Demoliner e Daniell ficam com o vice do ATP de Chengdu. Rogerinho perde no quali de Pequim

Mais uma vez, Marcelo Demoliner chegou perto, mas ainda não conquistou o seu esperado primeiro título de ATP, depois de ficar com o vice em Chengdu, neste domingo.

Na madrugada deste domingo, horário de Brasília, Demoliner e seu parceiro, o neozelandês Marcus Daniell, foram superados na decisão do torneio chinês para o israelense Jonathan Erlich e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/6(3).

Esse foi o 5º vice da carreira do brasileiro, sendo o 3º nesta temporada. Além de Chengdu, eles também pararam na final do Brasil Open e do ATP 250 de Lyon.

No qualifying do ATP 500 de Pequim, também na China, Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, fez um jogo duro, mas perdeu na última rodada para o sérvio Dusan Lajovic, com parciais de 6/3 5/7 e 6/3.

Demoliner e Daniell estão na decisão do ATP de Chengdu e buscam 1º título. Sá perde em Shenzen

Marcelo Demoliner terá mais uma chance de conquistar seu primeiro título de ATP, agora no 250 de Chengdu, na China, que é disputado no piso duro.

Neste sábado, o brasileiro e o neozelandês conseguiram uma boa vitória em sets diretos sobre o taiwanês Yen-Hsun Lu e o indiano Divij Sharan, com um duplo 6/3, garantido vaga na grande final deste domingo.

Seus adversários serão o israelense Jonathan Erlich e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi, que venceram Santiago Gonzalez e Nenad Zimonjic na semi.

Essa é a quinta final de ATP da carreira de Demoliner, a terceira no ano, sendo que ele e Daniell já ficaram com o vice no Brasil Open e no ATP 250 de Lyon.

Já no ATP de Shenzen, na China, também disputado no piso duro, André Sá e o israelense Dudi Sela pararam na semifinal, perdendo, na manhã deste sábado, horário de Brasília, para o croata Nikola Metkic e o norte-americano Nick Monroe, com parciais de 6/3 e 7/6(4).

Zverev desiste da dupla com Melo e Sá e Sela vão à semi em Shenzen. Demoliner vence em Chengdu

A dupla Marcelo Melo e Alexander Zverev teve de desistir da disputa das quartas de final do Shenzhen Open, nesta quinta-feira (28), torneio ATP 250 que está sendo realizado em Shenzhen, na China. Após quase três horas de partida, pela chave de simples, para vencer o belga Steve Darcis, o desgaste de Zverev impediu que pudesse voltar à quadra para o jogo de duplas, mesmo após um período de descanso. Com isso, Melo e Zverev perderem por WO para o brasileiro André Sá e o israelense Dudi Sela.

“Depois de uma partida exaustiva, o Zverev disse que não teria condições de jogar a dupla. Estava muito quente e úmido por aqui, aumentando ainda mais o cansaço e o desgaste. Ele ficou muito chateado, pediu muitas desculpas, pois queria muito continuar jogando comigo. Mas, realmente não conseguiria. O clima aqui está bem complicado, nunca tinha visto um lugar tão úmido”, explicou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Já que não entrou em quadra, Melo decidiu aproveitar o final da quinta-feira na China e fazer uma atividade física, por volta das 23 horas (horário de Shenzhen), com seu preparador físico Chris Bastos, que o acompanha nessa série de disputas por cidades chinesas. “Vou me exercitar um pouco, para não perder o dia. Depois é pensar nos próximos torneios aqui na Ásia”, completou.

Sá e Melo vencem e se enfrentam nas 4ªs do ATP de Shenzen. Demoliner triunfa em Chengdu

André Sá e Marcelo Melo estrearam com vitória na chave de duplas do ATP 250 de Shenzen, na China, que é disputado no piso duro.

Primeiro a entrar em quadra, Sá e o israelense Dudi Sela venceram o tcheco Roman Jebavy e o holandês Matwe Middelkoop, com parciais de 7/5 5/7 e 13/11.

Nas quartas, eles terão pela frente justamente a dupla do compatriota, que joga esse torneio ao lado do alemão Alexander Zverev.

Melo e Zverev venceram na primeira rodada o chileno Hans Podlipnik-Castillo e o bielorrusso Andrei Vasilevski por 7/6(5) e 6/4.

Já no ATP 250 de Chengdu, também na China, Marcelo Demoliner e o neozelandês também venceram na estreia, passando pelo georgiano Nikoloz Basilashvili e o uzbeque Denis Istomin, de virada, com parciais de 4/6 6/4 e 10/6.

Nas quartas, eles terão pela frente o chileno Julio Peralta e o neozelandês Michael Venus.

Repetindo resultado da Davis, Monteiro perde para Sugita nas 8ªs do ATP de Chengdu

Thiago Monteiro está eliminado do ATP 250 de Chengdu, na China, que é disputado no piso duro.

Na madrugada desta quinta-feira, o brasileiro foi superado nas oitavas de final pelo japonês Yuichi Sugita, cabeça de chave nº 5, com parciais de 6/4 e 6/1.

Foi a segunda vez em poucos dias que Monteiro e Sugita se enfrentaram, já que eles fizeram o jogo decisivo do confronto entre Brasil e Japão, pela Copa Davis. Na ocasião, o japonês também venceu em sets diretos.

O resultado no torneio chinês vai fazendo Monteiro, por enquanto, ganhar 6 posições no ranking da ATP, indo ao 120º posto, mas ainda dependendo de outros resultados durante a semana.

Rogerinho perde pra chinês na estreia em Shenzen. Monteiro busca 4ªs em Chengdu

Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, foi superado na primeira rodada do ATP 250 de Shenzen, na China, que é disputado no piso duro.

Na manhã desta terça-feira, o brasileiro perdeu para jovem chinês Zhizhen Zhang, nº 495 do mundo, em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/1.

Nas duplas, Rogerinho já havia perdido na estreia, jogando ao lado do italiano Paolo Lorenzi, diante de Marcel Granollers e Malek Jaziri, por 7/6(6) e 6/4.

Na madrugada de terça pra quarta-feira, Thiago Monteiro vai em busca de vaga nas quartas de final do ATP 250 de Chengdu, também na China.

Depois de vencer o local Yibing na primeira rodada, Monteiro revê nas oitavas de final o japonês Yuichi Sugita, cabeça de chave nº 5, que o venceu há alguns dias, no jogo que encerrou o confronto entre Brasil e Japão pela Copa Davis.

Monteiro vira sobre nº 1 juvenil na estreia do ATP de Chengdu e reencontra adversário da Davis

Thiago Monteiro conseguiu uma bela virada na estreia do ATP 250 de Chengdu, na China, que é disputado no piso duro.

Na manhã desta segunda-feira, o brasileiro enfrentou o chinês Yibung Wu, nº 1 juvenil e campeão do US Open juvenil, saiu atrás, mas conseguiu a virada com parciais de 1/6 7/6(6) e 6/2 .

Na oitavas de final, Monteiro terá pela frente o japonês Yuichi Sugita, nº 43 do mundo e cabeça de chave nº 5, que passou pelo croata Mate Pavic na estreia.

Monteiro e Sugita se enfrentaram há alguns dias, no jogo que definiu o confronto entre Brasil e Japão pela Copa Davis, com vitória do japonês em sets diretos.

Monteiro estreia na manhã desta segunda no ATP de Chengdu, na China

Thiago Monteiro estreia na manhã desta segunda-feira no ATP 250 de Chengdu, na China, que é disputado no piso duro.

O brasileiro, que vem de duas derrotas no confronto pela Copa Davis, contra o Japão, fará sua primeira partida contra o chinês Yibing Wu, jovem de 17 anos, campeão juvenil do US Open e que vem embalado pelo título do Challenger de Shangai.

Será a primeira participação de Monteiro no torneio chinês, que está em sua segunda edição e tem como atual campeão do russo Karen Khachanov.