João Menezes vai à final em Binghamton, garante melhor ranking da carreira e vai em busca do 2º título de Challenger

O brasileiro João Menezes está na grande final do Challenger de Binghamton, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Neste sábado, pela semifinal do torneio, o Menezes venceu em sets diretos o russo Evgeny Karlovski, em sets diretos, com um duplo 6/3, garantindo sua vaga na decisão deste domingo.

Seu adversário foi definido na sequência e será o japonês Yuichi Sugita, nº 241 do mundo, em confronto que será inédito.

Essa será a oportunidade de Menezes conquistar seu segundo título de Challlenger, depois do triunfo no saibro de Samarkand, em maio.

Com o resultado, ele vai chegando ao seu melhor ranking da carreira, chegando entre os 210 primeiros da ATP, superando sua melhor marca, que é a atual, sendo o 238º.

 

Menezes vira sobre canadense e vai às 4ªs do Challenger de Gatineau. Rogerinho perde na Itália

João Menezes conquistou sua terceira vitória seguida e está nas quartas de final do Challenger de Gatineau, no Canadá, que é disputado no piso duro.

Nesta quinta-feira, o brasileiro obteve sua segunda virada na semana ao superar o canadense Peter Polansky, com parciais de 4/6 6/4 e 6/2.

Nesta sexta, Menezes terá pela frente, em busca de uma vaga na semifinal, o eslovaco Norbert Gombos, nº 133 do mundo, em confronto que será inédito.

No Challenger de San Benedetto, na Itália, disputado no saibro, Rogério Dutra Silva foi eliminado nas oitavas de final pelo tcheco Jan Satral, com parciais de 6/2 5/7 e 6/4.

 

João Menezes conquista seu 1º título de Challenger na carreira e chega ao seu melhor ranking

Entre a madrugada e a manhã deste domingo, o tênis brasileiro acordou com o primeiro título de Challenger da carreira de João Menezes, no saibro de Samarkand, no Uzbequistão.

Primeiro, o brasileiro completou a semifinal contra o indiano Sumit Nagal, que havia sido interrompida pela chuva, no sábado.

Vencendo o 3º set por 4/3, Menezes logo conseguiu uma quebra e logo depois confirmou a vitória com parciais de 5/7 6/4 e 6/3.

Depois, ele encarou a final diante do francês Corentin Moutet, nº 123 do mundo. Em dois sets muito equilibrados, Menezes anotou uma bela vitória em dois tiebreaks, 7/6(2) e 7/6(7), conquistando o título mais importante da sua carreira até o momento.

Com isso, ele deve subir quase 70 posições no ranking da ATP, chegando ao seu melhor posto, dentro do top-290.

Menezes vence a 2ª em Challenger no Uzbequistão. Monteiro joga nesta 5ª feira na Alemanha

João Menezes já conseguiu sua segunda vitória no Challenger de Samarkand, no Uzbequistão, que é disputado no saibro.

Nesta quarta-feira, o brasileiro superou na segunda rodada o cazaque Aleksandr Nedovyesov, em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4. Nos dois jogos até o momento, Menezes perdeu um total de 6 games.

Agora, ele terá pela frente, já nesta quinta-feira, o também cazaque Denis Yevseyev, nº 310 do mundo, em confronto que será inédito e que vale vaga nas quartas de final.

Também nesta quinta, mas pelas oitavas do Challenger de Heilbronn, no saibro, Thiago Monteiro enfrenta o belga Arthur De Greef. Os dois já se enfrentaram uma vez, foi neste ano, pela Copa Davis, com vitória do brasileiro.

Menezes, Wild e Feijão vencem no México. Clezar estreia com vitória nos EUA

Dois brasileiros já estão nas oitavas de final do Challenger de San Luis Potosi, no México, que é disputado no saibro.

Nesta terça-feira, o primeiro a garantir sua vaga foi João Menezes, que não deu chances ao sérvio Peda Krstin, cabeça de chave nº 7, vencendo com um duplo 6/1.

Agora, seu adversário será o francês Alexandre Muller, que o venceu no único confronto entre os dois até o momento, no Challenger de Punta del Leste deste ano.

Depois foi a vez de Thiago Wild garantir sua vaga nas oitavas ao vencer sua segunda partida no torneio, dessa vez superando o holandês Scott Griekspoor, com um duplo 6/4.

Também nesta terça, João Souza, o Feijão, voltou de sua breve e confusa suspensão da Unidade de Integridade do Tênis com uma vitória sobre o mexicano Gerardo Lopez Villasenor, com parciais de 7/5 6/7(4) e 6/3.

Nesta quarta, buscando vaga nas oitavas, o brasileiro encara o egípcio Mohamed Safwat, em confronto que será inédito.

No Challenger de Sarasota, nos Estados Unidos, também disputado no saibro, Guilherme Clezar estreou vencendo o finlandês Harri Heliovaara por 6/2 e 6/4. Na segunda rodada, nesta quarta, ele terá pela frente o alemão Dominik Koepfer, que enfrentou o brasileiro uma vez, no Challenger de Savannah, no ano passado, com vitória de Clezar.

Bellucci vence de virada na estreia em Challenger tunisiano. Menezes e Sakamoto triunfam no México

Thomaz Belucci conseguiu uma boa vitória na sua estreia no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, o brasileiro superou de virada o alemão Daniel Masur, com parciais de 2/6 6/2 e 7/5, garantindo sua vaga na segunda rodada do torneio.

Agora, seu adversário por uma vaga nas oitavas de final será o francês Quentin Halys, nº 156 do mundo e cabeça de chave nº 7 do torneio, que saiu de bye na primeira rodada.

Pelo Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, João Menezes passou pela estreia diante do argentino Matias Franco Descotte, com parciais de 6/7(7) 6/4 e 6/3, assim como Pedro Sakamoto, que bateu o eslovaco Alex Molcan por 6/4 e 6/2.

Wild, Feijão e Menezes vencem em Santiago. Bellucci e Rogerinho estreiam na 3ª feira

Três brasileiros estrearam com vitória no Challenger de Santiago, no Chile, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, o primeiro a vencer foi Thiago Wild, que anotou uma virada sobre o compatriota Pedro Sakamoto, com parciais de 2/6 6/2 e 6/3.

Agora, na segunda rodada, seu adversário será o experiente espanhol Pablo Andujar, em confronto que será inédito.

João Souza também passou pela estreia ao bater o austríaco Gerard Granollers em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/3, e já nesta terça terá pela frente o argentino Facundo Arguello.

João Menezes foi o outro brasileiro a vencer, anotando 6/2 e 7/6(4) sobre o russo Alen Avidzba e agora encara o boliviano Hugo Dellien, que vem de boas campanhas no Rio Open e no Brasil Open.

A terça-feira também será o dia da estreia de dois brasileiros que ficaram de bye na primeira rodada. Primeiro, Thomaz Bellucci, que joga contra o argentino Renzo Olivo. Depois, Rogerinho enfrenta o também argentino Camilo Ugo Carabelli.

Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação

Clezar vence de virada na estreia do Challenger de Lexington. Ghem, Menezes e Neis perdem na Itália

Clezar 3 peqO gaúcho Guilherme Clezar conseguiu uma boa vitória de virada na estreia do Challenger de Lexington, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Nesta terça-feira, o brasileiro passou pelo francês Tom Jomby, com parciais de 6/7(1) 7/5 e 6/2. Nas oitavas de final, Clezar terá pela frente o canadense Frank Dancevic.

Os três brasileiros que estrearam nesta terça no Challenger de Biella, na Itália, que é disputado no saibro, foram superados.

Depois da boa campanha em Tampere, na Finlândia, quando ficou com o vice, André Ghem perdeu na primeira rodada para o italiano Thomas Fabbiano, com parciais de 4/6 6/3 e 6/2.

João Menezes também lutou por três sets, mas perdeu para o argentino Nicolas Kicker, com parciais de 6/3 5/7 e 6/3, enquanto Fabrício Neis foi superado pelo holandês Thiemo De Bakker por 6/1 e 6/0.

 

Brasileiros vencem nas duplas mistas nos Pan de Toronto

Rio Open 2015 - Pauline Parmentier (USA) x Gabriela CE (BRA)Os tenistas brasileiros Gabriela Cé e João Menezes avançaram neste domingo às quartas de final de duplas mistas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em um dia que acabou tendo derrotas de brasileiros nos outros três jogos.

Na primeira vez em que jogaram uma partida de duplas mistas juntos, Cé e Menezes conseguiram a vitória diante dos mexicanos Ana Sofia Sanchez e Maniel Sanchez por 2 sets a 1, com parciais de 6/4 2/6 e 10/6, em 1h08min.

“Foi bom, o jogo era bem duro, a dupla mista acaba sendo bem dinâmica e parelha. Acho que a gente foi super bem, jogamos com bastante intensidade nos momentos importantes e fiquei feliz de ter saído com a vitória”, afirma Cé. “A gente conseguiu jogar relativamente bem, ela conseguiu segurar bem no fundo e sacou bem”, completou Menezes.

Os brasileiros voltam à quadra em busca de uma vaga nas semifinais nesta segunda-feira, a partir das 15h locais (16h de Brasília) para enfrentar na quadra Grand Stand os colombianos Mariana Duque Marino e Eduardo Struvay, cabeças de chave 2.

“O jogo é ainda mais duro, por isso foi bom ter tido um teste hoje que a gente conseguiu se entrosar bastante. Amanhã teremos de jogar melhor, mas a gente está bem preparado para o que vem pela frente”, afirma Cé.

Quem também volta à quadra nesta segunda-feira é Paula Gonçalves, que folgou neste domingo. Ela enfrenta a paraguaia Veronica Cepede Royg em busca de uma vaga nas quartas de final. O jogo acontece às 11h locais (12h de Brasília) na quadra 1.

Na chave masculina de simples, João Menezes foi superado nos detalhes pelo equatoriano Gonzalo Escobar, cabeça de chave 9, com parciais de 7/6(5) 7/6(4), em 2h14min de partida.

“Tomei uma quebra no primeiro game e depois consegui recuperar. Até o final do primeiro set foi no detalhe, no tie-break ele jogou um pouco melhor. No segundo, eu tive uma quebra na frente e não soube administrar, diminui a intensidade do meu saque e tomei a quebra de volta. Demorei pra entrar bem no tie-break, até consegui me recuperar, mas foi tarde”, lamentou Menezes.

Pela chave feminina de simples, Beatriz Haddad Maia acabou eliminada ao perder para a chilena Fernanda Brito por 2 sets a 0, com 6/1 6/0. Bia entrou em quadra sentindo dores no ombro direito e teve dificuldades para conseguir sacar, o que prejudicou sua atuação. Após o jogo, a tenista brasileira passou por avaliação dos fisioterapeutas e médicos do Time Brasil, com trabalho de recuperação para poder jogar a semifinal de duplas na terça-feira.

“Eu estou bem, com um pouco de dor, mas normal, faz parte. Senti um pouco o ombro e hoje foi complicado para jogar. Mas já fui na fisioterapia, com todo o pessoal do COB, a gente trocou ideias e agora é tentar esquecer e tratar para jogar a dupla na terça-feira”, afirmou Bia.

Nas duplas masculinas, Orlando Luz e Marcelo Zormann foram superados pelos mexicanos Hans Hach e Luis Patiño, com 1/6 6/3 e 14/12, em 1h11min de partida, encerrando assim a participação dos tenistas brasileiros no Pan.

João Menezes chega à terceira rodada do Pan de Toronto. Paula Gonçalves vence na estreia

João Menezes peqJoão Menezes garantiu neste sábado uma vaga na terceira rodada dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, que são disputados no piso duro.

O brasileiro conseguiu uma boa vitória sobre o chileno Nicolas Jarry, 202º do mundo e quinto cabeça de chave, com parciais de 7/5 3/6 e 6/4. Seu próximo adversário será o equatoriano Gonzalo Escobar.

O gaúcho Orlando Luz foi superado na segunda rodada pelo norte-americano Dennis Novikov, quarto cabeça de chave, com parciais de 6/1 e 7/6(11).

Na chave feminina, Paula Gonçalves conseguiu uma virada na estreia contra a chilena Daniela Seguel, com parciais de 2/6 6/3 e 7/6(4). Sua próxima adversária será a conhecida paraguaia Veronica Cepede, 152ª do mundo e uma das favoritas às medalhas.

A gaúcha Gabriela Cé foi superada na primeira rodada pela canadense Gaby Dabrowski por 6/3 4/6 e 6/3.

Foto: Marcelo Roggia