Campinas recebe pelo oitavo ano consecutivo estrelas do circuito ATP Challenger

Desde 2011, Campinas é destaque no calendário profissional com a disputa do Campeonato Internacional de Tênis, apresentado pelo Santander e Ministério do Esporte. O tradicional evento integra o circuito ATP Challenger e acontecerá entre 29 de setembro e 7 de outubro, na Sociedade Hípica, com entrada gratuita. A competição totaliza US$ 50 mil em prêmios (equivalente a R$ 208 mil), oferece hospedagem aos jogadores e contabiliza pontos para o ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais).

Como faz parte da tradição do evento, o Campeonato Internacional de Tênis costuma atrair destaques e revelar grandes nomes para o circuito. Os argentinos Diego Schwartzman, atual campeão do Rio Open e top 15 do mundo, Guido Pella, 62º do ranking, por exemplo, fazem parte da galeria de vencedores do torneio. O saibro campineiro também já recebeu as principais estrelas do tênis nacional, como os três brasileiros mais bem posicionados atualmente na ATP: Thiago Monteiro, Rogério Dutra Silva e Guilherme Clezar, este campeão em 2013.

“O ATP Challenger de Campinas se consolidou no calendário internacional do tênis e atualmente é considerado o segundo torneio mais tradicional do País e o terceiro em grandiosidade, atrás apenas do Rio Open e Brasil Open. A cada edição realizada, o público cresce e o torneio atrai melhores tenistas para a chave em função das referências positivas que os próprios jogadores e a ATP compartilham sobre este evento”, disse Danilo Marcelino, atual presidente do Instituto Sports e diretor do Campeonato Internacional de Tênis.

Nesta quarta-feira, a ATP e o Instituto Sports irão anunciar a lista oficial com os nomes dos 22 jogadores inscritos, enquanto nas próximas semanas que antecedem a competição o público conhecerá os quatro tenistas contemplados com wild cards (convites) para a chave principal.

Em 2019, Novas Regras

Esta será a última vez que o torneio acontecerá no formato de nove dias, sendo dois deles neste ano (29 e 30/09) dedicados exclusivamente ao qualifying. A partir da próxima temporada, em virtude das novas regras estabelecidas pela ATP para todos os Challengers, o quali será reduzido de 32 para 4 tenistas – havendo somente dois jogos nesta fase -, a chave principal aumentará seu número de vagas de 32 para 48, e toda a programação do torneio será realizada em sete dias.

Para saber mais a respeito das novas regras do circuito ATP Challenger, acesse o site da ATP (em inglês).

Quadro de Campeões – ATP Challenger de Campinas

2017 – Gastão Elias (POR)

2016 – Facundo Bagnis (ARG)

2015 – Facundo Arguello (ARG)

2014 – Diego Schwartzman (ARG)

2013 – Guilherme Clezar (BRA)

2012 – Guido Pella (ARG)

2011 – Maximo Gonzalez (ARG)

Foto: João Pires/Fotojump

Feijão vence favorito e joga para ir à semi em Challenger italiano

João Souza, o Feijão, número 177 do mundo, desbancou, nesta quinta-feira, o principal favorito ao título do torneio challenger de Biella, na Itália, evento com premiação de 85 mil euros mais hospedagem.

Feijão vence favorito e joga para ir à semi na Itália

O brasileiro superou o italiano Paolo Lorenzi, 41º colocado do ranking e campeão do ATP 250 de Kitzbuhel, na Áustria, na semana passada, por 2 sets a 0 com parciais de 6/4 7/5 após 1h31min: “Foi uma grande vitória, fui bem nos momentos chave, joguei bem pra quebrá-lo na hora H. É um triunfo que me dá confiança, Lorenzi é um cara que tem um jogo muito regular que me incomoda, não é à toa que é 41 do mundo, vinha confiante de título de ATP. Triunfo importante, mas ainda esttou nas quartas, muito por jogar e vou seguir focado buscando mais uma vitória aqui”, vibrou Feijão.

O adversário em busca de uma vaga na semi é o o eslovaco Andrej Martin, 98º colocado e vice-campeão no ATP 250 de Umag, na Croácia, também na semana passada.

Zé Pereira e Thiago Monteiro jogam por vaga na semi do SP Challenger

O paulista João ‘Feijão’ Souza parou nas oitavas de final do São Paulo Challenger de Tênis, ao perder nesta quinta-feira para o norte-americano Ernesto Escobedo, por 6/4, 2/6 e 7/5. O cearense Thiago Monteiro e o pernambucano José Pereira disputam as quartas de final nesta sexta, no Clube Paineiras do Morumby, com entrada gratuita para o público.

Zé Pereira e Thiago Monteiro jogam por vaga na semi do SP Challenger

“Não encontrei muito o tempo do saque, a altura da bola. Joguei muito com o segundo serviço e isso facilitou para ele. Estava com o jogo na mão, tive 2/0, vantagem para 3/0. O jogo estava ganho, ele estava totalmente fora. Não soube aproveitar a chance quando a intensidade dele caiu”, lamentou Feijão.

Feijão chegou a ter quebra de vantagem em três oportunidades no set decisivo, mas Escobedo acabou prevalecendo no final. “Ele teve os méritos dele, jogou bem nos últimos games. É um jogador perigoso, arrisca o tempo inteiro e dá pouco ritmo”, afirmou o paulista.

Aos 19 anos, Escobedo se impressionou com a empolgada torcida no Paineiras. “Este jogo foi muito intenso, do primeiro ao último ponto. Ele é um ótimo jogador, não sei como consegui. Estou sem palavras. Havia tantas pessoas gritando e torcendo. Parecia Copa Davis”, comentou o norte-americano, que encara o argentino Marcelo Arevalo não antes das 16h desta sexta.

O primeiro jogo da rodada será entre o argentino Juan Ignacio Londero e o chileno Gonzalo Lama, às 11h30. Em seguida, o cearense Thiago Monteiro busca a semifinal em confronto com o italiano Marco Bortolotti.

Não antes de 18h, o pernambucano José Pereira enfrentará Christian Lindell, sueco nascido no Rio de Janeiro. Cabeça de chave 7 do torneio, Lindell passou pelo paulista Marcelo Zormann com parciais de 6/3 e 7/5. O triunfo colocará o jogador no qualifying de Roland Garros. “Estava com isso a semana inteira na cabeça, de conseguir me classificar. No torneio do ano passado eu furei o quali (em Paris), então queria muito voltar”, comentou.

“Foi um jogo com muita tensão envolvida, mas consegui jogar bem. No início foi muito nervoso, nos primeiros três games, mas foi importante ter saído na frente”, acrescentou Lindell, que é o atual vice-campeão do São Paulo Challenger de Tênis.

Em seis confrontos com Pereira, Lindell levou a melhor em quatro. “O Zé é um cara que joga muito bem, a gente se conhece desde moleque. Mas agora estou sem pressão, então pretendo jogar ainda melhor. Será um jogo duro independente disso”, completou o sueco.

 

Foto: Joao Pires/JUMP

Thiago Monteiro é o 1o. a garantir vaga nas 4as no CH de SP

O cearense Thiago Monteiro é o primeiro brasileiro classificado para as quartas de final do São Paulo Challenger de Tênis, apresentado por Itaú por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. O jogador de 21 anos passou pelo equatoriano Emilio Gomez nesta quarta-feira, com parciais de 6/4 e 6/3, no Clube Paineiras do Morumby.

Thiago Monteiro é o 1o. a garantir vaga nas 4as. no CH de SP

Outros quatro brasileiros tentarão avançar nesta quinta-feira. A rodada começa às 11h30 com o confronto entre o pernambucano José Pereira e o argentino Federico Coria. Na sequência, o paulista Caio Zampieri encara o argentino Marcelo Arevalo. O terceiro jogo terá o sueco Christian Lindell diante do paulista Marcelo Zormann e, não antes das 19h, João ‘Feijão’ Souza joga contra o norte-americano Ernesto Escobedo. A entrada é gratuita para o público.

“Estou muito feliz com a vitória de hoje, avançar no torneio é sempre importante. Ontem joguei muito bem, hoje também. O Emilio é um grande jogador, ele dificultou para mim, porque corta bastante o ritmo, saca bem e agride bastante, mas consegui me manter sólido e ganhar o jogo”, comentou Monteiro.

O adversário de Monteiro na próxima rodada será o italiano Marco Bortolotti. A única partida anterior entre os dois aconteceu em 2015, com vitória do tenista europeu. “É um jogador que gosta de jogar atrás, com bolas altas, pegando de direita, então vou aproveitar o dia de amanhã para me preparar bem para esta partida, decidir a tática com minha equipe”, avaliou o cearense, que derrotou Jo-Wilfried Tsonga no Rio Open deste ano.

Já o carioca Carlos Eduardo Severino parou na segunda rodada, diante do chileno Gonzalo Lama, por 6/3 e 6/2. O argentino Juan Ignacio Londero lutará com Lama por um lugar nas quartas de final.

Resultados de simples de quarta-feira – 20/4:

Juan Ignacio Londero (ARG) v. Gonzalo Escobar (ECU), 6/3 6/2
[6]Marcelo Arevalo (ARG) v. [Q]Ricardo Hocevar (BRA), 6/2 6/2
Marco Bortolotti (ITA) v. [8]Maximiliano Estevez (ARG), 6/0 4/6 5/2 des.
[4]Thiago Monteiro (BRA) v. Emilio Gomez (ECU), 6/4 6/3
[5]Gonzalo Lama (CHI) v. Carlos Severino (BRA), 6/3 6/2

Estreia de Rogerinho, Feijão e Ghem fica para 4a feira na Vivo Tennis Cup

Em função da forte chuva na região da Barra da Tijuca/RJ, durante toda esta terça-feira, a programação dos jogos do ATP Challenger Vivo Tennis Cup foi cancelada, adiando para amanhã as aguardadas estreias de Rogério Dutra Silva, João Souza, o Feijão, e André Ghem no Clube Marapendi, que durante toda esta semana de competição terá entrada gratuita para o público.

Chuva adia estreia de Feijão e Rogerinho na Vivo Tennis Cup

Com esta alteração, a rodada desta quarta-feira está marcada para começar a partir das 10h com 18 jogos em quatro quadras. Número 2 do Brasil, Rogério Dutra Silva busca sua primeira vitória no Rio por volta das 11h30, contra o belga Artur de Greef. Uma grande campanha no Rio pode colocar Rogerinho, número 116 do ranking, de volta ao top 100 após dois anos e meio de ausência neste seleto grupo do tênis mundial.

João Souza, o Feijão, será o grande destaque da rodada noturna. O tenista brasileiro encara o eslovaco Andrej Martin, cabeça 8 da chave. “Estou motivado para jogar no Rio, é um ano fantástico para a cidade. Sobre meu adversário, não o conheço muito bem (Martin), mas sei que ele tem bons resultados no circuito, chegou próximo do top 100 e é o favorito para este jogo”, afirma Feijão.

Já o gaúcho André Ghem faz com o jovem argentino Pedro Cachin o terceiro jogo da quadra 1, programado para não antes das 13h30. Um dos jogadores mais experientes da chave, Ghem, 33 anos, joga no Rio após disputar o ATP Challenger de Bangkok, na Tailândia, e disputar o quali do Australian Open.

Além deles, a rodada no Clube Marapendi terá Thiago Monteiro, Fabricio Neis, José Pereira e Wilson Leite entre os representantes nacionais da chave principal. Caso a chuva permaneça até as 9h30, nesta quarta-feira, os jogos serão transferidos para as quadras cobertas do Clube de Tênis da Amil, com início previsto para as 12h.

PROGRAMAÇÃO – VIVO TENNIS CUP (20/1)

Quadra Central
10h – Maximo Gonzalez (ARG) vs [WC] Thiago Monteiro (BRA)
A seguir – Rogerio Dutra Silva (BRA) [3] vs Arthur de Greef (BEL)
Não antes das 13h30 – Christian Lindell (SWE) vs [WC] Wilson Leite (BRA)
Não antes das 16h00 – N. Kicker (ARG)/ J. Pereira(BRA) vs R. Dutra Silva(BRA)/ G. Lapentti(ECU)
Não antes das 18h – Joao Souza (BRA) vs Andrej Martin (SVK) [8]
A seguir – G. Clezar (BRA)/ F. Neis (BRA) vs J. Eysseric (FRA)/ M. Reyes-Varela (MEX) [4]

Quadra 1
10h – [LL] Fabricio Neis (BRA) vs Gerald Melzer (AUT) [7]
A seguir – José Pereira (BRA) vs [Q] Clement Geens (BEL)
Não antes das 13h30 – Pedro Cachin (ARG) vs Andre Ghem (BRA)
Não antes das 15h – [WC] T. Monteiro (BRA)/ P. Sakamoto (BRA) vs I. Sabanov (CRO)/ M. Sabanov
Não antes das 16h30 – [Alt] C. Geens (BEL)/ P. Torebko (GER) vs F. Bagnis (ARG)/ M. Gonzalez (ARG) [2]
Não antes das 20h30 – A. Martin (SVK)/ J. Peralta (CHI) [1] vs S. Galdos (PER)/ C. Lindell (SWE)

Quadra 2
10h – Ruben Ramirez Hidalgo (ESP) vs [Q] Andrea Collarini (ARG)
A seguir – Gastão Elias (POR) [5] vs Jonathan Eysseric (FRA)
Não antes das 13h30 – Marcelo Arevalo (ESA) vs Facundo Bagnis (ARG) [4]

Quadra 3
10h – Facundo Arguello (ARG) [6] vs [Q] Gonzalo Escobar (ECU)
A seguir – [Q] Peter Torebko (GER) vs Nicolas Kicker (ARG)
Não antes das 13h30 – Guido Andreozzi (ARG) vs Pere Riba (ESP

Foto de João Pires

Clezar recebe convite para o Challenger Finals

O gaúcho Guilherme Clezar recebeu nesta quarta-feira o wild card (convite) para jogar o ATP Challenger Tour Finals 2015, de 25 a 29 de novembro, no Esporte Clube Pinheiros.

Clezar ganha convite para o Challenger Finals

Em sua quinta edição, o ATP Challenger Tour Finals reunirá em São Paulo os sete melhores da temporada e mais um tenista convidado na disputa por importantes pontos no ranking e uma premiação total de US$ 220 mil.

Além de Clezar, jogarão o Challenger Finals os espanhóis Daniel Munoz-De La Nava e Inigo Cervantes, os italianos Paolo Lorenzi e Marco Cecchinato, o argentino Guido Pella, o uzbeque Farrukh Dustov e Radu Albot, da Moldávia. O paulista Rogério Dutra Silva e o gaúcho André Ghem serão “alternates” (reservas) na competição.

Vice-campeão do ano passado, Clezar, que está na Argentina jogando o Challenger de Buenos Aires, recebeu com alegria o convite para o torneio: “Estou muito contente por mais essa oportunidade que a Koch Tavares está me dando de participar desse grande evento. Fiz um ótimo torneio no ano passado e as memórias são as melhores possíveis. Tenho convicção que posso jogar no mesmo patamar dessa vez.”

Atual 169o. do mundo, Clezar, 22 anos, é um dos jovens talentos do tênis brasileiro. Este ano, até agora, disputou 22 torneios do ATP Challenger Tour e foi vice-campeão em Santiago.

Confira os jogadores do ATP Challenger Tour Finals 2015:
1o. Daniel Munoz-De La Nava (ESP)
2o. Paolo Lorenzi (ITA)
3o. Guido Pella (ARG)
4o. Marco Cecchinato (ITA)
5o. Inigo Cervantes (ESP)
6o. Farrukh Dustov (UZB)
7o. Radu Albot (MDA)
8o. Guilherme Clezar (BRA)

Alternates – Rogério Dutra Silva (BRA) e André Ghem (BRA)

Todos os campeões
2014 – Diego Schwartzman (ARG)
2013 – Filippo Volandri (ITA)
2012 – Guido Pella (ARG)
2011 – Cedrik-Marcel Stebe (ALE)

Serviço:
ATP Challenger Tour Finals
Data – 25 a 29 de novembro
Local – Esporte Clube Pinheiros
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.484
Entrada gratuita

Rogerinho vence outra e vai à semi em Praga

O brasileiro Rogerio Dutra Silva continua em semana inspirada no Challenger de Praga.
Depois de passar o qualifying, ele derrotou nesta sexta-feira o sérvio Filip Krajinovic, por 6/4 6/3, para avançar `a semi da competição.

Rogerinho vence outra e vai à semi em Praga

O torneio, disputado no saibro, distribui 42,5 mil EUROS em premiação e dá 90 pontos ao campeão.

Por já estar na semi, Rogerinho, 288o. na ATP, já garantiu 33 pontos. Se vencer o ganhador do confronto entre o belga Steve Darcis e o checo Adam Pavlasek, fica com 55.

Clezar encara cabeça 2 para avançar em Aptos

O gaúcho Guilherme Clezar estreou com vitória, na noite de terça-feira, no Challenger de Aptos. Ele derrotou o indiano Somdev Devvarman, 148o. do mundo, por 6/2 1/6 6/3, em 1h49min de jogo.

Clezar encara cabeça 2 para avançar em Aptos

Com a vaga garantida nas oitavas de final, que será disputada somente na quinta-feira, Clezar enfrentará o tunisiano Malek Jaziri, cabeça de chave 2.

“Foi uma boa estreia. Jogar contra o Devvarman é sempre difícil. Acho que tive muitos méritos pela vitória e espero seguir firme na próxima rodada”, afirmou o brasileiro.

Ghem vence outra e está nas 4as em Bordeaux

O brasileiro Andre Ghem, 3o. tenista nacional mais bem colocado no ranking mundial, na 142a posição, venceu mais uma partida no forte Challenger de Bordeaux, com premiação de 85 mil euros.Ghem vence outra e vai às 4as em Bordeaux

Ghem derrotou o sérvio Filip Krajinovic, 103o. por 6/4 6/7(5) 6/4 e está nas quartas-de-final do torneio francês, o último que ele joga antes do qualifying de Roland Garros.

Para avançar à semi, Ghem terá que passar por Jurgen Zopp, da Estônia, 156o. no ranking mundial, na sexta-feira.

 

Foto: João Pires/JUMP