Paula Gonçalves perde para Flipkens no quali do WTA de São Petersburgo

Paula Gonçalves peqPaula Gonçalves não teve sucesso no qualifying do WTA de São Petersburgo, na Rússia, que é disputado no piso duro.

Depois de vencer a local Veronika Kudermetova na primeira rodada, a brasileira até começou bem, mas perdeu de virada para a belga Kirsten Flipkens, nº 76 do mundo e ex-nº 13, com parciais de 3/6 6/2 e 6/0.

Paula ainda não disputou uma chave principal nesta temporada, já que além do torneio russo, parou na segunda rodada do quali do Australian Open e na primeira do WTA de Auckland.

Serena inicia defesa do título do US Open nesta segunda contra Schiavone. Radwanska também estreia

Serena campeã peqNesta segunda-feira, a norte-americana Serena Williams, nº 1 do mundo, fará sua estreia no US Open, quarto Grand Slam da temporada, disputado nas quadras rápidas do complexo de Flushing Meadows, em Nova York.

Atual campeã do torneio, ela enfrenta a experiente italiana Francesca Schiavone, campeã de Roland Garros em 2010. As duas já se enfrentaram sete vezes, com cinco triunfos de Serena.

A polonesa Agnieska Radwanska, terceira favorita da chave, também estreia na segunda, contra a espanhola Silvia Soler-Espinosa, enquanto a chinesa Na Li, cabeça 5, enfrenta a bielorrussa Olga Govortsova.

Destaque também para a estreia de Venus Williams, que enfrenta a belga Kirsten Flipkens e da alemã Angelique Kerber, que terá pela frente a tcheca Lucie Hradecka.

Finalista da competição em 2008, a sérvia Jelena Jankovic, cabeça de chave nº 9, joga contra a norte-americana Madison Keys.

Para conferir toda a programação de segunda-feira no US Open, clique aqui.

Curta também a página da Tennis View no facebook.

Wimbledon: Bartoli e Lisicki são as finalistas e buscam o primeiro título de Grand Slam da carreira

Marion Bartoli ou Sabine Lisicki. Uma delas terá a honra de levantar em Wimbledon, no próximo sábado, o primeiro título de Grand Slam da carreira.

Nesta quinta-feira, a francesa Bartoli, vice-campeã em 2007, conseguiu uma vitória arrasadora sobre a belga Kirsten Flipkens, com parciais de 6/1 6/2, mantendo o ritmo da sua ótima campanha no Grand Slam londrino.

Ela ainda não perdeu nenhum set no torneio e sua adversária na final será a alemã Sabine Lisicki, que faz a sua melhor campanha em um Grand Slam.

Lisicki possuía a semi de Wimbledon, em 2011, como seu melhor resultado.

Para chegar à final, alemã passou pela polonesa Agnieszka Radwanska, quarta favorita da chave e atual vice-campeã, com parciais de 6/4 2/6 e 6/4

As duas já se enfrentaram quatro vezes e Lisicki possui uma vantagem de 3×1.

Em Wimbledon, foram dois duelos, com vitória da francesa em 2008 e da alemã em 2011.

Confira a campanha das duas para chegar à final:

Marion Bartoli

R128 –  d. Svitolina (UKR):  6/3 7/5

R64 –  d. McHale (EUA): 7/5 6/4

R32 – d. Giorgi (ITA): 6/4 7/5

Oitavas – d. Knapp (ITA): 6/2 6/3

Quartas – d. Stephens (EUA):  6/4 7/5

Semi – Flipkens (BEL): 6/1 6/2

 

Sabine Lisicki

R128 –  d. Schiavone (ITA): 6/1 6/2

R64 –  d. Vesnina (RUS): 6/3 6/1

R32 – d. Stosur (AUS): 4/6 6/2 6/1

Oitavas – d. S. Williams (EUA): 6/2 1/6 6/4

Quartas – d. Kanepi (EST):  6/3 6/3

Semi – Radwanska (POL): 6/4 2/6 9/7

Wimbledon: Semifinais são definidas: Radwanska x Lisicki e Bartoli x Flipkens

Estão definidas as semifinalistas de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama londrina.

Nesta terça-feira, a alemã Sabine Lisicki, responsável pela eliminação da norte-americana Serena Williams, manteve o embalo e garantiu sua vaga na semifinal ao bater a estoniana Kaia Kanepi, com parciais de 6/3 e 6/3.

Com o resultado, Lisicki iguala sua melhor campanha no Grand Slam londrino, que foi a semifinal de 2011.

Sua adversária na quinta-feira será a polonesa Agnieszka Radwanska, atual vice-campeã, que fez uma dura partida contra a chinesa Na Li.

No fim, vitória da polonesa em três sets, com parciais de 7/6(5) 4/6 e 6/2.

As duas já se enfrentaram duas vezes, com uma vitória para cada lado.

Quem também garantiu sua vaga na semifinal foi a francesa Marion Bartoli, finalista em 2007, que passou pela norte-americana Sloane Stephens por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 7/5.

Nesta quinta, ela enfrenta a belga Kirsten Flipkens, que eliminou a tcheca Petra Kvitova, campeã em 2011, por dois sets a um, com parciais de 4/6 6/3 e 6/3. A belga faz nesta temporada a sua melhor campanha em Wimbledon.

Bartoli e Flipkens farão um duelo inédito.

Com as semifinalistas definidas, já se sabe que no sábado teremos uma campeã inédita de Grand Slam.

Fotos: Cynthia Lum