Bicampeã Kvitova chega às oitavas de Wimbledon. Barty e Serena também garantem vaga

O sábado foi um dia de vitória para as principais favoritas que entraram em quadra na chave feminina de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama de Londres.

Logo no começo do dia, a tcheca Petra Kvitova, bicampeã do torneio, se impôs ao bater a polonesa Magda Linette em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2, garantindo vaga nas oitavas de final.

Serena Williams também não deu chances para a alemã Julia Goerges, se impôs e anotou uma bela vitória por 6/3 e 6/4, enquanto a número 1 do mundo Ashleigh Barty perdeu apenas dois games para a britânica Harriet Dart, anotando duplo 6/1.

Kiki Bertens chegou à Londres como nº 4 do mundo, mas não aproveitou seu favoritismo e perdeu na terceira rodada para a tcheca Barbora Strycova por 7/5 e 6/1.

Barty joga em Wimbledon seu primeiro Slam como nº 1 do mundo. Venus estreia contra jovem de apenas 15 anos

Saiu nesta sexta-feira a chave feminina de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama de Londres, na Inglaterra.

Nova número 1 do mundo, a australiana Ashleig Barty vai com nova responsabilidade para o seu primeiro Slam nesta condição e na primeira rodada terá pela frente a chinesa Sasai Zheng.

Outra jogadora da nova geração, a japonesa Naomi Osaka está na condição de cabeça 2 e encara na estreia a cazaque Yulia Putintseva.

A tcheca Karolina Pliskova, terceira favorita da chave, vai tentar impor seu jogo agressivo e usar a velocidade da grama, começando pela partida diante da chinesa Lin Zhu, enquanto a belga Kiki Bertens, cabeça 4, enfrenta a luxemburguesa Mandy Minella.

Curiosa será a estreia da norte-americana Venus Williams, que enfrenta a compatriota Cori Gauff, de apenas 15 anos, que furou o qualifying. Quando Gauff nasceu, Venus já havia conquistado 4 títulos de Grand Slam.

Sua irmã, Serena, enfrenta a italiana Giullia Gatto-Monticone, que também passou pelo quali.

 

Barty se impõe, não dá chances para jovem Anisimova e conquista em Roland Garros seu 1º Slam da carreira

A australiana Ashleigh Barty é a mais nova campeã de Grand Slam, com a conquista de Roland Garros, no saibro de Paris, neste sábado.

Entrando em quadra como favorita, diante da jovem Amanda Anisimova, Barty fez valer sua maior experiência ao anotar uma bela vitória em dois sets, com parciais de 6/1 e 6/3.

“É inacreditável, estou um pouco sem palavras. É incrível, joguei a partida perfeita hoje e estou muito orgulhosa de mim e do meu time. Foram apenas duas semanas loucas ” disse a empolgada australiana, que não escondeu seu carinho ao abraçar a Coupe Suzanne-Lenglen.

“Obrigado à minha equipe por ficar comigo. Esta foi a jornada mais incrível para nós nos últimos três anos e sinto que este é apenas o começo para nós. Vamos comemorar hoje à noite! ” completou.

Com o resultado, ela vai dar um salto de 8 posições no ranking da WTA, indo do 8º ao 2º lugar, o que vai significar seu recorde na carreira.

Anisimova também vai subir muito e, pela primeira vez, vai chegar ao top-30, aparecendo na próxima semana no nº 26 do ranking, ou seja, 25 posições acima do atual.

Fotos: Cynthia Lum

 

 

Barty e Vondrousova decidem o título e Roland Garros terá campeã inédita de Slam

Será disputada neste sábado a grande final feminina de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, disputado no saibro de Paris.

Na manhã deste sábado, a jovem norte-americana Amanda Anisimova saiu na frente, mas viu a australiana Ashleigh Barty virar a partida e vencer por 6/7(4) 6/3 e 6/3, garantido sua vaga na final.

Pela primeira vez na decisão de um dos quatro maiores torneios da temporada, a melhor campanha de Barty em Paris havia sido uma segunda rodada, em 2013 e no ano passado.

Sua adversária na partida deste sábado será a jovem tcheca Marketa Vondrousova, também debutante em finais de Slam, que eliminou na semi a experiente britânica Johanna Konta, depois de dois sets equilibrados, que acabou com parciais de 7/5 e 7/6(2).

Aos 19 anos, também será a primeira final de Slam da atual nº 38 do mundo, que ainda não perdeu um único set ao longo do torneio.

Barty e Vondrousova já se enfrentaram duas vezes no circuito, com duas vitórias da australiana, sendo a primeira na grama de Birmingham, em 2017, e a segunda no WTA de Cincinnati, no ano passado.

 

Halep bate polonesa em 45min e está nas quartas de Roland Garros. Keys e Barty vencem e se enfrentam

Estão definidas as quartas de final da chave feminina de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, disputado no saibro parisiense.

Nesta segunda-feira, a primeira que garantiu sua vaga foi a norte-americana Madison Keys, que se impôs diante da tcheca Katerina Siniakova, vencendo por 6/2 e 6/4. Sua adversária também foi definida nesta segunda e será a australiana Ashleigh Barty, que anotou 6/3 3/6 e 6/0 sobre Sofia Kenin, que havia eliminado Serena Williams.

A vitória mais acachapante do dia foi da romena Simona Halep, que cedeu apenas um game e gastou 45min para bater a polonesa Iga Swiatek por 6/1 e 6/0. Agora mais favorita, a nº 3 do mundo joga nas quartas contra a norte-americana Amanda Anisimova, que anotou 6 q3 e 6/0 sobre a jovem espanhola Alina Bolsova.

Os dois primeiros jogos das quartas de final serão disputados nesta terça-feira, começando com a partida entre a norte-americana Sloane Stephens e a britânica Johanna Konta, que abrem a programação da quadra Philippe-Chatrier.

Na quadra Suzanne-Lenglen, o confronto será entre a tcheca Marketa Vondrousova e a croata Petra Martic.

Barty conquista o maior título da carreira em Miami e chega pela 1ª vez ao top-10

A australiana Ashleigh Barty conseguiu neste sábado o maior título da sua carreira, no WTA Premier de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Na grande final, ela superou a tcheca Karolina Pliskova, em sets diretos, com parciais de 7/6(1) e 6/3, garantindo também sua entrada no top-10 do ranking da WTA.

“Foram duas semanas incríveis de tênis. Realmente. Eu acho muito legal ter jogado uma partida tão boa hoje, em um grande jogo. Certamente, estou orgulhosa de mim mesma e feliz pelo jeito que eu e minha equipe conseguimos passar por essas duas semanas” disse a campeã.

Vale destacar que Barty, que foi parabenizada até por Rod Laver nas redes sociais, vai ocupar pela primeira vez na carreira um lugar no top-10, e deve aparecer nesta segunda-feira no 9º lugar.

Pliskova e Barty se enfrentam neste sábado na final do Miami Open

Será disputada neste sábado a grande final do WTA Premier de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Depois da australiana Ashleigh Barty garantir a primeira vaga da decisão ao bater a estoniana Anett Kontaveit na quinta-feira, a tcheca Karolina Pliskova também conseguiu seu lugar na final nesta sexta-feira.

A nº 7 do mundo teve uma atuação muito firme pra bater a romena Simona Halep, em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/1.

“É sempre muito bom jogar com a Simona. Não importa como o jogo se desenrola, ela está sempre lutando e sempre faz você jogar uma bola a mais, o que é sempre bom.” disse Pliskova depois da semifinal.

Barty e Pliskova já se enfrentaram quatro vezes ao longo da carreira, com duas vitórias pra cada lado.

Barty vira sobre Sharapova e Kvitova supera surpreendente Anisimova

Começou a ser disputada na noite deste sábado, horário de Brasília, as oitavas de final da chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na primeira partida da programação, a tcheca Petra Kvitova não teve grandes dificuldades pra superar a norte-americana Amanda Anisimova, cedendo apenas três games e vencendo por 6/2 e 6/1.

Sua adversária será a australiana Ashleigh Barty , que fez uma partida bem equilibrada diante de Maria Sharapova, mas aproveitou um momento de intensidade baixa da russa pra abrir vantagem na terceira parcial.

No fim, ainda precisou de três match-points no seu saque pra fechar sua virada com parciais de 4/6 6/1 e 6/4.

Kvitova e Barty já se enfrentaram três vezes ao longo da carreira, sendo o mais recente nesta temporada, quando a tcheca venceu a decisão do WTA de Sydney.