Bellucci e Rogerinho levam virada nas quartas do Challenger de Santiago

O brasileiro Thomaz Bellucci foi superado nesta quinta-feira, nas quartas-de-final do Challenger de Santiago, no Chile. Ele foi eliminado pelo eslovaco Jozef Kovalik, 145o. colocado no ranking mundial, em uma batalha de 3h21min por 6/7(6) 7/6(4) 6/3.

“Foi um jogo difícil e longo, decidido no segundo set, onde acabei tendo muitas chances no começo. Saquei em 4/3 no segundo, não joguei bem no game e o set acabou indo para o tie-break. Errei muito. É difícil sair com uma derrota da quadra depois de estar praticamente com o jogo na mão. Mas, foi uma semana produtiva. Fiz três jogos e ganhei um pouco mais de ritmo. Vou voltar a treinar e voltar com tudo para os próximos torneios, levando isso tudo como aprendizado,” analisou Bellucci.

Bellucci, 133o na ATP, agora faz duas semanas de treino em Bradenton e inicia nova série de torneios na sequência, começando pelo Challenger de San Luis Potosi, a partir do dia 27 de março.

Quem também perdeu de virada nesta quinta-feira foi Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, que foi superado pelo espanhol Carlos Gomez Herrera, com parciais de 4/6 6/3 e 6/3.

Bellucci e Rogerinho vencem outra e garantem vaga nas 4ªs do Challenger de Santiago

Thomaz Bellucci está nas quartas de final do Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no saibro.

Nesta quarta-feira, ele derrotou o argentino Renzo Olivo, 178º do mundo, por 6/1 e 6/4, para avançar na competição chilena. Por vaga na semifinal, ele enfrenta o eslovaco Jozef Kovalik.

“Foi um jogo tranquilo, sólido e conseguindo neutralizar as armas do cara. Eu poderia ter fechado o segundo set no 6/2, mas acabei perdendo o saque no 5/2 no game que nao joguei tão bem. Acho que é normal isso na minha volta e está custando um pouco mais pra fechar os jogos. Tem acontecido com frequência, mas reencontrando as vitórias e com o ritmo, isso vai ficando de lado,” analisou Bellucci, 133º colocado no ranking mundial.

Para o desafio contra Jozef Kovalik, 145º na ATP, Bellucci espera um embate equilibrado. “Ele pega duro de fundo, tem boas armas e vou ter que subir o meu nível para vencer.” afirmou o brasileiro, que venceu o único confronto entre eles até o momento, na primeira rodada do Challenger de Braunschweig, em 2014.

Quem também passou com tranquilidade pelas oitavas de final foi Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, cabeça de chave nº 1 do torneio.

Também nesta quarta, ele bateu o argentino Hernan Casanova em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4, garantindo seu lugar nas quartas para enfrentar o espanhol Carlos Gomez Herrera.

Os dois já se enfrentaram uma vez, na primeira rodada do Challenger de São José do Rio Preto, em 2013, com vitória de Rogerinho.

Bellucci e Rogerinho passam pela estreia em Santiago. Feijão perde para espanhol

O brasileiro Thomaz Bellucci estreou com vitória no Challenger de Santiago, nesta terça-feira. Na primeira rodada do torneio chileno, disputado no saibro, ele derrotou o argentino qualifier Facundo Arguello (289o), por 6/2 6/3 e enfrenta outro jogador da Argentina, Renzo Olivo.

Originalmente programado para enfrentar o também brasileiro Guilherme Clezar, na segunda-feira, Bellucci, 133o na ATP, acabou estreando apenas nesta terça, com a desistência do gaúcho e o novo sorteio que o colocou diante de um qualifier.

“O Clezar se retirou e acabou sorteando lucky loser com qualifier tudo junto e como foi contra qualifier o jogo foi hoje para ninguém jogar duas vezes no mesmo dia. Foi um jogo bom hoje. O cara começou um pouco nervoso, cometendo muitos erros e eu comecei firme. Consegui duas quebras no começo e deu para jogar solto. No segundo set ele estava melhor, mas consegui administrar bem a vantagem e já vou entrando em ritmo e me sentindo pronto para a próxima rodada amanhã,” analisou Bellucci.

A próxima rodada contra Olivo, 178o no ranking mundial,  é nesta quarta-feira.

Quem também venceu bem na primeira rodada foi Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, que passou pelo português João Domingues, também em sets diretos, com parciais de 7/6(2) e 6/4. Nas oitavas, seu adversário será o argentino Hernan Casanova, em confronto que será inédito.

Já João Souza, o Feijão, que entrou como lucky-loser, foi superado na primeira rodada da chave principal pelo espanhol Carlos Gomez Herrera, com parciais de 6/3 e 6/1.

Monteiro e Rogerinho vão à semi e podem se enfrentar na decisão do Challenger de Santiago

Dois brasileiros garantiram, nesta quinta-feira, vaga na semifinal do Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no piso saibro.

O primeiro a vencer foi Thiago Monteiro, que fez um jogo duro, chegou a levar pneu, mas venceu o experiente argentino Carlos Berlocq, com parciais de 6/3 0/6 e 6/4.

Por vaga na final, Monteiro terá pela frente o local Nicolas Jarry. Os dois já se enfrentaram uma vez, em um Future, em 2013, com vitória do brasileiro em sets diretos.

Outro brasileiro que está na semi é Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, que bateu o argentino Patricio Heras por duplo 6/4. Nesta sexta-feira, valendo vaga na final, ele terá pela frente Marcelo Arevalo, de El Salvador, em confronto que será inédito.

Rogerinho vence chileno Jarry e é campeão do Challenger de Santiago

Rogerinho - Buenos Aires 2 peqRogério Dutra Silva, o Rogerinho, conquistou o título do Challenger de Santiago, no Chile, disputado no saibro.

Neste sábado, o brasileiro segurou a pressão da torcida local apoiando o jovem Nicolas Jarry e conseguiu usar sua experiência pra se impor e vencer em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/3.

Atual nº 85 do mundo, o resultado deve deixar Rogerinho muito perto da sua melhor marca, que é o 82º lugar, na próxima atualização divulgada pela ATP.

Rogerinho vence Bolelli, vai à final do Challenger de Santiago e encara chileno Jarry

Rogerinho - Buenos Aires 2 peqRogério Dutra Silva, o Rogerinho, está na final do Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no saibro.

Neste sábado, o brasileiro garantiu sua vaga ao vencer o italiano Simone Bolelli em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

Na final deste sábado, Rogerinho terá pela frente o local Nicolas Jarry, nº 249 do mundo, que não precisou entrar em quadra pra chegar à decisão, já que Guilherme Clezar desistiu ao sentir uma lesão.

Rogerinho e Jarry já se enfrentaram uma vez, no Challenger de Santiago de 2015, com vitória de virada do chileno.

Feijão vira sobre Ruud e vai às quartas em Santiago. Rogerinho e Clezar também vencem

São Paulo - SP - 28/02/2017 - BRASIL OPEN 2017 - João SOUZA (BRA), durante Brasil Open 2017 no Esporte Clube Pinheiros. Foto: ©DGW Comunicação

Três brasileiros estão nas quartas de final do Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no saibro.

Nesta quinta-feira, João Souza, o Feijão, conseguiu uma boa vitória de virada sobre a revelação norueguesa Casper Ruud, com parciais de 5/7 6/4 e 7/5, garantindo sua vaga para enfrentar o chileno Nicolas Jarry. Os dois já se enfrentaram três vezes, com duas vitórias do brasileiro.

No confronto nacional, Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, levou a melhor sobre Caio Zampieri e venceu por duplo 6/3. Seu próximo adversário será o sueco Christian Lindell e o brasileiro lidera o confronto direto por 2×1.

Guilherme Clezar foi outro que garantiu sua vaga, ao bater o argentino Nicolas Kicker por 4/6 6/4 7/5 e agora terá pela frente o argentino Guido Andreozzi, contra o qual já venceu uma vez e venceu.

Quatro brasileiros buscam vaga nas quartas de Santiago, nesta quarta-feira

Feijão 2 peqQuatro brasileiros entram em quadra, nesta quarta-feira, buscando vaga nas quartas de final do Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no saibro.

Primeiro a entrar em quadra no dia, Guilherme Clezar, que passou pelo qualifying, terá pela frente o argentino Nicolas Nicker.

Depois, confronto nacional entre Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, e Caio Zampieri, enquanto João Souza, o Feijão, encara o norueguês Casper Ruud, que conseguiu destaque nesta temporada ao chegar à semifinal do Rio Open depois de entrar na chave com um convite.

Clezar vence na estreia em Santiago. Feijão passa por chileno e encara Ruud

Clezar 2 peqDois brasileiros estrearam com vitória no Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, Guilherme Clezar, depois de passar pelo qualifying, bateu o francês Tristan Lamasine, de virada, com parciais de 3/6 6/4 e 6/4, garantindo vaga nas oitavas de final para enfrentar o argentino Nicolas Kicker, cabeça de chave nº 2.

Mais tarde, João Souza, o Feijão, também conseguiu uma boa vitória, superando o local Marcelo Tomas Barrios Vera, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4. Nas oitavas, ele terá pela frente o norueguês Casper Ruud, que conseguiu há alguns dias seu principal resultado na carreira, ao chegar à semifinal do Rio Open, depois de receber um convite.

Nesta terça, mais dois brasileiros entram em quadra. Rogerinho, que vem do título de duplas do Brasil Open, encara o espanhol Jordi Samper-Montana, enquanto Caio Zampieri joga contra o qualifier boliviano Hugo Dellien.

Rogerinho perde para argentino Gonzalez e fica com o vice do Challenger de Santiago

rogerinho-campinas-3-peqO paulista Rogério Dutra Silva ficou com o vice-campeonato do Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no saibro.

Na final, neste sábado, o brasileiro foi derrotado pelo argentino Maximo Gonzalez, por 6/2 e 7/6(5). Essa foi a quarta final de Rogerinho na temporada e o terceiro vice-campeonato.

Rogerinho segue para o Peru, onde joga o Challenger de Lima, a partir de segunda-feira. Designado como cabeça de chave nº 7, ele enfrenta na estreia o argentino Nicolas Kicker.