Monteiro e Bellucci perdem em Challengers europeus. Rogerinho joga quartas nesta 6ª, na Polônia

Os dois brasileiros que entraram em quadra nesta quinta-feira, por Challengers europeus, foram eliminados nas oitavas de final.

No Challenger de Banja Luka, na Bósnia, Thomaz Bellucci teve muitas chances diante do lituano Laurinas Grigelis, depois de vencer o primeiro set e liderar o segundo e o terceiro com quebra de saque de vantagem, mas acabou levando a virada por 2/6 7/6(5) e 6/3.

No Challenger de Szczecin, na Polônia, Thiago Monteiro não resistiu ao jogo agressivo do alemão Rudolf Molleker e perdeu em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/5.

Quem está nas quartas de final do torneio polonês é Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, que nesta sexta encara o argentino Facundo Arguello, buscando vaga na semifinal.

Bellucci começa bem em Challenger na Bósnia. Monteiro vence na Polônia

Depois da boa campanha na semana passada, quando parou na semifinal do Challenger de Gênova, Thomaz Bellucci começou bem sua caminhada no Challenger de Banja Luka, na Bósnia, que é disputado no saibro.

Nesta terça-feira, o brasileiro passou pela primeira rodada ao superar o argentino Pedro Cachin, em sets diretos, com parciais de 7/6(2) e 6/1, garantindo vaga nas oitavas de final.

Seu próximo adversário será o lituano Laurinas Grigelis, nº 259 do mundo, em confronto que será inédito.

No Challenger de Szczenin, na Polônia, Thiago Monteiro também passou pela estreia, vencendo com facilidade o eslovaco Alex Molcan, com parciais de 6/0 e 6/2. Nas oitavas, o brasileiro encara o alemão Rudolf Molleker, nº 232 da ATP, no que será o primeiro jogo entre eles.

Vale lembrar que Rogério Dutra Silva também está nas oitavas do Challenger polonês, depois de vencer na segunda-feira o local Pawel Cias por 7/5 e 6/3. Agora, o brasileiro terá pela frente o italiano Simone Bolelli. Os dois já se enfrentaram duas vezes, ambas no saibro, com uma vitória pra cada lado.

Bellucci vence favorito Klizan e avança às quartas em Genova

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci avançou nesta quinta-feira às quartas-de-final do Challenger de Genova, na Itália, com premiação de 127 mil Euros. Bellucci, que entrou na chave principal de lucky loser, derrotou o cabeça-de-chave 1, o eslovaco Martin Klizan 71o. colocado no ranking mundial, de virada, salvando match point, por 3/6 7/5 4/0 e desistência do adversário. O brasileiro volta a jogar nesta sexta, em busca de vaga na semifinal, contra o chileno Christian Garin (158o.).

“Foi um jogo bem duro. Tive bem perto de perder no segundo set, mas consegui salvar match point. Acho que o meu mérito hoje foi continuar lutando e não desistir, acreditando até o último ponto. Não fiz uma grande partida, mas no terceiro set consegui subir o meu nível e ele sentiu a chance perdida de ganhar o jogo. Depois daquele game do match point o jogo foi outro e consegui dominar bastante, jogar sólido, cometer poucos erros e ele acabou errando bastante. É bom ganhar de um cara top 100, um grande jogador que é o Klizan e seguimos na luta,” disse Bellucci, atual 311o. no ranking mundial.

Thomaz Bellucci e André Sá encerram parceria de quase um ano

Quase um ano depois de terem iniciado uma parceria inédita, Thomaz Bellucci e o técnico André Sá, decidiram encerrar o trabalho em conjunto.

Durante um ano a dupla se dividiu entre Santa Catarina, São Paulo, Bradenton e o circuito mundial. No entanto, com as mudanças que ocorreram na carreira de ambos, os dois chegaram à conclusão de que a “dupla” não estava sendo efetiva. André Sá, que reside em Blumenau, se tornou consultor da ITF e Bellucci, se mudou de São Paulo para Bradenton.

“Foi muito bem ter o André ao meu lado durante todo esse tempo. Sempre admirei o André como pessoa e jogador e aprendi muito com ele. Mas, essa minha mudança de base para Bradenton e os outros compromissos do André, no longo prazo, acabaram dificultando estarmos juntos o tempo todo e nesse momento preciso de alguém que fique mais próximo de mim,” analisou Bellucci.

Para André Sá, fica a primeira experiência como técnico e ainda uma maior paixão pelo tênis. “Foi a minha primeira experiência como treinador, com muitos desafios e eu fiquei fascinado. Acho que aumentou ainda mais o meu amor pelo tênis. Gostei muito da experiência e não descarto continuar nessa linha. Trabalhamos duro juntos, demos o nosso melhor e vou seguir na torcida pelo Thomaz.”

Bellucci que já estaria sem André Sá nesta semana, manterá o trabalho que já vem fazendo há um ano com o espanhol German Lopez, em Bradenton e está decidindo junto ao empresário Marcio Torres, um outro treinador para integrar a equipe. Nesta quinta-feira, na Itália onde disputa o Challenger de Genova ele enfrenta o eslovaco Martin Klizan, em busca de uma vaga nas quartas-de-final da competição.

 

Bellucci entra em Gênova como lucky-loser e supera italiano na estreia. Rogerinho e Monteiro perdem

Depois de entrar na chave como lucky-loser, Thomaz Bellucci foi o único brasileiro que passou pela primeira rodada do Challenger de Gênova, na Itália, que é disputado no saibro.

Nesta terça-feira, o brasileiro conseguiu uma boa vitória sobre o italiano Gian Marco Moroni, em sets diretos, com parciais de 7/6(6) e 6/3, garantindo vaga nas oitavas de final do torneio.

Seu próximo adversário será o eslovaco Martin Klizan, cabeça de chave nº 2 e nº 71 do mundo. Os dois já se enfrentaram cinco vezes, com três vitórias do jogador europeu.

Também nesta terça, pela primeira rodada, Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, levou a virada do argentino Federico Delbonis, que anotou 4/6 6/4 e 6/3, enquanto Thiago Monteiro foi superado pelo chileno Christian Garin por 6/3 e 6/4.

Feijão e Bellucci perdem no quali do Challenger de Gênova, que terá estreias de Rogerinho e Monteiro na 3ª

Uma vitória e duas derrotas, esse foi o saldo brasileiro nesta segunda-feira, no qualifying do Challenger de Gênova, na Itália, que é disputado no saibro.

Primeiro a entrar em quadra, João Souza, o Feijão, conseguiu uma boa vitória sobre o croata Mate Delic, com parciais de 6/2 e 7/5, garantindo vaga na última rodada do quali. Porém, logo em seguida, ele começou muito bem diante do italiano Andrea Pellegrino, com um pneu, mas levou a virada e perdeu por 0/6 6/3 e 6/3.

Thomaz Bellucci entrou em quadra e foi eliminado na segunda rodada do quali pelo húngaro Zsombor Piros, com parciais de 3/6 6/4 e 6/4.

Na chave principal, dois brasileiros estreiam nesta terça-feira. Primeiro, Rogerinho deverá ter uma partida difícil diante do argentino Federico Delbonis, eu já o venceu nas duas vezes em que se enfrentaram.

Depois, Thiago Monteiro terá pela frente o chileno Christian Garin, em confronto que será inédito.

Bellucci passa pela primeira rodada do quali do Challenger de Como, na Itália

Depois de seis derrotas seguidas, Thomaz Bellucci voltou a vencer, na estreia do qualifying do Challenger de Como, na Itália, que é disputado no saibro.

Neste sábado, o brasileiro superou o suíço Marc-Andre Huesler, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 7/5, garantindo sua vaga na segunda rodada.

Agora, no domingo, ele terá pela frente o experiente alemão Dustin Brown, nº 228 da ATP. Os dois já se enfrentaram cinco vezes, com três vitórias de Brown, inclusive na partida mais recente, na primeira rodada do US Open do ano passado.

Bellucci e Sell perdem na primeira rodada do quali de Winston-Salem

Dois brasileiros entraram em quadra e foram eliminados na primeira rodada do qualifying do ATP 250 de Winston-Salem, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Thomaz Bellucci foi superado pelo alemão Dominik Koepfer, em três sets, com parciais de 6/2 1/6 e 6/2, acumulando sua sexta derrota seguida no circuito.

Do torneio americano, Bellucci viajará para os Challengers de Como (saibro 27.08); Genova (saibro 04.09); Banja Luka (saibro 10.09) e Biella (saibro 17.09), podendo mudar o calendário dependendo de resultados e listas de inscrições que sofrem alterações, às vezes, em cima da hora.

Quem perdeu de virada foi Karue Sell, que começou bem, mas viu o argentino Guido Andreozzi vencer por 3/6 6/3 e 6/2.

Bellucci encara alemão na primeira rodada do quali do ATP de Winston-Salem

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci disputa neste fim de semana o qualifying do ATP de Winston Salem, nos Estados Unidos, iniciando uma nova gira de competições que seguirá na sequência para uma série de torneios Challengers na Europa.

Inicialmente o tenista viajaria somente na próxima semana para a Europa, mas acabou entrando no qualifying de Winston Salem e mudou a rota. Na primeira rodada do quali, ele terá pela frente o alemão Dominik Kopfer, nº 245 do mundo, em confronto que será inédito.

Do torneio americano, Bellucci viajará para os Challengers de Como (saibro 27.08); Genova (saibro 04.09); Banja Luka (saibro 10.09) e Biella (saibro 17.09), podendo mudar o calendário dependendo de resultados e listas de inscrições que sofrem alterações, às vezes, em cima da hora.

“Fiz boas semanas de treinos aqui nos Estados Unidos e viajo animado para mais uma série de torneios e com motivação extra para jogar agora em Winstom Salem,” disse Bellucci.

Bellucci perde na estreia de Challenger polonês. Clezar é superado na República Tcheca

Os dois brasileiros que entraram em quadra nesta segunda-feira não foram bem e acabaram eliminados de Challengers europeus disputados no saibro.

No Challenger de Sopot, na Polônia, Thomaz Bellucci foi superado na primeira rodada pelo italiano Gianluca Mager, em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

Quem também não venceu set foi Guilherme Clezar, no Challenger de Liberec, na República Tcheca, já que perdeu para o português Gonçalo Oliveira por 7/6(8) e 6/2.