Brasil treina na Eslováquia, onde jogará playoff da Fed Cup

A delegação brasileira que disputará a Fed Cup já está em Bratislava, onde irá enfrentar a Eslováquia pelos playoffs do Grupo Mundial II, nos próximos sábado e domingo (20 e 21 de abril). Nesta segunda-feira, um dia após o desembarque na capital do país do leste europeu, as atletas e a comissão técnica fizeram a primeira atividade na AXA Arena NTC, local das disputas.

“Foi um trabalho bom. Como chegamos de uma viagem cansativa, escolhemos conhecer o complexo pela manhã e treinar à tarde, em dois períodos de uma hora. Foi bom para conhecermos as condições de jogo daqui: a quadra é lenta, a bola é lenta. Apesar de ser uma quadra coberta, as condições são mais lentas. Mas, para as nossas jogadoras, é bom, porque todas estão muito acostumadas a jogar no saibro e se sentiram bem aqui”, destaca a capitã Roberta Burzagli.

Para este confronto, a capitã da Fed Cup convocou as mesmas tenistas que venceram o Zonal Americano: Beatriz Haddad Maia (124º do ranking da WTA), Carolina Meligeni Alves (354ª), Gabriela Cé (441ª), Luisa Stefani (446ª) e Thaísa Pedretti (672ª). Elas superaram Argentina (2 a 1), Chile (3 a 0) e Porto Rico (2 a 1). Na final contra o Paraguai a vitória foi por 2 a 0.

Nesta segunda-feira, Carolina, Gabriela, Luisa e Thaísa fizeram trabalhos físicos e bateram bola na arena dos confrontos. Bia Haddad Maia, que no sábado fez a semifinal do WTA de Bogotá, na Colômbia, se juntará à delegação para os treinos a partir de quarta-feira.

Depois da derrota por 4 a 0 para a Letônia em confronto pelo Grupo Mundial II, a Eslováquia mudou sua convocação e chamou as melhores atletas ranqueadas do país. O capitão Matej Liptak terá as tenistas Dominika Cibulkova (33ª), Viktoria Kuzmova (46ª), Magdalena Rybarikova (68ª) e Anna Karolina Schmiedlova (105ª). Em Bogotá, na última semana, Bia Haddad Maia superou Schmiedlova por 2 sets a 0: 7/6 (3) e 7/6 (6).

“Teremos uma grande semana pela frente. Tivemos uma boa recepção, com todo o processo muito bem planejado pela organização. A quadra já está pronta, com condições extremamente adequadas para um confronto deste porte, e permitindo que a Roberta e sua comissão técnica possam desenvolver bem o trabalho”, frisa Eduardo Frick, gerente de Eventos e Esportes da CBT e chefe de delegação.

A equipe brasileira tem atividades programadas para todos os dias da semana. Na sexta-feira será realizado o sorteio dos confrontos desta fase da Fed Cup, com a definição da ordem dos jogos de sábado e domingo.

Além da capitã Roberta Burzagli, a comissão técnica do Time Brasil conta com o auxiliar técnico Luiz Peniza, o preparador físico Miguel Cantori, e o fisioterapeuta Paulo Cerutti.

Bia Haddad vence mais uma e vai às quartas em Bogotá

A tenista paulista Bia Haddad deu mais um importante passo na disputa do WTA de Bogotá. Nesta quarta-feira, a tenista número 1 do Brasil e 165odo mundo alcançou as quartas de final ao eliminar a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova, atual campeã do torneio e 66a. colocada do ranking, em 2 sets a 0, parciais de 7/6(3) 7/6(6), em 2h32min de partida.

“Aqui não é fácil controlar a bola, então tentei ser sólida, jogar mais conservadora. Ela (Schmiedlova) gosta de bola plana, usei bastante o meu estilo de jogo, abri a quadra e fiz ela se mexer”, observou Bia. “Ela era favorita, foi campeã no ano passado, foi 26a do mundo e eu sabia que seria um jogo duro. Foi muito bom”, acrescentou a brasileira. A partida chegou a ser interrompida duas vezes por causa da chuva.

A próxima adversária de Bia sairá do jogo entre a romena Ana Bogdan, 124ª do ranking, e a espanhola Sara Sorribes Tormo, 79a.

Depois de furar o quali, Bia Haddad vence ex-top 30 na estreia do WTA de Bogotá

Após vencer as duas rodadas do qualifying no final de semana, a tenista paulista Bia Haddad estreou com vitória na chave principal do WTA de Bogotá, nesta segunda-feira, ao surpreender a alemã Laura Siegmund, ex-top 30 do mundo e atual 99o, por 6/2 7/5, em 1h32min de partida.

“Joguei muito sólida. Eu venho com ritmo de jogo e a menina chegou a cometer alguns erros, acho que por ter ser a primeira rodada dela aqui. Eu sabia que ela era chata de jogar, já tinha perdido duas vezes pra ela (em 2013), inclusive na altitude, então não esperava uma partida fácil. Estou feliz com o que consegui jogar”, afirmou a tenista número 1 do Brasil e 165o do mundo.

Pelas oitavas de final, Bia enfrenta a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova, 66ª do ranking e atual campeã do torneio, que venceu a belga Ysaline Bonaventure, por 6/2 6/4.

Bia Haddad vence de virada na estreia do quali do WTA de Bogotá

A tenista paulista Bia Haddad está a uma vitória da chave principal do WTA de Bogotá, na Colômbia.

Neste sábado, jogando pela primeira rodada do qualifying do torneio colombiano, a tenista número 1 do Brasil e 176o do mundo venceu de virada a mexicana Renata Zarazua, 243a do ranking, por 4/6 6/2 6/3, após 2h de partida.

Na segunda e última rodada do quali, neste domingo, Bia enfrenta pela primeira vez no circuito a norte-americana Francesca di Lorenzo, 167o do mundo, que venceu na estreia a colombiana Antonia Samudio, por 6/1 6/0.

Bia luta por mais de 2h30, mas perde para Mladenovic na 1ª rodada em Monterrey

Após ter vencido as três rodadas do qualifying, a tenista paulista Bia Haddad não conseguiu avançar, nesta terça-feira, na chave principal do WTA de Monterrey, no México, que é disputado no piso duro.

Bia lutou durante 2h32min, chegou a sacar para o jogo, mas foi derrotada na estreia pela francesa Kristina Mladenovic, ex-top 10 e atual 66o do mundo, por 4/6 6/1 7/6(5).

As duas já haviam se enfrentado no ano passado, nas oitavas de Acapulco, e também fizeram um jogo duríssimo, com vitória da francesa em 2 sets a 1, parciais de 3/6 6/3 7/5.

A tenista número 1 do Brasil e 176a do ranking segue agora para a Colômbia, onde joga o qualifying do WTA de Bogotá.

Bia Haddad vence a segunda e está a uma vitória da chave principal de Monterrey

A tenista paulista Bia Haddad está a uma vitória da chave principal do WTA de Monterrey, no México, que é disputado no piso duro.

Bia obteve neste domingo sua segunda vitória no qualifying ao vencer a venezuelana Andrea Gamiz, 351o do mundo, por 6/1 6/4, em 1h14min de partida. Foi o terceiro encontro entre as duas e a terceira vitória da brasileira.

Valendo uma vaga para chave principal do WTA mexicana, a tenista número 1 do Brasil e 151o enfrenta a experiente húngara Greta Arn, de 39 anos, ex-top 70 e atual 401o, que venceu a norte-americana Danielle Lao, cabeça de chave 5, por 6/4 6/1. O confronto é inédito.

Bia Haddad estreia com vitória no quali do WTA de Monterrey

A tenista paulista Bia Haddad estreou com vitória no qualifying do WTA de Monterrey, no México, que é disputado no piso duro.

Neste sábado, a tenista número 1 do Brasil e 151o do mundo derrotou a mexicana Marcela Zacarias, convidada da organização e 509o, por 6/2 6/4, após 1h25min de partida.

“Primeiro jogo em qualquer torneio é sempre difícil. A menina se defendeu muito bem, foi um jogo que volta muitas bolas. Foi fundamental eu sacar bem e ficar no jogo, aqui tem um pouco de altura. Tenho que confiar bastante no meu jogo”, afirmou Bia.

Bia precisa de três vitórias para ingressar à chave principal. Na próxima rodada, neste domingo, a brasileira terá pela frente a venezuelana Andrea Gamiz, 351o do mundo, que venceu na estreia a russa Yana Sizikova, por 6/4 6/1.

Esse será o terceiro confronto entre as duas. O retrospecto é 100% favorável à Bia, que superou a venezuelana no ITF de Assunção em 2011 e na Fed Cup no ano passado.

Bia Haddad perde na última rodada do WTA Premier de Miami

A tenista paulista Bia Haddad parou na segunda e última rodada do qualifying do WTA Premier de Miami, que é disputado no piso duro norte-americano.

Nesta quarta-feira, a tenista número 1 do Brasil e 151o do mundo foi superada pela norte-americana Taylor Townsend, 96º do mundo , por 6/1 6/4.

Bia segue agora para o México, onde disputa o WTA de Monterrey. Depois vai à Colômbia para o WTA de Bogotá antes de disputar a Fed Cup contra a Eslováquia.

Bia vence na estreia e joga nesta terça por vaga na chave do Premier de Miami

A tenista paulista Bia Haddad estreou com vitória no qualifying do WTA Premier de Miami, nesta segunda-feira.

Convidada da organização, a tenista número 1 do Brasil e 151o do mundo venceu de virada a russa Anna Blinkova, 109o. por 2/6 6/3 6/2, em 1h50min de partida.

“Estou muito contente por ter vencido, mesmo não fazendo um bom primeiro set. Eu estava errando mais no primeiro, mas mantive o meu jogo e consegui sair com a vitória”, observou Bia, que jogou pela primeira vez no novo complexo do Hard Rock Stadium. “É uma quadra muito bonita, um pouco mais lenta. Qualquer uma das duas poderia ter saído com a vitória, mas acredito que estava mais favorável pra mim, no sentindo de ter tempo para dominar o jogo”, completou.

Na próxima rodada, valendo uma vaga para a chave principal do WTA Premier, Bia terá pela frente a norte-americana Taylor Townsend, 96ª do ranking, que derrotou a convidada chinesa Qinwen Zheng por 4/6 7/5 6/4. O confronto é inédito no circuito profissional.

“Já jogamos no juvenil, é um jogo duro, uma menina muita habilidosa, tem muito slice, drop shot, vou tentar mexer bastante ela e fazer o meu melhor”, afirmou a brasileira.

Bia, mais uma vez, espera contar com o apoio da torcida: “Hoje tinha bastante brasileiro torcendo por mim. É muito bom aqui em Miami, a gente se sente praticamente em casa”, finalizou.

Bia Haddad recebe convite para o quali do Premier de Miami

Tenista número 1 do Brasil e 150o. do mundo, a paulista Bia Haddad  foi contemplada com um wild card (convite) para o qualifying do WTA Premier de Miami, que começa nesta segunda-feira.

Bia, que não jogou em Indian Wells, aproveitou as duas semanas para treinar na IMG Tennis Academy, na Flórida. “Foram duas semanas muito boas de treinos na IMG, pois apesar de não ter entrado em Indian Wells, eu havia feito bons jogos em Acapulco (na semana anterior a Indian Wells). Foram dias muito proveitosos de ajustes, consegui treinar bastante, jogar muitos pontos com as meninas também”, afirmou a brasileira.

No ano passado, Bia entrou direto na chave principal de Miami e chegou à terceira rodada, quando foi superada pela então número 5 do mundo, a letã Jelena Ostapenko, por 6/2 7/6(2). “Agradeço à IMG pelo convite por estar me proporcionando essa oportunidade e estou pronta para jogar segunda. Miami é um torneio especial, tem muito brasileiro, a gente se sente em casa, as condições são bem parecidas de Acapulco e Florianópolis e é um lugar muito legal de jogar”, afirmou.

Depois de Miami, Bia joga o WTA de Monterrey (1 de abril), o WTA de Bogotá (8 de abril) e a Fed Cup (15 de abril).