Thiago Monteiro é campeão em Braga, seu primeiro título na temporada

Thiago Monteiro encerrou a semana com o primeiro título de 2021. Disputando o challenger de Braga, em Portugal, o cearense superou o sérvio Nikola Milojevic, o 148º do mundo, num duplo 7/5 e 2h31 de partida.

“Foi muito boa essa semana, sempre bom conquistar um título. Hoje a final foi duríssima, 2h30 de duração em dois sets. O sérvio é um jogador muito consistente, mas feliz por ter superado essa batalha. Venho ajustando o que preciso em toda semana, sempre trabalhando duro, e agora estou vendo os frutos de tudo isso”, disse o 90º do ranking.

“Em qualquer nível não existe jogo ou torneio fácil. Você tem que estar num dia bom para ganhar jogos e semanas. Agora é buscar manter essa mentalidade, confiança e energia alta pra continuar somar jogos e títulos. Essa semana me dá confiança para seguir acreditando que estou tomando o caminho certo, com certeza vou levar essa energia pra semana que vem”, finalizou o tenista número 1 do Brasil.

Este foi o sexto título de Monteiro em challengers. Além de Braga, o brasileiro também já conquistou Aix en Provence (2016), Braunschweig (2019), Lima (2019) e Punta del Este (2019 e 2020). Agora, Thiago seguirá em Portugal, disputando o challenger de Lisboa na próxima semana.

Fotos: Braga Open

Thiago Monteiro supera rodada dupla e decide título em Braga

O sábado foi de rodada dupla para Thiago Monteiro. Disputando o challenger de Braga, em Portugal, o brasileiro entrou em quadra primeiro para derrotar o italiano Andrea Arnaboldi em 4/6 6/4 6/2. Pouco tempo depois, foi a vez do principal favorito retornar e encarar o francês Hugo Gaston, vencendo em 6/4 6/1 e 1h19 de partida e se garantindo na final do torneio.

“Foi uma boa vitória hoje e vem sendo uma boa semana também. Acabei me adaptando bem na quadra coberta, sentindo bem a bola. É um ótimo resultado, realmente muito feliz de fazer mais uma final e poder retomar a minha confiança e também fazer uma sequência de jogos. Agora é usar essa energia boa daqui do torneio, até porque tem muitos brasileiros na torcida, pra me motivar ainda mais e ir com tudo na final”, disse o cabeça de chave 1.

Monteiro também comemorou a semana positiva ao lado do técnico Rubén Ramirez Hidalgo. “Nós começamos a trabalhar mais junto na semana passada e ainda estamos num processo de adaptação, mas ele é um treinador que já está ajustando algumas coisas. Ele põe bastante energia e é um cara que está muito motivado e interessado em fazer um bom trabalho, além de ser uma ótima companhia”, finalizou o 90º do mundo.

O adversário na decisão sairá do duelo entre o sérvio Nikola Milojevic, o número 148 do ranking, e o espanhol Nikolas Sanchez Izquierdo, o 350º melhor classificado. Será a primeira vez que Thiago enfrentará qualquer um dos adversários.

Foto: Braga Open

Soares, Demoliner e Monteiro vencem na chave de duplas do US Open. Melo perde na estreia

Quatro jogos e três vitórias. Esse foi o saldo brasileiro na chave de duplas masculinas nesta quinta-feira, pela primeira rodada do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, disputado no piso duro.

Bruno Soares o britânico Jamie Murray confirmaram bem a condições de favoritos diante do norte-americano Tommy Paul e do australiano Alexei Poyprin, conseguindo uma boa vitória em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

Outro brasileiro que conseguiu uma boa vitória foi Marcelo Demoliner, que retomou recentemente a parceria com o neozelandês Marcus Daniell. Os dois superaram os britânicos Daniel Evans e Lloyde Glasspool, mas foi duro. Demoliner e Daniell venciam o jogo com parciais de 6/7(4) 6/4 e 2/1, quando os adversários abandonaram.

Thiago Monteiro foi mais um que venceu nesta quinta, ao lado do australiano John Millman. Os dois passaram pelos australianos Matt Reid e Alex De Minaur, com parciais de 6/3 e 6/2.

A única derrota brasileira na chave foi de Marcelo Melo, que perdeu ao lado do polonês Lukasz Kubot. A vitória ficou com os norte-americanos Evan King e Hunter Reese, que triunfaram por 7/6(2) e 6/4.

Foto: Manuela Davies/USTA

Thiago Monteiro vence outra e avança em Winston Salem

Thiago Monteiro (BRA)

Thiago Monteiro conquistou mais uma vitória na chave principal do ATP 250 de Winston-Salem, nos Estados Unidos. O cearense derrotou o norte-americano Eduardo Nava na noite de terça-feira, por 7/5 6/1.

O brasileiro estava programado para enfrentar David Goffin, o número 30 do mundo, mas viu seu adversário original desistir do torneio por lesão. Nava, então, entrou na chave como lucky loser para enfrentar o cearense em um confronto inédito.

“Foi um jogo complicado, já que mudou de última hora. Entrei um pouco mais tenso, mas fui me soltando aos poucos. Ele jogou bem no início do jogo também, mas consegui subir o nível e ser mais consistente depois que levei o primeiro set”, disse o tenista número 1 do Brasil.

Na próxima rodada, Thiago enfrentará o norte-americano Frances Tiafoe, o 51º do ranking da ATP. Esta será a primeira vez que os tenistas se enfrentarão no circuito. “Jogo duríssimo. Ele está jogando em casa e também joga bem nessas condições. Mas me sinto confiante e preparado, então tenho que botar tudo isso em prática e aproveitar as minhas chances para sair com a vitória”, finalizou.

Thiago Monteiro salva match points e vence na estreia do ATP de Winston Salem

Thiago Monteiro estreou com vitória na chave principal do ATP 250 de Winston-Salem, nos Estados Unidos. O cearense derrotou o australiano James Duckworth, o número 67 do mundo, em 6/4 4/6 7/6(5) e uma batalha de 2h35 de duração, salvando três match points.

“É uma sensação muito boa. De alívio e de felicidade por fazer essa maré virar depois de uma sequência de vários jogos perdendo no 7/6 ou 7/5 no terceiro. Conseguir essa vitória foi importantíssimo, principalmente por ter salvado três match points no 4/5. Realmente senti que joguei bem e que também venho melhorando. Fiz bons treinos na semana passada e estou me sentindo bem melhor, tanto fisicamente quanto tecnicamente”, disse o atual 93º do ranking, contente com a vitória importante.

Na próxima rodada, Thiago enfrentará David Goffin, atual 30º da ATP. Os tenistas se enfrentaram apenas uma vez no circuito, em partida válida pela Copa Davis em 2016 e com vitória do belga.

“Vai ser duro contra o Goffin. Ele é um cara que tem um nível muito alto, mas também não está no seu melhor momento. Então eu preciso aproveitar bem a confiança que ganhei nessa primeira rodada e acreditar nas chances que aparecerem”, finalizou.

Monteiro encara australiano na estreia do ATP de Winston-Salem

Thiago Monteiro conheceu seu adversário de estreia no ATP 20 de Winston-Salem, nos Estados Unidos, torneio que é disputado no piso duro.

O brasileiro terá pela frente o australiano James Duckworth, nº 69 do mundo, em confronto que será inédito.

Monteiro, que atualmente é apenas o nº 94 do ranking da ATP, não vive uma boa fase no circuito, já que acumula seis derrotas seguidas. Seu triunfo mais recente foi na primeira rodada de Roland Garros, em maio, quando venceu o argentino Francisco Cerundolo.

Thiago Monteiro se prepara para gira dos EUA

Após a sua participação nos Jogos Olímpicos, Thiago Monteiro já está no Brasil se preparando para uma nova turnê pelo circuito. O cearense irá treinar no país por uma semana antes de partir para os Estados Unidos, onde dará a continuidade no seu calendário.

“Voltei do Japão na quarta-feira e, apesar de estar inscrito no ATP 500 de Washington, ia ficar muito em cima pra ir pra lá. Defini com a minha equipe que não iria e que usaria essa uma semana aqui no Brasil pra treinar bem. Depois vou pros Estados Unidos para disputar o qualifying do Masters 1000 de Cincinnati, o ATP 250 de Winston-Salem e o US Open. Em Cincinnati tem um histórico grande da lista rodar em cima da hora e talvez eu tenha chance de entrar direto”, disse o atual 95º do mundo.

De olho em somar pontos, Thiago também fará uma sequência de challengers na Europa. “Depois do US Open, eu vou pra Europa para jogar uns challengers grandes lá, de 125 mil e 100 mil, pra tentar dar uma retomada na quantidade de jogos e também no ranking. E aí, dependendo do resultado, vou resolver o restante do meu calendário”, finalizou o brasileiro, que realizou o sonho de participar nos Jogos Olímpicos pela primeira vez, em Tóquio. “Foi um sonho de criança realizado, estar no meio de tantos atletas de elite de variados esportes. Foi uma experiência incrível que me dá muito mais motivação para estar melhor no circuito e em Paris 2024.”

Thiago viajará para a turnê dos EUA com o técnico argentino Pablo Fuente e na Europa com o espanhol Ruben Ramirez Hidalgo.

Thiago Monteiro embarca neste sábado para Tóquio

Thiago Monteiro está nos momentos finais de sua preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Em Bastad, na Suécia, o tenista número 1 do Brasil vai ajustando os últimos detalhes antes de viajar para a capital japonesa, onde disputará a primeira competição olímpica de sua carreira.

“No momento estou treinando em Bastad e muito animado e ansioso para começar a experiência olímpica. Preciso fazer muitos testes em relação ao coronavírus para o controle do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), então já estou fazendo isso por aqui, e o meu vôo também já estava programado para sair da Suécia, então permaneci para treinar e manter o ritmo. Vou acabar chegando lá com uma semana de antecedência e aí encontrarei toda a equipe. Acredito que neste domingo ou segunda-feira já estaremos todos presentes e treinando juntos”, disse o atual número 93 do mundo.

Antes de partir, porém, o cearense recebeu a notícia de que também disputará a chave olímpica de duplas, participando ao lado do gaúcho Marcelo Demoliner. “Estou muito animado, especialmente com essa notícia de que entrei nas duplas com o Demo. Vai ser incrível disputar tanto simples quanto duplas. Com certeza aproveitarei toda essa experiência ao máximo”, finalizou Monteiro.

As partidas de tênis nos Jogos Olímpicos terão início no dia 24 de julho, no Ariake Tennis Park, em Tóquio.

Thiago Monteiro estreia contra Auger Aliassime em Wimbledon

Thiago Monteiro (BRA)

Thiago Monteiro está nos preparativos finais para a sua estreia em Wimbledon. Já em Londres desde a semana passada para se adaptar à grama, o tenista número 1 do Brasil viu o sorteio da chave ser realizado nesta sexta-feira, conhecendo seu adversário da primeira rodada. O cearense voltará a se encontrar com o canadense Felix Auger-Aliassime, o número 19 do mundo. Os dois tenistas também se enfrentaram na última edição do US Open, batalhando em quatro duros sets.

“Eu vou jogar contra o Felix de novo e vai ser mais um jogo bem duro. Ele vem jogando bem na grama, fez dois ótimos torneios e também saca muito bem, o que é importante neste piso. A gente se enfrentou no US Open e foi um jogo duríssimo, com três tie-breaks. Sei que preciso sacar bem e tentar aproveitar qualquer oportunidade que aparecer no saque dele”, analisou o brasileiro.

Apesar de não ter disputado torneios na grama em sua preparação para Wimbledon, Thiago se sente preparado para o desafio. “Sinto que venho treinando bem por aqui, realmente tenho feito uma boa preparação. Apesar de não ter disputado nenhum torneio na grama, também nunca fiz uma preparação tão longa neste piso quanto a que estou fazendo agora e me sinto bem. Tenho mais alguns dias para me preparar ainda mais, passar o plano de jogo e sair com o melhor resultado possível”, finalizou o número 81 do mundo.

Esta será a terceira participação de Monteiro na chave principal de Wimbledon e a quinta no geral. Além da chave de simples, Monteiro está na expectativa para entrar na chave de duplas. O cearense assinou a lista ao lado do gaúcho Rafael Matos, atual 89º do ranking de duplas da ATP. Fora por poucas posições, a dupla assinará a lista de alternates e aguardará para ver se alguma desistência acontecerá.

Thiago Monteiro estreia com vitória em Roland Garros

Thiago Monteiro estreou com vitória em Roland Garros. Em partida sólida, o brasileiro avançou no Grand Slam francês ao superar o argentino Francisco Cerundolo, número 117 do mundo, em sets diretos, com parciais de 6/3 6/4 6/3 e 2h06 de duração.

“Estou muito feliz com a vitória na estreia, foi um jogo muito positivo. Consegui impor um ritmo muito bom e é sempre bom avançar em sets diretos, evitando o desgaste num torneio de 5 sets. O Cerundolo é um jogador muito agressivo e que vem muito bem nesse ano, principalmente no saibro, então foi muito importante eu jogar firme e agressivo, do jeito que eu gosto. Acredito que consegui fazer isso muito bem, além de jogar bem nos momentos chaves do jogo, que foi o mais importante”, disse Monteiro, contente com o nível apresentado na estreia.

Completando 27 anos nesta segunda-feira, Monteiro comemorou o dia vencendo em Roland Garros, um torneio tão importante para o tênis do Brasil. O brasileiro comentou o sentimento diferente quando disputa o Grand Slam: “O ambiente aqui em Roland Garros é muito diferente para os brasileiros, sinto isso quando entro em quadra. Por toda a história do Guga e também pelo Bellucci, por exemplo, que jogou muito bem aqui. Me inspiro nesses grandes nomes do tênis brasileiro para tentar fazer a minha história aqui também, e sinto que, aos poucos, estou escrevendo ela”.

Na próxima rodada, Thiago enfrentará o norte-americano Steve Johnson, o 88º do ranking. Este será o primeiro confronto entre os tenistas. “Agora enfrento o Johnson, que é um grande sacador e muito agressivo em quadra. Tenho que buscar aproveitar as pequenas oportunidades que terei jogando na devolução e  jogar no nível que joguei hoje, tranquilo nos momentos importantes da partida. Também preciso fazer o Johnson se mexer bastante em quadra, que é algo que incomoda o jogo dele”, finalizou o tenista número 1 do Brasil, já focado na próxima rodada.