sabia se daria para jogar. Cheguei totalmente desencanada e pensei ‘estou no lucro’. Acabou dando certo”, afirmou Tella, campeã do Itaú Masters Tour em 2013 e 2014.

Tavares também reconheceu que não estava em seu melhor momento fisicamente, mas comemorou a vitória em Brasília. “Vim sem ritmo de jogo e não deu para treinar tanto quanto queria. Mas a Lu é extraordinária e já tinha sido minha parceira na minha estreia no Tour. Começamos com o pé direito este ano”, comentou.

Calendário – Itaú Masters Tour 2016

Etapa de Brasília
29 de abril a 1 de maio – Clube do Exército (DF)

Etapa de Curitiba
20 a 22 de maio – Graciosa Country Club (PR)

Etapa do Rio de Janeiro
17 a 19 de junho – Clube dos Caiçaras (RJ)

Etapa de São Paulo
9 a 11 de setembro – Clube Paineiras do Morumby (SP)

Etapa de Angra dos Reis
11 a 15 de novembro – Club Med Rio das Pedras (RJ)

Foto: João Pires/Fotojump

Alexandre Simoni e Carla Tiene disputam final do Itaú Masters Tour em Brasília neste domingo

Tiene - Itaú Masters Tour peqOs campeões da primeira etapa do Itaú Masters Tour 2016 serão definidos na manhã deste domingo, no Clube do Exército de Brasília. A decisão masculina terá Alexandre Simoni e Gabriel Pitta contra Fábio Silberberg e Márcio Carlsson, logo após o duelo entre Carla Tiene/Ana Paula Zannoni e Luciana Tella/Marina Tavares, que tem início às 9h30.

Simoni e Pitta derrotaram o vencedor do circuito em 2015, Thiago Alves, e João Soares com parciais de 6/7, 6/1 e 10-3 no match tiebreak neste sábado. O campineiro Ricardo Mello também parou na semifinal ao lado de Givaldo Barbosa. A parceria foi eliminada por Márcio Silberberg e Carlsson por 7/5 e 6/4.

“Nosso mestre Márcio esta jogando demais. Nao poderia esperar um parceiro melhor. Eu sinceramente estou muito contente com a minha atuação, principalmente no saque, mas o meu parceiro está jogando muito. Estamos confiantes”, disse Silberberg, campeão das duas primeiras edições do Itaú Masters Tour, em 2003 e 2004.

Os finalistas passaram por uma estreia dura no match tiebreak na sexta-feira e agora estão a uma vitória do título. “A gente teve um jogo bem difícil ontem, jogando em quadra coberta, tem um pouco de altitude, a quadra fica bem rápida também. Hoje foi um jogo novamente decidido em detalhes. Estamos muito contentes em fazer a final logo na primeira etapa”, completou Carlsson.

Na chave feminina, Carla Tiene e Ana Paula Zannoni superaram Paula Camara e Beth Villani por 6/4 e 6/1. “Fazia um bom tempo que eu não jogava, senti um pouco a falta de ritmo. Mas eu adoro jogar, é gostoso estar competindo novamente. Do primeiro set para o segundo já teve uma boa evolução”, afirmou a ex-capitã do Brasil na Fed Cup.

Há três anos, Tiene e Zannoni conquistaram a etapa de Brasília. Suas adversárias, Luciana Tella e Marina Tavares, venceram de virada Sumara Passos e Renata Dias, por 5/7, 6/4 e 10-8. Tella foi a campeã do Itaú Masters Tour no feminino em 2013 e 2014.