Bellucci estreia nesta 3ª feira no Challenger de Prostejov. Clezar joga no Cazaquistão

Thomaz Bellucci estreia nesta terça-feira no Challenger de Prostejov, na República Tcheca, que é disputado no saibro.

O brasileiro, que vem da primeira rodada de Roland Garros, depois de ter furado o qualifying com três vitórias, terá pela frente o uruguaio Martin Cuevas, nº 302 do mundo.

Os dois já se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias de Bellucci, ambas pela Copa Davis, em 2010 e 2011.

No Challenger de Shymkent, no Cazaquistão, também disputado no saibro, Guilherme Clezar fará sua estreia na madrugada de segunda para terça, horário de Brasília, diante do chinês Tung-lin Wu, nº 471 da ATP, em confronto que será inédito.

Bellucci estreia com vitória no quali de Roland Garros. Monteiro e Clezar perdem

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci estreou com vitória, nesta segunda-feira, no qualifying de Roland Garros. Ele derrotou o alemão Matthias Bachinger, 154o. colocado no ranking mundial, por 6/3 6/4, em 1h12min de jogo e enfrenta na próxima fase o espanhol Daniel Gimeno Traver (214o).

“Foi um jogo um pouco mais tenso do que o normal. Primeira rodada é um pouco mais nervosa. Consegui administrar bem isso. O cara tinha um jogo agressivo, sacava bem e jogava reto. A gente já sabia disso antes do jogo, então tentei jogar sólido, comentedo poucos erros. O mais importante foi sair com a vitória e aumentar a minha confiança,” analisou o brasileiro.

Para a próxima rodada, Bellucci espera um jogo diferente. “Ele é um cara experiente (já foi o 48o do ranking), joga com bastante efeito e vai ser um jogo mais longo, de mais trocas de bola. Estou preparado para uma partida diferente e com outro ritmo.”

Apesar de Roland Garros ser um torneio importante e onde Bellucci, atual 269o no ranking mundial, já alcançou as oitavas-de-final, o tenista está encarando partida a partida. “Roland Garros é sim muito importante e um torneio especial para mim, mas tenho que olhar jogo a jogo.”

Os outros dois brasileiros que entraram em quadra nesta segunda-feira foram eliminados ainda na estreia do quali.

Primeiro, Thiago Monteiro, que foi superado pelo norueguês Casper Ruud por duplo 6/3. Depois, Guilherme Clezar chegou a ter 2 match points contra o norte-americano Denis Kudla, mas perdeu com parciais de 6/3 6/7(1) e 7/5.

Bellucci, Monteiro e Clezar estreiam nesta 2ª feira no quali de Roland Garros

Quatro brasileiros conseguiram vaga na chave do qualifying de Roland Garros, na França, disputado no saibro e segundo Grand Slam da temporada.

Já nesta segunda-feira, Thomaz Bellucci tenta sair da fase ruim ao enfrentar o alemão Matthias Bachinger, nº 158 do mundo, em confronto que será inédito.

Thiago Monteiro deve ter um jogo difícil, também nesta segunda, diante do norueguês Casper Ruud, que venceu o único confronto entre eles até o momento, na primeira rodada do Rio Open do ano passado.

Guilherme Clezar também entra em quadra nesta segunda e seu primeiro adversário será o norte-americano Denis Kudla, em outro confronto que acontecerá pela primeira vez.

Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, ainda não tem data pra jogar, mas já se sabe que na primeira rodada enfrentará o chileno Christian Garin.

Bellucci e Clezar são superados nas quartas do Challenger de Savannah

O brasileiro Thomaz Bellucci foi superado nesta sexta-feira, nas quartas-de-final do Challenger de Savannah, nos Estados Unidos, com premiação de U$ 75 mil e disputado no saibro verde.

Ele perdeu para o americano Christan Harison, 244º colocado no ranking mundial, por 2 sets a 0, parciais de 7/5 6/4, em 1h50min de jogo.

O tenista, 217o na ATP, encerra a gira de torneios nos Estados Unidos e em 10 dias inicia uma outra série de torneios na Europa.

Quem também foi superado nas quartas do torneio norte-americano, de virada, foi Guilherme Clezar, que perdeu para o boliviano Hugo Dellien por 5/7 6/4 e 7/6(6).

Bellucci e Clezar viram e chegam às quartas de final do Challenger de Savannah

Dois brasileiros estão garantidos nas quartas de final do Challenger de Savannah, nos Estados Unidos, que é disputado no saibro.

Nesta quarta-feira, o primeiro a garantir sua vaga foi Guilherme Clezar, que levou um pneu no primeiro set, mas se manteve na partida e conseguiu uma boa virada sobre  o espanhol Enrique Lopez-Perez, com parciais de 0/6 7/6(4) e 6/4.

Por vaga na semifinal Clezar terá pela frente o boliviano Hugo Dellien, nº 158 do mundo, que venceu o único confronto entre os dois até o momento.

Depois, Thomaz Bellucci foi outro que entrou em quadra e que foi buscar uma boa virada diante do britânico Jay Clarke, com parciais de 6/7(3) 6/3 e 6/3.

Nas quartas de final, seu adversário será o norte-americano Christian Harrison ou o italiano Andrea Arnaboldi.

Bellucci e Clezar vencem bem na estreia em Savannah. Sorgi e Sell jogam na 3ª feira

Dois brasileiros começaram com vitória a campanha no Challenger de Savannah, nos Estados Unidos, que é disputado no saibro verde.

Nesta segunda-feira,Thomaz Bellucci derrotou o cabeça-de-chave 2 da competição com premiação de U$ 75 mil, o canadense Peter Polansky, 124o colocado do ranking mundial por 2 sets a 0, parciais de 6/3 6/1.

“Foi um jogo muito bom. O Peter é um cara que pode jogar super bem. O saibro não é a melhor quadra dele, mas ele não deixa de ser um jogador super perigoso. Eu tinha que tomar o cuidado de me manter firme no jogo e não dar espaço pra ele. Nos momentos de mais dificuldade, saí bem do buraco com bons saques. Pressionei ele sempre com a devolução e com a primeira direita. Esse jogo foi melhor do que o último da semana passada. Consegui jogar mais agressivo e mais sólido e com mais profundidade. Foi um dia bem positivo,” analisou o brasileiro.

O próximo adversário de Bellucci, 217o na ATP, sairá do confronto entre o britânico Jay Clarke, 227o e o brasileiro que veio do qualifying, João Pedro Sorgi, 373º, que se enfrentam nesta terça.

Guilherme Clezar também estreou com vitória tranquila, batendo o alemão Dominik Koepfer, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 6/3. Nas oitavas, ele terá pela frente o vencedor da partida entre o suíço Henri Laaksonen e o espanhol Enrique Lopez Perez.

Também nesta terça, Karue Sell, outro brasileiro que passou pelo qualifying, entra em quadra pra fazer sua estreia na chave principal diante do norte-americano Evan King, em confronto que será inédito.

Bellucci passa por jovem sérvio e está nas quartas do Challenger de Tallahassee

O brasileiro Thomaz Bellucci está nas quartas-de-final do Challenger de Tallahassee, nos Estados Unidos, com premiação de U$ 75 mil. Ele derrotou, nesta quarta-feira, o sérvio de 18 anos, Miomir Kekmanovic, 176o, por 6/3 6/2.

O próximo adversário, em jogo que vale vaga na semifinal, é o boliviano Hugo Dellien, 172o. da ATP, em confronto que será inédito.

“Foi um bom jogo hoje. Comecei um pouco devagar, ele teve break no começo, mas depois que entrei no jogo, joguei super bem. Saquei bem, me mantive dentro da quadra o tempo todo, devolvi bem saque e fiz uma boa partida,” analisou Bellucci, 222o.

“Agora com dois jogos já feito vou me sentindo com mais ritmo no torneio e vou ganhando confiança com as vitórias. Espero manter esse ritmo para o jogo contra o Dellien.”

Também nesta quarta, Guilherme Clezar entrou em quadra pelas oitavas de final, mas foi superado pelo chileno Christian Garin, em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

Bellucci estreia com vitória no Challenger de Tallahassee, nos EUA. Clezar e Sorgi jogam na 3ª

Thomaz Bellucci estreou com vitória nesta segunda-feira, no Challenger de Tallahassee, na Flórida, com premiação de U$ 75 mil. Ele derrotou o americano, convidado da organização, Danny Thomas (725o), por 6/1 6/2, em 1h07min de jogo.

“Eu não conhecia o meu adversário. Ele é um jogador jovem, que está começando a jogar os torneios profissionais e deve ter entrado um pouco nervoso, errando bastante. Eu, por outro lado, joguei firme e sólido e acabou sendo um jogo tranquilo,” analisou Bellucci.

Na próxima rodada, nas oitavas-de-final, Bellucci, 222o. do ranking mundial, enfrenta o vencedor da partida entre o jovem sérvio Miomir Kekmanovic (201o.) e o tunisiano Aziz Dougas (675o). “Dos dois jogadores eu conheço mais o Kekmanovic. Ele treina com a gente lá em Bradenton e tem muito potencial pela frente.”

Nesta terça-feira, mais dois brasileiros entram em quadra pela primeira rodada. João Pedro Sorgi, que perdeu no quali para o argentino Federico Coria, entrou na chave como lucky-loser e terá pela frente o canadense Peter Polansky, cabeça de chave nº 2, em confronto que será inédito.

Guilherme Clezar também entra em quadra, diante do italiano Andrea Arnaboldi. Os dois já se enfrentaram duas vezes, ambas no saibro, com duas vitórias do brasileiro.

Bellucci começa bem, mas leva virada de argentino em Sarasota. Clezar joga 8ªs na 5ª feira

Thomaz Bellucci foi eliminado nas oitavas de final do Challenger de Sarasota, nos Estados Unidos, que é disputado no saibro.

Nesta quarta-feira, o brasileiro começou bem, mas levou a virada do argentino Facundo Bagnis, com parciais de 3/6 6/4 e 7/5, depois de mais de 2h30min de jogo.

Com o resultado, Bellucci perde uma boa chance de subir no ranking, depois da queda de 80 posições nesta semana. Por enquanto, ele recuperaria 3 postos, indo ao 221º lugar.

Na quinta-feira, será a vez de Guilherme Clezar buscar uma vaga nas quartas de final do torneio norte-americano.

O brasileiro terá pela frente o norte-americano Evan King, nº 192 do mundo, em confronto que será inédito.

Clezar vira sobre cabeça 1 nos EUA e Feijão perde no México. Bellucci joga na 4ª feira

Guilherme Clezar conseguiu uma boa vitória na estreia do Challenger de Sarasota, nos Estados Unidos, que é disputado no saibro verde.

Nesta terça-feira, o brasileiro não começou bem, mas conseguiu a virada e eliminou o cabeça de chave nº 1 do torneio, o japonês Taro Daniel, com parciais de 3/6 6/2 e 6/4.

Agora, nas oitavas, Clezar terá pela frente o local Evan King, nº 192 do mundo, em confronto que será inédito.

Pelo mesmo torneio, Thomaz Bellucci busca nesta quarta-feira uma vaga nas quartas de final e terá como adversário o argentino Facundo Bagnis. Os dois já se enfrentaram uma vez, no quali do ATP de Viña Del Mar, em 2014, com vitória de Bellucci.

Já no Challenger de Guadalajara, no México, disputado no piso duro, João Souza, o Feijão, também jogou três sets, mas perdeu de virada na primeira rodada para o equatoriano Gonzalo Escobar por 2/6 6/3 e 7/5.

Vale lembrar que o brasileiro venceu três jogos no qualifying antes de ser eliminado nesta terça.