Del Potro vê Federer sacar pro jogo, mas vira o 3º set e conquista seu 1º Masters 1000 em Indian Wells

Em uma final emocionante, com match points desperdiçados dos dois lados, Juan Martin Del Potro conquistou o título do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

O argentino superou na decisão deste domingo o suíço Roger Federer, em três sets, com parciais de 6/4 6/7(8) e 7/6(2).

Com um início muito bom, Del Potro deu poucas chances ao nº 1 do mundo e só enfrentou break points no final do 2º set, mas levou ao tiebreak e teve match points antes de Federer igualar a partida.

No terceiro set, Federer pareceu melhor, chegou a sacar pro jogo no 5/4, abriu 40/15, mas não conseguiu fechar a partida. Em seguida, o argentino levou ao tiebreak e triunfou.

Campeão do US Open de 2009 e com uma carreira marcada por lesões, Del Potro conquistou seu primeiro título de Masters 1000. Atual nº 8 do mundo, ele garantiu com o resultado uma subida de duas posições, indo ao 6º lugar.

Del Potro e Raonic vencem e se enfrentam na semi em Indian Wells. Federer encara Coric

Neste sábado, serão disputadas as duas semifinais do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, primeiro da temporada, disputado no piso duro.

A primeira partida terá Roger Federer em quadra, que segue em busca do seu sexto título no torneio. O suíço terá pela frente o croata Borna Coric, nº 49 do mundo. Os dois já se enfrentaram uma vez, na semi do ATP de Dubai, em 2015, quando o nº 1 do mundo venceu por 6/2 e 6/1.

A outra semi foi definida depois de dois jogos disputados nesta sexta-feira, com equilíbrio e decididos em três sets.

No primeiro deles, Milos Raonic superou o local Sam Querrey por 7/5 2/6 e 6/3. Depois, Juan Martin Del Potro virou sobre Philipp Kohlschreiber, com parciais de 3/6 6/3 e 6/4.

Os dois já se enfrentaram três vezes, com duas vitórias do argentino, sendo o confronto mais recente na semi do ATP de Delray Beach, no ano passado, com vitória de Del Potro.

Federer vence Chardy e reencontra jovem Chung nas quartas do Masters 1000 de Indian Wells

Definidos os primeiros classificados para as quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Nesta quarta-feira, o jovem sul-coreano Hyeon Chung continuou mostrando seu bom desempenho ao bater com certa tranquilidade o uruguaio Pablo Cuevas, em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/3.

Nas quartas, ele terá pela frente simplesmente Roger Federer, que fez dois sets equilibrados, mas passou pelo francês Jeremy Chardy por 7/5 e 6/4.

Os dois se enfrentaram uma vez no circuito, neste ano, na semi do Australian Open, quando o suíço vencia por 6/1 e 5/2, antes de Chung desistir.

Kevin Anderson foi ao tiebreak do terceiro set pra superar o espanhol Pablo Carreno Busta e agora vai tentar manter a invencibilidade de três partidas diante do croata Borna Coric, que venceu o norte-americano Taylor Fritz, também em três sets.

Bruno Soares e Jamie Murray perdem nas oitavas do Masters 1000 de Indian Wells

Depois de Marcelo Melo, que perdeu na estreia com Lukasz Kubot, Bruno Soares também está eliminado do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Em partida equilibrada, válida pelas oitavas de final, o mineiro e o britânico Jamie Murray foram superados pelo luxemburguês Muller e o norte-americano Sam Querrey, com parciais de 7/5 6/7(4) e 10/2.

Bruno e Jamie, que defendiam a semifinal no torneio, seguem agora para o Masters 1000 de Miami, também no piso duro, onde pararam nas quartas de final no ano passado.

Chung elimina Berdych e vai às 8ªs em Indian Wells. Federer vence sérvio com tranquilidade

Foram conhecidos os primeiros classificados para as oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells, o primeiro Masters 1000 da temporada, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Roger Federer, pentacampeão do torneio, não teve grandes dificuldades pra superar o sérvio Filip Krajinovic em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/1, marcando confronto com o francês Jeremy Chardy, que passou pelo compatriota Adrian Mannarino.

Uma das principais surpresas do dia foi a eliminação de Tomas Berdych pelo sul-coreano Hyeon Chung, que venceu por duplo 6/4. Agora, ele encara o uruguaio Pablo Cuevas, que vencia o terceiro set contra o austríaco Dominic Thiem por 4/2, quando viu o jogador europeu abandonar depois de torcer o tornozelo.

Nesta terça-feira, Juan Martin Del Potro, cabeça de chave nº 6, busca sua vaga nas oitavas em confronto diante do espanhol David Ferrer, com o confronto direto entre eles indicando um empate em 6×6.

Depois de eliminar Novak Djokovic, o japonês Taro Daniel joga contra o argentino Leonardo Mayer, enquanto o canadense Milos Raonic joga contra o português João Sousa, que vem embalado por vitória sobre Alexander Zverev.

Djokovic perde na sua volta ao circuito. Federer e Thiem jogam nesta 2ª em Indian Wells

Depois da vitória sobre Federico Delbonis, que foi completada apenas no domingo, Roger Federer volta a jogar nesta segunda-feira, buscando vaga nas oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

O nº 1 do mundo terá pela frente o sérvio Filip Krajinovic, nº 28 da ATP, que vem de vitória sobre o norte-americano Mitchell Krueger. O confronto será inédito.

Também nesta segunda-feira, destaque para a partida entre o austríaco Dominic Thiem e o uruguaio Pablo Cuevas, além do jogo entre o experiente tcheco Tomas Berdych contra o jovem sul-coreano Hyeon Chung.

No domingo, o destaque ficou pra derrota de Novak Djokovic, na sua volta ao circuito. O sérvio foi superado na segunda rodada pelo japonês Taro Daniel, com parciais de 7/6(3) 4/6 e 6/1.

Outro favorito que não passou pela segunda rodada foi o alemão Alexander Zverev, cabeça 4, que perdeu para o português João Sousa por 7/5 5/7 e 6/4.

Melo e Kubot perdem na estreia em Indian Wells. Soares e Murray jogam nesta 2ª por vaga nas 4ªs

Marcelo Melo e Lukasz Kubot foram eliminados do Masters 1000 de Indian Wells, na Califórnia, nos Estados Unidos. Neste domingo (11), a dupla – cabeça de chave número 1 do torneio – parou diante dos espanhóis Roberto Bautista-Agut e David Ferrer, que marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/4, em 1h10min.

Vice-campeões no ano passado na Califórnia, Melo e Kubot voltam suas atenções agora para o Masters 1000 de Miami, que começará no dia 21 deste mês. Foi a primeira partida que Melo disputou após a lesão muscular no glúteo, que o tirou do ATP 500 de Acapulco, no México.

“Sabíamos que teríamos um jogo muito duro, pois os adversários jogaram bem os torneios que não pudemos estar. Entramos bem preparados, mas faltou um pouco de ritmo. Vamos continuar a preparação como deveria, para seguir adiante, e retomar a confiança que tínhamos  até o Australian Open e Roterdã. Com certeza, Miami será melhor, pois teremos mais tempo para treinar. Agora, é corrigir os erros. Mesmo perdendo, foi um bom jogo e tivemos algumas chances”, analisou Melo.

Nesta segunda-feira, Bruno Soares e Jamie Murray entram em quadra pela segunda rodada do torneio, valendo vaga nas quartas de final.

O mineiro e o britânico terão pela frente a dupla de sacadores formada pelo luxemburguês Gilles Muller e o norte-americano Sam Querrey.

Atual campeão, Federer estreia na madrugada de domingo em Indian Wells, contra Delbonis

O sábado, mais precisamente já a madrugada de domingo, será o dia da estreia de Roger Federer no Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Cabeça de chave nº 1 e atual campeão, o suíço terá pela frente, já na segunda rodada, o argentino Federico Delbonis, que bateu o norte-americano Ryan Harrison na estreia.

Os dois já se enfrentaram uma vez no circuito, no saibro do ATP de Hamburgo, em 2013, quando o argentino levou a melhor em dois tiebreaks, garantindo vaga na final.

Além do título de 2017, o nº 1 do mundo tem outras quatro conquistas do torneio.

Outros bons jogos estão marcados pra esse sábado, como entre Dominic Thiem e o jovem e talentoso grego Stefanos Tsitsipas, além da partida entre Grigor Dimitrov e Fernando Verdasco.

Soares e Murray estreiam com vitória em Indian Wells. Melo e Kubot, cabeças 1, estreiam no sábado

Bruno Soares e Jamie Murray estrearam com vitória no Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Na noite desta sexta-feira, os dois, cabeças de chave nº 4, passaram pela dupla formada pelo alemão Philipp Petzschner e o austríaco Dominic Thiem, com parciais de 6/3 e 6/4.

Agora, eles aguardam os vencedores da partida entre Rohan Bopanna/Edouard Roger-Vasselin e Gilles Muller/Sam Querrey.

Quem estreia neste sábado é o outro brasileiro na chave, Marcelo Melo, que forma a cabeça de chave nº1 com o polonês Lukasz Kubot. Os dois terão pela frente os espanhóis Roberto Bautista-Agut e David Ferrer.

Melo e Kubot dividem a liderança do ranking mundial individual de duplas da ATP. Depois do Rio Open, no Rio de Janeiro, Melo não pode disputar o ATP 500 de Acapulco, no México, por causa de uma lesão muscular no glúteo. A partir de então, iniciou tratamento e está pronto para a primeira rodada nos Estados Unidos.

Federer bate Wawrinka e conquista o penta em Indian Wells

Federer - Indian Wells 2 peqRoger Federer segue em grande forma e, neste domingo, conquistou o título do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Pra se tornar pentacampeão do torneio, Federer bateu na final o amigo e compatriota Stan Wawrinka, nº 3 do mundo, com parciais de 6/4 e 7/5.

Durante sua campanha, o suíço passou por Rafael Nadal nas oitavas de final, em grande atuação, e não perdeu um único set durante toda a competição.

Esse foi o segundo título de Federer no ano, que foi campeão também do Australian Open e, com isso deve assumir a 6ª colocação do ranking da ATP, ganhando duas posições.

“Foi mais uma semana de conto de fadas. Espero que meu corpo me permita continuar a jogar. Fiquei muito triste quando não pude jogar aqui no ano passado. Estar aqui é um sentimento bonito, é um dos meus torneios favoritos, que vim pela primeira vez há 17 anos. Estar aqui novamente como campeão é uma sensação incrível.” afirmou Federer após a partida.