Federer e Berdych marcam confronto pras 4ªs. Sandgren e Chung surpreendem Thiem e Djokovic

Estão definidos todos os classificados para as quartas de final da chave masculina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada.

Na primeira partida do 8º dia do torneio, ainda na noite de domingo, pelo horário de Brasília, o tcheco Tomas Berdych não teve grandes dificuldades pra vencer o italiano Fabio Fognini, em sets diretos, com parciais de 6/1 6/4 e 6/4.

Nas quartas, está marcado um bom confronto do tcheco com o suíço Roger Federer, que também precisou de apenas três sets pra vencer o húngaro Marton Fucsovics por 6/4 7/6(3) e 6/2.

Na madrugada de segunda-feira começou um confronto de cinco sets e quase quatro horas, que acabou com a surpreendente vitória do norte-americano Tennys Sandgren sobre o austríaco Dominic Thiem, com um 6/3 na quinta parcial.

Atual nº 97 do mundo, é a primeira vez que Sandgren disputa a chave principal em Melbourne. Antes, havia tentado passar o qualifying em quatro oportunidades, sem sucesso.

Já na manhã de segunda, o jovem sul-coreano Hyeon Chung marcou confronto contra Sandgren ao eliminar o sérvio Novak Djokovic, com parciais de 7/6(4) 7/5 e 7/6(3).

Os dois primeiros jogos das quartas de final serão disputados nesta terça-feira, com Grigor Dimitrov enfrentando o britânico Kyle Edmund, enquanto Rafael Nadal joga na rodada noturna contra o croata Marin Cilic.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia Continue lendo

Gimenez consegue vaga nas 8ªs em Melbourne. Wild entra em quadra na noite desta 2ª feira

Dois brasileiros entraram em quadra, na noite deste domingo, horário de Brasília, em busca de vaga nas oitavas de final da chave juvenil do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada.

Quem se deu melhor foi Igor Gimenez, que precisou de três sets pra bater o uzbeque Sergey Formin, com parciais de 6/1 5/7 e 6/3. Agora, seu próximo adversário será o taiwanês Chu Hsin Tseng, cabeça de chave nº 6.

Matheus Pucinelli também fez jogo duro, saiu na frente, mas acabou perdendo de virada para o australiano Rinky Hijikata, com parciais de 4/6 6/4 e 6/4.

Na noite desta segunda-feira, horário de Brasília, quem entra em quadra em busca das oitavas de final é Thiago Wild. Cabeça de chave nº 9, ele enfrenta o sul-africano Philip Hennig, no primeiro jogo da quadra 2.

Mais tarde, no quarto jogo da quadra 22, Wild e o argentino Sebastian Baez, cabeças de chave nº 1, jogam contra o sul-africano Henning e o tcheco Andrew Paulson, valendo vaga nas quartas de final.

Melo e Kubot vencem de virada e estão nas 4ªs de final do Australian Open. Bruno vence nas mistas

Na madrugada desta segunda-feira, Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot conseguiram vaga nas quartas de final do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Melo e Kubot tiveram de superar uma difícil partida para confirmar seu favoritismo e derrotar o norte-americano Rajeev Ram e o indiano Divij Sharan de virada, por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 7/6(7-4) e 6/4, em 2h12min, pelas oitavas de final.

“Jogo muito duro. Começamos muito bem com um break na frente, mas depois que eles quebraram baixamos muito o nível até a metade do segundo set, quando conseguimos nos reencontrar até fechar o tie break. No início do terceiro set estávamos mais inteiros e tivemos chance de break logo no início e depois quebramos, sempre sacando muito bem.” disse Melo

Agora, a dupla cabeça de chave número 1 do Australia Open vai em busca de um lugar na semifinal do torneio, enfrentando o japonês Ben Mclachlan e o alemão Jan-Lennard Struff. A partida está marcada para o início da madrugada desta terça-feira, no segundo jogo da Margaret Court.

“Grand Slam é torneio longo e não dá para jogar muito bem todo dia. O importante é estar confiante e manter a calma para conquistar a vitória, como fizemos hoje”, analisou o mineiro.

Bruno vence nas mistas

Na chave de duplas mistas, Bruno Soares e a russa Ekaterina Makarova venceram também de virada e chegaram às quartas de final do torneio.

Na manhã desta segunda, o mineiro e a russa passaram pela parceria local formada por Samatha Stosur e Sam Groth, no match tiebreak, com parciais de 6/7(4) 6/3 e 11/9.

Agora, eles terão pela frente os vencedores da partida entre Hlavackova/Roger-Vasselin e Kichenok/M. Granollers.

Nas mistas, o Brasil ainda tem Marcelo Demoliner e ele vai jogar na noite desta segunda-feira, horário de Brasília, abrindo a programação da quadra 2, pela segunda rodada.

O mineiro e a espanhola Maria José Martinez Sanchez enfrentam a dupla formada pela taiawanesa Hao-Ching Chan e o neozelandês Michael Venus.

 

Dimitrov elimina Kyrgios e vai às 4ªs do Australian Open. Nadal também se garante.

Saíram os quatro primeiros classificados para as quartas de final da chave masculina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Marin Cilic e Pablo Carreno Busta fizeram um jogo equilibrado, cheio de tiebreaks, mas que acabou com a vitória do favorito croata por 3×1.

Agora, o cabeça de chave nº 6 terá pela frente o seu maior desafio no torneio, já que enfrenta o espanhol Rafael Nadal, nº 1 do mundo que perdeu seu primeiro set na campanha, mas que também anotou 3×1 sobre o argentino Diego Schwartzman. Foi o jogo no qual Nada teve, de longe, mais trabalho.

Grigor Dimitrov e Nick Kyrgios fizeram o jogo mais aguardado do dia, que acabou com a vitória do búlgaro por 3×1, eliminando a esperança de título da torcida local, pelo menos nesta chave. Dimitrov vive mesmo uma boa fase com Melbourne, já que agora falta apenas um jogo pra igualar sua campanha no ano passado.

Seu adversário por um lugar na semifinal será o surpreendente britânico Kyle Edmund, que bateu o italiano Andreas Seppi também por 3×1.

Os outros quadrifinalistas serão conhecidos no 8º dia do torneio, com destaque para a primeira partida de Roger Federer durante o dia e provável calor de Melbourne. Porém, o suíço, que joga na Rod Laver Arena,  é claro favorito diante do húngaro Marton Fucsovics.

Também na Rod Laver, mas na rodada noturna, Novak Djokovic enfrenta o talentoso jovem sul-coreano Hyeon Chung, enquanto Tomas Berdych joga na Margaret Court contra o italiano Fabio Fognini.

Por fim, na Hisense Arena, o austríaco Dominic Thiem tem o favoritismo diante do norte-americano Tennys Sandgren.

Foto: Elizabeth Bai/Tennis Australia

Wozniacki e Svitolina vencem fácil e estão nas 4ªs em Melbourne. Halep e Pliskova jogam na 2ª feira

Foram definidas as quatro primeiras quadrifinalistas da chave feminina do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na primeira partida da noite de sábado a espanhola Carla Suarez Navarro conseguiu uma boa virada sobre a estoniana Anett Kontaveit, vencendo por 8/6 no 3º sete e garantindo vaga pra enfrentar nas quartas a dinamarquesa Caroline Wozniacki, que não deu chances a eslovaca Magdalena Rybarikova, vencendo por 6/3 e 6/0.

O mesmo placar de Wozniacki foi aplicado pela ucraniana Elina Svitolina sobre a tcheca Denisa Allertova, e agora ela terá nas quartas a belga Elise Mertens, que venceu a croata Petra Martic por 7/6(5) e 7/5.

Neste domingo, as oitavas de final continuam, começando com a boa partida entre a norte-americana Madison Keys e a francesa Caroline Garcia. Na sequência, Angelique Kerber, que vem de boa vitória sobre Maria Sharapova, joga contra a taiwanesa Su-Hei Hsieh.

Na rodada noturna, duelo de tchecas entre Karolina Pliskova e Barbora Strycova, enquanto Simona Halep, que vem de batalha de quase quatro horas contra Lauren Davis, joga na Margaret Court contra a japonesa Naomi Osaka.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Wild vence na simples e nas duplas em estreia no Australian Open. Pucinelli busca 8ªs

Thiago Wild estreou com vitórias na chave de simples e de duplas do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na noite deste domingo, o brasileiro, cabeça de chave nº 9 do torneio, passou pelo australiano Dane Sweeny, em sets diretos, com um duplo 7/5.

Na segunda rodada, seu adversário será o sul-africano Philip Henning, nº 68 do mundo do ranking juvenil da ITF. Será o primeiro jogo entre eles.

Na chave de duplas, Wild e o argentino Sebastian Baez venciam o britânico Jack Draper e o francês Titouan Droguet por 7/5 e 3/0, quando a dupla europeia se retirou.

Cabeças de chave nº 1, Wild e Baez jogam agora, nas oitavas de final, contra o sul-africano Henning, adversário do brasileiro também na chave de simples, e o tcheco Andrew Paulson.

Quem joga na noite deste domingo, já pela segunda rodada, é Matheus Pucinelli, que terá pela frente o australiano Rinky Hijikata, no primeiro jogo da programação da quadra 8, marcado para às 22hs, horário de Brasília. Também será o primeiro jogo entre eles.

Na madrugada deste domingo, Pucinelli e o compatriota João Lucas Reis fizeram um jogo duro, mas foram superados pelo romeno Cristian Filip Jianu e o argentino Thiago Agustin Tirante, com parciais de 7/6(3) e 7/6(4).

Bia Haddad e Cirstea perdem nas 8ªs de duplas e brasileira se despede do Australian Open

A paulista Bia Haddad encerrou neste domingo sua primeira participação no Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Jogando pelas oitavas de final da chave de duplas, Bia e a romena Sorana Cirstea foram superadas pelas tchecas favoritas Lucie Safarova e Barbora Strycova, cabeças de chave 4, por 2/6 6/0 6/4.

Depois de vencer o primeiro set, Bia e Cirstea não mantiveram a mesma atuação no set seguinte. Já no terceiro, a brasileira e a romena chegaram a abrir 4/1, mas as experientes adversárias reagiram e ficaram com a vitória.

“Desperdiçamos nossas chances, tivemos 4/1 na negra e não soubemos aproveitar…”, lamentou Bia. “Foi a primeira vez que jogamos juntas, tivemos perto de ganhar de uma vencedora de Grand Slam (Safarova, atual campeã do Australian Open ao lado de Bethanie Mattek-Sands) e pretendemos manter essa parceria em outros torneios”, completou a brasileira.

Bia faz um balanço da sua primeira participação no Australian Open: “Consegui vencer mais uma primeira rodada de Grand Slam. Nas duplas foram duas… Foi bom, mas poderia ter sido melhor. Serviu de aprendizado e lição para os próximos torneios. Jogar nesse nível, contra as melhores do circuito, requer atenção, habilidade, não dá pra vacilar. Então sigo trabalhando duro e tenho certeza que coisas boas estão por vir”.

Jovem Chung surpreende e vira sobre Zverev. Berdych passa por Del Potro. Thiem vence

Cabeça de chave nº 4, mas ainda sem fazer campanhas em Grand Slam ao longo da carreira, o alemão Alexander Zverev foi eliminado na terceira rodada do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na madrugada deste sábado, horário de Brasília, o alemão levou uma virada do jovem sul-coreano Hyeon Chung, com direito a pneu no 5º e decisivo set. Nas oitavas, Chung enfrenta Novak Djokovic ou o espanhol Albert Ramos.

Quem venceu sem muito trabalho foi o austríaco Dominic Thiem, que bateu o francês Adrian Mannarino por 3×0. Seu adversário por vaga nas quartas de final será o surpreendente norte-americano Tennys Sandgren, que já havia eliminado Stan Wawrinka e que agora bateu o alemão Maximiliam Marterer, por 3×1, de virada.

Destaque também para o italiano Fabio Fognini, que precisou de cinco sets pra vencer de virada o francês Julien Benneteau, marcando confronto com o tcheco que, em grande atuação, bateu o argentino Juan Martin Del Potro por 3×0, na rodada noturna.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Halep batalha por quase 4 horas pra chegar às 8ªs em Melbourne. Kerber vence Sharapova

Por quase 4hs, Simona Halep lutou muito, sob sol e diante da boa atuação da norte-americana Lauren Davis, ficou perto da eliminação, mas conseguiu garantir sua vaga nas oitavas de final do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro.

Com um set pra cada lado, as lutas lutaram por mais de 2h20min na terceira parcial, com chances perdidas dos dois lados e três match points salvos pela nº 1 do mundo, antes do seu triunfo por 15/13.

Agora, nas oitavas, ela terá pela frente a japonesa Naomi Osaka, que anotou 6/4 e 6/2 sobre a local Ashleigh Barty.

A tcheca Karolina Pliskova, nº 6 do mundo, venceu dois sets equilibrados pra superar a compatriota Lucie Safarova, com parciais de 7/6(6) e 7/5. Nas oitavas, joga contra outra compatriota, Barbora Strycova, cabeça de chave nº 20.

Na rodada noturna, a alemã Angelique impôs sua boa fase diante da russa Maria Sharapova e venceu por 6/1 e 6/3, classificando para enfrentar nas oitavas a polonesa Agnieszka Radwanska ou a taiwanesa Su-Wei Hsieh.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Pucinelli e Gimenez estreiam com vitória na chave juvenil em Melbourne. Wild joga no domingo

Dos três brasileiros que entraram em quadra na chave juvenil, dois conseguiram chegar à 2ª rodada do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Matheus Pucinelli conseguiu uma boa vitória sobre um cabeça de chave, o colombiano Nicolas Mejia, 8º favorito da chave, com parciais de 7/5 e 7/6(7). Agora, seu adversário será o convidado local Rinky Hijikata.

Quem também estreou com vitória foi Igor Gimenez, que bateu o lucky-loser holandês Lodewijk Weststrate, também em sets diretos, com parciais de 7/6(3) e 6/1. Na segunda rodada, terá pela frente o uzbeque Sergey Formin.

O único brasileiro que perdeu no dia foi João Lucas Reis, que equilibrou o confronto contra o sérvio Marko Miladinovic, cabeça de chave nº 2, chegando a tirar um set, mas perdendo por 6/3 6/7(9) e 6/3.

Pucinelli e Reis estreiam na chave de duplas, formando parceria, na madrugada deste domingo, contra o romeno Cristian Filip Jianu e o argentino Thiago Agustin Tirante

Na rodada que começa na noite deste sábado, horário de Brasília, Thiago Wild faz sua estreia no torneio, como cabeça de chave nº 9, enfrentando o australiano Dane Sweeny. Nas duplas, ele entra em quadra ao lado do argentino Sebastian Baez, enfrentando o britânico Jack Draper e o francês Titouan Droguet.