Melo e Kubot estreiam nesta quarta-feira em Monte Carlo. Demoliner vence ao lado de Medvedev

Marcelo Melo e Lukasz Kubot estreiam nesta quarta-feira (17) em Monte Carlo, no terceiro Masters 1000 da temporada 2019. Às 7h (horário de Brasília), dupla cabeça de chave número 2 enfrenta os espanhóis Marcel Granollers e Marc Lopez, na quadra 11 do Monte-Carlo Country Club, no Principado de Mônaco. O torneio dá início à sequência no saibro europeu, até chegar a Roland-Garros, o segundo Grand Slam do ano, no final de maio, em Paris, na França.

“Foram bons treinos aqui, na adaptação para o saibro, com foco nesta estreia em Monte Carlo, que dá início à gira”, disse Melo.

Em março, nos Estados Unidos, nos dois primeiros Masters 1000 do ano, Melo e Kubot foram  finalistas em Indian Wells e semifinalistas em Miami. Depois de Monte Carlo, dupla segue para o ATP 500 de Barcelona, a partir do dia 22 deste mês, e depois joga os Masters 1000 de Madri e Roma, respectivamente nos dias 5 e 12 de maio, até o Grand Slam na capital francesa, com início no dia 26.

Depois de Bruno Soares ter vencido na estreia ao lado de Jamie Murray, em entrou em quadra nesta terça-feira e também saiu vitorioso foi Marcelo Demoliner, jogando ao lado do russo Daniil Medvedev.

Os dois passaram pela parceria formada pelo belga David Goffin e o francês Lucas Pouille, em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/3. Nas oitavas, os dois terão pela frente os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah.

Djokovic e Wawrinka estreiam nesta 3ª feira em Monte Carlo. Sérvio vai em busca do tri

Amanhã é dia de muito tênis e de favoritos em quadra no Masters 1000 de Monte Carlo, primeiro Masters 1000 disputado no saibro na temporada.

Abrindo a programação, logo às 6hs, de Brasília,  Jo-Wilfried Tsonga terá pela frente o norte-americano Taylor Fritz, no mesmo horário da partida entre a jovem estrela canadense Felix Auger-Aliassime contra o argentino Juan Ignacio Londero.

Cabeça de chave nº 7 do torneio, o croata Marin Cilic terá pela frente o argentino Guido Pella, enquanto Stan Wawrinka deve fazer um bom jogo contra o saibrista italiano Marco Cecchinato.

Também nesta terça-feira, Novak Djokovic começa sua campanha  logo diante de Philipp Kolschreiber, responsável pela sua eliminação no Masters 1000 de Indian Wells, há poucos dias. Vale lembrar que o sérvio já foi campeão do torneio em 2013 e 2015.

O nº 1 do mundo entrou em quadra nesta segunda-feira, pela chave de duplas, ao lado do seu irmão Marko. Os dois foram eliminados pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, com parciais de 6/1 e 6/3.

Brasil treina na Eslováquia, onde jogará playoff da Fed Cup

A delegação brasileira que disputará a Fed Cup já está em Bratislava, onde irá enfrentar a Eslováquia pelos playoffs do Grupo Mundial II, nos próximos sábado e domingo (20 e 21 de abril). Nesta segunda-feira, um dia após o desembarque na capital do país do leste europeu, as atletas e a comissão técnica fizeram a primeira atividade na AXA Arena NTC, local das disputas.

“Foi um trabalho bom. Como chegamos de uma viagem cansativa, escolhemos conhecer o complexo pela manhã e treinar à tarde, em dois períodos de uma hora. Foi bom para conhecermos as condições de jogo daqui: a quadra é lenta, a bola é lenta. Apesar de ser uma quadra coberta, as condições são mais lentas. Mas, para as nossas jogadoras, é bom, porque todas estão muito acostumadas a jogar no saibro e se sentiram bem aqui”, destaca a capitã Roberta Burzagli.

Para este confronto, a capitã da Fed Cup convocou as mesmas tenistas que venceram o Zonal Americano: Beatriz Haddad Maia (124º do ranking da WTA), Carolina Meligeni Alves (354ª), Gabriela Cé (441ª), Luisa Stefani (446ª) e Thaísa Pedretti (672ª). Elas superaram Argentina (2 a 1), Chile (3 a 0) e Porto Rico (2 a 1). Na final contra o Paraguai a vitória foi por 2 a 0.

Nesta segunda-feira, Carolina, Gabriela, Luisa e Thaísa fizeram trabalhos físicos e bateram bola na arena dos confrontos. Bia Haddad Maia, que no sábado fez a semifinal do WTA de Bogotá, na Colômbia, se juntará à delegação para os treinos a partir de quarta-feira.

Depois da derrota por 4 a 0 para a Letônia em confronto pelo Grupo Mundial II, a Eslováquia mudou sua convocação e chamou as melhores atletas ranqueadas do país. O capitão Matej Liptak terá as tenistas Dominika Cibulkova (33ª), Viktoria Kuzmova (46ª), Magdalena Rybarikova (68ª) e Anna Karolina Schmiedlova (105ª). Em Bogotá, na última semana, Bia Haddad Maia superou Schmiedlova por 2 sets a 0: 7/6 (3) e 7/6 (6).

“Teremos uma grande semana pela frente. Tivemos uma boa recepção, com todo o processo muito bem planejado pela organização. A quadra já está pronta, com condições extremamente adequadas para um confronto deste porte, e permitindo que a Roberta e sua comissão técnica possam desenvolver bem o trabalho”, frisa Eduardo Frick, gerente de Eventos e Esportes da CBT e chefe de delegação.

A equipe brasileira tem atividades programadas para todos os dias da semana. Na sexta-feira será realizado o sorteio dos confrontos desta fase da Fed Cup, com a definição da ordem dos jogos de sábado e domingo.

Além da capitã Roberta Burzagli, a comissão técnica do Time Brasil conta com o auxiliar técnico Luiz Peniza, o preparador físico Miguel Cantori, e o fisioterapeuta Paulo Cerutti.

Bellucci vence de virada na estreia em Challenger tunisiano. Menezes e Sakamoto triunfam no México

Thomaz Belucci conseguiu uma boa vitória na sua estreia no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, o brasileiro superou de virada o alemão Daniel Masur, com parciais de 2/6 6/2 e 7/5, garantindo sua vaga na segunda rodada do torneio.

Agora, seu adversário por uma vaga nas oitavas de final será o francês Quentin Halys, nº 156 do mundo e cabeça de chave nº 7 do torneio, que saiu de bye na primeira rodada.

Pelo Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, João Menezes passou pela estreia diante do argentino Matias Franco Descotte, com parciais de 6/7(7) 6/4 e 6/3, assim como Pedro Sakamoto, que bateu o eslovaco Alex Molcan por 6/4 e 6/2.

Soares e Murray lutam muito e vencem de virada na estreia em Monte Carlo

Bruno Soares e Jamie Murray estrearam com vitória no Masters 1000 de Monte Carlo, primeiro Masters 1000 do saibro da temporada, que teve início neste domingo.

Cabeças de chave nº 3, o mineiro e o britânico não tiveram jogo fácil e viraram a partida contra o indiano Rohan Bopanna e o britânico Dominic Inglot, com parciais de 4/6 6/3 e 13/11.

Agora, nas oitavas de final, seus adversários serão definidos na partida entre a dupla formada pelo croata Ivan Dodig e o francês Edouard Roger-Vasselin e a parceria do sérvio Laslo Djere com o indiano Divij Sharan.

Bia Haddad vence mais uma e vai às quartas em Bogotá

A tenista paulista Bia Haddad deu mais um importante passo na disputa do WTA de Bogotá. Nesta quarta-feira, a tenista número 1 do Brasil e 165odo mundo alcançou as quartas de final ao eliminar a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova, atual campeã do torneio e 66a. colocada do ranking, em 2 sets a 0, parciais de 7/6(3) 7/6(6), em 2h32min de partida.

“Aqui não é fácil controlar a bola, então tentei ser sólida, jogar mais conservadora. Ela (Schmiedlova) gosta de bola plana, usei bastante o meu estilo de jogo, abri a quadra e fiz ela se mexer”, observou Bia. “Ela era favorita, foi campeã no ano passado, foi 26a do mundo e eu sabia que seria um jogo duro. Foi muito bom”, acrescentou a brasileira. A partida chegou a ser interrompida duas vezes por causa da chuva.

A próxima adversária de Bia sairá do jogo entre a romena Ana Bogdan, 124ª do ranking, e a espanhola Sara Sorribes Tormo, 79a.

Depois de furar o quali, Bia Haddad vence ex-top 30 na estreia do WTA de Bogotá

Após vencer as duas rodadas do qualifying no final de semana, a tenista paulista Bia Haddad estreou com vitória na chave principal do WTA de Bogotá, nesta segunda-feira, ao surpreender a alemã Laura Siegmund, ex-top 30 do mundo e atual 99o, por 6/2 7/5, em 1h32min de partida.

“Joguei muito sólida. Eu venho com ritmo de jogo e a menina chegou a cometer alguns erros, acho que por ter ser a primeira rodada dela aqui. Eu sabia que ela era chata de jogar, já tinha perdido duas vezes pra ela (em 2013), inclusive na altitude, então não esperava uma partida fácil. Estou feliz com o que consegui jogar”, afirmou a tenista número 1 do Brasil e 165o do mundo.

Pelas oitavas de final, Bia enfrenta a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova, 66ª do ranking e atual campeã do torneio, que venceu a belga Ysaline Bonaventure, por 6/2 6/4.

Bellucci é campeão de duplas do Challenger de Alicante

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci conquistou neste sábado o título de duplas do Challenger de Alicante, o Ferrero Challenger. Ao lado do argentino Guillermo Duran ele derrotou os espanhóis Gerard Granollers e Pedro Martinez, de virada, por 2/6 7/5 10-5.

“Foi uma semana muito bacana para mim.  Mesmo com a derrota na simples eu consegui me motivar e jogar bem a dupla. A gente fez uma ótima semana, jogamos em um nível muito alto e ganhar um título, depois de tanto tempo é sempre especial,” comemorou Bellucci, que espera utilizar o bom momento nas duplas, em que foi vice-campeão do Rio Open, há pouco mais de um mês, para embalar na simples.  “O principal é tentar reproduzir esse nível na simples e pegar essa confiança com as vitórias.”

O último título de Bellucci nas duplas havia sido em 2014, com André Sá. Na simples, o último trofeu que conquistou foi em 2016, em Braunschweig e a última final foi em 2017, no ATP de Houston.

O brasileiro seguiu diretamente do torneio para a cidade de Murcia, onde ele joga outro torneio da série Challenger no saibro, com a mesma premiação de 46.600 Euros. Bellucci estreia contra o português João Domingues. Na dupla, o brasileiro repetirá a parceria com o argentino.

Bia Haddad vence de virada na estreia do quali do WTA de Bogotá

A tenista paulista Bia Haddad está a uma vitória da chave principal do WTA de Bogotá, na Colômbia.

Neste sábado, jogando pela primeira rodada do qualifying do torneio colombiano, a tenista número 1 do Brasil e 176o do mundo venceu de virada a mexicana Renata Zarazua, 243a do ranking, por 4/6 6/2 6/3, após 2h de partida.

Na segunda e última rodada do quali, neste domingo, Bia enfrenta pela primeira vez no circuito a norte-americana Francesca di Lorenzo, 167o do mundo, que venceu na estreia a colombiana Antonia Samudio, por 6/1 6/0.

Jogando com o argentino Duran, Bellucci decide título de duplas em Alicante

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci está na final de duplas do Challenger de Alicante, na Espanha. Nesta sexta-feira, ao lado do argentino Guillermo Duran eles derrotaram os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies por duplo 6/4 para avançarem à decisão do campeonato organizado pelo ex-número um do mundo, Juan Carlos Ferrero.

” Alguns anos atrás jogamos juntos em Wimbledon e decidimos jogar esses dois Challengers na Espanha e deu certo. A gente se entrosa bem e acabou que está sendo uma ótima semana para embalar nesta nova fase da temporada,” disse Bellucci.

Para conquistar o título do Ferrero Challenger, Bellucci e Duran enfrentam neste sábado, os vencedores do confronto entre Gerard Granollers/Pedro Martinez, da Espanha e Jeevan Nedunchezhiyan/Purav Raja, da Índia.

Esta é a segunda final de duplas que Bellucci disputa na temporada, tendo sido vice-campeão do Rio Open.