Nadal passa tranquilamente por Gasquet em Roland Garros. Goffin e Fognini vencem em 5 sets

Estão definidos mais classificados para as oitavas de final de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, disputado no saibro parisiense.

Na manhã deste sábado, o russo Karen Khachanov concluiu sua vitória sobre o francês Lucas Pouille, por 3×0, enquanto o italiano Fabio Fognini foi ao 5º set pra vencer de virada o britânico Kyle Edmund, garantindo sua vaga.

Rafael Nadal, mais uma vez, teve uma atuação muito firme, vencendo o francês Richard Gasquet por 6/3 6/2 e 6/2, em jogo no qual chegou a abrir 3×0 no 1º set sem perder um único ponto. Nas oitavas, seu adversário será o alemão Maximilian Marterer, que passou pelo estoniano Jurgen Zopp por 3×0.

O argentino Diego Schwartzman vai disputar pela primeira vez as oitavas em Paris, depois de bater o croata Borna Coric por 3×0, enquanto seu próximo adversário, o sul-africano Kevin Anderson, precisou de quatro parciais pra vencer o alemão Mischa Zverev.

Zverev, Dimitrov, Goffin e Nishikori jogam neste domingo, no 1º dia de Roland Garros

Neste domingo, vai ser dada a largada pra chave masculina de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, disputado no saibro de Paris, na França.

Apontado como um dos que podem ameaçar o reinado de Rafael Nadal, o alemão Alexander Zverev vai fazer sua estreia já no primeiro dia, enfrentando o lituano Ricardas Berankis na última partida da quadra Suzanne-Lenglen.

Também nesta quadra, vale destacar a partida do francês Gael Monfils diante do compatriota Elliot Benchetrit.

Na quadra Philippe-Chatrier, o dia começa com o búlgaro Grigor Dimitrov abrindo a programação, em partida contra o sérvio Viktor Troicki. Depois, na mesma quadra, o francês Lucas Pouille joga contra o russo Daniil Medvedev.

O belga David Goffin joga na quadra 1 contra o holandês Robin Haase, enquanto o japonês Kei Nishikori enfrenta o francês Maxime Janvier.

O brasileiro Thomaz Bellucci, que furou o quali, joga sua primeira partida na quadra 3, diante do argentino Federico Delbonis.

Foto: AFP PHOTO/Javier Soriano

 

Dimitrov, Thiem e Goffin vencem em Monte Carlo. Nadal e Djokovic jogam na 4ª

Foi um dia com ameaças, mas sem grandes surpresas na chave do Masters 1000 de Monte Carlo, primeiro Masters 1000 disputado no saibro na temporada.

O búlgaro Grigor Dimitrov foi um que não começou muito bem e precisou virar o jogo diante do francês Pierre-Hugues Herbert, assim como o alemão Alexander Zverev diante do luxemburguês Gilles Muller.

David Goffin jogou só dois sets, mas teve trabalho diante do jovem grego Stefanos Tisitsipas, como também teve Fabio Fognini contra o bielorrusso Ilya Ivashka.

No confronto argentino, destaque para Diego Schwartzman, atual campeão do Rio Open, que virou o jogo contra Guido Pella depois de levar um pneu no primeiro set.

Outro que conseguiu virar a partida foi Dominic Thiem, que triunfou sobre o jovem russo Andrey Rublev.

A quarta-feira terá os jogos mais aguardados da segunda rodada, com Rafael Nadal, que vem de grande atuação na Copa Davis, diante da Alemanha, entrando em quadra para encarar o esloveno Aljaz Bedene.

Depois de passar bem por Dusan Lajovic na estreia, Novak Djokovic não deve ter facilidade contra o croata Borna Coric, enquanto Marin Cilic deve fazer um bom jogo contra Fernando Verdasco, que vem de vitória sobre Pablo Cuevas.

Pouille vence o ponto decisivo, França bate Bélgica e conquista o 10º título da Copa Davis

Depois de 16 anos, a França voltou a conquistar o título da Copa Davis, principal competição entre países do tênis, que teve a final disputada neste fim de semana, em Lille, na França.

Depois de um primeiro dia empatado e a vitória francesa nas duplas, no sábado, os franceses precisavam de mais um ponto, mas viram uma ótima partida do belga David Goffin no primeiro jogo do dia, que acabou com vitória por 3×0 sobre Jo-Wilfried Tsonga.

Coube então ao mais inexperiente da equipe no torneio, Lucas Pouille, a tarefa de disputar o 5º e decisivo ponto e ele correspondeu às expectativas.

Em grande atuação, não deu chances ao belga Steve Darcis e venceu em sets diretos, com parciais de 6/3 6/1 e 6/0.

“Estou tão orgulhoso da minha equipe. Nós realmente queríamos muito esse troféu e finalmente o conseguimos depois de 16 anos” disse Pouille.

O capitão francês, Yannick Noah, fez questão de ressaltar a atuação do jogador que fechou o confronto: “Que grande final! Ter o Lucas jogando em sua cidade natal e vencedor do último jogo de Copa Davis, jogando como ele jogou…é tão lindo” afirmou Noah.

Com isso, a França conquistou o seu 10º título de Copa Davis, enquanto a Bélgica segue em busca do primeiro triunfo.

Tsonga e Goffin confirmam favoritismo e o 1º dia da final da Copa Davis acaba empatado

Tudo igual depois do primeiro dia de jogos com vitória dos favoritismo na final da Copa Davis, no piso duro coberto em Lille, na França.

Na primeira partida, David Goffin, embalado pelo recente vice campeonato do ATP Finals, não deu muitas chances ao francês Lucas Pouille e venceu em sets diretos, com parciais de 7/5 6/3 e 6/1.

Na sequência, Jo-Wilfried Tsonha se impôs diante do belga Steve Darcis, perdeu apenas seis games  e anotou 6/3 6/2 e 6/1.

No sábado, será disputado o ponto de duplas, com os franceses representados por Pierre-Hugues Herbert e Richard Gasquet, enquando os belgas jogarão com Ruben Bemelmans e Joris De Loore.

Vale destacar que os franceses estão em busca do 10ª título do torneio, enquanto a Bélgica busca o primeiro troféu.

Dimitrov vence Goffin e é campeão invicto do ATP Finals

Grigor Dimitrov encerra de forma sensacional sua temporada, com o título do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Neste domingo, o búlgaro encerro sua ótima semana com vitória sobre o belga David Goffin, depois de mais de duas horas, que acabou com parciais de 7/5 4/6 e 6/3.

Com isso, Dimitrov fechou sua participação no torneio de forma invicta, com três vitórias na primeira fase – incluindo um 6/0 e 6/2 sobre o próprio Goffin – além da semi e da final deste domingo.

Na temporada, além do Finals, o búlgaro também foi campeão do Masters 1000 de Cincinnati, dos ATP’ 250 de Brisbane e Sofia, além de chegar à semi do Australian Open e ficar com o vice do ATP de Estocolmo.

Goffin surpreende, vira sobre Federer e encara Dimitrov na decisão do ATP Finals

De forma surpreendente, Roger Federer não está na decisão do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Neste sábado, o suíço, grande favorito ao título, começou muito bem diante de David Goffin, vencendo facilmente o primeiro set, mas o belga conseguiu uma grande virada e triunfou por 2/6 6/3 e 6/4.

Foi a primeira vitória de Goffin sobre Federer em sete partidas.

Na outra semifinal, outra virada. Jack Sock venceu o primeiro set contra Grigor Dimitrov, mas viu o búlgaro levar a melhor na sequência , com parciais de 4/6 6/0 e 6/3.

Dimitrov e Goffin já se enfrentaram nove vezes, com ampla vantagem do búlgaro, que venceu em oito oportunidades, inclusive na primeira fase do atual torneio, quando anotou 6/0 e 6/2.

Federer enfrenta Goffin na semi do ATP Finals, neste sábado. Dimitrov x Sock

Serão disputadas neste sábado as semifinais do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Com 100% de aproveitamento na primeira fase e apenas um set perdido, Roger Federer encara o belga David Goffin, que garantiu sua vaga na sexta-feira ao vencer o austríaco Dominic Thiem.

O suíço é o recordista de títulos do torneio, com seis, e vai em busca do hepta pra encerrar sua ótima temporada, que já teve, entre outros feitos, a conquista do Australian Open e de Wimbledon.

Federer e Goffin já se enfrentaram seis vezes, com seis vitórias do nº 2 do mundo, a mais recente na semi do ATP da Basiléia, neste ano.

Na outra semifinal, Grigor Dimitrov e Jack Sock se enfrentam buscando a inédita classificação para a decisão do Finals.

Nos quatro confrontos entre eles até o momento, três vitórias do norte-americano.

Sock bate Zverev e garante vaga na semi do Finals. Thiem e Goffin disputam vaga na 6ª feira

Jack Sock conseguiu mais um feito na sua ótima reta final de temporada e se classificou para a semifinal do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Nesta quinta-feira, o norte-americano bateu o favorito alemão Alexander Zverev, com parciais de 6/4 1/6 e 6/4, garantindo sua vaga com duas vitórias e uma derrota na primeira fase.

Com o resultado, Sock terá pela frente na semifinal o búlgaro Grigor Dimitrov, enquanto Zverev foi eliminado na primeira fase.

Na outra partida do dia, Roger Federer garantiu a liderança do grupo e os 100% do aproveitamento ao bater o croata Marin Cilic por 6/7(5) 6/4 e 6/1.

Nesta sexta-feira, Dominic Thiem e David Goffin se enfrentam por vaga direta para encarar Federer em uma das semis do sábado.

Na outra partida do dia, Dimitrov, que já garantiu o 1º lugar do grupo, joga contra o espanhol Pablo Carreno Busta, que substituiu Rafael Nadal depois da primeira rodada e não tem mais chances de classificação.

Goffin bate Nadal, espanhol desiste do Finals e encerra temporada. Dimitrov vence Thiem

Segunda-feira de surpresas no ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

O belga David Goffin perdeu chances no segundo set, mas não no terceiro, e venceu o espanhol Rafael Nadal, nº 1 do mundo, com parciais de 7/6(5) 6/7(4) e 6/4.

Nadal, que chegou a salvar quatro match points, anunciou pouco depois da partida que está fora do restante da disputa do torneio, encerrando sua temporada, pela quarta vez como nº 1 do mundo.

Vale destacar que o espanhol, que já havia deixado claro que não estava totalmente recuperado das dores no joelho, adia o sonho de conquistar o ATP Finals pela primeira vez na carreira.

Na primeira partida do dia, também válida pelo grupo Pete Sampras, Grigor Dimitrov também foi ao 3º set contra Dominic Thiem, mas levou a melhor, com parciais de 6/3 5/7 e 7/5.

Nesta terça-feira, será disputada a segunda rodada do grupo Boris Becker, começando pela partida entre o croata Marin Cilic e o norte-americano Jack Sock.

Encerrando o dia, Roger Federer e Alexander Zverev, que venceram na primeira rodada, disputam a liderança da chave.