Com Kubot, Marcelo Melo é tricampeão no Masters 1000 de Xangai, seu 32º título na carreira

Dois títulos, oito vitórias e a vaga no ATP Finals, jogando muito bem e com muita confiança. A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot encerrou a sequência em quadra rápida na China, neste mês de outubro, com muito para comemorar. Na madrugada deste domingo (14), Melo e Kubot – cabeças de chave número 3 – conquistaram o Masters 1000 de Xangai. Pela terceira vez, o mineiro Marcelo foi campeão no torneio e, agora, soma 32 títulos de ATP na carreira, sendo nove Masters 1000, dos quais quatro ao lado de Kubot. Juntos chegam ao 12º título como parceiros e o quarto na temporada 2018 – segundo na China, onde venceram na semana passada o ATP 500 de Beijing. Agora, a partir do dia 22, estarão na Áustria, para o ATP 500 de Viena.

Vice-campeões no ano passado, Melo e Kubot voltaram à final em Xangai, neste ano, para conquistar o título. Em 1h04min, derrotaram o também mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray – cabeças 6 – por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/2. Com o resultado, Marcelo passa a ser o tenista que mais vezes chegou à decisão de duplas do Masters 1000, na China, e recordista em número de títulos. Dos nove Masters 1000 em sua carreira, três foram em Xangai – 2013 (com o croata Ivan Dodig), 2015 (com o sul-africano Raven Klaasen) e, agora, com Kubot.

“Estamos muito felizes com esse título. Jogamos muito bem todo o torneio. Hoje (domingo) o jogo foi muito bom, ficamos muito contentes com a maneira como jogamos, de novo. Conseguimos colocar o mais alto nível da nossa parceria em mais uma partida. Muito feliz com o resultado. Mais um título em Xangai, o terceiro. Eu me sinto muito bem aqui mesmo. Valeu mais uma vez pela torcida, por todas as mensagens de apoio”, disse Melo.

Com muita confiança, sacando muito bem, Melo e Kubot não deram chances a Soares e Murray, dominando toda a partida. No primeiro set, quebraram no terceiro game e administraram a vantagem para marcar 6/4 e sair na frente no jogo. No segundo, foram dois breaks, no terceiro e quinto games e a vitória por 6/2. 

Foi a quinta final do ano da dupla, comemorando quatro títulos: no ATP 250 de Sidney, no ATP 500 de Halle, no ATP 500 de Beijing e no Masters 1000 de Xangai. Ficaram, ainda, com o vice-campeonato do US Open, último Grand Slam do ano, disputado em Nova Iorque (EUA).

Ao chegar à decisão de Xangai, na madrugada de sábado (13), Melo e Kubot se tornaram a quarta dupla a garantir classificação para o ATP Finals, em Londres, Inglaterra, entre os dias 11 e 18 de novembro. Agora, a sequência de torneios que encerra a temporada terá o ATP 500 de Viena, o Masters 1000 de Paris, na França, no dia 29, e o Finals.

Melo e Kubot vencem e garantem final brasileira no Masters 1000 de Xangai

E vai ter final brasileira do outro lado do mundo! Bruno Soares e Marcelo Melo estarão na decisão do Masters 1000 de Xangai, na China, que é disputado no piso duro.

Bruno Soares e Jamie Murray já estavam com a vaga garantida e, na madrugada deste sábado, foi a vez de Marcelo Melo assegurar a sua.

O mineiro e o polonês Lukasz Kubot bateram na semifinal a parceria formada pelo austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 7/5. De quebra, eles confirmaram presença no ATP Finals, que reúne as oito melhores duplas do ano em Londres, na Inglaterra, e que também terá a presença de Soares e Murray.

As duas duplas já se enfrentaram seis vezes, com três vitórias pra cada lado, sendo o confronto mais recente as quartas de final do Masters 1000 de Cincinnati, quando Soares e Murray venceram no match tiebreak.

Soares e Murray vão à final em Xangai e podem fazer final brasileira com Melo e Kubot

Bruno Soares  está na grande final do Masters 1000 de Xangai, na China, que é disputado no piso duro.

Nesta sexta-feira, o brasileiro e o britânico Jamie Murray garantiram a vaga depois da vitória sobre os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4.

E agora, a final pode ser brasileira, já que Marcelo Melo e Lukasz Kubot garantiram nesta madrugada a vaga na semi com o triunfo sobre o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michel Venus, em partida equilibrada, que acabou com parciais de 7/6(3) 4/6 e 10/7.

Por vaga na final, eles terão pela frente o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic.

Bruno Soares se classifica para o ATP Finals com semifinal em Xangai

O brasileiro Bruno Soares disputará pelo terceiro ano consecutivo o ATP Finals, torneio que encerra a temporada e reúne as oito melhores duplas do mundo, ao lado do britânico Jamie Murray. A classificação veio com a vitória nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai sobre o sueco Robert Lindstedt e o austríaco Dominic Thiem por 6/3 e 6/4 nesta quinta-feira.

“Estamos extremamente felizes de poder voltar para este grande evento e de estar mais uma vez jogando lá em Londres. É sempre um grande objetivo do ano e estou feliz de ter cumprido mais uma vez”, comentou Soares. Em 2018, a dupla venceu títulos em Acapulco, Washington e Cincinnati, e alcançou sua oitava semifinal.

Nas semifinais, já nesta sexta-feira, Soares e Murray enfrentam os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah. “Mais uma boa vitória, estamos jogando bem aqui em Xangai. Lugar em que a gente gosta de jogar e onde jogamos bem ano passado. E mais uma semifinal de Masters 1000. Encontro os colombianos amanhã, que vêm numa fase boa, jogando super bem esse ano. Mas é isso aí, sendo Masters 1000 é sempre pedreira. Temos que impor nosso jogo para mais uma batalha”, analisou Soares.

Monteiro leva a virada de Chardy na primeira rodada do quali de Xangai

Mais uma vez, pela 11ª vez na temporada, Thiago Monteiro levou uma virada, dessa vez na primeira rodada do qualifying do Masters 1000 de Xangai, na China, que é disputado no piso duro.

Na madrugada deste sábado, horário de Brasília, o brasileiro começou bem contra o experiente francês Jeremy Chardy, em um primeiro set bem equilibrado que só foi decidido no tiebreak, para o brasileiro, por 7/6(11).

Depois, o francês impôs sua condição de favorito e conseguiu a virada, com parciais de 6/3 e 6/4.

Com isso, o Brasil não terá representante na chave de simples do penúltimo Masters 1000 da temporada.

Bellucci estreia contra Raonic no Masters 1000 de Xangai

Miami Open Tennis - Day 4Thomaz Bellucci terá uma estreia muito difícil no Masters 1000 de Xangai, na China, que é disputado no piso duro.

O brasileiro, nº 31 do mundo, terá pela frente o canadense Milos Raonic, nº 9 da ATP e cabeça de chave nº 9. Será o primeiro jogo entre eles.

Essa será a terceira participação de Bellucci no Masters 1000 chinês e seu melhor resultado foi em 2010, quando chegou à segunda rodada depois de vencer o turco Marsel Ilhan e perder para o espanhol David Ferrer.

No ano passado, o brasileiro não jogou o torneio.