Bia é superada na semi em Bogotá

A tenista paulista Beatriz Haddad Maia encerrou neste sábado sua participação no WTA de Bogotá, após cinco vitórias seguidas (dois no qualifying e três na chave principal).

Bia foi superada nas semifinais pela jovem norte-americana Amanda Anisimova, de 17 anos e 76o do mundo, por 2 sets a 1, parciais de 4/6 7/6(2) 6/2, após 2h38min de confronto.

“Apesar da derrota hoje, fiz uma boa semana aqui em Bogotá, com uma boa sequência de jogos. Não foi do jeito que eu esperava, mas bola pra frente, vou seguir trabalhando”, disse a tenista número 1 do Brasil e 165o. do mundo.

 

Bia disputa vaga na final do WTA de Bogotá

A tenista paulista Beatriz Haddad Maia  disputa neste sábado uma vaga na final do WTA de Bogotá.

Nesta sexta-feira, Bia venceu de virada a espanhola Sara Sorribes Tormo, cabeça de chave 7 do torneio e 79o do mundo, por 6/7(6) 6/2 6/3, em 2h44min de partida, e alcançou a sua quinta vitória consecutiva no torneio colombiano (duas no qualifying e as restantes na chave principal).

“A Sara é uma das poucas amigas que tenho no circuito, foi um jogo um pouco emocional. Ela consegue se safar de tudo, dá bola alta, dá slice, drop, tem muita variedade de jogo. Eu senti um pouco de nervosismo no primeiro set, acabei ficando um pouco ansiosa e errei um pouco mais do que deveria, mas depois eu relaxei, fiquei mais solta e consegui controlar as minhas emoções”, afirmou Bia, 165o do mundo.

Bia chega à sua segunda semifinal da carreira em WTA. A primeira delas foi em Seul, em 2017, quando a brasileira fez a final do torneio coreano, mas foi parada pela letã Jelena Ostapenko, então top 10.

A próxima adversária de Bia, neste sábado, será jovem norte-americana Amanda Anisimova, de 17 anos e 76o do mundo, que derrotou a colombiana Maria Camila Osorio Serrano, também de 17anos, por 6/2 1/6 6/3, nas quartas de final.

“É uma menina nova que joga muito bem e está tendo um ano fantástico no circuito (fez oitavas de final do Australian Open e quartas em Auckland). Vou entrar em quadra e fazer o meu jogo. Estou confiante e feliz, já é meu sexto jogo aqui, estou vindo de boas semanas e contente com o que venho apresentando em quadra”, finalizou.

Bia Maia passa o qualifying do WTA de Bogotá

A brasileira Beatriz Haddad Maia entrou na chave principal do WTA de Bogotá. Neste domingo, na rodada classificatória em um jogo disputadíssimo, com quase 3 horas de duração (2h57min), ela venceu Teliana Pereira, por 7/6(4) 64/6 6/4.

Bia Maia passa o quali e entra na chave do WTA de Bogotá

Outra brasileira no qualifying, Paula Gonçalves, foi eliminada na primeira rodada.

Bia Maia aguarda agora o sorteio para saber contra quem jogará na estreia da chave do WTA International, disputado no saibro e onde Teliana foi campeã há 2 anos.

 

Foto: Divulgacao Copa Colsanitas WTA Bogotá

Bia Maia passa por cirurgia e pode ficar fora até 6 meses

A tenista paulista Beatriz Haddad Maia deu 3 notícias em um dia só.

Assinou a parceria com a IMG, a maior empresa de marketing esportivo do mundo, encerrou o relacionamento técnico-atleta com o técnico Marcus Vinícius Barbosa, o Bocão e seria submetida a cirurgia no ombro direito.

Bia Maia passa por cirurgia no ombro, deixa de treinar com Bocão e assina com IMG
IMG
Já traçando planos para o futuro, além do acordo com a IMG, Bia também comunicou que passará, ainda nesta segunda-feira, por uma cirurgia no ombro direito e que desfez a parceria com o técnico Marcus Vinicius Barbosa, o Bocão.

Aos 19 anos, Bia passa a integrar o time de estrelas da IMG Tennis ao lado de Novak Djokovic, Maria Sharapova, Eugenie Bouchard, Kei Nishikori, Jo-Wilfried Tsonga, entre outros grandes nomes do tênis mundial.

A paulista vive este ano sua melhor temporada da carreira, com a conquista de seu primeiro título WTA nas duplas em Bogotá, na Colômbia, além do melhor ranking tanto em simples, como 148o., quanto nas duplas, como 117o.

“Estamos muito animados em ter a Beatriz no nosso time de estrelas. Acreditamos no potencial da Beatriz e daremos toda estrutura necessária para que ela possa dar muitas alegrias aos fãs de tênis brasileiros”, destacou Fernando Soler, vice-presidente da IMG Tennis.

“Estou muito feliz. É um privilégio poder ter uma empresa como a IMG cuidando da minha carreira, uma nova fase para mim. Estou em um momento bacana, acreditando que as coisas boas vão vir e tenho que seguir trabalhando, fazendo as coisas certas e usar isso de forma positiva. Com certeza, este acordo trará benefícios para ambos os lados”, afirmou Bia.

Bia e a cirurgia

Bia Haddad Maia sofreu um descolamento na cápsula anterior do ombro direito e terá de passar por uma intervenção cirúrgica para corrigir este desvio, fator que impediu a disputa da medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto e também a participação no WTA Brasil Tennis Cup, em Florianópolis.

Devido ao tempo de recuperação, Bia também não poderá disputar o US Open, torneio que estava previsto em seu calendário antes do diagnóstico de sua equipe médica. O período de recuperação levará entre 4 e 6 meses, de acordo com a evolução física da tenista, que espera estar 100% recuperada para voltar a competir.

“Infelizmente terei de ficar um tempo afastada das quadras para me recuperar. É uma pena, porque eu vinha na melhor fase da minha carreira, mas também já superei outras barreiras e tenho certeza que voltarei ainda mais forte para ser feliz em quadra e conquistar todos os meus objetivos”, afirmou Bia.

Há dois anos, Bia sofreu uma queda em quadra durante um torneio em Campinas, que causou a fratura da cabeça do úmero. À época houve um pequeno descolamento na cápsula, que não a impedia de jogar, mas se agravou nas últimas semanas e forçou a atleta a realizar uma cirurgia para sanar o problema.

Bia e Bocão

O técnico Marcus Vinicius Barbosa, o Bocão, não é mais o técnico de Bia Haddad Maia. Juntos desde agosto do ano passado, a tenista optou por desfazer a parceria, amigavelmente, e voltar para São Paulo (até então treinava em Santa Catarina).

Bia vai aproveitar o período da reabilitação da cirurgia para avaliar, junto a sua nova agência, a IMG, e a CBT, a escolha de um novo técnico.

“O Bocão me ajudou muito nesse último ano. Com ele cheguei entre as 150 melhores do mundo e consegui atingir alguns objetivos. Apesar disso, decidi que era a hora de seguirmos caminhos diferentes. Desejo a ele toda sorte do mundo nos seus próximos desafios”, afirmou Bia.

Bia e Teliana estreiam nesta terça no ITF de Saint Gaudens

As duas brasileiras mais bem colocadas no ranking mundial, Teliana Pereira, 77a. e Beatriz Haddad Maia, 167a, estreiam nesta terça-feira no ITF Challenger de Saint Gaudens, na França, com premiação total de U$ 75 mil (50 + H).

Bia é a primeira entrar em quadra contra a colombiana Mariana Duque Marino, 110a na WTA.

Depois Teliana enfrenta a convidada russa, número 262 no ranking mundial, Marta Sirotkina.

O ITF de Saint Gaudens é o último torneio que elas disputam antes de Roland Garros.Bia e Teliana estreiam nesta 3a. em Saint Gaudens

 

Bia Maia disputa série de torneios nos EUA e na Colômbia

Depois de um período de treinamentos em Santa Catarina, a paulista Beatriz Haddad Maia disputará uma série de torneios nos Estados Unidos, começando com o ITF US$ 25 mil na cidade de Palm Harbor, na Flórida.

Bia Maia viaja para série de torneios no exterior

Atual número 208 do ranking de simples da WTA, Bia está garantida na chave principal do torneio realizado no Innisbrook Resort and Golf Club.

“A expectativa é muito boa. Agora é manter o mesmo foco de evoluir, jogar solta, ajustar algumas coisas que eu deixei de fazer nos últimos torneios, seguir firme com a cabeça e feliz, que é o mais importante”, afirma Bia, que surpreendeu ao alcançar as quartas-de-final do Rio Open, chegando a ter match point contra Sara Errani, um mês atrás.

Número 2 do Brasil no ranking WTA, Bia viaja acompanhada do técnico Marcus Vinícius Barbosa, o Bocão.

Depois do ITF US$ 25 mil de Palm Harbor, a brasileira disputará o ITF US$ 50 mil em Osprey e o WTA Premier de Charleston, ambos nos Estados Unidos, fechando a série com o WTA de Bogotá, na Colômbia.