Teliana se junta a Cé e Carolina Meligeni no ITF de Olímpia

O Brasil passa a ter cinco representantes no Torneio Internacional Feminino de Tênis – Ano V, apresentado pelo Itaú, que realizado de 9 a 15 de março, no Thermas dos Laranjais, em Olímpia (SP), com entrada gratuita para o público.

Com a saída de algumas jogadoras estrangeiras da lista de inscritas, Teliana Pereira, Thaísa Pedretti e Nathaly Kurata garantiram lugar na chave principal do torneio, que distribui uma premiação de US$ 25 mil e pontos no ranking mundial, e se juntam a Gabriela Cé e Carolina Meligeni Alves (convidada da organização).

Ex-número 43 do mundo, a pernambucana radicada em Curitiba e campeã de dois torneios WTA – Bogotá e Florianópolis, ambos em 2015 – está empolgada em jogar pela primeira vez em Olímpia. “Me sinto bem preparada fisicamente e espero ter bons sentimentos e resultados nesses torneios aqui no Brasil. É sempre bom jogar em casa, nós brasileiras sentimos muita falta de poder competir em nosso país”, afirmou Teliana, que depois da Fed Cup, em fevereiro, optou por ficar em Curitiba treinando para o torneio. “Nunca estive em Olímpia, mas já me falaram que é para caprichar no protetor solar”, brincou a tenista.

Além das brasileiras, o Torneio Internacional Feminino terá a participação de tenistas de mais 12 países: Itália, Chile, Argentina, Holanda, Hungria, Espanha, Grã Bretanha, Grécia, Kazaquistão, Bélgica, Rússia e Geórgia.

O Torneio Internacional de Tênis Feminino, apresentado pelo Itaú, faz parte do Olímpia Tennis Classic, que também realizará um Torneio Internacional Masculino, de 16 a 22 de março, também no Thermas dos Laranjais.

Serviço

Torneio Internacional de Tênis Feminino

9 a 15 de março

Thermas dos Laranjais de Olímpia

Av. Aurora Forti Neves, 1.123 – Centro

Entrada gratuita

Teliana Pereira encerra bela semana com o vice em ITF italiano

A tenista brasileira Teliana Pereira foi vice-campeã do ITF US$ 25 mil de Santa Margherita di Pula, na Itália, neste domingo. A ex-número 1 do mundo foi superada na final pela croata Tena Lukas com parciais de 6/4 6/3.
Apesar da derrota, Teliana comemora a sua primeira final após quatro anos lutando com problemas físicos. “Estou super feliz, foi uma semana muito positiva. Fiz vários jogos, fisicamente estou muito bem. Eu percebi que meu trabalho na parte física deu resultado. Fazer uma final depois de tanto tempo é muito importante”, disse.
O próximo torneio de Teliana começa já na segunda, no ITF Riba Roja de Tubia, na Espanha. “Hoje não consegui jogar meu melhor tênis, oscilei bastante, mas sabemos que isso faz parte do dia a dia do tenista. Agora é focar para a próxima semana. Sempre há expectativa, mas estou confiante que eu estou no caminho certo e fazendo um bom trabalho”, acrescentou.

Teliana Pereira embarca para nova gira de torneios

A tenista brasileira Teliana Pereira embarca neste sábado para uma nova série de torneios na Europa e na América do Sul. Já com mais ritmo de jogo e se sentindo mais à vontade no circuito novamente, ela viaja para a disputa de seis competições, começando na Itália e terminando no Chile.

“A outra gira que eu fiz foi bem legal, consegui melhores resultados e nas últimas semanas em Curitiba consegui treinar bem, especialmente o físico. Viaja bem mais confiante, com uma outra cabeça, buscando jogar o meu melhor tênis, feliz e sabendo que tenho nível para melhorar muito,” disse a brasileira.

Calendário

30.09 – ITF Santa Marguerita di Pula (ITA) 25k

07.10 – ITF Riba Roja de Turia (ESP) 25k

14.10 – ITF de Szekesfehervar (HUN) 60k

21.10 – ITF de Szekesfehervar  (HUN) 100k

28.10 – ITF de Assunção (PAR) 60k

04.10 – ITF de Colina (CHI) – 60k

Teliana Pereira avança às quartas de final de ITF na Alemanha

A tenista brasileira Teliana Pereira avançou nesta quinta-feira às quartas-de-final do ITF de Versmold, na Alemanha, com premiação de U$ 60 mil. Depois de passar o qualifying ela venceu a segunda partida na chave, derrotando a bielorussa Olga Govortsova (262a) por 6/2 6/4 para avançar na competição disputada no saibro.

Ela volta a jogar na sexta, valendo vaga na semifinal, contra a servia Nina Stojanovic (250a).

“Estou muito feliz e com muita vontade de estar jogando estes torneios no saibro. Quero aproveitar ao máximo e cada jogo conta. Também tenho que comemorar cada passo que estou dando, são pequenas conquistas,” disse a pernambucana radicada em Curitiba.

Teliana (536a) iniciou esta gira na Alemanha e seguirá nas próximas semanas para Biarritz (FRA), Praga (Rep TCH) e Bad Salgau (ALE), podendo extender o tour europeu dependendo dos resultados.

Bia perde nas quartas de simples, mas vai à final de duplas de ITF francês. Teliana é superada em Roma

A tenista paulista Bia Haddad está na final de duplas do ITF US$ 80 mil de Cagnes-Sur-Mer. Bia e a paulista Luisa Stefani surpreenderam, nesta sexta-feira, a suíça Cornelia Lister e a tcheca Renata Voracova, cabeças de chave 2 torneio francês, por duplo 6/2. É a primeira decisão da parceria brasileira.

“Estamos com uma energia muito boa, nossa primeira final juntas. Jogamos muito sólidas e estamos muito sintonizadas”, afirmou Bia, que aguarda a dupla adversária da final que sairá, neste sábado, do confronto entre as francesas Estelle Cascino e Elixane Lechemia e a parceria formada pela russa Anna Blinkova e a suíça Xenia Knoll, principais cabeças de chave da competição.

Antes das semifinais de duplas, nesta sexta-feira, a tenista número 1 do Brasil foi superada pela suíça Stefanie Voegele, terceira favorita, por 1/6 6/4 7/5, após uma batalha de 2h45min, em partida pelas quartas de final de simples.

“Hoje em simples não deu. Tive muitas chances, a menina acabou jogando melhor, mas mesmo assim eu lutei até o final. Foi uma boa semana de qualquer forma e espero sair daqui com o título de duplas”, finalizou Bia.

No ITF de Roma, na Itália, também disputado no saibro, Teliana Pereira perdeu nas quartas de final para a australiana Jamiee Fourlis, com um duplo 6/4.

Apesar do bom resultado na semana, passando pelo quali e vencendo dois jogos na chave principal, a brasileira deve cair mais de 30 posições no ranking da WTA, ficando perto do 570º posto.

 

Teliana disputa nova série de torneios na Europa

A tenista brasileira Teliana Pereira já está na Europa para disputar uma série de quatro torneios no velho continente, todos no saibro. A gira será a primeira da tenista fora do país na temporada 2019 e ela viajará acompanhada do irmão, também tenista, José Pereira.

A série de torneios começará em Marguerita Di Pula (Itália – 25k) e seguirá para Chiasso (Suíça 25k), Wiesbaden (Alemanha 60k), terminando em Roma (Itália 25k).

Depois de ter iniciado a temporada 2019 no mês passado, em dois torneios no Brasil e voltado a competir livre de lesões, Teliana embarca animada. “Estou super motivada. Treinei muito bem esses dias em Curitiba e estou com vontade de competir, jogando feliz,” disse a brasileira, que já alcançou a 43a. posição no ranking mundial e tem dois títulos de WTA na carreira. “Como já passei por tudo isso antes, sei o que esperar e sei que não vai ser fácil. Mas vou para dar o meu melhor e tentar buscar as boas sensações em quadra.”

Jogando em Campinas, Teliana Pereira volta a vencer

Depois de sete meses sem jogar, Teliana Pereira voltou a competir na semana passada e nesta terça-feira venceu a sua primeira partida desde que alcançou as quartas-de-final em um torneio na Alemanha. Em Campinas, no Circuito Feminino Future de Tênis, torneio com premição de U$ 25 mil e valendo pontos para o ranking mundial, ela derrotou a belga Kimberly Zimmermann por 7/6(4) 6/1 e volta a jogar na quinta-feira, contra a vencedora do jogo entre a cipriota e Raluca Serban e a norte-americana Anastasia Nefedova

“Foi uma vitória muito importante para mim, depois de ter ficado tanto tempo sem jogar. É sempre bom poder voltar a jogar e a ganhar, ter esse gostinho da vitória. Esto muito feliz,” comemorou Teliana, que chegou a alcançar a 43a posição no ranking mundial, há quatro anos. “Eu consegui me manter extremamente focada o jogo inteiro, contra uma tenista muito agressiva. Saí da quadra feliz por ter conseguido manter o meu ritmo do começo ao fim. Em alguns momentos eu oscilei, mas porque ela conseguiu jogar melhor. Gostei também que consegui correr super bem na quadra e jogar solta.”

Para a próxima rodada, que vale vaga nas quartas-de-final, Teliana não tem expectativas, mas quer manter a alegria e o foco em quadra. “Não tenho expectativas mesmo. Tenho que continuar fazendo o meu trabalho, com meu foco e bem positiva, curtindo ao máximo e acreditando no que eu venho trabalhando.”

Teliana Pereira perde na estreia em Curitiba, mas comemora volta ao circuito

Teliana Pereira lutou por 1h47 em sua volta às quadras, mas não conseguiu superar a estreia da etapa paranaense do Circuito Feminino Future de Tênis. A ex-43 do ranking parou diante do tênis muito regular da croata Tereza Mrdeza, com parciais de 6/4 e 6/1.

“Foi um bom jogo, principalmente o primeiro set. A menina é muito consistente e assim foi bom para pegar ritmo, já que a maioria dos pontos foi muito longa”, avaliou Teliana. “Mais importante de tudo foi estar em quadra, competindo, sentindo de novo essas emoções”.

Aos 30 anos e sem disputar torneios desde agosto, Teliana planeja fazer um calendário extenso em 2019. “A principal meta é jogar o ano todo sem contusões, algo que não tenho conseguido nas últimas temporadas. Estou mais madura para lidar com a parte emocional e quero me divertir mais”.

As outras brasileiras que estiveram em ação nesta quarta-feira também foram eliminadas. A novata Thaisa Pedretti parou na espanhola e cabeça 1 Aliona Bolsova, parciais de 6/1 e 6/4; a experiente Paula Gonçalves não achou seu melhor ritmo diante da chilena Daniela Seguel e caiu por 6/1 e 7/5; e a convidada Nathaly Kurata foi batida pela búlgara Elitsa Kostova, 6/4 e 6/1.

Dessa forma, as representantes nacionais nas oitavas de final serão a paulista Carolina Alves e a canhota gaúcha Gabriela Cé, que na noite de terça-feira conseguiu grande vitória em cima da austríaca Barbara Haas, cabeça 4, por 6/4 e 6/2.

Carol tem duelo dificílimo diante da georgiana Ekaterine Gorgodze, 149ª no ranking desta semana, enquanto Cé terá pela frente a francesa Chloe Paquet. Todas as partidas de oitavas de final serão disputadas a partir das 10 horas com entrada gratuita ao público no Graciosa.

Campeã em São Paulo no domingo, a norte-americana Louise Chirico virou em cima da belga Kimberley Zimmermann, por duros 5/7, 6/1 e 6/4, e terá como adversária a cipriota Raluca Serban, que tirou a vice do Pinheiros, a montenegrina Danka Kovinic, por 7/5, 4/6 e 6/1.

Pela chave de duplas, Laura Pigossi se juntou a Kovinic para boa vitória sobre Haas e a belga Marie Benoit, por 6/4 e 6/1. Já Paula Gonçalves e Luísa Stefani, campeãs em São Paulo no sábado, passaram por Serban e a húngara Anna Bondar, por 6/1 e 6/4.

Os jogos do Circuito poderão ser vistos em tempo real através do site tvkobertura.com/ao-vivo-1.

Teliana Pereira inicia temporada 2019 nos torneios do Brasil, em março

A tenista brasileira Teliana Pereira iniciará a temporada 2019 disputando uma série de três torneios no Brasil, a partir de 11 de março, na capital paulista, seguindo para Curitiba e Campinas.

Após quatro meses sem competir, se recuperando de lesões e fortalecendo o corpo, Teliana está fazendo os últimos ajustes para voltar à rotina de torneios. “Precisei colocar o meu corpo em primeiro lugar. O ano passado foi bem difícil. Logo no início machuquei a mão, o que me impediu de seguir o calendário que eu gostaria. Os torneios que eu disputei, achei que estava voltando ao ritmo e algumas semanas joguei muito bem e outras sofri com alguns incômodos físicos,” relatou Teliana. Mas, determinação e vontade nunca faltaram para a pernambucana radicada em Curitiba e que já teve que voltar de lesões e trabalhou duro para alcançar a 43a. posição no ranking mundial (2016). “Voltar não é simples. Eu já passei par isso quando operei o joelho. É preciso muita paciência, uma cabeça muito forte e tempo para recomeçar.”

A vontade de voltar a competir se intensificou depois das duas semanas comentando o Australian Open na ESPN. “Todas as vezes que saia da ESPN eu tinha vontade de ir direto pra quadra. Impossível assistir, comentar e não ter vontade de jogar.”

Mas, antes de retomar a rotina de torneios, Teliana vai aumentar ainda mais a vontade. Ela estará no Rio Open, durante toda a semana do ATP 500, participando de alguns eventos para o torneio, ora com o microfone, ora com a raquete na mão.

“Quero voltar logo, mas ao mesmo tempo tenho que ir com calma. O meu corpo está em primeiro lugar,” avaliou. “Vamos aos poucos. Vou jogar esses torneios do Brasil e depois vamos ver onde entro para decidir se vou para Bogotá ou para a Europa.”

Foto: Detlef Gottwald

Depois de furar o quali, Teliana vence em ITF alemão e vai às oitavas de final

A tenista brasileira Teliana Pereira estreou com vitória na chave principal do ITF de U$ 25 mil em Braunschweig, na Alemanha.

Teliana derrotou a convidada alemã, Shaline Doreen Pipa, por 2 sets a 0, parciais de 6/2 6/3 depois de ter vencido outros dois jogos no qualifying da competição no saibro.

“Estou bem feliz com essas três vitórias. Especialmente hoje fiz um bom jogo, me mantendo sólida e agressiva e conseguindo colocar em prática o que eu não estava conseguindo, que era transferir do treino para o jogo,” analisou a brasileira que não jogará nesta quarta e terá tempo para treinar e se preparar para o desafio das oitavas-de-final. Ela enfrenta a vencedora do confronto entre Diana Marcinkevica, da Letônia e Olga Ianchuk da Ucrânia.