Kvitova supera Barty em Melbourne e encara surpreendente Collins na semifinal

Está definida o primeiro confronto de semifinal da chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na primeira partida das quartas, a norte-americana Danielle Colllins começou atrás da russa Anastasia Pavlyuchenkova, mas conseguiu uma bela virada e venceu por 2/6 7/5 e 6/1.

Com isso, ela continua sua surpreendente campanha, fazendo sua primeira semi de Slam. Mais do que isso, vale destacar que, até Melbourne, ela nunca havia vencido uma partida em um dos quatro maiores torneios da temporada.

Sua adversária na semi será nada mais, nada menos do que a ex-nº 1 do mundo Petra Kvitova, que voltou a jogar em alto nível nesta temporada e já briga pelo topo do ranking da WTA.

A tcheca teve uma grande atuação diante da australiana Ashleigh Barty, com um primeiro set praticamente impecável e um triunfo com parciais de 6/1 e 6/4.

Kvitova e Collins já se enfrentaram uma vez, há alguns dias, no WTA de Brisbane, quando a tcheca venceu uma longa e equilibrada partida, de virada.

A outra semi começa a ser definida na noite desta terça-feira, horário de Brasília, com a partida entre a japonesa Naomi Osaka e a ucraniana Elina Svitolina.

Por volta da 00h da madrugada de quarta-feira, Serena Williams encara a tcheca Karolina Pliskova, definindo a última vaga na semifinal.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Com norte-americana Melichar, Bruno Soares vai às 4ªs de duplas mistas do Australian Open

Depois de chegar às quartas de duplas masculinas, Bruno Soares também se classificou para as quartas de duplas mistas do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na madrugada desta terça-feira, no horário de Brasília, o brasileiro e a norte-americana Nicole Melichar passaram bem pela parceria húngara formada por Timea Babos e Marton Fucsovics, com parciais de 6/3 e 6/2.

Agora, por vaga na semifinal, eles terão pela frente a dupla formada pelo colombiano uan Sebastian Cabal e a norte-americana Abigail Spears, já na madrugada de quarta-feira.

Um pouco antes, por volta das 23:30hs desta terça, no horário de Brasília, Bruno entra em quadra ao lado do britânico Jamie Murray, para o confronto das quartas de duplas masculinas. Os dois terão pela frente o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers.

Foto: Darrian Traynor

Nishikori luta por mais de 5hs e vira sobre Carreno Busta. Raonic supera Zverev

Em uma grande atuação, Milos Raonic garantiu sua vaga nas quartas de final do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na madrugada desta segunda-feira, no horário de Brasília, o canadense simplesmente não tomou conhecimento do alemão Alexander Zverev nos dois primeiros sets e só teve trabalho na terceira parcial.

No fim, uma grande vitória por 6/1 6/1 e 7/6(5) e vaga para encarar nas quartas o francês Lucas Pouille, que anotou uma bela virada sobre o croata Borna Coric, com parciais de 6/7(4) 6/4 7/5 e 7/6(2).

Na rodada noturna, Kei Nishikori e Pablo Carreno Busta fizeram um incrível jogo de mais de 5hs de duração, que acabou com uma grande virada do japonês, por 3×2, depois de ficar dois sets abaixo.

O adversário de Nishikori foi definido na última partida do dia, entre Novak Djokovic e Daniil Medvedev, um jogo com muitas trocas de bola do fundo de quadra, no qual prevaleceu a consistência e o físico do sérvio, que levou a melhor com parciais de 6/4 6/7(5) 6/2 6/3.

As duas primeiras partidas das quartas de final serão disputadas a partir da noite desta segunda-feira, horário de Brasília, com a partida do grego Stefanos Tsitsipas, embalado pela vitória sobre Roger Federer, contra o espanhol Roberto Bautista-Agut, que vem de 9 vitórias seguidas.

Já na manhã de terça-feira, Rafael Nadal tem todo o favoritismo diante do norte-americano Francis Tiafoe, que vai fazer sua primeira semi de Grand Slam.

Foto: Luke Hemer/Tennis Australia

Em grande jogo, Serena passa por Halep em Melbourne. Pliskova vence Muguruza

Serena Williams e Simona Halep, como era de se esperar, fizeram um grande jogo pra fechar as oitavas de final da chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na manhã desta segunda-feira, no horário de Brasília, a norte-americana fez um primeiro set muito bom, viu a romena crescer no segundo e depois fez um final de terceiro set de alto nível pra eliminar a nº 1 do mundo, com parciais de 6/1 4/6 e 6/4.

Nas quartas, a adversária de Serena será a tcheca Karolina Pliskova, que não tomou conhecimento da espanhola Garbine Muguruza e anotou 6/3 e 6/1.

As duas primeiras partidas das quartas serão disputadas na terça-feira, 9º dia do torneio, começando com o confronto entre a russa Anastasia Pavlyuchenkova e a norte-americana Danielle Collins.

Já na rodada noturna, Petra Kvitova deve fazer um belo jogo contra a australiana Ashleigh Barty.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Soares e Murray salvam match points e chegam às 4ªs de final do Australian Open

Bruno Soares e Jamie Murray estão nas quartas de final do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Não foi uma partida fácil, é verdade, mas o brasileiro e o britânico usaram toda experiência e conseguiram superar a parceria formada pelo croata Nikola Mektic e o alemão Kevin Krawietz, de virada, com parciais de 6/7(3) 6/2 e 7/5.

Vale destacar que no terceiro set, quando Bruno sacavam em 4/5, eles salvaram 3 match points e, logo no game seguinte, conseguiram a quebra decisiva da partida.

Nas quartas, eles terão pela frente o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers. As duas duplas já se enfrentaram nove vezes, com seis vitórias de Kontinen e Peers, mas Bruno e Jamie venceram o confronto mais recente, no ATP Finals de 2018.

Nesta terça-feira, Bruno ainda joga nas quartas de final de duplas mistas, ao lado da norte-americana Nicole Melichar. Os dois enfrentam os húngaros Marton Fucsovics e Timea Babos.

Foto: Luke Hemer/Tennis Australia

Svitolina e Osaka vencem de virada e se enfrentam nas 4ªs do Australian Open

Foram definidas os outros dois confrontos das quartas de final da chave feminina  do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na primeira partida da noite, Elina Svitolina e Madison Keys fizeram um grande confronto de estilos, com a grande capacidade de defesa e variação levando a melhor.

Keys foi muito agressiva, mas cometeu muitos erros não forçados, principalmente no 3º set, depois de lutar por 16 minutos e não aproveitar as várias oportunidades para quebrar o saque da ucraniana.

No fim, vitória de Svitolina, com parciais 6/2 1/6 e 6/1, garantindo sua vaga nas quartas, em busca de conquistar sua primeira vitória em uma semi de Slam.

Sua adversária nas quartas será a japonesa Naomi Osaka, que conseguiu mais uma virada, dessa vez sobre a letã Anastasia Sevastova, com parciais de 4/6 6/3 e 6/4.

Com isso, a nº 4 do mundo, que já faz sua melhor campanha da carreira no Australian Open, continua sua caminhada em busca do seu 2º título de Slam, depois do triunfo no US Open do ano passado.

Foto: Luke Hemer/Tennis Australia

Tsitsipas joga muito e bate Federer nas 8ªs do Australian Open. Nadal segue sem perder set

Foram definidos os quatro primeiros quadrifinalistas da chave masculina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

A maior surpresa do dia ficou pra manhã deste domingo, com a excelente vitória do grego Stefanos Tsitsipas sobre Roger Federer.

O jovem grego levou o suíço a três tiebreaks, vencendo dois e triunfando no jogo por 3×1, com parciais de 6/7(11) 7/6(3) 7/5 e 7/6(5). Depois, na entrevista para John McEnroe, visivelmente emocionado, disse que era o homem mais feliz do mundo naquele momento.

Além de vencer Federer, o grego ainda escapou de enfrentar Marin Cilic nas quartas de final, já que o croata foi eliminado pelo espanhol Roberto Bautista-Agut, em cinco sets, de virada.

Cercada de expectativa, a partida dentre Rafael Nadal e Tomas Berdych foi muito mais tranquila que o imaginado, com o espanhol começando a partida vencendo 9 games seguidos e passando às quartas anotando 6/0 6/1 e 7/6(4). Com isso, Nadal segue sem perder um único set no torneio.

Outra surpresa das quartas será o adversário do nº 2 do mundo, já que o norte-americano Francis Tiafoe, que já havia eliminado Kevin Anderson, bateu o búlgaro Grigor Dimitrov por 3×1.

Collins aplica pneu e elimina Kerber em Melbourne. Halep e Serena se enfrentam na 2ª feira

Angelique Kerber, nº 2 do mundo, foi eliminada nas oitavas de final do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na madrugada deste domingo, horário de Brasília, a norte-americana Danille Collins teve ótimo desempenho para superar a cabeça de chave nº 2 do mundo, perdendo apenas 2 games e com direito a pneu no 1º set. No fim, vitória por 6/0 e 6/2.

As oitavas de final da chave feminina continuam na noite deste domingo, no horário de Brasília, com a japonesa Naomi Osaka enfrentando a letã Anastasija Sevastova na Rod Laver Arena.

Porém, o confronto mais aguardado do dia será entre a romena Simona Halep, nº 1 do mundo, diante da norte-americana Serena Williams, no início da rodada noturna.

O dia ainda terá o confronto entre Madison Keys e Elina Svitolina, além da partida entre Garbine Muguruza e Karolina Pliskova.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Barty vira sobre Sharapova e Kvitova supera surpreendente Anisimova

Começou a ser disputada na noite deste sábado, horário de Brasília, as oitavas de final da chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na primeira partida da programação, a tcheca Petra Kvitova não teve grandes dificuldades pra superar a norte-americana Amanda Anisimova, cedendo apenas três games e vencendo por 6/2 e 6/1.

Sua adversária será a australiana Ashleigh Barty , que fez uma partida bem equilibrada diante de Maria Sharapova, mas aproveitou um momento de intensidade baixa da russa pra abrir vantagem na terceira parcial.

No fim, ainda precisou de três match-points no seu saque pra fechar sua virada com parciais de 4/6 6/1 e 6/4.

Kvitova e Barty já se enfrentaram três vezes ao longo da carreira, sendo o mais recente nesta temporada, quando a tcheca venceu a decisão do WTA de Sydney.

Svitolina e Osaka escapam da eliminação e viram na 3ª rodada em Melbourne

Foi concluída neste sábado a terceira rodada da chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

No começo da rodada, duas das principais cabeças de chave passaram muito sufoco e tiveram que virar seus jogos.

Primeiro, a ucraniana Elina Svitolina, que foi ao limite contra a chinesa Shuai Zhang, depois de pedir alguns atendimentos médicos. No fim, a cabeça de chave nº 6 venceu de virada, com parciais de 4/6 6/4 e 7/5.

Outra que também passou sufoco foi a japonesa Naomi Osaka, que chegou a ficar 5/7 1/4  atrás da taiwanesa Su-Wei Hsieh, mas foi buscar a vitória com parciais de 5/7 6/4 e 6/1.

Quem não teve muito trabalho foi a norte-americana Serena Williams, que anotou 6/2 e 6/1 sobre a jovem ucraniana Dayana Yamtreska, assim como Simona Halep, que passou fácil por Venus Williams, com parciais de 6/2 e 6/3.

Karolina Pliskova, cabeça 7, precisou de três sets pra bater a italiana Camila Giorgi, enquanto a norte-americana Madison Keys passou pela belga Elise Mertens por 2×0.

Foto: : Luke Hemer/Tennis Australia