Quatro brasileiros estão na disputa do quali do US Open. Ghem e Rogerinho jogam nesta terça

Ghem - João Pires peqQuatro brasileiros buscam uma vaga na chave principal do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, disputado no piso duro da cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos. Dois deles já começam a disputa do qualifying nesta terça-feira.

O gaúcho André Ghem começa a sua caminhada já neste primeiro dia de jogos e seu adversário será o argentino Guido Andreozzi. Será a quinta partida entre eles e Andreozzi venceu todas as outras quatro.

Também nesta terça, Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, estreia no quali contra o eslovaco Andrej Martin, em duelo que será inédito.

Na quarta, outros dois brasileiros entram em quadra. João Souza, o Feijão, encara o ucraniano Illya Marchenko, enquanto Guilherme Clezar terá pela frente o russo Alexander Kudryavtsev.

Foto: João Pires

Grupo Guga Kuerten e First.Group anunciam parceria no mercado de e-commerce

O setor de e-commerce no Brasil passa a contar a partir deste ano com uma nova associação para potencializar o crescimento do Tiguana, portal de compras, criado em 2011. O Grupo Guga Kuerten acaba de oficializar a parceria com o First.Group para se tornar sócio do Tiguana (www.tiguana.com.br), com objetivo de ampliar a rede de negócios e atuar no comércio eletrônico.

“O comércio eletrônico tem um potencial de crescimento exponencial, e nossa decisão foi tomada ao acharmos o parceiro certo. Buscamos uma empresa que fosse bem posicionada no e-commerce e que atendesse nossa expectativa que é garantir eficiência no mercado”,  declara  Rafael Kuerten, presidente do Grupo Guga Kuerten.  Com centro de distribuição sediado na Grande Florianópolis, em Palhoça, o Tiguana já nasce com o diferencial de poder satisfazer a expectativa dos clientes em receber os produtos com agilidade.

Para o presidente do First.Group, Natanael Santos de Souza, o Tiguana se tornou referência no mercado porque entre os seus atributos, se destacam: segurança e rapidez proporcionada nas transações; variedade e qualidade de produtos oferecidos; facilidades na armazenagem, distribuição e entrega para todo o território nacional, em especial para o Sul do país, já que conta com centro de distribuição e logística próprio na região proporcionando maior agilidade na entrega, explica. Por este motivo, aliar o Tiguana a outro nome respeitado, como é o caso do Grupo Guga Kuerten com certeza irá fortalecer ainda mais os negócios, complementa Marcelo Galiberne, Sócio-Diretor do Tiguana.

O histórico dos primeiros meses de operação da loja virtual revela dados auspiciosos. Em apenas um ano e meio no mercado nacional, o Tiguana já ganhou o prêmio de Excelência em Comércio Eletrônico do E-bit, em 2012, e este ano pode faturar o segundo prêmio, já que figura entre os finalistas na mesma categoria.

Atualmente o Tiguana está consolidado entre as cem melhores lojas virtuais do Brasil, segundo as avaliações realizadas pelos consumidores virtuais. Esse é um reflexo de toda a estrutura logística, tecnologia, atendimento, comercial e marketing que foi organizada para que possamos entregar a melhor experiência de compra para os nossos clientes, afirma o head da operação Helberty Cunha, que tem longa experiência em e-commerce, com passagens pelo startup do Magazine Luiza e Carrefour.

Com os novos investimentos e apoio de dois grandes grupos empresariais, o Tiguana vai  aumentar o mix de produtos oferecidos ao cliente e ainda criar novas categorias, através de parcerias com fornecedores nacionais e internacionais, além do uso do modelo de marketplace.  O Grupo Guga Kuerten e o First.Group  pretendem apostar alto  em ações de marketing online e também offline para consolidação da marca como referência em e-commerce no Brasil, buscando a liderança nesse mercado.

 

Djokovic estreia com bicicleta arrasadora; Bellucci e Mello avançam sem perder sets

O segundo dia de jogos, válidos pela primeira rodada do Australian Open, foi marcado pelas vitoriosas estreias dos principais cabeças-de-chave do torneio, como Novak Djokovic (1), Andy Murray (4) e David Ferrer (5), e dos tops brasileiros Thomaz Bellucci e Ricardo Mello, que repetem em 2012 suas melhores campanhas neste Grand Slam.

O s&érvio e atual defensor do título em Melbourne começou seu confronto com quebra contra e parcial 2-1 a favor do italiano Paolo Lorenzi (nº 104). Depois de largar atrás no placar, Djokovic despertou e venceu 17 games de forma consecutiva, fechando o jogo em 6/2 6/0 6/0 com 1h32min de duração. O cruzamento das chaves indica o colombiano Santiago Giraldo, atual 56º da ATP, como próximo desafiante do número 1 do mundo.

Murray e Ferrer avançaram sem grandes sustos. O britânico chegou a perder o primeiro para a promessa norte-americana Ryan Harrison, mas recuperou-se prontamente no jogo com 39 winners. A vitória veio com parciais de 4/6 6/3 6/4 6/2. O experiente David Ferrer valeu-se dos 59 erros não-forçados do português Rui Machado, número 1 do ranking challenger em 2011, para avançar com tranquilidade no torneio.

(foto: Ben Solomon/Tennis Australia)

Brasileiros

O saldo da participação brasileira na primeira rodada do Australian Open foi positivo. Thomaz Bellucci e Ricardo Mello venceram em sets corridos, mas João Souza, o ‘Feijão’, foi superado e caiu diante do tenista da casa Matthew Ebden.

O número 1 do País eliminou seu principal algoz de 2011, o israelense Dudi Sela, com 10 aces – já são 34 em 3 jogos neste ano – e parciais de 7/6 (5) 6/4 6/3. Mello, que enfrentou o qualifier espanhol Roberto Baustista Agut, garantiu vaga na segunda rodada ao vencer pela primeira vez na Austrália desde 2005. As parciais do jogo foram duplo 6/4 7/5.

Os australianos lamentaram a precoce eliminação de Samantha Stosur, número 5 do país e atual campeã do US Open. A derrota na estreia foi diante da romena Sorana Cirstea com parciais de 7/6 (2) 6/3. O dia, no entanto, não foi apenas de lamentações para os donos da casa, já que Lleyton Hewitt venceu após 5 meses de jejum no circuito. O ex-número 1 do mundo e finalista do Australia Open bateu por 3×1 a sensação alemã Cedric-Marcel Stebe, campeão da edição de estreia do ATP Challenger Tour Finals (2011), realizado em São Paulo.

Duelos de segunda rodada – Dia 3

Na madrugada desta terça-feira, Rafael Nadal e Roger Federer entrarão em quadra contra dois alemães. O espanhol mede forças com o experiente Tommy Haas, ex-semifinalista do Slam da Ásia e Pacífico em três oportunidades, enquanto o suíço encara Andreas Beck.

O Brasil estará representado nas duplas. Marcelo Melo e Thomaz Bellucci jogam no início da madrugada de quarta-feira o segundo jogo da programação na quadra 5. Os adversários serão o canadense Adil Shamasdin e o alemão Phillip Marx.