Jovem norte-americana de 15 anos, vice de Roland Garros, conquista o título da Copa Gerdau

Anisimova peqAtual vice-campeã, a norte-americana Amanda Anisimova seguiu à risca seu plano para o 34º Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, apresentado por Gerdau e Itaú: com apenas 15 anos, chegar ao título da categoria 18 anos feminina. Na manhã deste domingo, na quadra principal da Associação Leopoldina Juvenil, a cabeça de chave número 1 do torneio venceu na final a conterrânea Sofia Sewing, sétima pré-classificada, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1, em apenas 1 hora e 10 minutos de partida.

Sob sol e calor ainda mais intensos com o fim do horário de verão, ambas as finalistas entraram em quadra nitidamente sentindo o cansaço e a pressão. Com trocas de bola sempre rápidas e muitos erros não forçados de ambos os lados, o jogo seguiu lento até o quinto game, quando uma devolução no contrapé deu a Anisimova a primeira quebra de serviço. A vantagem não durou muito, com Sewing devolvendo a quebra logo no game seguinte com uma paralela certeira. Anisimova só voltou a passar à frente no placar no 11º game, com um voleio indefensável, e em seguida sacou para fechar a parcial em 7/5.

No segundo set, Sewing mostrou-se bastante abatida pelo calor, enquanto o repertório de golpes de Anisimova passava a se mostrar mais eficiente em quadra. A americana filha de pais russos venceu no serviço de Sewing no terceiro e quinto games com erros não forçados da adversária, e aproveitou o primeiro match point que teve também no serviço da compatriota no sétimo game para fechar a série e a partida em 6/1.

“Estou me sentindo incrível, não consigo descrever em palavras como me sinto neste momento”, declarou, sorridente, a campeã após a partida. “Acho que a essa altura o calor já não me incomoda tanto, já estou mais acostumada, então me concentrei em jogar da melhor maneira para vencer.” Sobre sair com o troféu de Porto Alegre após ter ficado com o vice-campeonato no ano passado, Anisimova confirma ter um gostinho especial. “Com certeza é muito especial, foi para isso que vim, para ganhar, então a sensação é maravilhosa.”

Nos próximos dias, a campeã segue em Porto Alegre treinando para duas competições que a manterão em solo brasileiro até a metade de março: Anisimova vai disputar dois torneios profissionais da ITF, a Federação Internacional de Tênis, com premiação de US$ 25 mil cada, um em Curitiba, a partir de 27 de fevereiro, e outro em São Paulo, a partir de 5 de março. Para o restante do ano, a atual vice-campeã de Roland Garros pretende seguir o planejamento do ano passado, disputando os Grand Slam juvenis e alguns torneios profissionais. E quanto a voltar ao Campeonato Internacional em 2018? “Está nos planos, espero voltar”, antecipa a campeã.
Resultado da final feminina dos 18 anos:

Amanda Anisimova (USA/1) d. Sofia Sewing (USA/7) 7/5, 6/1

Foto: Gabriel Heusi