Bellucci vence mais uma e vai às oitavas do Challenger de Francavilla. Clezar perde nos EUA

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci está nas oitavas-de-final do Challenger de Francavilla, na Itália. Ele derrotou, nesta quarta-feira, o argentino Facundo Arguello, 203o colocado no ranking mundial, por 7/6(4) 6/2 e encara agora o alemão Oscar Otte.

Depois de bons resultados nas duplas, desde o Rio Open, em fevereiro e de ter alcançado a segunda semifinal da temporada na semana passada, Bellucci venceu a 2a. partida seguida no torneio do saibro italiano e sente que está entrando em ritmo de competição. “Ter ritmo de jogo está fazendo uma grande diferença e me ajudando muito. Parece fala pronta, mas antes eu estava perdendo logo no começo de um torneio e estava me dificultando para engrenar nos torneios seguintes e da mesma maneira que a confiança ajuda, a falta de ritmo prejudica. Com uma sequência de jogos, vai ficando mais natural.”

Bellucci encarará o alemão Otte, cabeça-de-chave 3 e 146o. na ATP, pela primeira vez na carreira e vai preparado para jogar diante de um sacador. “Sei que ele saca muito bem e vou tentar fazer o meu jogo e conseguir mais esta vitória.”

No Challenger de Tallahassee, nos Estados Unidos, também disputado no saibro, Guilherme Clezar foi superado na primeira rodada pelo suíço Sandro Ehrat, com parciais de 6/7 7/5 e 6/2.

 

Bellucci é superado por português na semi do Challenger de Tunis. Sakamoto joga por final no México

Foi encerrada neste sábado a boa campanha de Thomaz Bellucci no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Na semifinal, o brasileiro teve muitos break points, não aproveitou a maioria e foi superado em sets diretos pelo português João Domingues, com um duplo 6/4.

Agora, Bellucci segue para a disputa do Challenger de Francavilla, na Itália, também disputado no saibro, na próxima semana.

Com a campanha em Tunis, Bellucci deve ganhar aproximadamente 10 posições no ranking da ATP, ficando próximo do 210º posto.

No Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, o brasileiro Pedro Sakamoto, depois de eliminar o cabeça de chave nº 1, conseguiu mais uma boa vitória e chegou à semifinal.

Nesta sexta-feira, ele bateu de virada o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera, com parciais de 2/6 6/1 e 6/4. Por vaga na final, Sakamoto enfrenta neste sábado o suíço Marc-Andrea Huesler, nº 351 do mundo, em confronto que será inédito.

Bellucci vence a 4ª seguida e vai à semi do Challenger de Tunis. Sakamoto joga 4ªs no México

Thomaz Bellucci segue em grande semana e já está na semifinal do Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Nesta sexta-feira, o brasileiro teve uma grande atuação diante do búlgaro Atila Balazs, venceu com autoridade, com um duplo 6/2, garantindo sua quarta vitória na semana.

Por uma vaga na final, Bellucci terá pela frente o português João Domingues, nº 221 do mundo. Os dois já se enfrentaram uma vez, na primeira rodada do Challenger de Murcia, há poucos dias, com vitória de Bellucci.

Quem entra em quadra nesta é Pedro Sakamoto, que joga pelas quartas do Challenger de San Luis Potosi, no México.

Nesta quinta, ele bateu o cazaque Alexander Bublik, cabeça de chave nº 1 do mundo, com parciais de 6/3 e 7/5.

Seu próximo adversário será o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera, que enfrentaria o brasileiro João Souza, o Feijão, que voltou a ser suspenso preventivamente pela Unidade de Integridade do Tênis.

Bellucci vence de virada na estreia em Challenger tunisiano. Menezes e Sakamoto triunfam no México

Thomaz Belucci conseguiu uma boa vitória na sua estreia no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, o brasileiro superou de virada o alemão Daniel Masur, com parciais de 2/6 6/2 e 7/5, garantindo sua vaga na segunda rodada do torneio.

Agora, seu adversário por uma vaga nas oitavas de final será o francês Quentin Halys, nº 156 do mundo e cabeça de chave nº 7 do torneio, que saiu de bye na primeira rodada.

Pelo Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, João Menezes passou pela estreia diante do argentino Matias Franco Descotte, com parciais de 6/7(7) 6/4 e 6/3, assim como Pedro Sakamoto, que bateu o eslovaco Alex Molcan por 6/4 e 6/2.

Bellucci é campeão de duplas do Challenger de Alicante

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci conquistou neste sábado o título de duplas do Challenger de Alicante, o Ferrero Challenger. Ao lado do argentino Guillermo Duran ele derrotou os espanhóis Gerard Granollers e Pedro Martinez, de virada, por 2/6 7/5 10-5.

“Foi uma semana muito bacana para mim.  Mesmo com a derrota na simples eu consegui me motivar e jogar bem a dupla. A gente fez uma ótima semana, jogamos em um nível muito alto e ganhar um título, depois de tanto tempo é sempre especial,” comemorou Bellucci, que espera utilizar o bom momento nas duplas, em que foi vice-campeão do Rio Open, há pouco mais de um mês, para embalar na simples.  “O principal é tentar reproduzir esse nível na simples e pegar essa confiança com as vitórias.”

O último título de Bellucci nas duplas havia sido em 2014, com André Sá. Na simples, o último trofeu que conquistou foi em 2016, em Braunschweig e a última final foi em 2017, no ATP de Houston.

O brasileiro seguiu diretamente do torneio para a cidade de Murcia, onde ele joga outro torneio da série Challenger no saibro, com a mesma premiação de 46.600 Euros. Bellucci estreia contra o português João Domingues. Na dupla, o brasileiro repetirá a parceria com o argentino.

Jogando com o argentino Duran, Bellucci decide título de duplas em Alicante

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci está na final de duplas do Challenger de Alicante, na Espanha. Nesta sexta-feira, ao lado do argentino Guillermo Duran eles derrotaram os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies por duplo 6/4 para avançarem à decisão do campeonato organizado pelo ex-número um do mundo, Juan Carlos Ferrero.

” Alguns anos atrás jogamos juntos em Wimbledon e decidimos jogar esses dois Challengers na Espanha e deu certo. A gente se entrosa bem e acabou que está sendo uma ótima semana para embalar nesta nova fase da temporada,” disse Bellucci.

Para conquistar o título do Ferrero Challenger, Bellucci e Duran enfrentam neste sábado, os vencedores do confronto entre Gerard Granollers/Pedro Martinez, da Espanha e Jeevan Nedunchezhiyan/Purav Raja, da Índia.

Esta é a segunda final de duplas que Bellucci disputa na temporada, tendo sido vice-campeão do Rio Open.

Monteiro é eliminado na sua estreia em Alicante. Bellucci vence nas duplas

O Brasil não tem mais representantes na chave principal do Challenger de Alicante, na Espanha, que é disputado no saibro.

Depois de Thomaz Bellucci, Orlando Luz e Jordan Correia, que perderam na primeira rodada, nesta quarta-feira foi a vez de Thiago Monteiro ser eliminado na segunda rodada do torneio espanhol.

O brasileiro foi superado pelo espanhol Enrique Lopez-Perez, de virada, com parciais de 6/7(4) 7/5 e 6/3.

Na chave de duplas, o Brasil segue na chave com Thomaz Bellucci, que nesta quarta chegou às quartas de final ao lado do argentino Guillermo Duran. Os dois venceram o sérvio Nikola Milojevic e o português Gonçalo Oliveira, com parciais de 6/3 e 6/4.

Agora, por vaga na semi, eles terão pela frente a dupla formada pelos espanhóis Martin Alvaro San Lopez e Carlos Taberner.

Thomaz Bellucci embarca para série de torneios na Europa

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci embarcou nesta quinta-feira para disputar uma série de torneios no saibro, na Europa. A turnê tem início na semana que vem, em Alicante e segue para Murcia e Tunis.

Depois de duas semanas de treinamento, Bellucci viaja acompanhado do técnico brasileiro Thiago Alves, motivado para jogar essa gira de três torneios, que se estenderá pela Europa.

“Foram bons dias de treino e estou motivado para competir de novo. Os torneios na América do Sul, de uma forma geral, foram bons pra mim. Começo jogando na Espanha, depois vou para Tunis e dependendo dos resultados vamos fechando os outros torneios. A ideia e fazer uma longa gira por lá,” disse Bellucci.

O primeiro torneio começa na segunda-feira, em Alicante e tem o nome do ex-número do mundo, Juan Carlos Ferrero (Ferrero Challenger Open, com premiação de 46 mil Euros. Depois o tour segue para Murcia, também na Espanha, em um Challenger com a mesma premiação e o de Tunis, que distribui 54 mil Euros em prêmios, vem na sequência.

Foto: Fotojump

Bellucci é superado na semifinal em Santiago

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci foi superado neste sábado na semifinal do Challenger de Santiago, no Chile. Ele perdeu para o boliviano Hugo Dellien, 87o. do ranking e cabeça de chave número 2, por 6/4 6/0 no torneio que está sendo disputado no saibro, com premiação de U$ 54 mil.

“Eu não tive muitas chances e não consegui manter o mesmo nível e a intensidade dos últimos jogos. Tecnicamente acabei cometendo muitos erros,” analisou o brasileiro, 232o. colocado no ranking mundial.

Apesar da derrota, Bellucci sai de Santiago feliz com o desempenho na semana. “Foi uma boa semana para mim. Consegui fazer 4 jogos seguidos e quanto mais eu fizer, mais minha confiança vai aumentando.”

Ele retorna agora para casa para avaliar o calendário das próximas semanas, podendo jogar nos Estados Unidos, ou na Europa.

Bellucci vira sobre italiano e vai à semi em Santiago, seu melhor resultado em 6 meses

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci está na semifinal do Challenger de Santiago, no Chile. Nesta noite de sexta-feira ele derrotou o italiano Alessandro Giannessi, de virada, por 3/6 6/4 6/4, em 2h41min de jogo e encara neste sábado, o boliviano Hugo Dellien, cabeça de chave 2 da competição que está sendo disputada no saibro e distribui U$ 64 mil em prêmios.

“Foi um jogo duro hoje. Não comecei muito bem na partida. Comecei cometendo muitos erros e ele estava bem mais consistente do que eu e levou o primeiro set. No segundo, eu achei que joguei um pouco melhor, consegui entrar mais nos pontos e mesmo perdendo várias chances, consegui um break e segurei até o fim do set. No terceiro foi meio parecido. Perdi muito break point, mas continuei firme na partida e mentalmente forte. Foi no detalhe e para mim foi muito bom para a confiança,” disse Bellucci, que venceu a 3a. partida seguida no Chile, para agora tentar a vaga na decisão.

O brasileiro acredita que os bons resultados nas duplas, em que foi vice-campeão do Rio Open e semifinalista do Brasil Open, em ambos os torneios ao lado de Rogério Dutra Silva, fizeram a diferença. “No começo da semana, no primeiro jogo senti um pouco a diferença de tantos dias jogando duplas, mas logo me adaptei. Foi super importante. Ganhar jogo sempre faz a diferença,”analisou.

Para avançar à final, Bellucci, 232o. colocado no ranking mundial, terá que passar pelo segundo favorito em Santiago, o boliviano Dellien, número 87 do mundo. “Vou tentar aproveitar essa confiança para entrar com tudo no jogo.” Há 9 anos Bellucci foi campeão do extinto ATP chileno, em Santiago.

O resultado no Challenger é o melhor do paulista nos últimos seis meses, quando foi semifinalista no Challenger de Gênova.

Outro brasileiro a entrar em quadra no dia, Thiago Monteiro foi superado de virada pelo taiwanês Tung-lin Wu, com parciais de 5/7 6/4 e 7/5.