Osaka e Kvitova se enfrentam pelo títiulo em Melbourne e pelo topo do ranking

Que grande final terá a chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

A primeira classificada para a decisão foi a tcheca Petra Kvitova, que volta a jogar um grande tênis depois de todo drama que passou em sua carreira, com o a facada que levou na mão em um assalto, cirurgia e o risco de não voltar a jogar em alto nível.

Porém, Kvitova superou isso tudo. Em Melbourne, além disso, superou seis adversárias, a mais recente, na final, um surpreendente norte-americana, Danielle Collins, que havia eliminado a alemã Angelique Kerber em apenas dois sets e que estava bem confiante.

A ex-nº 2 do mundo foi firme, passou por um primeiro set equilibrado e depois se impôs, fechando a partida com parciais de 7/6(2) e 6/0.

Bicampeã de Wimbledon, Kvitova terá a chance de voltar aos títulos de um dos maiores torneios da temporada.

Sua adversária será Naomi Osaka, que fez uma semana com altos e baixos, saindo do buraco em alguns jogos e evoluindo ao longo do torneio.

Na semi, a japonesa, campeã do US Open no ano passado, superou a tcheca Karolina Pliskova, que não conseguiu impor seu saque como de costuma e viu a jogadora asiática crescer nas devoluções.

No final, vitória de Osaka em três parciais, com parciais de 6/2 4/6 e 6/4, garantindo seu lugar na decisão que será disputada no sábado de manhã, no horário de Brasília.

A partida entre elas, inédita no circuito, terá um ingrediente a mais: A campeã em Melbourne se tornará também, pela primeira vez, no caso de ambas, a nº 1 do mundo na segunda-feira seguinte.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Pliskova elimina Serena e encontra Osaka na semi do Australian Open

A japonesa Naomi Osaka confirma sua grande fase em Slams e já está na semifinal do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro.

Na noite desta terça-feira, no horário de Brasília, a japonesa teve uma firme atuação para superar em sets diretos a ucraniana Elina Svitolina, com parciais de 6/4 e 6/1.

Essa é apenas a quarta participação de Osaka em Melbourne e, até então, sua melhor campanha foi a do ano passado, quando parou nas oitavas.

Por vaga na final, ela terá pela frente a tcheca Karolina Pliskova que, já na manhã desta quarta-feira, fez uma grande partida diante da norte-americana Serena Williams e triunfou depois de três sets, com parciais de 6/4 4/6 e 7/5.

As duas já se enfrentaram três vezes, com duas vitórias da tcheca. A partida entre elas será já na madrugada de quinta-feira, um pouco depois da primeira semi, entre a surpreendente Danielle Collins e a tcheca Petra Kvitova.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Svitolina e Osaka vencem de virada e se enfrentam nas 4ªs do Australian Open

Foram definidas os outros dois confrontos das quartas de final da chave feminina  do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na primeira partida da noite, Elina Svitolina e Madison Keys fizeram um grande confronto de estilos, com a grande capacidade de defesa e variação levando a melhor.

Keys foi muito agressiva, mas cometeu muitos erros não forçados, principalmente no 3º set, depois de lutar por 16 minutos e não aproveitar as várias oportunidades para quebrar o saque da ucraniana.

No fim, vitória de Svitolina, com parciais 6/2 1/6 e 6/1, garantindo sua vaga nas quartas, em busca de conquistar sua primeira vitória em uma semi de Slam.

Sua adversária nas quartas será a japonesa Naomi Osaka, que conseguiu mais uma virada, dessa vez sobre a letã Anastasia Sevastova, com parciais de 4/6 6/3 e 6/4.

Com isso, a nº 4 do mundo, que já faz sua melhor campanha da carreira no Australian Open, continua sua caminhada em busca do seu 2º título de Slam, depois do triunfo no US Open do ano passado.

Foto: Luke Hemer/Tennis Australia

Svitolina e Osaka escapam da eliminação e viram na 3ª rodada em Melbourne

Foi concluída neste sábado a terceira rodada da chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

No começo da rodada, duas das principais cabeças de chave passaram muito sufoco e tiveram que virar seus jogos.

Primeiro, a ucraniana Elina Svitolina, que foi ao limite contra a chinesa Shuai Zhang, depois de pedir alguns atendimentos médicos. No fim, a cabeça de chave nº 6 venceu de virada, com parciais de 4/6 6/4 e 7/5.

Outra que também passou sufoco foi a japonesa Naomi Osaka, que chegou a ficar 5/7 1/4  atrás da taiwanesa Su-Wei Hsieh, mas foi buscar a vitória com parciais de 5/7 6/4 e 6/1.

Quem não teve muito trabalho foi a norte-americana Serena Williams, que anotou 6/2 e 6/1 sobre a jovem ucraniana Dayana Yamtreska, assim como Simona Halep, que passou fácil por Venus Williams, com parciais de 6/2 e 6/3.

Karolina Pliskova, cabeça 7, precisou de três sets pra bater a italiana Camila Giorgi, enquanto a norte-americana Madison Keys passou pela belga Elise Mertens por 2×0.

Foto: : Luke Hemer/Tennis Australia

Serena, Halep, Osaka e Pliskova estreiam no 2º dia do Australian Open

O segundo dia do Australian Open terá o complemento da primeira rodada do primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melborune, na Austrália.

Será o dia da estreia de Serena Williams, sempre apontada como uma grande favorita em qualquer torneio. A norte-americana faz o segundo jogo da Rod Laver Arenaa contra a alemã Tatjana Maria.

No mesmo local, mas encerrando a rodada noturna, a japonesa Naomi Osaka, atual campeã do US Open, faz sua primeira partida em Melbourne contra a polonesa Magda Linette.

A Margaret Court será o local da estreia da romena Simona Halep, nº 1 do mundo, mas que não vem em boa fase, e que não deve ter facilidade diante da estoniana Kaia Kanepi.

Na Melbourne Arena, Karolina Pliskova tem amplo favoritismo diante da qualifier tcheca Karolina Muchova, enquanto a bielorrussa Victoria Azarenka encara a alemã Laura Siegmund.

Para conferir a programação completa, clique aqui.

Azarenka estreia com boa vitória em Miami. Osaka mantém embalo e bate Serena

Depois de conquistar o título de Indian Wells, a japonesa Naomi manteve a boa fase e conseguiu uma grande vitória na estreia do WTA Premier de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Nesta quarta-feira, Osaka bateu com autoridade a norte-americana Serena Williams, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2. Atual nº 22 do mundo, agora ela terá pela frente a ucraniana Elina Svitolina. Nos quatro confrontos anteriores entre elas, duas vitórias pra cada lado.

Outra ex-nº 1 do mundo que estreou, mas com vitória, foi Victoria Azarenka, que passou pela norte-americana Catherine Bellis, com parciais de 6/3 e 6/0, e enfrenta na segunda rodada a também norte-americana Madison Keys.

Na sua volta ao circuito, Bethanie Mattkek-Sands foi superada pela francesa Alize Cornet por 6/2 e 7/5, enquanto a russa Ekaterina Makarova anotou 6/2 2/6 e 6/4 sobre a suíça Timea Bacsinszky.

Osaka perde apenas 3 games para Halep e faz final de Indian Wells contra russa Kasatkina

Definida, com surpresa, a grande final feminina do WTA Premier de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Nesta sexta-feira, a primeira a garantir sua vaga foi a russa Darya Kasatkina, nº 19 da WTA, que passou pela experiente Venus Williams, de virada, com parciais de 4/6 6/4 e 7/5.

Depois, a japonesa Naomi Osaka praticamente não deu chances para a romena e nº 1 do mundo Simona Halep, vencendo por 6/3 e 6/0, confirmando seu lugar na decisão deste domingo.

Será o primeiro jogo entre elas.

Halep batalha por quase 4 horas pra chegar às 8ªs em Melbourne. Kerber vence Sharapova

Por quase 4hs, Simona Halep lutou muito, sob sol e diante da boa atuação da norte-americana Lauren Davis, ficou perto da eliminação, mas conseguiu garantir sua vaga nas oitavas de final do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro.

Com um set pra cada lado, as lutas lutaram por mais de 2h20min na terceira parcial, com chances perdidas dos dois lados e três match points salvos pela nº 1 do mundo, antes do seu triunfo por 15/13.

Agora, nas oitavas, ela terá pela frente a japonesa Naomi Osaka, que anotou 6/4 e 6/2 sobre a local Ashleigh Barty.

A tcheca Karolina Pliskova, nº 6 do mundo, venceu dois sets equilibrados pra superar a compatriota Lucie Safarova, com parciais de 7/6(6) e 7/5. Nas oitavas, joga contra outra compatriota, Barbora Strycova, cabeça de chave nº 20.

Na rodada noturna, a alemã Angelique impôs sua boa fase diante da russa Maria Sharapova e venceu por 6/1 e 6/3, classificando para enfrentar nas oitavas a polonesa Agnieszka Radwanska ou a taiwanesa Su-Wei Hsieh.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia