Federer bate Del Potro e joga 8ªs de Miami na 3ª. Nadal também entra em quadra

Federer 4 peqRoger Federer garantiu sua vaga nas oitavas de final do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Na tarde desta segunda-feira, o suíço confirmou o favoritismo contra o argentino Juan Martin Del Potro, vencendo em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4, garantindo para nas oitavas para encarar o espanhol Roberto Bautista-Agut, já nesta terça-feira.

Quem também venceu nesta segunda foi o tcheco Tomas Berdych, que passou pelo luxemburguês Gilles Muller, também por 6/3 e 6/4.

Dois bons jogos foram decididos no tiebreak do terceiro set, com os triunfos de Nick Kyrgios sobre Ivo Karlovic e de Alexander Zverev sobre John Isner, depois de salvar três macth points.

Quem também joga oitavas de final nesta terça é Rafael Nadal, encarando o francês Nicolas Mahut, assim como o japonês Kei Nishikori, que enfrenta o argentino Federico Delbonis.

Soares e Murray vencem dupla de Marcelo Melo e chegam à final em Monte Carlo

Soares e Murray - Monte CarloBruno Soares e Jamie Murray estão na final do Masters 1000 de Monte Carlo, disputado no saibro.

Neste sábado, o mineiro e o britânico venceram a parceria formada por Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig, com parciais de 6/2 e 6/4, garantindo vaga na grande final desse domingo.

Seus adversários sairão do confronto entre os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah e os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut.

“Esse torneio é especial, super tradicional e charmoso. É o primeiro torneio do saibro então por vários fatores é sempre muito bom ter um grande resultado aqui. Começamos com uma grande semana, ganhando de três duplas de alto gabarito e hoje fizemos mais um grande jogo. Para mim, nunca é fácil jogar contra o Marcelo, é um pouco estranho, mas pelo menos foi numa semi e agora vamos com tudo para a final,” disse Bruno.

Cinco anos atrás Bruno jogou a decisão em Monte Carlo, ao lado do argentino Juan Ignacio Chela, mas acabou perdendo para os irmãos Bob e Mike Bryan.

Neste domingo ele terá a chance de conquistar o 3o. Masters 1000 da carreira – os outros dois foram no Canadá, com Alexander Peya – e chegar à marca de 23 títulos no circuito. Com Jamie Murray, será a terceira final que eles disputam, desde que começaram a parceria em janeiro. Foram campeões em Sidney e no Australian Open.

Maria Esther Bueno e Feijão promovem o Rio Open no Cristo Redentor

O Rio Open anunciou nesta terça-feira, dia 10, no Cristo Redentor, o lançamento do patrocínio da Pirelli ao maior torneio de tênis da América do Sul. O evento, que aconteceu aos pés da estátua mais famosa do Brasil e símbolo da cidade do Rio de Janeiro, contou com a participação dos tenistas Maria Esther Bueno e Ricardo Acioly, João Souza, conhecido como Feijão, que jogaram uma partida simbólica, na presença de Paolo Dal Pino, presidente executivo da Pirelli para América do Sul.

Maria Esther Bueno e Feijão promovem o Rio Open no Cristo Redentor

A brasileira Maria Esther Bueno, principal nome do tênis feminino mundial no final da década de 1950 e início dos anos 1960, falou sobre o abraço simbólico do Cristo Redentor ao Rio Open e também da importância da realização de um torneio deste porte no Brasil.

“Essa abertura aqui hoje foi fantástica. O lugar não poderia ter sido melhor. Estão todos de parabéns e só quero desejar boa sorte para o evento em fevereiro”, disse Maria Esther, aprovando a cerimônia.

“Com essa benção, tenho certeza que o Rio Open tem tudo para dar certo e cada vez mais se firmar como o maior evento de tênis da América Latina. E é tremendamente importante, não só para o Brasil, mas para a América Latina, ter um torneio desse porte. Principalmente para os tenistas da casa. O torneio tem sido muito bom e vem melhorando a cada ano. E a gente espera contar com o público, que venha prestigiar. Pois dá muito trabalho montar um evento desse porte. E para os jogadores se sentirem bem, a casa tem que estar lotada. Então é um convite que eu também faço para as pessoas virem assistir. É uma oportunidade muito grande. E agora com novos patrocinadores e a benção que o Padre Omar deu, não tem como dar errado”, completou.

O brasileiro João Souza, o Feijão, que esteve no Cristo pela primeira vez, também aprovou o evento:

“Me sinto privilegiado e já saio com vantagem para 2016 tendo sido abençoado aqui no Cristo”, destaca o tenista, que já encerrou a temporada 2015 e está de férias no Rio, on de vive.

Federer vence mais uma e enfrenta Isner por vaga nas 4as do US Open

Roger Federer venceu neste sábado de feriado prolongado nos Estados Unidos, labor day, mais uma partida sem qualquer dificuldade no US Open. Derrotou o alemão Philip Kohlschreiber por 6/3 6/4 64/ para avançar pelo 15o. ano consecutivo às oitavas-de-final do Grand Slam americano.

Federer vence outra e enfrenta Isner para ir às 4as do US Open

O adversário em busca de uma vaga nas quartas-de-final será o jogador dos Estados Unidos, John Isner, que passou por 3 rodadas surpreendentemente sem jogar um tie-break. Neste sábado venceu o checo Jiri Vesely, por 6/3 6/4 e desistência e diz estar pronto para encarar o cinco vezes campeão em Nova York. “Foi muito importante não ter gastado energia nestes jogos, o que normalmente não acontece comigo,” disse Isner, que enfrentou Federer no US Open 8 anos atrás (perdeu). “Naquela vez eu era um novato, havia acabado de sair da universidade, ninguém me conhecia e eu estava feliz por estar naquela posição. Provavalmente não acreditava que poderia vencer. Agora tenho que entrar acreditando na vitória.”

Isner é um dos tenistas que mais competiu no verão norte-americano. Ganhou Washington e Atlanta e foi às quartas em Montreal. Federer foi campeão em Cincinnati.

Jogaço de tênis programado para o “labor day” na 2a. feira, com todos os ingressos esgotados.

Em outros jogos da terceira rodada, Richard Gasquet não deu qualquer chance ao australiano Bernard Tomic, vencendo por 6/4 6/3 6/1 e enfrentará o checo Tomas Berdych, que venceu o espanhol Guillermo Garcia Lopez, por 6/7 7/6 6/3 6/3.

Revista Tennis View

Capa da edição 124 2O domínio de Serena Williams e Rafael Nadal na temporada 2013; as mudanças que veremos em breve nos Grand Slams; a renovação da Federação de Tênis do Rio de Janeiro e a satisfação dos brasileiros que optaram pelo circuito universitário norte-americano. Conheça também um pouco mais sobre as American Girls, que já despontam no circuito da WTA. Veja como foi o sucesso da Peugeot Tennis Cup e fique sabendo como funciona a Escolinha Guga.

Tudo isso e muito mais na edição 124 da Revista Tennis View!