Feijão estreia com vitória no Challenger de SP

O paulista João ‘Feijão’ Souza passou com tranquilidade pela estreia no São Paulo Challenger de Tênis, apresentado por Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. Cabeça de chave 2 da competição, o tenista de 27 anos derrotou o também paulista Alexandre Tsuchiya com parciais de 6/2 e 6/0 em 58 minutos de jogo nesta terça-feira, no Clube Paineiras do Morumby.

Feijão estreia com vitória no Challenger de SP

Em busca de sua segunda final da temporada, após o vice-campeonato em León, no México, Feijão tem viajado nas últimas semanas com o ex-jogador profissional Júlio Silva. “As coisas estão começando a se encaixar de novo. Agora é continuar focado, que daqui a pouco o ranking muda e os pontos vêm”, afirmou o ex-top 70.

“Foi uma boa estreia, joguei bem, principalmente nos pontos importantes. Sair com uma quebra nos dois sets foi o diferencial para mim”, avaliou Feijão, que enfrenta o norte-americano Ernesto Escobedo na segunda fase. “Joguei contra ele no México, ele joga bem na quadra rápida”, comentou o paulista. Os dois se encontraram em Guadalajara, com triunfo de Escobedo.

Em duelo 100% brasileiro, Marcelo Zormann avançou ao passar pelo carioca Wilson Leite, por 6/3 e 6/4. “Comecei um pouco nervoso, é normal na estreia. Mas acho que já estou mais acostumado a jogar os Challengers. Não joguei como eu queria, meu saque não funcionou tão bem, mas sigo trabalhando para melhorar no próximo jogo”, disse o campeão de duplas juvenil de Wimbledon em 2014.

Aos 19 anos, Zormann tenta alcançar as quartas de um Challenger pela primeira vez na carreira. Seu adversário sai do confronto entre o sueco Christian Lindell e o paulista João Pedro Sorgi. “Estou jogando bem e vou buscar pontos e ranking para entrar em mais Challengers”, completou o paulista.

A terceira vitória brasileira do dia foi de Caio Zampieri, diante do qualifier André Miele, por 7/6(6), 6/7(1) e 6/2, após 2h49 de partida. O tenista de Mogi Guaçu terá pela frente Ricardo Hocevar ou o argentino Marcelo Arevalo.

Resultados de terça-feira 19/4:

[2]João Souza (BRA) v. [Q]Alexandre Tsuchiya (BRA), 6/2 6/0
Maximiliano Estevez (ARG) v. Juan Ignacio Galarza (ARG), 7/6(4) 6/3
Marcelo Zormann (BRA) v. [WC]Wilson Leite (BRA), 6/3 6/4
Caio Zampieri (BRA) v. [Q]André Miele (BRA), 7/6(6) 6/7(1) 6/2
Ernesto Escobedo (EUA) v. Facundo Mena (ARG), 6/3 6/1

O São Paulo Challenger de Tênis é apresentado pela Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, com co-patrocínio da Rede, Estácio, Alupar, Taesa, Stella Artois, Alcatel e apoio do Clube Paineiras do Morumby e ATP Challenger Tour. A realização é do Instituto Sports.

São Paulo Challenger de Tênis
US$ 50 mil + Hospedagem
Período: de 16 a 24 de abril de 2016
Local: Clube Paineiras do Morumby
[Av. Dr. Alberto Penteado, 605 – Morumbi – São Paulo/ SP]
Entrada Gratuita

André Ghem avança às 4as no Challenger de Porto Alegre

O gaúcho André Ghem, 33 anos, sexto pré-classificado e 141º colocado no ranking mundial, venceu nesta quarta-feira, 30 de setembro, e garantiu presença nas quartas de final do Aberto de Tênis do Rio Grande do Sul, torneio da série Challenger em disputa na Sogipa, em Porto Alegre. O tenista de Novo Hamburgo precisou de duas horas e 24 minutos para ganhar do dominicano Jose Hernandez Fernandez por dois sets a um, com parciais de 7/6 (1), 4/6 e 6/4. Nas quartas, na sexta-feira, Ghem enfrentará o argentino Guido Pella, 25 anos, 94º no circuito e segundo cabeça de chave, que eliminou o boliviano Hugo Dellien em sets diretos por 6/1 e 6/4.

Andre Ghem vai às quartas no Challenger de Porto Alegre

André Ghem, segundo brasileiro a avançar no Challenger, ficou satisfeito com seu desempenho, apesar de ter perdido seu serviço em alguns games. “Com a quadra um pouco lenta, por vezes, estava melhor receber do que sacar. Mas consegui ser decisivo em momentos importantes”, observou o atleta. O tenista gaúcho, que vem de semifinal do Challenger em Campinas, na semana passada e já alcançou as quartas nesta semana, salienta que estes resultados são consequência do trabalho que vem realizando. E disse estar contente por jogar em casa. “A energia dos amigos, sempre apoiando, é um ingrediente a mais para se ter mais energia. Agora é descansar e ir com tudo para tentar chegar o mais longe possível, de preferência na final”, completou.

 

Monteiro perde – Quem não teve a mesma sorte foi o cearense Tiago Monteiro, 21 anos e 543º do ranking, que esta voltando às competições após três meses parado por uma lesão no joelho esquerdo. O brasileiro perdeu para o argentino Facundo Arguello, cabeça de chave número 5 do torneio, por 6/4 e 6/3, em uma hora e 31 minutos de jogo. Arguello, de 23 anos e 120º, enfrentará na próxima rodada, valendo vaga na semifinal, o brasileiro Rogério Dutra Silva, que na primeira hora da tarde ganhou do belga Kimmer Coppejans, terceiro cabeça de chave, por 6/2 e 6/4.

 

Resultados parciais dos jogos quarta-feira, dia 30/09:

Chave Principal – Segunda rodada

Facundo Arguello (ARG/5) d. Thiago Monteiro (BRA/WC) 6/4 6/3

Rogerio Dutra Silva (BRA) d. Kimmer Coppejans (BEL/3) 6/2 6/4

André Ghem (BRA/6) x Jose Hernandez Fernandez (DOM) 7/6(1) 4/6 6/4

Guido Pella (ARG/2) d. Hugo Dellien (BOL) 6/1 6/4

 

Zormann recebe convite para jogar o Challenger de Campinas

Começa neste sábado com a primeira rodada do qualifying o Campeonato Internacional de Tênis de Campinas, apresentado pelo Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. Desde esta sexta-feira, boa parte dos tenistas inscritos para o evento iniciaram os treinamentos na Sociedade Hípica. Entre eles, o jovem tenista Marcelo Zormann, premiado com vaga direta na chave principal do ATP Challenger de US$ 50 mil e que chega a Campinas confiante após dupla conquista na Croácia.

Zormann recebe convite para jogar o Challenger de Campinas

O tenista, de 19 anos, venceu na última semana as chaves de simples e duplas do Future de Bol. “Estes títulos trazem confiança para seguir em frente, jogar melhor e perceber que o trabalho que venho fazendo com a minha equipe está dando resultado. Estamos no caminho certo”, disse Zormann, natural de Lins (SP), que em 2013 ergueu com 17 anos o seu primeiro troféu no profissional como campeão do Future de Montes Claros/MG.

Segundo Zormann, o wild card para o Campeonato Internacional de Tênis de Campinas o motiva bastante. O tenista, que está no seu melhor ranking da carreira com a 429a colocação, agradece a nova oportunidade. “Contente e agradecido por mais uma vez ter a chance de jogar a chave principal de um torneio ATP Challenger. Estou no meu melhor momento, quero aproveitar esta fase para conseguir mais vitórias neste estágio do circuito”, avalia.

Em 2014, depois de ganhar como juvenil a chave de duplas do Grand Slam de Wimbledon com Orlando Luz, Zormann surpreendeu positivamente em Campinas ao alcançar a fase semifinal nas duplas, mas acabou parando na primeira rodada de simples após derrota para o experiente Nicolas Santos.

Tenista da Hípica entra na chave
Breno Lodis, jogador da Sociedade Hípica, disputará aos 19 anos seu primeiro ATP Challenger da carreira. O tenista recebeu convite como convidado da sede do evento e será o oitavo nome brasileiro na chave principal do Campeonato Internacional de Tênis de Campinas. Nesta temporada, Lodis disputou três competições da série Future em Itajaí/SC, Santa Maria/RS e Fernandópolis/SP.

Programação
Na noite desta sexta-feira, após o encerramento do sign in, serão sorteados os confrontos para a primeira rodada do qualifying do Campeonato Internacional de Tênis de Campinas. Confrontos e programação do torneio para este sábado serão enviados ainda hoje.

—-

O Campeonato Internacional de Tênis de Campinas é apresentado pelo Itaú, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, e tem o copatrocínio da VIVO, Alupar, Taesa, Azul – Transportadora Oficial -,PUC-Campinas, Rodobens, Stella Artois. O torneio tem o apoio de mídia do EPTV, SporTV, Nova Brasil FM e Correio Popular, e apoios da Sociedade Hípica de Campinas e ATP Challenger Tour. A realização é do Instituto Sports.

Campeonato Internacional de Tênis de Campinas
ATP Challenger – US$ 50 mil + Hospedagem
Período: de 19 a 27 de setembro de 2015
Local: Sociedade Hípica de Campinas
Rua Buruti s/n (Estrada de Souzas )
Bairro das Palmeiras – Campinas/ SP – Brasil

Foto: João Pires

Brasileiros conhecem adversários no Challenger de São Paulo

Em meio aos jogos de primeira rodada deste sábado pelo qualifying, foi realizado neste sábado o sorteio da chave principal do São Paulo Challenger de Tênis, apresentado pelo Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. O tênis brasileiro apresenta neste momento nove representantes na chave, com destaque para os gaúchos André Ghem e Guilherme Clezar, cabeças 3 e 6, respectivamente, que encaram franceses na primeira fase da competição ATP Challenger.  Brasileiros conhecem adversários no Challenger de SP

Ghem estreia no saibro paulista diante do francês Alexis Musialek, enquanto Clezar debuta contra Axel Michon. O tenista brasileiro, 22 anos, chega motivado pelos resultados obtidos nessa temporada. “Desde que comecei a jogar como profissional, esta é a primeira parte do ano que mais somei pontos durante toda a minha carreira. Vejo que esse ano estou encontrando meu caminho de novo no tênis, depois de passar por uma lesão complicada de curar. Estou pensando jogo a jogo, sem criar uma expectativa enorme em certas coisas, o que tem dado certo”, avalia.

A sensação do tênis brasileiro Orlando Luz tentará em São Paulo repetir o feito surpreendente de Santos, onde, aos 17 anos, avançou para as semifinais logo em seu primeiro torneio ATP Challenger da carreira. O jovem talento brasileiro estreia contra um adversário vindo do qualifying, assim como o pernambucano e wild card Thiago Monteiro que aprovou as condições no Clube Paineiras do Morumby.

“Estou treinando bem há dois dias em São Paulo, as condições estão favoráveis ao meu estilo de jogo. Mesmo ainda sem a definição do meu adversário, com certeza será um rival de alto nível e que virá com ritmo de jogo, estou preparado para enfrenta-lo”, disse Monteiro, atual número 441 do mundo. Rogério Dutra Silva buscará sua primeira vitória diante do chileno Juan Saez.

CONVIDADOS
O paulista Pedro Sakamoto e o carioca Wilson Leite foram premiados pela organização com os dois últimos wild cards para a chave principal. Dessa forma, eles unem-se a Rogério Dutra Silva e Thiago Monteiro entre os convidados; Orlando Luz, anteriormente convidado, entrou na chave principal como Special Exempt por ter jogado em Santos neste sábado, como permite a regra do tênis.

Sakamoto agradeceu o reconhecimento pela boa campanha no ATP Challenger de Santos: “Agradeço ao Instituto Sports por mais esta oportunidade. O legal é ver que pessoas reconhecem nosso esforço, espero manter o meu nível de tênis e evoluir rodada a rodada”, disse. A programação dos jogos para a chave principal, que começa apenas na segunda-feira, será anunciada apenas neste domingo.

CHAVE PRINCIPAL – SÃO PAULO CHALLENGER DE TÊNIS

[1] Maximo Gonzalez (ARG) vs. Germain Gigounon (BEL)
Jules Marie (FRA) vs. Fabiano de Paula (BRA)

Qualifier vs. [WC] Thiago Monteiro (BRA)
[WC] Wilson Leite (BRA) vs. [8] Guido Andreozzi (BRA)

[4] Chase Bucanan (EUA) vs. Chritians Lindell (SUE)
Julien Cagnina (BEL) vs. Qualifier

Qualifier vs. Gonzalo Lama (CHI)
Nicolas Kicker (ARG) vs. [7] Jarry Nicolas (CHI)

[5] Guido Pella (ARG) vs. Andres Molteni (ARG)
Christian Garin (CHI) vs. Gianni Mina (FRA)

[SE] Orlando Luz (BRA) vs. Qualifier
Alexis Musialek (FRA) vs. [3] André Ghem (BRA)

[6] Guilherme Clezar (BRA) vs. Axel Michon (FRA)
Jose Hernandez (DOM) vs. [WC] Pedro Sakamoto (BRA)

Juan Carlos Saez (CHI) vs. [WC] Rogério Dutra Silva (BRA)
Henrique Cunha (BRA) vs. [2] Blaz Rola (SVN)

São Paulo Challenger de Tênis
ATP Challenger – US$ 50 mil
Período: de 25 de abril a 3 de maio de 2015
Local: Avenida Doutor Alberto Penteado, 605 – Morumbi – São Paulo
Entrada gratuita

Três brasileiros avançam às 4as no Challenger de Santos

O Brasil tem três tenistas nas quartas de final do Campeonato Internacional de Tênis de Santos, apresentado pela Santos Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. André Ghem, Pedro Sakamoto e Orlando Luz jogam nesta sexta-feira por vaga na semifinal da competição que distribui um total de US$ 50 mil em premiação.  Três brasileiros avançam às 4as no Challenger de Santos

O melhor brasileiro na chave principal do Santos ATP Challenger, André Ghem, cabeça de chave 3 e 151o da lista mundial, venceu o também brasileiro Ricardo Hocevar, por 5/7, 6/2 e 6/2. ” Estou feliz por continuar no torneio, é sempre bom saber que você vai voltar a jogar amanhã e que mais coisas boas podem acontecer na semana”.
O Brasil poderia ter garantido um atleta na semifinal, se José Pereira não tivesse permitido a virada e a derrota para o belga Germain Gigounon por 3/6 6/4 6/1. Gigounon decide a vaga na semi contra Ghem, nesta sexta, a partir das 14 horas, na quadra central do Tênis Clube, com entrada gratuita para o público.

Os outros dois quadrifinalistas são representantes da nova geração do tênis brasileiro. Orlando Luz, 17 anos, convidado da organização e Pedro Sakamoto, 21 anos, que passou o qualifying.

Desde 2009, quando disputou o quali do 1o torneio da série Challenger da carreira, aos 17 anos, o paulista Pedro Sakamoto já jogou 25 eventos deste porte e entrou na chave principal apenas duas vezes. Nesta quinta-feira, ele subiu um degrau importante no profissionalismo, alcançando as quartas de final do Campeonato Internacional de Tênis de Santos.
Com a vitória sobre o argentino Nicolas Kicker por duplo 6/3 Sakamoto já garantiu 15 pontos no ranking e um cheque US$ 1.460,00, o equivalente a uma final de Future. Na prática, isso significa, por enquanto, um salto de mais ou menos 100 posições na lista da ATP.
Apesar da boa semana, o jogador não se ilude e sabe que sua atuação no Tênis Clube de Santos não deve ser supervalorizada, mas deve servir de estímulo para seguir em frente.

“Isso é muito legal porque dá para saber que o caminho que a gente está traçando nos treinamentos vale a pena. Não é um resultado muito expressivo, mas é legal para que eu reconheça dentro de mim, que sou capaz de fazer alguma coisa maior no tênis”.

Pedro Sakamoto não terá vida fácil pela frente. Seu próximo adversário é o esloveno Blaz Rola, 112o da ATP e que hoje eliminou o francês Alexis Musialek por 6/3 6/2. Feliz por estar pela terceira vez no País, Rola reconhece que sempre joga bem no Brasil. Ele tem dois vice-campeonatos em Challenger no País. Um no Rio de Janeiro em 2013 e outro em São Paulo, em 2014.
“Não sei se é a comida, o clima, as pessoas, mas sempre consigo bons resultados no Brasil. É minha 1a vez em Santos, e espero seguir em frente no torneio”.

Programação
Sexta, 24 de abril
Quadra central 11 horas
A. Molteni (ARG) vs [4] G. Pella (ARG)
B. A seguir
[Q] P. Sakamoto (BRA) vs [2] B. Rola (SLO)
A seguir
[3] A. Ghem (BRA) vs [Q] J. Pereira (BRA)
J. Cluskey (IRL) / D. O’hare (IRL) vs [2] A. Molteni (ARG) / G. Pella (ARG)

Não antes das 18h30
[Q] A. Velotti (ARG) vs [WC] O. Luz (BRA)

Quadra 1 não antes das 16horas
Após descanso – [1] M. Gonzalez (ARG) / R. Maytin (VEN) or R. Dutra Silva (BRA) / A. Ghem (BRA) vs [3] G. Andreozzi (ARG) / A. Behar (URU)

CAMPEONATO INTERNACIONAL DE TÊNIS DE SANTOS
ATP Challenger – Premiação de US$ 50 mil
Período: de 18 a 26 de abril de 2015
Local: Rua Minas Gerais, 37 – Boqueirão, Santos
Entrada gratuita

Brasileiros conhecem adversários no Challenger de Santos

Em sorteio realizado neste sábado, foram definidos os confrontos da primeira rodada da chave principal do Campeonato Internacional de Tênis de Santos, apresentado pela Santos Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. Sete brasileiros e tenistas de nove países diferentes (Argentina, Bélgica, Bolívia, Chile, Eslovênia, Estados Unidos, França, República Dominicana e Suécia) classificados para a disputa do ATP Challenger que totaliza US$ 50 mil em premiação e oferece entrada gratuita para o público no Tênis Clube. Brasileiros conhecem adversários no Challenger de Santos

Logo na estreia, o brasileiro Rogério Dutra Silva, que veio acompanhado da filha Luiza, terá um grande teste pela frente: enfrentar o atual campeão e cabeça 1 Maximo Gonzalez, argentino que atualmente está no top 100 do ranking mundial. O retrospecto de seis jogos aponta empate, mas Rogerinho leva certa vantagem por ter batido Gonzalez exatamente em Santos, há duas temporadas.

Outro duelo Brasil vs. Argentina que promete agitar as quadras em Santos é formado por Orlando Luz, número 2 do ranking mundial, contra o argentino Guido Andreozzi, oitavo favorito. Será a primeira vez na carreira que o jovem tenista disputa a chave principal de um torneio ATP Challenger. “Sem dúvida uma ótima oportunidade para mostrar que estou evoluindo meu tênis e ao mesmo tempo vou tirar desta experiência um grande aprendizado por jogar contra tenistas deste nível”, disse Orlandinho.

Atual número 151 do mundo, André Ghem está entre os principais candidatos ao título do Campeonato Internacional de Tênis de Santos. Na posição de cabeça 3, o gaúcho de 32 anos encara Gianni Mina, ex- número 1 do mundo no juvenil. que avalia com bons olhos o duelo contra um brasileiro. “Será bom enfrenta-lo por dois motivos: ele é um jogador local e está no seu melhor momento, mas eu estou confiante e melhorando meu tênis para conseguir jogar de igual pra igual contra os melhores”, afirmou o Mina, de 23 anos.

DUELO NACIONAL
O último wild card da chave principal em Santos foi cedido para o jovem Marcelo Zormann, de 18 anos. O tenista, que já venceu a chave juvenil de Wimbledon ao lado de Orlando Luz, estreia diante do carioca Fabiano de Paula, enquanto o gaúcho Guilherme Clezar, sexto favorito da chave, espera a definição de seu adversário que virá do qualifying; o cearense Thiago Monteiro buscará sua primeira vitória no litoral paulista contra o francês Alexis Musialek.

CHAVE PRINCIPAL – Campeonato Internacional de Tênis de Santos

(1) Maximo Gonzalez (ARG) vs. (WC) Rogério Dutra Silva (BRA)
Qualifier vs. Christian Lindell (SUE)
(WC) Marcelo Zormann (BRA) vs. Fabiano de Paula (BRA)
(WC) Orlando Luz (BRA) vs. (8) Guido Andreozzi (ARG)

(3) André Ghem (BRA) vs. Gianni Mina (FRA)
Qualifier vs. Hugo Dellien (BOL)
Germain Gigounon (FRA) vs. Christian Garin (CHI)
Qualifier vs. (5) Chase Buchanan (EUA)

(7) Nicolas Jarry (CHI) vs. Jose Hernandez (DOM)
Andres Molteni (ARG) vs. Juan Saez (CHI)
Axel Michon (FRA) vs. Julien Cagnina (BEL)
Gonzalo Lama (CHI) vs. (4) Guido Pella (ARG)

(6) Guilherme Clezar (BRA) vs. Qualifier
Nicolas Kicker (ARG) vs. Jules Marie (ARG)
(WC) Thiago Monteiro (BRA) vs. Alexis Musialek (FRA)
Martin Alund (ARG) vs. Blaz Rola (SVN)

RESULTADOS PARCIAIS – QUALIFYING (Sábado – 18/04)
Federico Coria (ARG) vs. Gustavo Guerses (BRA) – 6/1 6/1
Nicolas Santos (BRA) vs. Gabriel Tumasonis (BRA) – 6/0 6/0
Pedro Sakamoto (BRA) vs. Bruno Sant`Anna (BRA) – 3/6 6/2 1-0 (abandono por mal-estar)
Caio Zampieri (BRA) vs. Luis Britto (BRA) – 6/2 6/1
Ricardo Hocevar (BRA) vs. Daniel Glancy (IRL) 6/7 (6) 6/3 7/6 (3)
Daniel Dutra Silva (BRA) vs. Juan Samudio (PER) – 7/6 (10) 6/1

—-

CAMPEONATO INTERNACIONAL DE TÊNIS DE SANTOS
ATP Challenger – Premiação de US$ 50 mil
Período: de 18 a 26 de abril de 2015
Local: Rua Minas Gerais, 37 – Boqueirão, Santos
Entrada gratuita

Santos recebe Challenger pelo 5o. ano consecutivo

Pelo quinto ano consecutivo, o Campeonato Internacional de Tênis de Santos, apresentado pela Santos Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, está confirmado no calendário internacional ATP Challenger Tour. Uma das novidades para esta temporada é a premiação de US$ 50 mil (aproximadamente R$ 157 mil), valor recorde para a competição e 25% maior se comparado com a edição 2014. Santos recebe Challenger pelo 5o. ano consecutivo

Apenas o campeão deste ano embolsará US$ 7.200,00 (aproximadamente R$ 22 mil) e somará 80 pontos no ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), enquanto o vice receberá US$ 4.240 (R$ 13 mil) e 48 pontos.

Em 2015, o tradicional Tênis Clube de Santos recebe, entre 18 e 26 de abril, destaques do circuito internacional, grandes nomes do tênis brasileiro e jovens talentos. Assim como nos ano anteriores, a entrada é gratuita durante toda a competição e, ao longo da semana de disputa, o público ainda terá a oportunidade de acompanhar jogos da rodada noturna.

Para a Santos Brasil, a competição de tênis tem papel fundamental na valorização do esporte na região de Santos, além de entreter o público com grandes partidas disputadas entre brasileiros e tenistas estrangeiros.

“Temos grande satisfação em apresentar o Campeonato Internacional de Tênis de Santos pelo quinto ano consecutivo. Com vocação natural para a prática esportiva, o público da Baixada Santista terá a chance de conferir partidas com atletas de alto rendimento do Brasil e do exterior. Que o campeonato nos proporcione mais uma vez grandes emoções e revele tenistas brilhantes para o esporte nacional”, disse Marcos Tourinho, diretor comercial da Santos Brasil.

Nesta quinta-feira será divulgada a primeira lista de inscritos para o Campeonato Internacional de Tênis de Santos. A competição tem o top 100 Maximo Gonzalez como atual campeão. O argentino também é o detentor do título nas duplas, ao lado do compatriota Andres Molteni.

CAMPEONATO INTERNACIONAL DE TÊNIS DE SANTOS
ATP Challenger – US$ 50 mil
Período: de 18 a 26 de abril de 2015
Local: Rua Minas Gerais, 37 – Boqueirão, Santos
Entrada gratuita

ATP anuncia aumento de premiação e outras melhorias para o Challenger Tour

Feijão - Aberto de SP 2 peqA ATP anunciou nesta quinta-feira uma série de mudanças buscando a melhoria do ATP Challenger Tour, incluindo o aumento dos prêmios em dinheiro. Vale ressaltar que o ATP Challenger Tour compreende atualmente aproximadamente 150 torneios, servindo como importante passagem para os jogadores que competem nos torneios ATP.

Os aumentos ocorrerão nos torneios menores, que tem premiação atual de US$ 40 mil mais hospedagem. O novo prêmio mínimo, que deverá ser ajustado até 2017, será de US$ 50 mil mais hospedagem. Até lá, a ATP vai subsidiar esse valor já a partir desse ano.

Esse aumento significa uma alteração de 100% dos valores nos últimos 10 anos, já que em 2007 o prêmio mínimo de um Challenger era de US$ 25 mil mais hospedagem.

“O tênis profissional masculino está passando por um dos períodos de maior sucesso na sua história, no entanto, é essencial vermos o crescimentos em todos os níveis de jogo”, afirmou Chris Kermode, presidente da ATP, completando: “Quase todo jogador começa com sucesso no Challenger Tour antes de ganhar nos ATP’s e cada dinheiro extra ajuda na construção de uma carreira no tênis profissional masculino. A ATP está empenhada em fazer a carreira mais viável possível”.

Além do prêmio em dinheiro, outras melhorias também serão colocadas em prática, tais como uma abrangência maior de serviços médicos – como o fornecimento de mais fisioteraputas -mais árbitros e desenvolvimento do marketing.

A busca pela realização de torneios em diversas regiões, com o objetivo de reduzir os custos e tempo de viagem também é uma preocupação.

Por fim, a ATP informou que está buscando uma colaboração da ITF na tentativa de buscar melhorias para os Futures, com o objetivo de promover uma maior integração ao circuito Challenger.

Clezar vence a 1a. na chave em Noumea

O brasileiro Guilherme Clezar estreou com vitória na chave principal do Challenger de Noumea, na Nova Caledônia.Clezar vence a 1a. na Nova Caledônia

Ele, que precisou passar o qualifying para entrar na chave, derrotou o japonês Yuichi Sugita, por 6/4 6/2 e agora pega o vencedor de Vincent Millot (FRA) e Jared Donaldson (EUA).

Outro jogador do Brasil na disputa, Fabiano de Paula, estreia nesta terça contra o belga Steve Darcis.

Clezar e De Paula jogam o Challenger de Noumea

Bem distante do Challenger de São Paulo, cancelado neste ano, Guilherme Clezar e Fabiano de Paula optaram por começar a temporada na Oceania, disputando o Challenger de Noumea, na Nova Caledônia.

Clezar e De Paula jogam Challenger na Nova CaledôniaClezar teve que vencer dois jogos no qualifying para entrar na chave principal e Fabiano de Paula entrou direto no torneio, disputado em quadra rápida e que distribui U$ 75 mil em prêmios.

O primeiro adversário de Clezar será o japonês Yuichi Sugita e o de Fabiano será o belga Steve Darcis.