Djokovic bate Del Potro, é tri em Nova York e conquista seu 14º título de Slam

Novak Djokovic é o grande campeão do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, disputado no piso duro de Nova York, nos Estados Unidos.

Na final deste domingo, o sérvio conquistou pela terceira vez na carreira o título do torneio norte-americano, batendo na decisão o argentino Juan Martin Del Potro, em sets diretos, com parciais de 6/3 7/6(4) e 6/3.

Enquanto o sérvio conquistou o tri, o argentino buscava seu segundo título em Nova York, depois de levantar o troféu em 2009.

Vale destacar que esse foi o 14° título Slam de Djokovic, que se torna o 3º jogador que mais venceu torneios deste nível, igualando-se ao norte-americano Pete Sampras, ficando atrás apenas de Rafael Nadal, com 17, e Roger Federer, maior vencedor, com 20.

Com o resultado, ele também vai aparecer, nesta segunda-feira, como número 3 do ranking da ATP, subindo..postos e ultrapassando justamente o seu adversário deste domingo.

Foto: USTA/Garrett Ellwood

Nadal perde set, mas vira sobre Schwartzman e terá Del Potro na semi de Roland Garros

Depois de ter jogo interrompido pela chuva, Rafael Nadal entrou em quadra nesta quinta pra confirmar a virada e a vaga na semifinal de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, disputado no saibro.

O argentino Diego Schwartzman até começou bem, chegou a vencer o primeiro set, mas viu o 10 vezes campeão do torneio se impor na sequência pra virar e confirmar o triunfo com parciais de 4/6 6/3 6/2 e 6/2.

Agora, por vaga na final, o espanhol encara no sábado o argentino Juan Martin Del Potro, que precisou de quatro sets pra bater o croata Marin Cilic por 7/6(5) 5/7 6/3 e 7/5.

Nadal e Del Potro já se enfrentaram 14 vezes ao longo da carreira e a vantagem é do espanhol, que saiu vitorioso em 9 oportunidades. No saibro, foram dois jogos, sendo um pela primeira rodada de Roland Garros, em 2007, e outro pela Copa Davis, em 2011, ambos vencidos pelo nº 1 do mundo.

Foto: Julien Crosnier/FFT

Djokovic vence Verdasco por 3×0 e encara surpreendente Cecchinato nas 4ªs em Paris

Foi até mais tranquilo que o esperado, mas Novak Djokovic também está nas quartas de final de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, disputado no saibro.

Neste domingo, o sérvio não deu muitas chances ao espanhol Fernando Verdasco, que não apresentou resistência para o eficiente jogo de fundo de quadra do ex-nº 1 do mundo, que triunfou com parciais de 6/3 6/4 e 6/2.

Agora, por vaga na semi, Djokovic terá pela frente uma das maiores surpresas da chave, o Marco Cecchinato, que anotou uma grande vitória sobre o belga David Goffin, com parciais de 7/5 4/6 6/0 e 6/3.

As outras duas partidas das quartas serão definidas nesta segunda-feira, começando com Rafael Nadal e seu amplo domínio na partida contra o surpreendente alemão Maximilian Marterer, na quadra Philippe-Chatrier.

No mesmo local, o croata Marin Cilic encara o italiano Fabio Fognini, no que deve ser um jogo mais equilibrado.

Na quadra Suzanne-Lenglen, confronto de estilos entre a eficiência e velocidade do argentino Diego Schwartzman e o potente saque do sul-africano Kevin Anderson, enquanto Juan Martin Del Potro terá pela frente o norte-americano John Isner.

Foto: Pauline Ballet/FFT

Vice em 2017, Wawrinka é eliminado na estreia em Paris. Nadal tem jogo interrompido

Em dia de chuva em Paris, algumas surpresas passearam nesta segunda-feira na chave masculina de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada.

Novak Djokovic fez sets equilibrados, precisou virar parciais, mas superou o brasileiro Rogério Dutra Silva, em sets diretos, com parciais de 6/3 6/4 e 6/4.

Stan Wawrinka, que foi vice-campeão no ano passado, não teve o mesmo desempenho, fez um jogo longo, mas acabou superado pelo espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 3×2, enquanto o francês Richard Gasquet conseguiu uma vitória tranquila diante do italiano Andreas Seppi, perdendo apenas quatro games.

Dominic Thiem também não teve grandes dificuldades pra passar pelo bielorrusso Ilya Ivashka por 3×0. Nos confronto norte-americano, melhor pra Sam Querrey sobre Francis Tiafoe, em sets diretos.

Rafael Nadal venceu os dois primeiros sets contra Simone Bolleli, perdia o 3º por 3/0 e teve seu jogo interrompido pela chuva.

A partida do espanhol será concluída nesta terça-feira, assim como a partida do croata Marin Cilic contra o australiano James Duckworth, que abrem a programação da quadra Philppe-Chatrier.

No mesmo local, Tomas Berdych faz sua primeira partida do torneio, mas não deve ter vida fácil contra o francês Jeremy Chardy.

Na Suzanne-Lenglen, destaque pra partida entre o jovem canadense Denis Shapovalov contra o australiano John Millman, e pro jogo entre o argentino Juan Martin Del Potro e o francês Nicolas Mahut.

Nadal e Zverev estreiam nesta 4ª feira em Roma. Djokovic também joga e Del Potro encara Tsitsipas

Rafael Nadal fará, nesta quarta-feira, sua estreia no Masters 1000 de Roma, na Itália, que é disputado no saibro e último torneio desse nível antes de Roland Garros.

O espanhol, agora nº 2 do mundo, terá pela frente o bósnio Damir Dzumhur, nº 31 do mundo, que vem de vitória sobre o espanhol Fernando Verdasco na estreia.

Os dois já se enfrentaram duas vezes, com uma vitória pra cada lado, mas esse será o primeiro confronto entre eles no saibro.

Embalado pelo título do Masters 1000 de Madri, o alemão Alexander Zverev também joga nesta quarta em Roma, enfrentando o jogador da casa Matteo Berretini, nº 103 da ATP, em confronto que será inédito.

Depois de passar bem por Dolgopolov na estreia, Novak Djokovic volta a jogar, buscando vaga nas oitavas de final e, pra isso, vai ter que passar pelo georgiano Nikoloz Basilashvili.

Vale destacar também a partida de Dominic Thiem contra o italiano Fabio Fognini, além do jogo entre Juan Martin Del Potro e o grego Stefanos Tsitsipas.

Djokovic passa por Nishikori na estreia do Masters 1000 de Madri. Del Potro e Dimitrov na 3ª

Novak Djokovic estreou bem na chave do Masters 1000 de Madri, na Espanha, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, o sérvio bateu o japonês Kei Nishikori, em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/4, no jogo mais aguardado do dia.

Agora, o ex-nº 1 do mundo terá pela frente o britânico Kyle Edmund ou o russo Daniil Medvedev, que se enfrentam nesta terça-feira.

Também  nesta terça será a estreia do argentino Juan Martin Del Potro, que enfrenta o bósnio Damir Dzumhur, enquanto o canadense Milos Raonic faz um aguardado jogo contra Grigor Dimitrov.

Vale ficar de olho também na partida entre o jovem Denis Shapovalov e o francês Benoit Paire, além do jogo entre o uruguaio Pablo Cuevas e o norte-americano Jack Sock.

Isner encerra longa invencibilidade de Del Potro e encara Zverev na decisão em Miami

Está marcada para o domingo a grande final do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Nesta sexta-feira, depois de 15 vitórias seguidas, incluindo dois títulos, entre eles o Masters 1000 de Indian Wells, o argentino Juan Martin Del Potro foi superado pelo norte-americano John Isner, em sets diretos, com parciais de 6/1 e 7/6(2).

Com a vitória, o jogador da casa vai em busca do seu primeiro título de Masters 1000, depois de ficar com o vice em três oportunidades.

Seu adversário na decisão saiu no jogo da noite e quem levou a melhor foi o alemão Alexander Zverev. O atual nº 5 do mundo também precisou de apenas dois sets pra passar pelo espanhol Pablo Carreno Busta, com parciais de 7/6(4) e 6/2.

Será o quatro confronto entre eles e, por enquanto, Zverev levou a melhor em todos os outros, incluindo uma partida no próprio torneio de Miami, no ano passado, válido pela 3ª rodada.

Carreno Busta bate Anderson pela 1ª vez e encara Zverev na semi em Miami. Del Potro e Isner se enfrentam

Está definido o primeiro semifinalista do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Na tarde desta quinta-feira, o espanhol Pablo Carreno Busta conseguiu uma bela virada sobre  o sul-africano Kevin Anderson, garantindo sua vaga depois de fechar o jogo com parciais de 6/4 7/5 e 7/6(6).

Esse é o melhor resultado do espanhol no torneio, já que até neste ano sua melhor campanha em Miami havia sido a segunda rodada, no ano passado.

Além disso, Carreno Busta conseguiu sua primeira vitória sobre Anderson, exatamente no 6º confronto entre eles.

No outro jogo do dia, em confronto da nova geração, melhor para o alemão Alexander Zverev, que passou pelo croata Borna Coric, em sets diretos, com um duplo 6/4.

Além de Zverev e Carreno Busta, que vão se enfrentar pela primeira vez na carreira, a outra semifinal também será disputada nesta sexta-feira.

Com nove confrontos diretos, o argentino Juan Martin Del Potro e o norte-americano John Isner entram em quadra por vaga na final. Vale lembrar que Del Potro vem muito embalado, com os títulos seguidos do ATP 50 de Acapulco e do Masters 1000 de Indian Wells.

Del Potro vira sobre Raonic, vence a 15ª seguida e encara Isner na semi em Miami

Juan Martin Del Potro segue o embalo e agora conseguiu sua 15ª vitória seguida, ao chegar às semifinal do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Nesta quarta-feira, o atual nº 6 do mundo precisou virar a partida diante do canadense Milos Raonic, fechando o jogo com parciais de 5/7 7/6(1) e 7/6(3).

Embalado pelos títulos consecutivos em Acapulco e Indian Wells, o argentino terá pela frente na semi o norte-americano John Isner, que se impôs diante do jovem sul-coreano Hyeon Chung, vencendo por 6/1 e 6/4.

Nesta quinta-feira, serão disputados dois jogos das quartas, com o espanhol Pablo Carreno Busta encarando o sul-africano Kevin Anderson.

Mais tarde, confronto da nova geração entre o alemão Alexander Zverev e o croata Borna Coric, que vem de uma boa campanha em Indian Wells, quando esteve perto de vencer Roger Federer na semifinal.

Federer perde na estreia em Miami e será ultrapassado no ranking por Nadal. Del Potro x Nishikori no sábado

Definitivamente, não foi a estreia que Roger Federer esperava. O suíço está eliminado do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, que é disputado no piso duro.

Neste sábado, em partida válida pela segunda rodada do torneio, Federer até começou bem, mas levou a virada do australiano Thanasi Kokkinakis, que venceu por 3/6 6/3 e 7/6(4).

Com o resultado, o espanhol Rafael Nadal vai aparecer novamente como nº 1 do mundo na próxima atualização do ranking, ultrapassando o suíço.

Quem estreou bem foi o tcheco Tomas Berdych, que superou o japonês Yoshihito Nishioka em dois sets rápidos, assim como o canadense Denis Shapovalov, que eliminou o bósnio Damir Dzumhur.

Destaque também para a vitória de Nick Kyrgios sobre Dusan Lajovic, além do triunfo do sul-africano Kevin Anderson sobre o georgiano Nikola Basilashvili, ambas em sets diretos.

A terceira rodada começa neste domingo, com destaque para a partida entre o argentino Juan Martin Del Potro, embalado pelo título em Indian Wells, e o japonês Kei Nishikori.

Outra partida que deve ser interessante será o confronto de estilos entre o canadense Milos Raonic e o argentino Diego Schwartzman.