Estudo mostra que Federer é o jogador que mais vence pontos quando perde uma partida

Uma análise da ATP concluiu que o suíço Roger Federer é o jogador que teve o maior porcentual de pontos vencidos mesmo quando perdeu suas partidas, pelo menos desde 1991, quando houve o início da disponibilização das estatísticas.

Federer obteve uma média de quase 48% dos pontos vencidos quando saiu derrotado de quadra, em um dado que leva em conta 491 jogadores que perderam pelo menos 50 partidas em torneios ATP e Grand Slam.

Confira abaixo os jogadores que tiveram melhor aproveitamento em pontos vencidos depois de perderem seus jogos:

Fonte: ATP

Federer salva 7 match-points, bate Sandgren e faz semi do Australian Open contra Djokovic

Mais uma vez, Roger Federer fez História! Nas quartas de final do Australian Open, não esteve nos seus melhores dias, tecnicamente e fisicamente, mas foi buscar forças pra virar um jogo praticamente perdido.

O suíço perdia o jogo para o norte-americano Tennys Sandgren por dois sets a um e teve que salvar 7 match-points antes de conseguir levar pro set decisivo. Neste, viu o adversário também ter dificuldades físicas e se impôs. No fim gigante vitória por 6/3 2/6 2/6 7/6(8) e 6/3.

Agora na semifinal, Federer esperou a definição do seu adversário, que saiu da partida entre Novak Djokovic e Milos Raonic.

O saque do canadense não fez muito estrago e encontrou como antídoto a excelente devolução do sérvio. Sem o seu saque ganhando muitos pontos fáceis, Raonic encontrou dificuldades e acabou sendo superado por 3×0, com parciais de 6/4,6/4 e 7/6(1).

Os dois outros semifinalistas serão definidos nesta quarta-feira, com os dois jogos sendo disputados na Rod Laver Arena.

Primeiro, Stan Wawrinka, que vem de grande vitória sobre Daniil Medvedev, enfrenta o alemão Alexander Zverev. Depois, Rafael Nadal encara o austríaco Dominic Thiem.

 

 

 

Federer vira de forma incrível sobre Millman e garante vaga nas oitavas do Australian Open

Roger Federer é Roger Federer! Aos 38 anos, o suíço mostrou, mais uma vez, o motivo de ser um dos maiores jogadores da História.

Depois de ficar em maus lençóis, Federer ressurgiu, virou um jogo praticamente perdido contra o australiano John Millman e garantiu sua vaga nas oitavas de final do Australian Open.

Nesta sexta-feira, o ex-nº 1 do mundo chegou a ter quebra abaixo na parcial decisiva e ainda viu o adversário abrir 8/4 no match-tiebreak. Depois, embalou, ganhou seis pontos seguidos e fechou a grande virada.

O 5º dia do torneio também teve uma vitória tranquila de Novak Djokovic sobre o japonês Yoshihito Nishioka, por 3×0, assim como foi a vitória surpreendente de Milos Raonic sobre Stefanos Tsitsipas, sem perder set.

Marin Cilic e Roberto Bautista-Agut fizeram um esperado jogo equilibrado de cinco sets. No fim, melhor pro croata, que venceu por 3×2.

 

 

Federer tem estreia tranquila em Melbourne e Djokovic perde set para Struff. Nadal joga na madrugada de terça-feira, dia de Medvedev x Tiafoe

Atual campeão, Novak Djokovic estreou com uma vitória mais difícil que o esperado no Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Em um primeiro dia de chave principal que teve sua programação impactada pela chuva, o sérvio jogou com o teto retrátil fechado contra o alemão Jan-Lennard Struff, que equilibrou duas parciais, inclusive levando uma. No fim, o sérvio se impôs e venceu com parciais de 7/6(5) 6/2 2/6 e 6/1.

Na madrugada do Brasil, quem teve uma primeira rodada bem mais tranquila foi Roger Federer, que anotou  6/3 6/2 e 6/2 sobre o norte-americano Steve Johnson.

Dos cabeças de chave, o croata Borna Coric, 25º favorito, perdeu logo na estreia e de forma incontestável pelo norte-americano Sam Querrey, por 3×0.

Já o grego Stefanos Tsitsipas foi outro que nadou em águas tranquilas ao perder apenas cinco games diante do italiano Stefano Caruso.

A terça-feira será o dia de estreia de Rafael Nadal, que tem um grande favoritismo diante do boliviano Hugo Dellien, encerrando a programação diurna da Rod Laver Arena.

Abrindo a rodada noturna na mesma quadra, o destaque e um dos jogos mais aguardados da primeira rodada, entre o russo Daniil Medvedev e o norte-americano Francis Tiafoe.

A Margaret Court será o local da estreia de Alexander Zverev contra o italiano Marco Cecchinato, enquanto a Melbourne Arena terá os jogos de dois tenistas da casa. Primeiro, Alexey Popyrin enfrenta Jo-Wilfried Tsonga. Depois, Nick Kyrgios encara o italiano Lorenzo Sonego.

 

 

Nadal, Djokovic e Federer não devem ter dificuldade na estreia do Australian Open. Medvedev enfrenta Tiafoe

Começa na próxima segunda-feira o Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Rafael Nadal aparece como cabeça de chave nº 1, apesar de não ser o favorito nas casas de apostas, e não deve dificuldade na sua estreia diante do boliviano Hugo Dellien.

Novak Djokovic também tem amplo favoritismo contra o alemão Jan-Lennard Struff, assim como Roger Federer na partida diante do norte-americano Steve Johnson.

Talvez o russo Daniil Medvedev tenha a estreia mais complicada entre os principais favoritos, já que joga contra o norte-americano Francis Tiafoe.

Como jogos interessantes na primeira rodada, destaque para o confronto entre o norte-americano Reilly Opelka e o italiano Fabio Fognini, além da partida entre os espanhóis Feliciano Lopez e Roberto Bautista Agut.

 

Nadal é superado por Zverev na estreia do Finals. Federer tem jogo decisivo na terça-feira

Rafael Nadal fez suspense, foi dúvida, resolveu entrar em quadra no ATP Finals, mas esteve longe do seu melhor e foi superado na primeira rodada do torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada.

Diante do alemão Alexander Zverev, Nadal não teve muitas chances, foi vencido com relativa tranquilidade e ficou mais distante do único grande título que falta em sua coleção.

Mais cedo, abrindo o grupo Andre Agassi, Stefanos Tsitsipas não tomou conhecimento da excelente fase do russo Daniil Medvedev e venceu também em sets diretos, com parciais de 7/6(5) e 6/4.

Nesta terça-feira, Roger Federer, depois de perder na primeira rodada, terá um jogo decisivo pela frente diante do italiano Matteo Berrettini, enquanto Novak Djokovic disputa a liderança do grupo contra o austríaco Dominic Thiem.

 

Thiem supera Federer e coloca o suíço em dificuldade para ir à semi do ATP Finals

Depois da vitória de Novak Djokovic, Roger Federer entrou em quadra como favorito contra Dominic Thiem, pela primeira rodada do ATP Finals, mas as coisas não saíram como planejado pelo suíço.

Um dos favoritos ao título do torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada, Federer não teve o seu melhor desempenho e, pela quinta vez na carreira, perdeu para o austríaco, dessa vez com um duplo 7/5.

Agora, se quiser a classificação para a semifinal, vai ter que lutar e jogar muito contra Berrettini e Djokovic.

Nesta segunda-feira será a primeira rodada do grupo Andre Agassi, com a primeira partida sendo disputada às 11h de Brasília, entre o russo Daniil Medvedev e o grego Stefanos Tsitsipas.

Mais tarde, por volta das 17h, Rafael Nadal, que teve sua participação em dúvida até os últimos dias, terá pela frente o alemão Alexander Zverev.

 

Djokovic não dá chances, vence Berrettini com tranquilidade e começa bem no ATP Finals

Foram disputados neste domingo os primeiros jogos do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os melhores tenistas da temporada.

Abrindo o torneio, nas duplas e inaugurando o grupo Jonas Bjorkman, o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michel Venus venceram os norte-americanos Rajeev Ram e Joe Salisbury, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4.

Depois, pela primeira rodada do grupo Bjorn Borg, que ainda conta com Roger Federer e Dominic Thiem, Novak Djokovic não tomou conhecimento do italiano Matteo Berrettini, venceu por 6/2 e 6/1 e largou muito bem no torneio.

Federer e Thiem ainda se enfrentam neste domingo.

Tsitsipas vira sobre Djokovic e Zverev bate Federer nas quartas do Masters 1000 de Shangai

Os dois principais favoritos foram superados pela nova geração na fase de quartas de final do Masters 1000 de Shangai, na China, que é disputado no piso duro.

Primeiro, o grego Stefanos Tsitsipas conseguiu uma bela virada sobre o sérvio Novak Djokovic, nº 1 do mundo, vencendo com parciais de 3/6 7/5 e 6/3.

Depois foi a vez de Alexander Zverev, que chegou a perder chances antes de eliminar o suíço Roger Federer por 6/3 6/7(7) e 6/3.

O adversário do alemão será o italiano Matteo Berrettini, que bateu o austríaco Dominic Thiem por 7/6(8) e 6/4.

Já o grego terá pela frente o russo Daniil Medvedev, que segue em boa fase depois do vice do US Open e que passou pelo italiano Fabio Fognini por 6/3 e 7/6(4).

 

FABERG anuncia pacote para Federer x Nadal na Cidade do Cabo; 50 mil ingressos para o Match in Africa se esgotaram em 18 minutos

A FABERG Tour Experience, divulgou um pacote de viagens exclusivo para quem quiser acompanhar a partida beneficente entre Roger Federer e Rafael Nadal na Cidade do Cabo, África do Sul. Nos pacotes, além de ingressos VIPs, também são oferecidas diversas atividades e passeios que garantem uma experiência completa. Dentre elas, estão inclusas visitas guiadas pelos principais pontos turísticos da cidade, degustação em vinícolas e clínica de tênis, além de um serviço especializado in loco durante toda a viagem. Como pacote opcional, também é possível incluir um safari no luxuoso Sabi Sabi Game Reserve.
 
Detentor de 20 títulos de Grand Slam, Roger Federer anunciou em julho que irá disputar sua primeira partida no país, no dia 7 de fevereiro de 2020. O Match in Africa será a sexta edição do seu evento beneficente que terá Rafael Nadal como oponente, 19 vezes campeão de Grand Slams e rival de longa data.
 
Além de ser a única agência no Brasil a realizar vendas oficiais para o evento, a FABERG também irá destinar parte da renda para a Fundação Roger Federer. No dia do lançamento das vendas dos ingressos pelo site oficial, todos os 50 mil ingressos que foram colocados à venda se esgotaram em incríveis 18 minutos, garantindo o recorde de maior público da história do tênis.
 
A FABERG, em parceria com a Roger Federer Foundation, oferece a melhor experiência para quem busca se emocionar com este jogo além de também passear e curtir o que há de melhor na Cidade do Cabo, uma das mais lindas do mundo”, disse Fabio Silberberg, CEO e Fundador da FABERG. “É um grande privilégio para nós e nossos clientes participar deste evento sensacional. A nossa empresa também irá doar parte dos valores arrecadados com as vendas dos pacotes contribuindo com esta nobre causa”, concluiu Silberberg.
 
O Cape Town Stadium, com capacidade para 50 mil pessoas é, segundo Roger Federer, o lugar perfeito para receber o evento.
 
“O Match in Africa é um sonho que se torna realidade. Poderei jogar na terra natal da minha mãe contra meu maior rival e amigo, Rafael Nadal”, comentou Roger Federer. “Nós compartilhamos o amor pelo tênis, mas também a paixão de contribuir para dar as crianças uma melhor educação e condição de vida. Me sinto privilegiado de poder entreter milhões de pessoas no estádio e pela TV. Será um momento único para mim e minha família”, concluiu. Além de Rafael Nadal, estão confirmadas as presenças de Bill Gates e Trevor Noah, famoso comediante natural da África do Sul.
 
Em 15 anos, a Roger Federer Foundation já atendeu mais de um milhão de crianças carentes no continente através de suas ações que incentivam a educação.