Dimitrov vence Goffin e é campeão invicto do ATP Finals

Grigor Dimitrov encerra de forma sensacional sua temporada, com o título do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Neste domingo, o búlgaro encerro sua ótima semana com vitória sobre o belga David Goffin, depois de mais de duas horas, que acabou com parciais de 7/5 4/6 e 6/3.

Com isso, Dimitrov fechou sua participação no torneio de forma invicta, com três vitórias na primeira fase – incluindo um 6/0 e 6/2 sobre o próprio Goffin – além da semi e da final deste domingo.

Na temporada, além do Finals, o búlgaro também foi campeão do Masters 1000 de Cincinnati, dos ATP’ 250 de Brisbane e Sofia, além de chegar à semi do Australian Open e ficar com o vice do ATP de Estocolmo.

Melo e Kubot ficam com o vice do ATP Finals e encerram ótima temporada da dupla

Pela segunda vez na carreira, Marcelo Melo ficou com o vice campeonato do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, as oito melhores duplas da temporada.

Neste domingo, o mineiro e o polonês Lukasz Kubot foram superados pelo finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers, em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

“Eles jogaram realmente muito bem. Tentamos fazer coisas diferentes. Jogamos até melhor que na final de Xangai, mas estavam muito sólidos, em todos os aspectos, especialmente nas devoluções. Conseguiram as quebras logo no início. Temos a consciência tranquila que buscamos fazer o melhor. Trocamos as estratégias de jogo. Tentamos fazer várias opções, mas não teve como e isso faz parte. Então precisamos seguir. É até um motivo a mais para seguir trabalhando e treinando para estar em constante evolução e fazer um ano contra eles melhor ainda em 2018” disse Melo.

Mesmo com esse resultado, Melo e Kubot encerram uma bela temporada no primeiro ano jogando juntos, contando com seis títulos, sendo 3 Masters 1000 – Miami, Madri e Paris – os ATP’s de s’Hertogenbosch e Wimbledon, maior conquista da parceria.

Além disso, o brasileiro encerra o ano como duplista nº 1 do mundo e os dois fecham 2017 como melhor dupla, à frente, justamente, de Kontinen e Peers.

Goffin surpreende, vira sobre Federer e encara Dimitrov na decisão do ATP Finals

De forma surpreendente, Roger Federer não está na decisão do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Neste sábado, o suíço, grande favorito ao título, começou muito bem diante de David Goffin, vencendo facilmente o primeiro set, mas o belga conseguiu uma grande virada e triunfou por 2/6 6/3 e 6/4.

Foi a primeira vitória de Goffin sobre Federer em sete partidas.

Na outra semifinal, outra virada. Jack Sock venceu o primeiro set contra Grigor Dimitrov, mas viu o búlgaro levar a melhor na sequência , com parciais de 4/6 6/0 e 6/3.

Dimitrov e Goffin já se enfrentaram nove vezes, com ampla vantagem do búlgaro, que venceu em oito oportunidades, inclusive na primeira fase do atual torneio, quando anotou 6/0 e 6/2.

Bruno Soares e Jamie Murray são eliminados na semi do ATP Finals, em Londres

Bruno Soares e Jamie Murray foram eliminados neste sábado, na semifinal do ATP Finals em Londres, marcando o fim da temporada 2017 para o brasileiro e o britânico. Bruno e Murray perderam para a dupla número dois do mundo, de Henri Kontinen, da Finlândia e John Peers, da Austrália, por 7/6(2) 6/2), em jogo que valia vaga na decisão no torneio que reúne as oito melhores duplas do mundo.

“Foi um jogo difícil. Os caras sacaram muito bem e não conseguimos colocar pressão no saque deles. Mereceram a vitória,” analisou o mineiro.

A dupla encerra o ano entre as 4 melhores duplas do mundo e com conquistas individuais para o mineiro.

Neste ano, além dos títulos em Acapulco, Stuttgart e Queen’s e dos vices em Sidney, Tóquio e Cincinnati,ele chegou à 50a. decisão da carreira (Cincinnati) e alcançou a marca de 400 vitórias nas duplas (Xangai).

“Foi outro ano muito consistente, terminando com mais uma semi de Finals, entre as melhores duplas do mundo e com alguns marcos importantes. Agora é descansar e começar a preparação para 2018.”

Melo e Kubot vencem e garantem vaga na decisão do ATP Finals

Marcelo Melo e Lukasz Kubot derrotaram o norte-americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus e estão na decisão do ATP Finals, em Londres, na Inglaterra. Dupla número 1 do mundo e cabeças de chave 1 do torneio, venceram por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/4, em 1h04min, partida válida pelas semifinais, realizada neste sábado (18), na quadra central da O2 Arena.

A final será neste domingo (19), às 13h30min (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo SportTV, contra o vencedor do jogo entre Bruno Soares/Jamie Murray e Henri Kontinen/John Peers, marcado para as 16h deste sábado, com a possibilidade de uma final brasileira na capital inglesa. Melo e Kubot vão em busca do inédito título, o sétimo na temporada, e chegam pela décima vez a uma decisão em 2017. Melo disputa sua segunda final no Finals – foi vice-campeão em 2014 ao lado do croata Ivan Dodig.

“Jogamos muito bem, da maneira que temos de jogar, imprimindo todo o ritmo, aproveitando o ritmo dos últimos torneios. Estamos muito felizes de ter conseguido a vitória. Começamos firmes e fortes desde o primeiro ponto. Consertamos tudo o que tínhamos feito do jogo anterior. Este é um dos poucos torneios em que você tem essa chance extra de jogar melhor a próxima partida. Agora é ir com tudo na final, acreditar que podemos continuar jogando nesse nível, para quem sabe sair com o título daqui, após essa bela temporada que tivemos”, explicou Melo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Kubot entraram na semifinal muito concentrados e com confiança para buscar a vitória diante de uma dupla até então invicta no Finals e  para devolver, em Londres, a derrota da segunda rodada de Roland Garros. Melo fechou o primeiro game com um ace e a dupla conseguiu a quebra logo no segundo game, abrindo na sequência 3/0. Nova quebra, 4/0, e a confirmação do saque para fazer 5/0 e fechar com tranquilidade o primeiro set por 6/1 em 23 minutos.

A segunda série começou bem mais equilibrada, os adversários tiveram chance de quebra no quarto game, mas Kubot e Melo evitaram o break, empatando em 2/2. O jogo seguiu igual até o 4/4. Aí, veio a quebra, para fazer 5/4 e fechar a partida em 6/4, em 41 minutos, comemorando a vaga na final, em mais uma grande atuação em Londres.

Federer enfrenta Goffin na semi do ATP Finals, neste sábado. Dimitrov x Sock

Serão disputadas neste sábado as semifinais do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Com 100% de aproveitamento na primeira fase e apenas um set perdido, Roger Federer encara o belga David Goffin, que garantiu sua vaga na sexta-feira ao vencer o austríaco Dominic Thiem.

O suíço é o recordista de títulos do torneio, com seis, e vai em busca do hepta pra encerrar sua ótima temporada, que já teve, entre outros feitos, a conquista do Australian Open e de Wimbledon.

Federer e Goffin já se enfrentaram seis vezes, com seis vitórias do nº 2 do mundo, a mais recente na semi do ATP da Basiléia, neste ano.

Na outra semifinal, Grigor Dimitrov e Jack Sock se enfrentam buscando a inédita classificação para a decisão do Finals.

Nos quatro confrontos entre eles até o momento, três vitórias do norte-americano.

Sock bate Zverev e garante vaga na semi do Finals. Thiem e Goffin disputam vaga na 6ª feira

Jack Sock conseguiu mais um feito na sua ótima reta final de temporada e se classificou para a semifinal do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Nesta quinta-feira, o norte-americano bateu o favorito alemão Alexander Zverev, com parciais de 6/4 1/6 e 6/4, garantindo sua vaga com duas vitórias e uma derrota na primeira fase.

Com o resultado, Sock terá pela frente na semifinal o búlgaro Grigor Dimitrov, enquanto Zverev foi eliminado na primeira fase.

Na outra partida do dia, Roger Federer garantiu a liderança do grupo e os 100% do aproveitamento ao bater o croata Marin Cilic por 6/7(5) 6/4 e 6/1.

Nesta sexta-feira, Dominic Thiem e David Goffin se enfrentam por vaga direta para encarar Federer em uma das semis do sábado.

Na outra partida do dia, Dimitrov, que já garantiu o 1º lugar do grupo, joga contra o espanhol Pablo Carreno Busta, que substituiu Rafael Nadal depois da primeira rodada e não tem mais chances de classificação.

Bruno Soares e Jamie Murray vencem no ATP Finals e seguem vivos em Londres

Bruno Soares e Jamie Murray fizeram uma partida impecável nesta quarta-feira no ATP Finals, em Londres. Eles arrasaram o croata Ivan Dodig e o espanhol Marcel Granollers por duplo 6/1 e agora precisam vencer Marcelo Melo e Lukasz Kubot, para avançarem à semifinal da competição.

O torneio que reúne as oito melhores duplas da temporada divididas em dois grupos de 4, em que todos se enfrentam, com as duas primeiras colocadas se classificando para a semi, vai até domingo na Arena O2.

Bruno e Murray perderam a primeira partida para os irmãos Bob e Mike Bryan e hoje ganharam de Dodig e Granollers. Com uma vitória na sexta-feira diante de Melo e Kubot, a dupla número um do mundo, avançam à semi.

“Fizemos um baita jogo. Foi um dia que deu tudo certo e estou feliz de mais com a vitória,” disse Bruno. “Agora temos que entrar e ganhar da melhor dupla da temporada. A gente sabe que o Marcelo e o Lukasz estão jogando super bem e vamos ter que jogar o nosso melhor. Hoje foi um belo dia e vamos levar essa confiança para sexta-feira. Vamos ter que entrar com tudo para conquistar essa vitória.”

Melo e Kubot vencem Bryans, conquistam 50ª vitória da dupla no ano e vão à semi do Finals

A dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot conquistou nesta quarta-feira (15) a vitória de número 50 na temporada 2017 e já está classificada para as semifinais do ATP Finals, que serão disputadas no sábado (18). Cabeças de chave número 1, Melo e Kubot derrotaram os irmãos norte-americanos Bob Bryan e Mike Bryan – cabeças 5 -, na segunda partida pelo Grupo Woodbridge/Woodforde do torneio, que está sendo disputado em Londres, na Inglaterra, e reúne as oito melhores parcerias do ano.

Melo e Kubot ganharam por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, em apenas 1 hora de jogo, na quadra central da O2 Arena, e encerram sua participação na primeira fase nesta sexta-feira (17) contra o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray – cabeças 4 -, já com o lugar nas semifinais garantido. Foi mais uma grande atuação da dupla no ATP Finals, jogando muito, não dando qualquer chance aos adversários.

“Nós jogamos muito bem. Acho que conseguimos imprimir nosso ritmo desde o começo da partida. Pudemos jogar de forma agressiva, aproveitamos todas as chances e usamos a confiança desses últimos jogos. Ficamos bem felizes mesmo. Sabíamos que essa era a maneira de ganhar dos Bryan. Então estamos felizes demais por mais uma bela partida. Os Bryans são dois grandes jogadores, dupla bem perigosa, independente do torneio, da rodada, você tem de jogar o seu melhor para ganhar deles. E fizemos isso. A quadra bem cheia, atmosfera bem legal. Muitos brasileiros torcendo. Foi muito bom fazer mais uma ótima partida e seguir adiante, focado jogo a jogo”, explicou Melo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Contra os Bryan, Melo e Kubot não tiveram, em nenhum momento, o seu saque ameaçado. E, impondo seu ritmo de jogo desde o início, conseguiram uma quebra logo no terceiro game, fazendo 2/1 e, mantendo com facilidade seus serviços, fecharam a série em 6/4. No segundo set, a quebra veio para fazer 4/3, após os Bryan terem salvo quatro break points no quinto game, e com mais um break, no game final, venceram por 6/3.

Liderança nos rankings – Desde o início, o ATP Finals tem sido de muita comemoração para Melo e Kubot. Após a vitória na estreia, diante do croata Ivan Dodig e do espanhol Marcelo Granollers, foram confirmados como dupla número 1 do mundo da temporada 2017. Além disso, Melo garantiu, também, a liderança no ranking mundial individual de duplas. É a segunda vez que encerra o ano como líder no individual – a primeira foi em 2015, jogando com Ivan Dodig. Agora, a vaga antecipada nas semifinais.

Na capital inglesa, Melo e Kubot buscam o inédito título do ATP Finals, o sétimo da temporada, na mesma cidade em que comemoraram a conquista mais especial de 2017, a do torneio de Wimbledon, em julho. Melo disputa o Finals desde 2013. Foi finalista uma vez e chegou a duas semifinais, ao lado do então parceiro Dodig.

Foto: Clive Brunskill /Divulgação ATP

Federer supera Zverev no Finals e conquista 2ª vitória. Sock vira sobre Cilic

Roger Federer conseguiu sua segunda vitória e segue muito firme em busca do heptacampeonato do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Nesta terça-feira, o suíço teve trabalho, precisou de três sets, mas superou o alemão Alexander Zverev por 7/6(5) 5/7 e 6/1. Inclusive, no tiebreak do primeiro set, o alemão chegou a liderar por 4/0, mas não manteve a vantagem, perdeu set point e viu o suíço virar.

Com isso, Federer lidera o grupo Boris Becker, com duas vitórias, enquanto Zverev tem uma.

Outro que conseguiu sua primeira vitória foi o norte-americano Jack Sock, que virou sobre Marin Cilic, com parciais de 5/7 6/2 e 7/6(4). O croata perdeu os dois jogo que disputou.

Nesta quarta-feira, será disputada a segunda rodada do grupo Pete Sampras, já sem Rafael Nadal, que desistiu com dores no joelho depois da estreia.

Em seu lugar, entra o seu compatriota Pablo Carreno Busta, que encara o austríaco Dominic Thiem na última partida do dia. O primeiro jogo será entre Grigor Dimitrov e David Goffin, que venceram na estreia.