Clezar estreia bem e vai à 2ª rodada do Challenger de L’Aquila

Depois de Thiago Wild, Guilherme Clezar também garantiu vaga na segunda rodada do Challenger de L’Aquila, na Itália, que disputado no saibro.

Nesta terça-feira, o brasileiro superou com certa facilidade o croata Ante Pavic, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2.

Semifinalista do torneio no ano passado, Clezar terá pela o russo Aslan Karatsev, nº 260 do mundo, em confronto que será inédito.

Também pela segunda rodada, Thiago Wild vai fazer um confronto nacional contra Thomaz Bellucci, que já vai fazer sua estreia na segunda rodada.

Wild estreia nesta segunda-feira em Challenger italiano e pode enfrentar Bellucci na 2ª rodada

Depois de chegar às quartas de final em Cordenons, Thiago Wild segue na Itália e estréia nesta segunda-feira no Challenger de L’Aquila, que também é disputado no saibro.

Na primeira rodada, o brasileiro terá pela frente o bósnio Tomislav Brkic, nº 420 do mundo, em confronto que será inédito no circuito.

Em caso de vitória, Wild fará um confronto brasileiro contra Thomaz Bellucci, que é o cabeça de chave nº 4 e já estréia na segunda rodada.

Recuperado da lesão nas costas, Bellucci embarca para torneios na Europa neste sábado

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci embarca neste sábado para a Europa, para voltar ao circuito depois de semanas parado com uma lesão nas costas. Sem dores, Bellucci programou uma série de torneios no calendário, todos no saibro, que começa com o Challenger de Meerbusch, na Alemanha.

“Voltei a treinar e não senti mais dores. Estou com muita vontade de estar no circuito de novo, jogar e competir. Fiquei meses parado com a lesão no tornozelo, joguei um torneio e me machuquei nas costas logo na sequência e tive que parar de novo,” explicou o brasileiro. “Como estou sem ritmo de jogo viajo sem visar resultados. Essas semanas iniciais serão também de preparação, mas quero muito estar no circuito.”

O calendário de Bellucci contemplará os torneios de Meerbusch, L’Aquila, Como, Genova, Szcsezin, Biella e Florença.

Para esta gira, o brasileiro viajará com o preparador físico Hamilton Souza e o fisioterapeuta Luís Gomes. O técnico Thiago Alves encontrará o tenista na Europa.

Com lesão nas costas, Bellucci volta ao Brasil para se recuperar

Com uma lesão nas costas o brasileiro Thomaz Bellucci decidiu voltar ao Brasil e se recuperar, para depois retornar às competições do circuito profissional.

O brasileiro estava na Europa, voltando a jogar depois de dois meses parado se tratando de uma lesão no tornozelo esquerdo. O primeiro sinal da lesão apareceu no segundo torneio, em Amersfoot, na semana passada, na Holanda. O tenista permaneceu na Europa tentando se recuperar para competir na semana que vem em Liberec, mas ainda não se sente apto a competir em alto nível.

“Senti uma lesão antiga nas costas na outra semana, na Holanda. Ainda joguei o torneio, mas longe das condições ideais. Tentamos recuperar para jogar na próxima semana, mas ainda preciso de mais um tempo. O tornozelo está bem, mas fiquei algumas semanas parado e na hora de voltar a jogar e treinar forte diariamente a lesão nas costas apareceu de novo. É mais um obstáculo, mas preciso me tratar, me fortalecer e voltar com tudo assim que estiver pronto,” disse Bellucci.

O brasileiro não tem previsão de retorno às competições e fará sua recuperação no Brasil.

Depois de mais de 2 meses, Bellucci volta às quadras com vitória em Challenger italiano

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci voltou às quadras, depois de mais de dois meses de ausência, devido a uma lesão no tornozelo esquerdo, com vitória. Nesta segunda-feira ele derrotou o francês Kenny De Schepper por 7/5 3/6 6/2 para avançar no Challenger de Perugia, no saibro.

“Eu ainda não estou 100% mas já posso jogar e ser competitivo. Acho que é um processo. Não é de um dia para o outro que você volta jogando como antes. Hoje foi um bom começo. Consegui jogar em um bom nível e estou feliz com esse retorno,” disse o brasileiro, que enfrenta na próxima rodada o italiano Federico Gaio.

“Fiquei muito satisfeito de ter conseguido aguentar o jogo todo muito bem fisicamente. Foram semanas e semanas de trabalho com a minha equipe. Todo mundo – técnico, fisioterapeuta – preparador físico – trabalhou duríssimo nesses meses para me deixar pronto para voltar a jogar. Eles foram muito importantes.”

Bellucci, atual 258o colocado no ranking mundial, sofreu a lesão no tornozelo esquerdo no Challenger de Francaville, no dia 25 de abril. Na segunda rodada, ele terá pela frente o local Federico Gaio, que o venceu no único entre os dois até o momento, no Challenger de Biella, em 2016.

Também em Perugia, Rogério Dutra Silva passu pela primeira rodada ao bater o croata Viktor Galovic por duplo 6/4. O próximo adversário de Rogerinho será o argentino Federico Coria. No único confronto entre eles, no quali do ATP de Buenos Aires, em 2017, vitória tranquila do brasileiro.

Já Guilherme Clezar conseguiu uma boa virada sobre o lituano Ricardas Berankis, vencendo com parciais de 4/6 7/6(2) e 6/1. Agora ele enfrenta o russo Pavel Kotov, em confronto que será inédito.

No Challenger de Braunschweig, na Alemanha, também disputado no saibro, Thiago Monteiro já garantiu vaga nas oitavas ao bater nas oitavas de final o canadense Steven Diez, com parciais de 6/3 e 6/4.

Por vaga nas quartas de final, Monteiro encara o italiano Gianluca Mager.

 

 

Bellucci volta às quadras na Itália, na semana de 08 de julho

Depois de quase dois meses afastado das quadras para curar uma lesão no tornozelo esquerdo, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci prepara a sua volta ao circuito para a semana de 08 de julho no Challenger de Perugia, no saibro, na Itália.

“Depois que eu torci o pé fizemos exames e não deu para visualizar muita coisa pela quantidade de edema. Foi difícil precisar o diagnóstico que era de uma entorse leve. Quando voltei para o Brasil – a lesão foi em 25 de abril em Francavilla – refizemos os exames e vimos que ia demorar mais para voltar. Mas agora estou quase pronto para viajar. Já estou conseguindo me movimentar melhor em quadra, estou jogando sets e até a data da viagem já devo estar com nível físico bom para voltar a competir,” explicou Bellucci, que fez a recuperação no Brasil, onde deve permanecer a maior parte do tempo a partir de agora, em que viajará praticamente o tempo integral com o técnico Thiago Alves. Tenista e técnico embarcam para a Europa na quinta-feira, 04 de julho.

O principal objetivo do brasileiro nesta gira que começará em Perugia e seguirá para Amersfoort, Praga, Liberec, Augsburg, Meerbusch, podendo seguir, caso o ranking permita até o qualifying do US Open, é conseguir jogar sem dor e voltar ao ritmo e a confiança que estava antes de ser interrompido pela lesão na partida contra Oscar Otte, em abril. “Para mim é um momento de otimismo e muita alegria de voltar a competir a estar no circuito. A lesão veio na pior hora, mas não foi a primeira vez que tive uma lesão e acontece, não tem o que fazer. Mesmo tendo perdido ranking, o embalo e a sequência de bons resultados, fiz o máximo possível para poder voltar a jogar em um bom nível e aos poucos continuar na crescente, sem uma cobrança excessiva neste período de volta ao circuito.”

Bellucci vence mais uma e vai às oitavas do Challenger de Francavilla. Clezar perde nos EUA

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci está nas oitavas-de-final do Challenger de Francavilla, na Itália. Ele derrotou, nesta quarta-feira, o argentino Facundo Arguello, 203o colocado no ranking mundial, por 7/6(4) 6/2 e encara agora o alemão Oscar Otte.

Depois de bons resultados nas duplas, desde o Rio Open, em fevereiro e de ter alcançado a segunda semifinal da temporada na semana passada, Bellucci venceu a 2a. partida seguida no torneio do saibro italiano e sente que está entrando em ritmo de competição. “Ter ritmo de jogo está fazendo uma grande diferença e me ajudando muito. Parece fala pronta, mas antes eu estava perdendo logo no começo de um torneio e estava me dificultando para engrenar nos torneios seguintes e da mesma maneira que a confiança ajuda, a falta de ritmo prejudica. Com uma sequência de jogos, vai ficando mais natural.”

Bellucci encarará o alemão Otte, cabeça-de-chave 3 e 146o. na ATP, pela primeira vez na carreira e vai preparado para jogar diante de um sacador. “Sei que ele saca muito bem e vou tentar fazer o meu jogo e conseguir mais esta vitória.”

No Challenger de Tallahassee, nos Estados Unidos, também disputado no saibro, Guilherme Clezar foi superado na primeira rodada pelo suíço Sandro Ehrat, com parciais de 6/7 7/5 e 6/2.

 

Bellucci é superado por português na semi do Challenger de Tunis. Sakamoto joga por final no México

Foi encerrada neste sábado a boa campanha de Thomaz Bellucci no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Na semifinal, o brasileiro teve muitos break points, não aproveitou a maioria e foi superado em sets diretos pelo português João Domingues, com um duplo 6/4.

Agora, Bellucci segue para a disputa do Challenger de Francavilla, na Itália, também disputado no saibro, na próxima semana.

Com a campanha em Tunis, Bellucci deve ganhar aproximadamente 10 posições no ranking da ATP, ficando próximo do 210º posto.

No Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, o brasileiro Pedro Sakamoto, depois de eliminar o cabeça de chave nº 1, conseguiu mais uma boa vitória e chegou à semifinal.

Nesta sexta-feira, ele bateu de virada o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera, com parciais de 2/6 6/1 e 6/4. Por vaga na final, Sakamoto enfrenta neste sábado o suíço Marc-Andrea Huesler, nº 351 do mundo, em confronto que será inédito.

Bellucci vence a 4ª seguida e vai à semi do Challenger de Tunis. Sakamoto joga 4ªs no México

Thomaz Bellucci segue em grande semana e já está na semifinal do Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Nesta sexta-feira, o brasileiro teve uma grande atuação diante do búlgaro Atila Balazs, venceu com autoridade, com um duplo 6/2, garantindo sua quarta vitória na semana.

Por uma vaga na final, Bellucci terá pela frente o português João Domingues, nº 221 do mundo. Os dois já se enfrentaram uma vez, na primeira rodada do Challenger de Murcia, há poucos dias, com vitória de Bellucci.

Quem entra em quadra nesta é Pedro Sakamoto, que joga pelas quartas do Challenger de San Luis Potosi, no México.

Nesta quinta, ele bateu o cazaque Alexander Bublik, cabeça de chave nº 1 do mundo, com parciais de 6/3 e 7/5.

Seu próximo adversário será o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera, que enfrentaria o brasileiro João Souza, o Feijão, que voltou a ser suspenso preventivamente pela Unidade de Integridade do Tênis.

Bellucci vence de virada na estreia em Challenger tunisiano. Menezes e Sakamoto triunfam no México

Thomaz Belucci conseguiu uma boa vitória na sua estreia no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, o brasileiro superou de virada o alemão Daniel Masur, com parciais de 2/6 6/2 e 7/5, garantindo sua vaga na segunda rodada do torneio.

Agora, seu adversário por uma vaga nas oitavas de final será o francês Quentin Halys, nº 156 do mundo e cabeça de chave nº 7 do torneio, que saiu de bye na primeira rodada.

Pelo Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, João Menezes passou pela estreia diante do argentino Matias Franco Descotte, com parciais de 6/7(7) 6/4 e 6/3, assim como Pedro Sakamoto, que bateu o eslovaco Alex Molcan por 6/4 e 6/2.