Clezar estreia com vitória no Challenger de Cordenons. Daniel Dutra fura o quali e joga na 3ª

Nesta segunda-feira, Guilherme Clezar conseguiu uma boa vitória na estreia do Challenger de Cordenos, na Itália, que é disputado no saibro.

O brasileiro superou em sets diretos o jovem italiano Riccardo Belzerani, com parciais de 6/2 e 7/5. Nas oitavas de final, o adversário de Clezar será o vencedor da partida entre o argentino Pedro Cachin e o italiano Jacobo Berrettini.

Quem estreia na chave principal nesta terça, depois de furar o qualifying, é Daniel Dutra da Silva, enfrentando o convidado local Francesco Forti.

Foto: Ricardo Moreira/DGW Comunicação

Clezar e Monteiro perdem no quali e Brasil não terá representantes nas chaves de simples de Wimbledon

Os dois brasileiros na chave acabaram se despedindo já no primeiro dia do qualifying de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama.

Primeiro a entrar em quadra, Guilherme Clezar não ofereceu muita resistência ao italiano Thomaz Fabbiano e foi superado facilmente, com parciais de 6/2 e 6/3.

Depois, Thiago Monteiro fez um jogo mais equilibrado contra o francês Gregoire Barrere, levou ao terceiro, mas acabou perdendo por 6/4 2/6 e 6/3.

Com isso, o Brasil não terá representantes nas chaves de simples de Wimbledon, tanto na masculina, quanto na feminina.

Foto: Ricardo Moreira/DGW Comunicação

Monteiro e Clezar estreiam nesta segunda-feira no quali de Wimbledon

Os dois brasileiros na chave estreiam nesta segunda-feira no qualifying de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama.

Thiago Monteiro terá pela frente o francês Gregoire Barrere, nº 192 do mundo. Os dois já se enfrentaram uma vez, no saibro do Challenger de Lyon, em 2016, com vitória do brasileiro.

Vale lembrar que Monteiro só disputou a chave principal de Wimbledon uma vez, justamente no ano passado, quando perdeu o australiano Andrew Whittington e parou na segunda rodada, diante do russo Karen Khachanov.

O outro atleta nacional que vai buscar uma vaga na chave principal é Guilherme Clezar, que enfrenta o italiano Thomaz Fabbiano, nº 117 da ATP, em confronto que será inédito.

Clezar disputou o quali de Wimbledon em três oportunidades, 2013, 2015 e 2016, vencendo apenas um set no total de suas participações.

Monteiro e Clezar vencem na estreia de Challenger italiano. Rogerinho perde

Dois brasileiros estrearam com vitória no Challenger de L’Aquila, na Itália, que é disputado no saibro.

Nesta terça-feira, o primeiro a entrar em quadra e vencer foi Thiago Monteiro, que superou o argentino Hernan Casanova, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2.  Nas oitavas de final, já nesta quarta, seu adversário será o espanhol Bernabe Zapata Miralles, em confronto que será inédito.

Quem também venceu bem na primeira rodada foi Guilherme Clezar, que passou pelo local Ricardo Bonadio, também em dois sets, com parciais de 6/4 e 7/5.

Nas oitavas, Clezar enfrenta o uruguaio Martin Cuevas, contra quem fez quatro jogos, vencendo três deles.

No mesmo torneio, mas na segunda-feira, Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, perdeu na estreia para o espanhol Pedro Martinez Portero, com parciais de 5/7 7/6(3) e 6/4.

Clezar vence mais uma e vai às quartas do Challenger de Almaty, no Cazaquistão

Guilherme Clezar já conseguiu sua segunda vitória no Challenger de Almaty, no Cazaquistão, que é disputado no saibro.

Na madrugada desta quarta-feira, horário de Brasília, o brasileiro precisou de três sets pra bater o sérvio Nikola Milojevic, com parciais de 6/2 3/6 e 6/1.

Nas quartas de final, Clezar terá pela frente o alemão Yannick Hanfmann, nº 114 do mundo, em confronto que será inédito.

No Challenger de Caltanissetta, na Itália, também disputado no saibro, Thiago Monteiro foi superado na primeira rodada pelo local Salvatores Caruso, com parciais de 7/6(6) e 6/2.

Bellucci estreia com vitória no Challenger de Prostejov. Clezar perde no Cazaquistão

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci estreou com vitória no Challenger de Prostejov, na República Checa. Ele derrotou o uruguaio Martin Cuevas, 302o, por 6/4 6/3 e volta a jogar nesta quarta, contra o espanhol Guillermo Garcia Lopez, cabeça de chave 1 da competição e 67o colocado no ranking mundial.

Originalmente programado para jogar o Challenger de Poznan, na Polônica, o brasileiro recebeu um convite de última hora para integrar a chave principal em Prostejov, com mais pontos(125 ao campeão) e premiação (127 mil euros) em jogo e mudou o destino.

“Íamos para Poznan mas surgiu esse convite para jogar aqui, que é um torneio maior e com mais pontos e decidimos vir para cá,” explicou Bellucci, 278o. “O jogo contra o Cuevas foi bom. Ele tem golpes pesados e de fundo e estava embalado do qualifying. Mas, me mantive sólido e aproveitei as oportunidades. Agora vou ter um jogo bem duro contra o Garcia Lopez que é mais experiente, comete poucos erros e vem jogando bem.”

No Challenger de Shymkent, no Cazaquistão, também disputado no saibro, Guilherme Clezar foi superado na primeira rodada pelo chinês Tung-lin Wu, com parciais de 7/5 e 6/4.

Bellucci estreia nesta 3ª feira no Challenger de Prostejov. Clezar joga no Cazaquistão

Thomaz Bellucci estreia nesta terça-feira no Challenger de Prostejov, na República Tcheca, que é disputado no saibro.

O brasileiro, que vem da primeira rodada de Roland Garros, depois de ter furado o qualifying com três vitórias, terá pela frente o uruguaio Martin Cuevas, nº 302 do mundo.

Os dois já se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias de Bellucci, ambas pela Copa Davis, em 2010 e 2011.

No Challenger de Shymkent, no Cazaquistão, também disputado no saibro, Guilherme Clezar fará sua estreia na madrugada de segunda para terça, horário de Brasília, diante do chinês Tung-lin Wu, nº 471 da ATP, em confronto que será inédito.

Bellucci estreia com vitória no quali de Roland Garros. Monteiro e Clezar perdem

O tenista brasileiro Thomaz Bellucci estreou com vitória, nesta segunda-feira, no qualifying de Roland Garros. Ele derrotou o alemão Matthias Bachinger, 154o. colocado no ranking mundial, por 6/3 6/4, em 1h12min de jogo e enfrenta na próxima fase o espanhol Daniel Gimeno Traver (214o).

“Foi um jogo um pouco mais tenso do que o normal. Primeira rodada é um pouco mais nervosa. Consegui administrar bem isso. O cara tinha um jogo agressivo, sacava bem e jogava reto. A gente já sabia disso antes do jogo, então tentei jogar sólido, comentedo poucos erros. O mais importante foi sair com a vitória e aumentar a minha confiança,” analisou o brasileiro.

Para a próxima rodada, Bellucci espera um jogo diferente. “Ele é um cara experiente (já foi o 48o do ranking), joga com bastante efeito e vai ser um jogo mais longo, de mais trocas de bola. Estou preparado para uma partida diferente e com outro ritmo.”

Apesar de Roland Garros ser um torneio importante e onde Bellucci, atual 269o no ranking mundial, já alcançou as oitavas-de-final, o tenista está encarando partida a partida. “Roland Garros é sim muito importante e um torneio especial para mim, mas tenho que olhar jogo a jogo.”

Os outros dois brasileiros que entraram em quadra nesta segunda-feira foram eliminados ainda na estreia do quali.

Primeiro, Thiago Monteiro, que foi superado pelo norueguês Casper Ruud por duplo 6/3. Depois, Guilherme Clezar chegou a ter 2 match points contra o norte-americano Denis Kudla, mas perdeu com parciais de 6/3 6/7(1) e 7/5.

Bellucci, Monteiro e Clezar estreiam nesta 2ª feira no quali de Roland Garros

Quatro brasileiros conseguiram vaga na chave do qualifying de Roland Garros, na França, disputado no saibro e segundo Grand Slam da temporada.

Já nesta segunda-feira, Thomaz Bellucci tenta sair da fase ruim ao enfrentar o alemão Matthias Bachinger, nº 158 do mundo, em confronto que será inédito.

Thiago Monteiro deve ter um jogo difícil, também nesta segunda, diante do norueguês Casper Ruud, que venceu o único confronto entre eles até o momento, na primeira rodada do Rio Open do ano passado.

Guilherme Clezar também entra em quadra nesta segunda e seu primeiro adversário será o norte-americano Denis Kudla, em outro confronto que acontecerá pela primeira vez.

Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, ainda não tem data pra jogar, mas já se sabe que na primeira rodada enfrentará o chileno Christian Garin.

Bellucci e Clezar são superados nas quartas do Challenger de Savannah

O brasileiro Thomaz Bellucci foi superado nesta sexta-feira, nas quartas-de-final do Challenger de Savannah, nos Estados Unidos, com premiação de U$ 75 mil e disputado no saibro verde.

Ele perdeu para o americano Christan Harison, 244º colocado no ranking mundial, por 2 sets a 0, parciais de 7/5 6/4, em 1h50min de jogo.

O tenista, 217o na ATP, encerra a gira de torneios nos Estados Unidos e em 10 dias inicia uma outra série de torneios na Europa.

Quem também foi superado nas quartas do torneio norte-americano, de virada, foi Guilherme Clezar, que perdeu para o boliviano Hugo Dellien por 5/7 6/4 e 7/6(6).