Djokovic é eliminado na estreia em Miami. Del Potro e Dimitrov vencem. Federer joga no sábado

A sexta-feira teve o início da segunda rodada do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Embalado pelo título do Masters 1000 de Indian Wells, o argentino Juan Martin Del Potro teve trabalho, precisou de três sets, mas bateu o holandês Robin Haase por 6/4 5/7 e 6/2, garantindo vaga na 3ª rodada.

Seu adversário será o japonês Kei Nishikori, que também precisou de três parciais para superar o australiano John Millman, com parciais de 7/6(4) 4/6 e 6/3.

Outro que foi ao 3º set foi Grigor Dimitrov, que venceu o alemão Maximilian Marterer por 4/6 6/2 e 6/1, enquanto Milos Raonic anotou duplo 6/3 sobre o sueco Mikael Ymer.

Marin Cilic confirmou o favoritismo diante de Pierre-Hugues Herbert e venceu por 7/5 e 6/3 e Jeremy Chardy venceu o duelo de franceses contra Richard Gasquet por 7/5 e 6/1.

O destaque, mas negativo, foi outra derrota na estreia de Novak Djokovic. Sem mostrar muita resistência, o sérvio perdeu para o francês Benoit Paire por 6/3 e 6/4.

No sábado, o destaque fica para a estreia de Roger Federer, que terá pela frente o australiano Thanasi Kokkinakis. Outro australiano que entra em quadra, mas já na rodada noturna, é Nick Kyrgios, que enfrenta o sérvio Dusan Lajovic.

Del Potro vê Federer sacar pro jogo, mas vira o 3º set e conquista seu 1º Masters 1000 em Indian Wells

Em uma final emocionante, com match points desperdiçados dos dois lados, Juan Martin Del Potro conquistou o título do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

O argentino superou na decisão deste domingo o suíço Roger Federer, em três sets, com parciais de 6/4 6/7(8) e 7/6(2).

Com um início muito bom, Del Potro deu poucas chances ao nº 1 do mundo e só enfrentou break points no final do 2º set, mas levou ao tiebreak e teve match points antes de Federer igualar a partida.

No terceiro set, Federer pareceu melhor, chegou a sacar pro jogo no 5/4, abriu 40/15, mas não conseguiu fechar a partida. Em seguida, o argentino levou ao tiebreak e triunfou.

Campeão do US Open de 2009 e com uma carreira marcada por lesões, Del Potro conquistou seu primeiro título de Masters 1000. Atual nº 8 do mundo, ele garantiu com o resultado uma subida de duas posições, indo ao 6º lugar.

Del Potro e Raonic vencem e se enfrentam na semi em Indian Wells. Federer encara Coric

Neste sábado, serão disputadas as duas semifinais do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, primeiro da temporada, disputado no piso duro.

A primeira partida terá Roger Federer em quadra, que segue em busca do seu sexto título no torneio. O suíço terá pela frente o croata Borna Coric, nº 49 do mundo. Os dois já se enfrentaram uma vez, na semi do ATP de Dubai, em 2015, quando o nº 1 do mundo venceu por 6/2 e 6/1.

A outra semi foi definida depois de dois jogos disputados nesta sexta-feira, com equilíbrio e decididos em três sets.

No primeiro deles, Milos Raonic superou o local Sam Querrey por 7/5 2/6 e 6/3. Depois, Juan Martin Del Potro virou sobre Philipp Kohlschreiber, com parciais de 3/6 6/3 e 6/4.

Os dois já se enfrentaram três vezes, com duas vitórias do argentino, sendo o confronto mais recente na semi do ATP de Delray Beach, no ano passado, com vitória de Del Potro.

Jovem Chung surpreende e vira sobre Zverev. Berdych passa por Del Potro. Thiem vence

Cabeça de chave nº 4, mas ainda sem fazer campanhas em Grand Slam ao longo da carreira, o alemão Alexander Zverev foi eliminado na terceira rodada do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na madrugada deste sábado, horário de Brasília, o alemão levou uma virada do jovem sul-coreano Hyeon Chung, com direito a pneu no 5º e decisivo set. Nas oitavas, Chung enfrenta Novak Djokovic ou o espanhol Albert Ramos.

Quem venceu sem muito trabalho foi o austríaco Dominic Thiem, que bateu o francês Adrian Mannarino por 3×0. Seu adversário por vaga nas quartas de final será o surpreendente norte-americano Tennys Sandgren, que já havia eliminado Stan Wawrinka e que agora bateu o alemão Maximiliam Marterer, por 3×1, de virada.

Destaque também para o italiano Fabio Fognini, que precisou de cinco sets pra vencer de virada o francês Julien Benneteau, marcando confronto com o tcheco que, em grande atuação, bateu o argentino Juan Martin Del Potro por 3×0, na rodada noturna.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Djokovic vence duelo contra Monfils em Melbourne. Del Potro e Federer triunfam. Wawrinka perde

No seu primeiro grande teste depois do seu longo período se recuperando de lesão, Novak Djokovic reagiu bem e chegou à terceira rodada do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Melbourne.

Na madrugada desta quinta-feira, o sérvio saiu atrás, mas conseguiu uma boa vitória sobre o francês Gael Monfils, com parciais de 4/6 6/3 6/1 e 6/3.

Destaque também para a virada do austríaco Dominic Thiem sobre o norte-americano, depois de perder os dois primeiros sets, confirmando sua vitória com um 6/3 na quinta parcial.

Quem também precisou de quatro sets pra garantir sua vaga na terceira rodada foi o argentino Juan Martin Del Potro, que passou pelo jovem russo Karen Khachanov, assim como o italiano Fabio Fognini, que bateu o russo Evgeny Donskoy, também por 3×1.

Outro que venceu por 3×1 foi Tomas Berdych, superando o espanhol Guillermo Garcia-Lopez, enquanto a surpresa do dia foi a eliminação do belga David Goffin diante do experiente francês Julien Benneteau, que também anotou 3×1.

Já na manhã de quinta-feira, horário de Brasília, Alexander Zverev venceu o compatriota Peter Gojowczyk por 3×1 e marcou para a 3ª rodada um bom confronto contra o sul-coreano Hyeon Chung, que bateu o russo Daniil Medvedev por 3×0.

Roger Federer segue sem perder set no torneio, depois de bater o alemão Jan-Lennard Struff por 3×0, fechando a rodada, enquanto seu compatriota, Stan Wawrinka, mostrou que está longe de suas melhores condições ao ser superado pelo norte-americano Tennys Sandgren, também por 3×0.

A terceira rodada começa nesta quinta-feira, com o bom confronto entre Grigor Dimitrov e o jovem Andrey Rublev, que fazem o 3º jogo da Rod Laver Arena. Depois, quem o local Nick Kyrgios e Jo-Wilfried se enfrentam em outra aguardada partida.

Na Margaret Court, o nº 1 do mundo Rafael Nadal tem todo o favoritismo contra o bósnio Damir Dzumhur, enquanto Marin Cilic joga contra o norte-americano Ryan Harrison na Hisense Arena.

Para conferir a programação completa, clique aqui.

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Del Potro encara Isner nas 4ªs em Paris. Nadal supera Cuevas e enfrenta surpresa sérvia

Estão definidos os quadrifinalistas do Masters 1000 de Paris, na França, que é disputado no piso duro coberto, último Masters 1000 da temporada.

Logo na primeira partida desta sexta-feira, Juan Martin Del Potro e John Isner devem fazer um grande jogo, sendo confronto direto por uma vaga no ATP Finals, depois da vitória do argentino sobre o holandês Robin Haase e da virada do norte-americano sobre Grigor Dimitrov, salvando match point.

Rafael Nadal precisou de três sets pra bater Pablo Cuevas e, nesta sexta, enfrenta a surpresa sérvia Filip Krajinovic, responsável pela eliminação do local Nicolas Mahut, também por 2×1.

Outro experiente francês que entrou em quadra, mas se deu bem, foi Julien Benneteau, que precisou de apenas dois sets e pouco mais de uma hora pra vencer David Goffin. Mesmo com a derrota, o belga garantiu sua classificação no ATP Finals.

O adversário de Benneteau saiu na última partida do dia, quando Marin Cilic bateu Roberto Bautista-Agut em sets diretos.

A outra partida que vale vaga na semi será entre Jack Sock e Fernando Verdasco.

Del Potro bate Cilic e será o adversário de Federer na final do ATP da Basiléia

Grande jogo marcado para este domingo, na final do ATP 500 da Basiléia, na Suíça, que é disputado no piso duro coberto.

O primeiro a garantir sua vaga foi o argentino Juan Martin Del Potro, que bateu o croata Marin Cilic em sets diretos, com um duplo 6/4.

Depois, Roger Federer deu poucas chances ao belga David Goffin, vencendo por 6/1 e 6/2, garantindo sua vaga na decisão.

Federer, que ainda tem chances de se tornar nº 1 do mundo novamente até o final da temporada, vai em busca do seu oitavo título do torneio, enquanto Del Potro busca o tri.

Os dois já se enfrentaram 23 vezes ao longo da carreira, com 17 vitórias do suíço.

Federer e Del Potro confirmam o favorito e estão nas quartas do ATP da Basiléia

Roger Federer segue confirmando o favoritismo no ATP 500 da Basiléia, na Suíça, que é disputado no piso duro coberto.

Nesta quinta-feira, o nº 2 do mundo conseguiu mais uma vitória tranquila, sem ser ameaçado, em sets diretos, sobre o francês Benoit Paire, com parciais de 6/1 e 6/3.

Nas quartas de final, nesta sexta-feira, ele terá pela frente o francês Adrian Mannarino. Federer venceu os quatro confrontos entre eles, sem perder um único set.

Quem também chegou às quartas foi o argentino Juan Martin Del Potro, depois de vencer o francês Julian Benneteau, por duplo 6/4.

Nas quartas, seu adversário será o espanhol Roberto Bautista-Agut. Os dois já se enfrentaram três vezes, com duas vitórias do argentino.

Del Potro elimina Federer, encara Nadal na semi do US Open e segue em busca do bi

Que grande noite de quinta-feira no US Open, dia de definição dos últimos semifinalistas do quarto e último Grand Slam da temporada, em Nova York, nos Estados Unidos.

Na primeira partida, Rafael teve menos trabalho que o esperado, já que o russo Andrey Rublev não manteve o nível de atuações e não conseguiu sair do jogo com muito spin e bolas profundas do espanhol.

No fim, vitória tranquila do nº 1 do mundo, com parciais de 6/1 6/2 e 6/2.

Mais tarde, o jogo mais esperado do dia, entre Roger Federer e Juan Martin Del Potro, que vinha de grande virada sobre Dominic Thiem e que tinha suas condições físicas muito questionadas, já que quase são conseguiu acabar o jogo contra o austríaco.

E no fim, mais uma vez, o argentino surpreendeu. Jogou bem, bateu muito forte de direta, sacou de forma muito eficiente, foi arrojado nos momentos importantes, salvou set-points e virou parcial pra triunfar por 7/5 3/6 7/6(8) e 6/4.

Com isso, Delpo garante vaga pra enfrentar Nadal e seguir em busca do bicampeonato do torneio, depois do título de 2009, ano em que ele venceu Nadal e Federer pra ser campeão. Neste ano, um já foi.

Foto: USTA/Andrew Ong

Del Potro consegue improvável virada sobre Thiem e encara Federer nas 4ªs do US Open

Apesar das vitórias de Roger Federer e Rafael Nadal, o nome da segunda-feira no US Open foi Juan Martin Del Potro.

Sem estar nas melhores condições físicas, inclusive com febre durante o dia, o argentino viu o austríaco Dominic Thiem dominar o início da partida e fechar as duas primeiras parciais por 6/1 e 6/2.

Porém, incentivado pela torcida, o campeão do torneio em 2009 não desistiu, chegou a salvar match points e a ver o adversário sacar pro jogo, antes de confirmar a grande virada, com parciais de 6/1 7/6(1) e 6/4, confirmando vaga nas quartas de final.

Seu adversário será Roger Federer, que não teve grandes dificuldades contra o alemão Philipp Kohlschreiber, vencendo em sets diretos, com parciais de 6/4 6/2 e 7/5.

Nadal também garantiu sua vaga com uma vitória muito tranquila, sobre o ucraniano Alexandr Dolgopolov, com parciais de 6/2 6/4 e 6/1, e terá como adversário o jovem russo Andrey Rublev, que bateu David Goffin por 7/5 7/6(5) e 6/3.

Foto: USTA/Pete Staples