Tsitsipas bate De Minaur e conquista o Next Gen ATP Finals de forma invicta

O grego Stefanos Tsistipas confirmou sua bela campanha ao longo da semana e ficou com o título do Next Gen ATP Finas, torneio que reuniu em Milão, na Itália, os oito melhores tenistas da temporada até 21 anos.

Depois de vencer os três primeiros jogos da primeira fase e passar pelo russo Andrey Rublev na semifinal, Tsitsipas precisou virar a decisão, superando o australiano Alex De Minaur por 2/4 4/1 4/3(3) e 4/3(3).

“Eu joguei um ótimo tênis esta semana aqui em Milão”, disse Tsitsipas. “Foi uma partida fantástica. Fiquei calmo, apesar de ter tido a chance de vencer duas vezes, mas permaneci calmo. Estava com o objetivo de vencer a partida. Eu estava mentalmente muito forte e isso foi comprovado no tie-break no último set.” Completou o jovem grego.

Essa foi a segunda edição do Next Gen ATP Finals e, no ano passado, o campeão foi o sul-coreano Hyeon Chung.

Foto: Julian Finney/Getty Images

De Minaur e Tsitsipas confirmam o favoritismo e decidem o título do Next Gen ATP Finals

Os favoritos confirmaram a expectativa e estão na final do Next Gen ATP Finals, torneio que reúne em Milão, na Itália, os oito melhores tenistas da temporada até 21 anos. A decisão está marcada para às 18hs deste sábado, horário de Brasília.

Nas semifinais desta sexta-feira, o australiano Alex De Minaur foi o primeiro a garantir a sua vaga ao bater o espanhol Jaume Munar em cinco sets, de virada.

Depois, o grego Stefanos Tsitsipas também precisou de cinco sets para passar pelo russo Andrey Rublev.

Os dois finalistas já se enfrentaram quatro vezes na carreira, com três vitórias de Tsitsipas, que venceu o confronto mais recente, no ATP 500 de Tóquio, neste ano.

Foto: Peter Staples/ATP World Tour

 

Tiafoe, Rublev, Tsitsipas e De Minaur vencem na estreia do Next Gen ATP Finals

Foi disputada nesta terça-feira a primeira rodada do Next Gen ATP Finals, torneio que reúne em Milão, na Itália, os oito melhores tenistas da temporada até 21 anos.

Em um formato diferente, disputado em cinco sets de quatro games, o grego Stefanos Tsitsipas levou a melhor no primeiro jogo do dia, vencendo o espanhol Jaume Munar por 3×1, pelo grupo A

Depois, pelo mesmo grupo, o norte-americano Francis Tiafoe venceu o polonês Hubert Hurkacz por 3×1.

Pelo Grupo B, o russo Andrey Rublev precisou de cinco sets pra bater o norte-americano Taylor Fritz, enquanto o australiano Alex De Minaur não teve grandes dificuldades pra bater o convidado local Liam Caruana por 3×0.

Nesta quarta-feira, pela segunda rodada, a primeira partida do Grupo A será entre Hurkacz e Munar. Mais tarde, Tstsipas encara Tiafoe.

Pelo Grupo B, Fritz joga contra Caruana, enquanto Rublev terá pela frente o australiano De Minaur.

Next Gen ATP Finals começa nesta 3ª feira com Tsitsipas, Rublev e De Minaur em quadra

Vai começar nesta terça-feira, em Milão, a segunda edição do Next Gen ATP Finals, que reúne os oito melhores tenistas da temporada até 21 anos de idade, que teve como primeiro campeão, no ano passado, o sul-coreano Hyeon Chung.

Pelo Grupo A, o grego Stefanos Tsitsipas encara o espanhol Jaume Munar, enquanto o norte-americano Taylor Fritz joga contra o russo Andrey Rublev.

Pelo Grupo B, o norte-americano Francis Tiafoe enfrenta o polonês Hubert Hurkacz, enquanto o australiano Alex De Minaur terá pela frente o convidado local Liam Caruana.

O alemão Alexander Zverev foi o tenista faixa etária que mais conquistou na temporada, mas vai disputar o ATP Finals por também ter se classificado. Outra ausência é do canadense Denis Shapovalov, terceiro maio pontuador, que desistiu por condições físicas.

Vale lembrar que no Next Gen ATP Finals, os tenistas se enfrentam dentro de cada grupo, com os dois melhores se classificando para as semifinais.

Foto: Dan Jamilton/USA Today Sports

Nadal conquista seu 33º título de Masters 1000 ao vencer Tsitsipas na final em Toronto

Rafael Nadal não cansa de fazer História e escreveu mais um capítulo no Masters 1000 de Toronto, no Canadá, que é disputado no piso duro.

Neste domingo, o espanhol conquistou o título do torneio canadense, ao bater o grego Stefanos Tsitsipas, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 7/6(4).

“Se você me dissesse isso há duas semanas, eu não teria acreditado. É uma ótima maneira de começar a temporada difícil. Vencer em Toronto é muito importante. Você não vence o Masters 1000 com muita frequência. É uma vitória muito importante para mim e estou muito feliz.”

Com o triunfo, o espanhol, mesmo afirmando que não se vence um Masters 1000 com muita frequência, conquistou um torneio deste nível pela 33ª vez na carreira.

Na temporada, Nadal tem um incrível retrospecto de 41 vitórias e 5 derrotas, acumulando os títulos do Masters 1000 de Monte Carlo, Barcelona, Roma, Roland Garros e Wimbledon, além de Toronto.