Bellucci é superado por português na semi do Challenger de Tunis. Sakamoto joga por final no México

Foi encerrada neste sábado a boa campanha de Thomaz Bellucci no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Na semifinal, o brasileiro teve muitos break points, não aproveitou a maioria e foi superado em sets diretos pelo português João Domingues, com um duplo 6/4.

Agora, Bellucci segue para a disputa do Challenger de Francavilla, na Itália, também disputado no saibro, na próxima semana.

Com a campanha em Tunis, Bellucci deve ganhar aproximadamente 10 posições no ranking da ATP, ficando próximo do 210º posto.

No Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, o brasileiro Pedro Sakamoto, depois de eliminar o cabeça de chave nº 1, conseguiu mais uma boa vitória e chegou à semifinal.

Nesta sexta-feira, ele bateu de virada o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera, com parciais de 2/6 6/1 e 6/4. Por vaga na final, Sakamoto enfrenta neste sábado o suíço Marc-Andrea Huesler, nº 351 do mundo, em confronto que será inédito.

Bellucci vence de virada na estreia em Challenger tunisiano. Menezes e Sakamoto triunfam no México

Thomaz Belucci conseguiu uma boa vitória na sua estreia no Challenger de Tunis, na Tunísia, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, o brasileiro superou de virada o alemão Daniel Masur, com parciais de 2/6 6/2 e 7/5, garantindo sua vaga na segunda rodada do torneio.

Agora, seu adversário por uma vaga nas oitavas de final será o francês Quentin Halys, nº 156 do mundo e cabeça de chave nº 7 do torneio, que saiu de bye na primeira rodada.

Pelo Challenger de San Luis Potosi, no México, também disputado no saibro, João Menezes passou pela estreia diante do argentino Matias Franco Descotte, com parciais de 6/7(7) 6/4 e 6/3, assim como Pedro Sakamoto, que bateu o eslovaco Alex Molcan por 6/4 e 6/2.

Sakamoto fura o quali e Delbonis estreia nesta 2ª feira no Brasil Open, em busca do bicampeonato

Nesta segunda-feira, o argentino Federico Delbonis inicia a busca pelo bicampeonato do Torneio Aberto do Brasil – ATP 250 – Brasil Open 2019, realizado no Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães – Ginásio do Ibirapuera. Os jogos têm transmissão ao vivo dos canais BandSports e Fox Sports. Os ingressos estão à venda a partir de R$ 25 (R$ 12,50 meia-entrada) no site www.ingressorapido.com.br/event/12279/d/53971e também na bilheteria. 

Campeão da competição em 2014, Delbonis estreia contra o italiano Lorenzo Sonego, no último jogo da quadra central, marcado para não antes das 19h30. O duelo será transmitido pelo Fox Sports. Os dois se enfrentaram apenas uma vez, em Genova, na Itália, em 2018, e Sonego levou a melhor. 

“Vai ser uma partida muito difícil. Já jogamos uma vez, é um jovem que vem crescendo. Estou me sentindo bem, joguei bem na semana anterior, estou descansado e preparado para amanhã”, analisou Delbonis. 

“Minha expectativa é ir de partida a partida, não gosto de olhar toda a chave, gosto de focar na próxima partida, que é amanhã. Quero fazer meu melhor”, concluiu o argentino.

O chileno Christian Garin abre a programação da quadra central, às 12h30. O sul-americano enfrenta o português Pedro Sousa, contra quem venceu todas as quatro partidas disputadas.

“Vou entrar com muita vontade, estou jogando bem. Estou me acostumando bem com as condições, tive três dias de bons treinamentos. Pedro é um jogador de bom nível, agressivo e gosta das condições daqui, mas já me sinto bem para começar amanhã”, disse Garin.

Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação

Sakamoto encerra sua boa campanha no México com a semi e garante vaga no Challenger do Panamá

Neste sábado, Pedro Sakamoto encerrou sua boa campanha no Challenger de San Luis Potosi, no México, que é disputado no saibro.

O brasileiro, que conquistou seu melhor resultado na carreira em um torneio deste nível, foi superado pelo dominicano Roberto Cid Subervi, em sets diretos, com um duplo 6/3.

Sakamoto, que passou pelo qualifying, deve ganhar aproximadamente 50 posições no ranking da ATP, ocupando um lugar no top 400 pela primeira vez na carreira.

Além da boa campanha, o brasileiro garantiu também uma vaga na chave principal do Challenger da Cidade do Panamá, no Panamá, como Special Exempt.

Sakamoto bate britânico, vai à semi em San Luis Potosi e garante grande subida no ranking

Pedro Sakamoto conseguiu mais uma grande vitória e garantiu vaga na semifinal do Challenger de San Luis Potosi, no México, que é disputado no saibro.

Nesta sexta-feira, o brasileiro, que furou o qualifying, bateu o britânico Jay Clarke, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/6(4), garantindo sua vaga na semi, que será disputada neste sábado.

Agora, Sakamoto terá pela frente o dominicano Roberto Cid Subervi, nº 421 do mundo, que também passou pelo quali. Será o primeiro jogo entre eles.

Com o resultado, ele vai ganhando 50 posições no ranking da ATP, indo ao 391º posto, garantindo sua melhor marca na carreira.

Sakamoto vence mais uma e vai às 4ªs de Challenger mexicano. Bellucci perde pra colombiano

Tem brasileiro nas quartas de final do Challenger de San Luis Potosi, no México, que é disputado no saibro.

Nesta quinta-feira, Pedro Sakamoto, que passou pelo qualifying, superou o sérvio Pedja Krstin, de virada, com parciais de 4/6 6/3 e 7/5.

Essa é a segunda vez que o brasileiro chega às quartas de final de um Challenger. Atual nº 441 do mundo, ele vai ganhando, por enquanto, 15 posições no ranking da ATP, indo ao 426º posto.

Nas quartas, Sakamoto terá pela frente o britânico Jay Clarke, nº 265 do mundo, que venceu o único confronto entre eles até o momento, no Future de Antalya, no ano passado.

Quem também entrou em quadra nesta quinta foi Thomaz Bellucci, que foi superado pelo colombiano Daniel Galan, em sets diretos, com um duplo 6/3.

Bellucci e Sakamoto estreiam com vitória em Challenger mexicano. Feijão leva virada

Thomaz Bellucci começou bem a disputa do Challenger de San Luis do Potosi (premiação de U$ 50 mil – saibro) , no México, que é disputado no saibro. Na noite de terça-feira. Ele derrotou o argentino Andrea Collarini, 238o, por 6/3 6/4 e enfrenta, na próxima rodada, na quinta, em busca de vaga nas quartas-de-final, o colombiano Daniel Galan, que ganhou do brasileiro João Souza, o Feijão, por 6/7(2) 7/6(4) e 7/5.

“O importante foi ter ganhado. Não fiz uma grande partida, mas consegui me manter focado durante o jogo. Nessas condições aqui, com  um pouco de altura é normal, na primeira rodada cometer um pouco mais de erro, mas acho que no próximo jogo vamos conseguir ajustar,” relatou Bellucci, que espera partida dura contra o colombiano 286o. colocado no ranking mundial. “O Galan ganhou do Feijão – João Souza – e já está mais acostumado a todas as condições daqui. Vai ser um jogo mais difícil do que o primeiro.”

Para Bellucci, atual 135o na ATP, o mais importante na disputa dos torneios Challenger que integram o seu calendário nas próximas semanas – disputa também o qualifying do ATP de Houston – é “Ganhar ritmo de jogo, confiança com as vitórias, independente de estar jogando tão bem, para colher os resultados no futuro. Não adianta muito em termos de ranking ganhar uma ou duas rodadas. É importante fazer o máximo de jogos possível e chegar o mais longe que der nesses torneios.”

Quem também passou pela estreia foi Pedro Sakamoto, que já havia furado o qualifying. O brasileiro superou, também nesta terça, o argentino Federico Coria, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/4.

Nas oitavas, Sakamoto terá pela frente o sérvio Peda Krstin, nº 208 do mundo, em confronto que será inédito.

Clezar vira sobre português e Sakamoto bate experiente Gonzalez no Challenger do Rio

Dois brasileiros conseguiram boas vitórias, nesta terça-feira, na primeira rodada do Challenger do Rio de Janeiro, que é disputado no saibro do Rio de Janeiro Country Club.

O primeiro representante nacional a garantir vaga nas oitavas de final foi Pedro Sakamoto, que obteve uma boa vitória sobre o experiente argentino Maximo Gonzalez, em sets diretos, com um duplo 6/3.

Nas oitavas, Sakamoto terá pela frente mais um argentino e bem experiente, Carlos Berlocq, que vem de vitória sobre o colombiano Daniel Galan Riveros por duplo 6/4.

Os dois já se enfrentaram uma vez, no Challenger de Campinas, no ano passado, com vitória de Berlocq.

O outro brasileiro vencedor do dia foi Guilherme Clezar, que virou sobre o português Gonçalo Oliveira, triunfando por 3/6 6/3 e 6/3.

Seu próximo adversário será o sueco Christian Lindell, que passou pelo espanhol por Javier Marti. Clezar e Lindell já se enfrentaram cinco vezes, com quatro vitórias do brasileiro.

Foto: Marcello Zambrana

Ghem enfrenta sérvio em Challenger na Bósnia. Sakamoto e Sorgi jogam nos EUA

Sem ATP’s e com Copa Davis a partir da sexta-feira, alguns brasileiros estarão em ação em Challengers pelo mundo, na próxima semana.

Em Banja Luka, na Bósnia e Hezergovina, Challenger que é disputado no saibro, André Ghem terá pela frente o sérvio Nikola Milojevic, que o venceu o no único confronto entre os dois até o momento, no piso duro de Noumea, neste ano.

No Challenger de Cary, nos Estados Unidos, também disputado no piso duro, Pedro Sakamoto joga contra o local Noah Rubin, em confronto que será inédito.

João Pedro Sorgi também está na chave do torneio norte-americano, mas ainda aguarda a definição do qualifying para conhecer seu primeiro adversário.

Sete brasileiros disputam a partir deste sábado o quali do ATP 250 de Quito

Fabiano de Paula 2 peqSete brasileiros entram em quadra neste sábado no qualifying do ATP 250 de Quito, no Equador, que é disputado no saibro e tem uma premiação de US$ 494,310.

Marcelo Demoliner terá pela frente o jovem chileno Christian Garín, campeão juvenil de Roland Garros em 2013, enquanto o gaúcho Guilherme Clezar joga contra o japonês Ryusei Makiguchi.

Duelo de brasileiros entre Thiago Monteiro e André Ghem, cabeça de chave nº 5. Fabiano de Paula, por sua vez, encara o peruano Mauricio Echazu, e Pedro Bernardi joga contra o sueco Johan Brunstrom, enquanto Pedro Sakamoto terá como adversário o local Nicolas Jarry.

Para conferir a chave do quali completa, clique aqui.