Ostapenko, Serena e Kerber vencem e jogam 4ªs nesta 3ª. Pliskova é eliminada

Estão definidos os jogos de quartas de final da chave feminina de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama de Londres, na Inglaterra.

Nesta segunda-feira, a italiana Camila Giorgi garantiu sua vaga ao bater a russa Ekaterina Makarova em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4, classificando-se para enfrentar nas quartas a norte-americana Serena Williams, que venceu a russa Evgeniya Rodina por duplo 6/2.

A alemã Angelique Kerber precisou de dois sets, sendo um tiebreak, pra passar pela suíça Belinda Bencic e agora terá pela frente a russa Darya Kasatkina, que virou sobre a belga Alison Van Uytvanck.

Outra alemã nas quartas será Julia Goerges, que impôs seu jogo agressivo sobre a croata Donna Vekic e agora enfrenta a holandesa Kiki Bertens, que deve ir com confiança depois de eliminar Karolina Pliskova por 6/3 e 7/6(1).

A última partida será entre a experiente eslovaca Dominika Cibulkova, que eliminou a taiwanesa Su-Wei Hsieh em dois sets, e a letã Jelena Ostapenko, que teve trabalho no primeiro set contra a bielorussa Aliaksandra Sasnovich, indo ao tiebreak, mas depois deslanchou e fechou com um pneu.

Todos os jogos das quartas serão disputados nesta terça-feira.

Foto: AELTC/Ben Queenborough

Soares e Murray vencem mais uma e estão nas 4ªs de Wimbledon. Mineiro avança nas mistas

O tenista brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray avançaram nesta segunda-feira às quartas-de-final do torneio de Wimbledon. Cabeças-de-chave 5 eles derrotaram a dupla dos ingleses Neal Skupski e Ken Skupski por 6/3 6/4 6/4 e jogam agora por uma inédita semifinal no Grand Slam inglês.

“Foi mais um grande jogo. A gente esperava uma partida bem complicada e conseguimos resolver em três sets, sem passar tanto aperto e jogando bem de novo. Fomos super agressivos no saque e botamos muita bola em jogo na devolução,” analisou Bruno, que tentará avançar à semifinal de Wimbledon pela primeira vez na carreira.

“Eu tenho um histórico de muitas quartas aqui em Wimbledon e quem sabe esse é o ano de pegar essa semifinal. Estamos jogando bem, estamos confiantes e precisamos seguir desta maneira.”

Bruno Soares disputou as quartas-de-final em Wimbledon em quatro ocasiões. A primeira vez foi em 2009, com Kevin Ullyett; depois com Alexander Peya em 2014 e 2015 e novamente em 2016 com o atual parceiro, Jamie Murray.

A dupla adversária do confronto que vale a vaga na semi, sairá do confronto entre o português João Sousa e o argentino Leonardo Mayer e o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus.

Na chave de duplas mistas, o mineiro estreou com vitória nesta segunda-feira, ao lado da russa Ekaterina Makarova.

Cabeças de chave nº 2, eles venceram a chinesa Shuai Zhang e o australiano John Peers, com parciais de 7/6(4) e 6/3. Agora, nas oitavas de final, eles terão pela frente os norte-americano Sloane Stephens e Jack Sock.

Oitavas de Wimbledon serão na 2ª feira, com Kerber, Serena e Pliskova em ação

Se na segunda-feira só vai ter jogão na chave masculina, também vai ter na chave feminina de Wimbledon, a segunda-feira será cheia no terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama.

Todas as partidas de oitavas de final estão marcadas pra segunda, começando com Serena Williams jogando na quadra central, no segundo jogo da programação, contra a russa Evgeniya Rodina.

Na quadra 1, Angelique Kerber, que assumiu um certo favoritismo depois da eliminação de tantas cabeças de chave, joga contra a suíça Belinda Bencic e, na quadra 2, a tcheca Karolina Pliskova encara a holandesa Kiki Bertens.

Dois jogos estão marcados para a quadra 3, sendo o primeiro entre a letã Jelena Ostapenko e a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich, e o outro entre a alemã Julia Goerges e a croata Donna Vekic.

Para conferir a programação completa, clique aqui.

Foto: AELTC/Tim Clayton

Segunda-feira cheia em Wimbledon terá Nadal, Federer e Djokovic em quadra

Depois de um domingo sem jogos, como é tradicional em Wimbledon, a segunda-feira será cheia no terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama.

Atual campeão e em busca do seu 9º título do torneio, Roger Federer vai abrir a programação da quadra central, às 9hs de Brasília, contra o francês Adrian Mannarino, com todo favoritismo do suíço.

Também na quadra central, Rafael Nadal fará o terceiro jogo do dia, contra o tcheco Jiri Vesely, enquanto Novak Djokovic joga na quadra 1 contra o russo Karen Khachanov, mesmo local da partida entre Gael Monfils e o sul-africano Kevin Anderson.

Na quadra3, destaque para a partida do japonês Kei Nishikori, que vem de grande vitória sobre Nick Kyrgios, e Ernests Gulbis, que eliminou Alexander Zverev, além do jogo entre Juan Martin Del Potro e o francês Gilles Simon.

Para conferir a programação completa, clique aqui.

Foto: AELTC/Ben Solomon

Djokovic e Nadal garantem vaga nas 8ªs em Londres. Gulbis elimina Zverev

Estão definidos todos os jogos das oitavas de final da chave masculina de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama.

Rafael Nadal enfrentou uma jovem promessa que poderia ser uma ameaça, o australiano Alex De Minaur, mas não deu chances e continuou sem perder set no torneio, depois de uma vitória por 6/1 6/2 e 6/4.

Seu adversário nas oitavas de final será o tcheco Jiri Vesely, que precisou de quatro sets pra bater o italiano Fabio Fognini.

Novak Djokovic teve mais trabalho. Enfrentou Kyle Edmund e o apoio da torcida britânica ao tenista da casa, que se empolgou depois de vencer o primeiro set, mas foi só. Vitória do sérvio, também em quatro sets, e vaga nas oitavas pra enfrentar  russo Karen Khachanov, que virou sobre o norte-americano Francis Tiafoe, em cinco parciais.

O letão Ernests Gubis voltou a mostrar seu talento, além do ótimo saque, pra eliminar o alemão Alexander Zverev, em cinco sets, com direito a pneu no 5º, pra chegar às oitavas e jogar contra o japonês Kei Nishikori, que venceu e venceu bem o australiano Nick Kyrgios, por 3×0.

Juan Martin Del Potro também precisou de apenas três sets, sendo um tiebreak, pra superar o francês Benoit Paire, e agora terá pela frente o francês Gilles Simon, que precisou de quatro parciais pra passar pelo australiano Mathew Ebden.

Foto: AELTC/Thomas Lovelock

Bruno Soares e Jaime Murray chegam às 8ªs de Wimbledon e encaram britânicos

O tenista brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray avançaram neste sábado às oitavas-de-final do tradicional torneio de Wimbledon, o terceiro Grand Slam da temporada.

Eles derrotaram a dupla do americano Taylor Fritz e do australiano Matthew Ebden, por 3 sets a 0, parciais de 7/5 6/3 6/1, em 1h40min de jogo, e agora enfrentam os irmãos ingleses Neal Skupski e Ken Skupski, na segunda-feira.

“Foi mais um grande jogo aqui. Nós jogamos super bem de novo e estamos bem felizes com esse resultado, em três sets novamente. Sacamos muito bem e não cedemos nenhum break point, aproveitando para guardar o máximo de energia possível para a próxima rodada,” disse Bruno, lembrando do fato de Wimbledon ser o único dos Grand Slams em que a disputa de duplas é em melhor cinco sets.

“Não é surpresa alguma enfrentar os Skupskis nas oitavas. A dupla joga super bem na grama e vem evoluindo a cada ano. Os dois juntos fizeram quartas no ano passado, perdendo um jogo duríssimo para o Marcelo e o Kubot. Eles vem se firmando. São muito bons e agressivos na grama. Temos outro jogo complicado, mas vamos seguir a nossa estratégia. As coisas que a gente vem fazendo tem dado certo e vamos aproveitar para descansar no domingo e estudar bem as jogadas deles e entrar com tudo na segunda.”

Nas duplas mistas, Bruno e a russa Ekaterina Makarova enfrentam John Peers, da Austrália e Shuai Zhang, da China.

Também neste sábado, na duplas mistas, Marcelo Demoliner e a espanhola Maria Martinez Sanchez foram superados na segunda rodada pelos norte-americanos Sloane Stephens e Jack Sock, com parciais de 7/5 e 6/2.

Foto: AELTC/Simon Bruty

Taiwanesa Hsieh vira sobre Halep e favoritas estão fora das oitavas de Wimbledon

Que sábado em Wimbledon! Com mais surpresa em na chave feminina do terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama de Londres, na Inglaterra.

A romena Simona Halep, nº 1 do mundo e principal favorita ao título, fez um jogo muito equilibrado contra a taiwanesa Su-Wei Hsieh, que triunfou com parciais de 3/6 6/4 e 7/5.

Com isso, Hsieh, que já havia surpreendido Garbine Muguruza no Australian Open deste ano, ajudou a aumentar um incrível dado de Wimbledon, que já tem a eliminação das 10 principais cabeças de chave.

Já a alemã Angelique Kerber impôs sua condição de favorita na partida contra a japonesa Naomi Osaka e venceu em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/4, garantindo sua vaga nas oitavas de final pra fazer uma boa partida contra a suíça Belinda Bencic, que passou pela espanhola Carla Suarez Navarro.

Vale destacar também as vitórias de Jelena Ostapenko sobre a russa Vitalia Diatchenko e da eslovaca Dominika Cibulkova contra a belga Elise Mertens.

Foto: AELTC/Simon Bruty

Serena bate Mladenovic em Londres. Venus e Keys são favoritas eliminadas do dia

A sexta-feira marcou jogos da terceira rodada de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama, em Londres, na Inglaterra.

Na quadra central, a norte-americana Serena Williams teve dois sets duros pra superar a francesa Kristina Mladenovic, em sets diretos, com parciais de 7/5 e 7/6(2).

Mais uma cabeça de chave perdeu nesta sexta, a irmã de Serena, Venus, que foi eliminada pela holandesa Kiki Bertens por 6/2 6/7(5) e 8/6, enquanto a tcheca Karolina Pliskova precisou virar sobre a romena Mihaela Buzarnescu, com parciais de 3/6 7/6(3) e 6/1.

Madison Keys, 10ª favorita da chave, também jogou 3 sets, mas perdeu para a russa Evgeniya Rodina por 7/5 5/7 e 6/4.

A terceira rodada continua neste sábado, com a nº 1 do mundo Simona Halep buscando vaga nas oitavas de final, enfrentando a taiwanesa Su-Wei Hsieh na quadra 1, enquanto a alemã Angelique Kerber terá a oportunidade de jogar na quadra central contra a japonesa Naomi Osaka.

Foto: AELTC/Ben Solomon

Melo, que defendia o título, e Demoliner perdem na 2ª rodada de Wimbledon

Além da estreia vitoriosa de Bruno Soares, ao lado de Jamie Murray, o dia brasileiro não foi muito bom em Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama de Londres, na Inglaterra.

Atuais campeões e em busca da defesa do título, Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot fizeram jogo equilibrado, mas foram superados na segunda rodada pelo israelense Johanthan Erlich e o polonês Marcin Matkowski, com parciais de 6/7(5) 6/4 7/6(4) e 7/6(8).

Outro brasileiro derrotado em um jogo duro foi Marcelo Demoliner, que joga ao lado do mexicano Santiago Gonzalez. Os dois fizeram um longo e duro jogo de cinco sets contra o britânico Dominic Inglot e o croata Franco Skugor, que venceram por 6/3 4/6 7/6(5) 2/6 e 6/2.

Bruno Soares e Jamie Murray também vencem na estreia de Wimbledon

O tenista brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray estrearam com vitória em Wimbledon, o terceiro e mais tradicional Grand Slam da temporada. Eles derrotaram a dupla do italiano Paolo Lorenzi e do espanhol Albert Ramos Vinolas, por 3 sets a 0, parciais de 7/5 6/2 6/1 e voltam a jogar, provavelmente neste sábado, contra o australiano Matthew Ebden e o americano Taylor Fritz.

“Foi uma estreia muito boa. Nós jogamos super bem. O primeiro set foi mais complicado. A gente demorou um pouco para pegar a mão na devolução, mas o importante é que sacamos bem e a partir do 5 a 5 conseguimos jogar super bem. A estreia foi mais tranquila do que imaginávamos,” analisou Bruno.

Para a segunda rodada, o brasileiro espera um jogo mais complicado. “A dupla é diferente. Eles jogam mais agressivo e sacam melhor e também gostam de jogar na grama. Na grama é preciso sacar bem e continuar neste ritmo, mantendo o embalo.”

Na dupla mista, em que compete com a parceria russa Ekaterina Makarova, Bruno ainda espera os adversários.