Prêmio IGK comemora 15 anos

O Instituto Guga Kuerten revelou, ontem à noite, o nome dos oito vencedores do Prêmio IGK – A Grande Jogada Social. A 15ª edição do evento reuniu convidados no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis, para conhecer os projetos sociais e de comunicação em destaque no ano. A cerimônia de entrega da premiação foi finalizada com o tricampeão no palco, cantando reggae ao lado dos músicos da “Marley in Camerata”.

Acompanhado por toda a Família Kuerten, Guga assistiu as peças de teatro da APAE e a performance dos bailarinos do IGKDance, grupo de dança dos educandos do Instituto Guga Kuerten. As atrações foram intercaladas com as premiações e agradecimentos às empresas parceiras que apoiam os programas do IGK, fundado há 17 anos.  O objetivo do Prêmio IGK é garantir visibilidade à pessoas e instituições que trabalham em prol da educação com crianças ou desenvolvam projetos para pessoas com deficiência, em Santa Catarina.

“Se a gente olhar para trás para analisar esses 17 anos levaríamos um susto. Mas, fomos, a cada dia, construindo e vivendo esse sonho”, explicou Guga ao lembrar que o Instituto já beneficiou 74 mil pessoas.  “No Prêmio IGK a gente tenta trazer para vocês o que acontece no dia-a-dia dos projetos, um trabalho que é realizado com muita alegria e determinação. Fazemos tudo isso em troca de um sorriso, de um abraço é isso que nos dá energia para ir adiante”, resumiu o líder do ranking profissional no ano 2000.

Antes de encerrar o evento, Guga aceitou o “desafio” dos músicos da Marley in Camerata que desenvolvem projetos de aproximação da música erudita com gêneros populares. No palco, ele interpretou dois clássicos de Bob Marley: One Drop e Three Little Birds, para os 700 convidados que prestigiaram o 15º Prêmio IGK – A Grande Jogada Social.

Confira abaixo a lista dos vencedores:

15º PRÊMIO IGK – A GRANDE JOGADA SOCIAL

– Categoria Jornalismo I: Guilherme Lira – SC Mais / NSC TV
– Categoria Jornalismo II: Marcelo Siqueira – Compreendendo o amigo paralímpico / NSC TV (Florianópolis)
– Categoria Inclusão no Esporte: Cleiton Luiz Tamazzia – Projeto Pernas Solidárias (Joinville)
– Categoria Mobilização Comunitária: Carina Zagonel – Projeto Armário Coletivo (Florianópolis)
– Categoria Ação Educativa Ambiental: Monitoramento Mirim Costeiro (Garopaba)
– Categoria Ação Educativa de Prevenção: APAE de Xaxim – Projeto Concurso de prevenção a novos casos de deficiência através da rádio-novela
– Categoria Inclusão no Esporte: ACIC (Associação Catarinense para o Cego) – Projeto O esporte como estratégia de inclusão
– Categoria Especial: Augusto Delfino – primeiro bacharel em Educação Física, com paralisia cerebral do Brasil

Foto – divulgação…


					

Guga comemora 15 anos de IGK com show de Ivete Sangalo e mais de 10.000 crianças assistidas em SC

Gustavo Kuerten recebeu, na noite de ontem, 900 convidados para apresentar o 13º Prêmio IGK – A Grande Jogada Social, no teatro do CIC, em Florianópolis. A cerimônia que antecipou as comemorações pelos 15 anos de atuação do Instituto Guga Kuerten, criado no dia 17 de agosto do ano 2000, contou com apresentações das APAEs, do Grupo de Dança IGKDance, e foi finalizada com um show da cantora Ivete Sangalo que foi convidada por Guga para participar do evento.

Guga comemora 15 anos de IGK com show de Ivete e mais de 10.000 assistidos em SC

Na abertura, Guga e Alice Kuerten, presidente do IGK, encenaram uma volta ao passado. Em 2000, Guga ainda celebrava o título do bicampeonato em Roland Garros quando a Família Kuerten, depois de colaborações frequentes com a APAE, resolveu criar sua própria fundação. O resgate da história emocionou o público, que pode relembrar um momento emblemático da trajetória do campeão brasileiro que, naquele ano, ainda conquistaria uma façanha inédita, a liderança do ranking mundial da ATP.

Durante o evento foram distribuídas oito premiações para pessoas e entidades que desenvolvem trabalho que promovam ou divulguem a educação com crianças, adolescentes e pessoas com deficiência, mesmo público atendido pelo IGK, nos núcleos do Programa Campeões da Vida e no FAPS (Fundo de Apoio a Projetos Sociais), ação que garante capacitação técnica e recursos financeiros para que as instituições que atendam pessoas deficientes possam melhorar as condições de atendimento em Santa Catarina.

“Quem diria que de uma conversa a três, conseguiríamos transformar um sonho em uma realidade. Um sonho de fazer uma obra, de deixar um pequeno legado de transformar, de compartilhar, mas acima de tudo, de oportunizar pessoas a viverem melhor”, destacou D. Alice, resumindo a atuação do IGK que só no programa Campeões da Vida beneficiou nove mil crianças e adolescentes. Guga seguiu o mesmo tom. “Hoje temos cerca de 400 colaboradores capacitados. O trabalho do IGK é muito mais do que eu poderia imaginar. Conseguimos entrelaçar as pessoas, emocionar e quem sabe surpreender”, declarou o tricampeão de Roland Garros que junto com a mãe e o irmão, Rafael Kuerten, presidente do Grupo Guga Kuerten entregou o prêmio especial para Tiago Moura, que realiza uma projeto social no interior de Pernambuco, levando o tênis para 185 crianças.

Depois das homenagens, foi a vez de Ivete Sangalo subir ao palco. A cantora veio a Florianópolis especialmente para participar do Prêmio IGK e engrossar o coro de parabéns pelo aniversário de 15 anos do Instituto Guga Kuerten. “Não poderia imaginar que eu participaria de uma festa como essa realizada, por um dos maiores atletas do planeta. Contem comigo porque os nossos sonhos são muito parecidos”, declarou Ivete antes de encerrar a noite.

Confira abaixo os vencedores do 13º Prêmio IGK:

– Luiza Martin da Rosa, com a sére de reportagens “Por um mundo mais azul”
– Engenho do Zé, com o projeto social Quintal do Zé
– Escola Municipal do Meio Ambiente de São José, com o projeto “Verdeperto”
– Marcelo Mancha, com a matéria “Nick Skate”
– Claudio de Souza, com o projeto Fênix
– Rafael Hoppe, que desenvolveu o Sistema IGK
– Raquel Pacheco e Luciane Rosa, com o projeto “Doação de órgâos”
– Tiago Moura, com o projeto social que leva o tênis para 185 crianças, no interior de Pernambuco

Guga e Hublot, patrocinadora da Copa da Mundo, fizeram ação pelo Instituto Guga Kuerten

Hublot_Guga-2 peqUma ação beneficente em prol do Instituto Guga Kuerten reuniu, ontem à noite, convidados no Hotel Hublot Palace, no Rio de Janeiro. Homenageado pelo CEO da Hublot, Ricardo Guadalupe, o tricampeão de Roland Garros explicou que o IGK se dedica há catorze anos em garantir a inclusão social para crianças e adolescentes, em Santa Catarina.Guga que está envolvido na produção de sua biografia, ainda sem data para lançamento, reafirmou o compromisso da família Kuerten com o trabalho social. “Nosso objetivo é incentivar as crianças a sonharem”, declarou durante o evento que também contou com a presença de Rafael Kuerten, presidente do Grupo Guga Kuerten e vice-presidente do IGK.

Criado em 2000, o IGK é presidido por D. Alice Kuerten, e utiliza diversas modalidades esportivas como ferramenta educacional nos sete núcleos do programa Campeões da Vida. Cerca de 720 crianças e adolescentes frequentam as atividades oferecidas duas vezes por semana, no contraturno da escola. Além dos educandos, o IGK contribui com instituições sociais que assistem pessoas com deficiência, através do Fundo de Apoio a Projetos Sociais (FAPS).

Embaixador da Hublot que produziu o relógio King Guga Power Bang, Guga comentou os últimos resultados da seleção brasileira. “Jogar uma Copa do Mundo no Brasil, com o apoio da torcida é um privilégio e tanto. Espero que eles continuem em frente, em busca de mais vitórias. O time pode contar com o meu carinho, além da minha torcida”, finalizou.
Foto: Edouard Elias