Retrospectiva 2014: Wawrinka vence o seu primeiro Slam na Austrália e Na Li conquista seu último título

Começando a nossa retrospectiva de 2014 na Tennis View, o primeiro torneio a ser relembrado, como não poderia ser diferente, é o primeiro Grand Slam da temporada, que teve como grandes destaques um campeão inédito, todo show sempre marcante do major da Oceania e uma certa chinesa que venceu um dos últimos grandes torneios da carreira.

Com certeza, Wawrinka, que ainda se chamava Stanislas, e não Stan, não chegou ao torneio com status de favorito. Era o nº 8, um dos principais cabeças de chave, mas não estava no mesmo patamar de Djokovic, Nadal e Federer

Devagar e sempre, foi avançando no torneio e teve sua grande atuação exatamente nas quartas, quando venceu Djokovic em 5 sets, com 9/7 na parcial decisiva, devolvendo a derrota não menos dramática na edição de 2013 do torneio.

Na final, em mais uma atuação muito firme, bateu Nadal e entrou pra História como mais um vencedor de Grand Slam. Merecido.

Wawrinka - AO peq

Na chave feminina, as principais favoritas foram ficando pelo caminho. Serena perdeu nas oitavas para Ivanovic

Serena - AO peq

 

Sharapova foi derrotada na mesma fase por Cibulkova.

Sharapova - AO peq

E assim, a chave foi abrindo para uma certa chinesa experiente, vencedora e carismática. Na Li não desperdiçou a chance contra Cibulkova na final e levou pra casa o seu segundo Slam, depois de Roland Garros em 2011.

Pouco tempo depois, o circuito foi surpreendido com o anúncio da retirada de Na Li, logo após Wimbledon. O título na Austrália foi, sem dúvida, uma bela última lembrança da chinesa.Na Li 2 peq

 

 

 

Wawrinka e Djokovic vencem de forma arrasadora na estreia do ATP Finals

Wawrinka peqDuas vitórias arrasadoras marcaram o segundo dia de jogos do ATP Finals, torneio que reúne na O2 Arena, em Londres, os oito melhores tenistas da temporada.

Na primeira partida do dia, o suíço Stanislas Wawrinka não deu chances ao tcheco Tomas Berdych, cedeu apenas dois games, e venceu com um duplo 6/1, começando muito bem sua participação na competição que encerra a temporada de grandes torneios da ATP.

“Eu não esperava ganhar tão facilmente”, confessou Wawrinka, completando: “Mas eu estava pronto para jogar bem. Quando eu me sinto bem em quadra, estou pronto para vencer todos”, afirmou.

Na outra partida do dia, mais uma vitória contundente. Dessa vez, foi o sérvio Novak Djokovic, que repetiu o placar da vitória de Wawrinka, 6/1 6/1, contra o croata Marin Cilic, que joga o torneio pela primeira vez na carreira.

Nesta terça-feira, Roger Federer vai em busca da sua segunda vitória no torneio. Depois de vencer o canadense Milos Raonic na estreia, o suíço encara o japonês Kei Nishikori, que bateu Andy Murray na primeira rodada.

O britânico, por sua vez, vai tentar a recuperação na partida contra Raonic.

ATP Finals começa na próxima semana com estreantes e liderança do ranking em jogo

Djokovic peqAntes da decisão da Copa Davis, o ATP Finals, na O2 Arena, vai fechar com chave de ouro o circuito e com muita coisa em jogo. Além do título de um dos torneios mais importantes do ano, a liderança do ranking também será disputada em Londres entre o sérvio Novak Djokovic e o suíço Roger Federer

Depois do Masters 1000 de Paris, que terminou com o tricampeonato de Djokovic neste domingo, os oito jogadores foram definidos, com algumas novidades. Entre elas, três estreantes e o primeiro asiático a participar do evento que reúne os melhores do ano.

Confira um breve histórico de cada tenista, lembrando que o espanhol Rafael Nadal, que seria o nº 3 no ranking da corrida para o Finals, estará ausente, já que se recupera de uma apendicite.

Novak Djokovic:
Ranking na corrida: 1
Participações no ATP Finals: 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013
Melhor resultado: campeão em 2008, 2012 e 2013
Nº de títulos na temporada: 6

Roger Federer:
Ranking na corrida: 2
Participações no ATP Finals: 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013.
Melhor resultado: campeão em 2003, 2004, 2006, 2007, 2010 e 2011.
Nº de títulos na temporada: 5

Stanislas Wawrinka:
Ranking na corrida: 4
Participações no ATP Finals: 2013
Melhor resultado: semifinalista em 2013
Nº de títulos na temporada: 3

Andy Murray:
Ranking na corrida: 5
Participações no ATP Finals: 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012
Melhor resultado: semifinalista em 2008, 2010 e 2012
Nº de títulos na temporada: 3

Kei Nishikori:
Ranking na corrida: 6
Participações no ATP Finals: primeira vez
Melhor resultado: –
Nº de títulos na temporada: 4

Marin Cilic:
Ranking na corrida: 7
Participações no ATP Finals: primeira vez
Melhor resultado: –
Nº de títulos na temporada: 4

Tomas Berdych:
Ranking na corrida: 8
Participações no ATP Finals: 2010, 2011, 2012 e 2013
Melhor resultado: semifinalista em 2011
Nº de títulos na temporada: 2

Milos Raonic:
Ranking na corrida: 9
Participações no ATP Finals: primeira vez
Melhor resultado: –
Nº de títulos na temporada: 1

Wimbledon: Jovem australiano Nick Kyrgios vence Rafael Nadal e está nas 4ªs. Federer e Wawrinka triunfam

Kyrgios peqForam definidas nesta terça-feira as quartas de final de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama de Londres, na Inglaterra.

A principal surpresa do dia ficou por conta da vitória da grande vitória do jovem Nick Kyrgios sobre o espanhol Rafael Nadal por 7/6(5) 5/7 7/6(5) e 6/3.

O garoto australiano não escondeu a grande felicidade com o triunfo diante do nº 1 do mundo:

“Estive inspirado e fiz um jogo fantástico. Tive alguns problemas na devolução no início, mas depois melhorei nesse aspecto. O meu saque funcionou muito bem”, afirmou Kyrgios.

Nas outras partidas do dia, os principais favoritos confirmação a sua condição. Roger Federer bateu o espanhol Tommy Robredo em três sets, com parciais de 6/1 6/4 e 6/4, enquanto Stanislas Wawrinka venceu o espanhol Feliciano Lopez por 7/6(5) 7/6(7) e 6/3.

Na outra partida do dia, o canadense Milos Raonic anotou 4/6 6/1 7/6(4) e 6/3 sobre o japonês Kei Nishikori para garantir sua vaga nas quartas.

Wimbledon/dia 2: Federer vence bem e segue em busca do 8º título. Nadal vira sobre Klizan

Federer peqMais um dia sem grandes surpresas na chave masculina de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, disputado na grama de Londres, na Inglaterra.

A terça-feira contou com a estreia do suíço Roger Federer, heptacampeão do torneio, que venceu tranquilamente o italiano Paolo Lorenzi, com parciais de 6/1 6/1 e 6/3.

Rafael Nadal enfrentou a frequente dificuldade recente quando joga na grama e cedeu um set ao eslovaco Martin Klizan, mas se recuperou e triunfou por 4/6 6/3 6/3 e 6/3.

Campeão do Australian Open no início do ano, o suíço Stanislas Wawrinka foi outro favorito que precisou de apenas três sets para garantir sua vaga na segunda rodada, ao bater o português João Sousa por 6/3 6/4 e 6/4, enquanto o australiano Lleyton Hewitt, campeão em 2002, anotou 6/2 6/7(14) 6/1 e 6/4 sobre o polonês Michal Przysiezny.

Confira todos os resultados desta terça-feira na chave masculina de Wimbledon:

Rafael Nadal (ESP) [2] 3×1 Martin Klizan (SVK) 4/6 6/3 6/3 6/3
Stan Wawrinka (SUI) [5] 3×0 Joao Sousa (POR) 6/3 6/4 6/3
Roger Federer (SUI) [4] 3×0 Paolo Lorenzi (ITA) 6/1 6/1 6/3
Milos Raonic (CAN) [8] 3×0 Matthew Ebden (AUS) 6/2 6/4 6/4
John Isner (EUA) [9] 3×0 Daniel Smethurst (GBR) 7/5 6/3 6/4
Kei Nishikori (JPN) [10] 3×0 Kenny De Schepper (FRA) 6/4 7/6 (7/5) 7/5
Richard Gasquet (FRA) [13] 3×2 James Duckworth (AUS) 6/7 (7/3) 6/3 3/6 6/0 6/1
Jo-Wilfried Tsonga (FRA) [14] 3×2 Jurgen Melzer (AUT) 6/1 3/6 3/6 6/2 6/4
Jerzy Janowicz (POL) [15] 3×2 Somdev Devvarman (IND) 4/6 6/3 6/3 3/6 6/3
Feliciano Lopez (ESP) [19] 3×0 Yuichi Sugita (JPN) 7/6 (8/6) 7/6 (8/6) 7/6 (9/7)
Philipp Kohlschreiber (ALE) [22] 3×0 Igor Sijsling (HOL) 6/4 6/4 6/2
Gael Monfils (FRA) [24] 3×0 Malek Jaziri (TUN) 7/6 (7/5) 7/5 6/4
Dusan Lajovic (SRB) 3×2 Guillermo Garcia-Lopez (ESP) [28] 7/6 (7/5) 6/2 3/6 3/6 6/3
Frank Dancevic (CAN) 3×0 Ivo Karlovic (CRO) [29] 6/4 7/6 (7/5) 7/6 (7/4)
Marcel Granollers (ESP) [30] 3×1 Nicolas Mahut (FRA) 6/4 7/6 (8/6) 6/7 (9/7) 6/4
Denis Istomin (UZB) 3×1 Dmitry Tursunov (RUS) [32] 7/5 6/4 3/6 6/2
Yen-Hsun Lu (TPE) 3×2 Aleksandr Nedovyesov (CAZ) 6/4 4/6 6/4 1/6 6/1
Santiago Giraldo (COL) 3×0 Daniel Gimeno-Traver (ESP) 6/1 7/5 6/0
Lleyton Hewitt (AUS) 3×1 Michal Przysiezny (POL) 6/2 6/7 (16/14) 6/1 6/4
Denis Kudla (EUA) 3×1 Marsel Ilhan (TUR) 7/6 (7/3) 6/4 4/6 7/5
Lukas Rosol (CZE) 3×1 Benoit Paire (FRA) 6/3 3/6 7/6 (7/5) 6/4
Adrian Mannarino (FRA) 3×0 Pere Riba (ESP) 6/2 6/3 6/4
Jarkko Nieminen (FIN) 3×0 Federico Delbonis (ARG) 6/3 7/6 (7/3) 7/5
Ante Pavic (CRO) 3×0 Alejandro Falla (COL) 6/4 6/3 7/5
Jiri Vesely (CZE) venceu Victor Estrella (DOM) 5/1 abandono
Jack Sock (USA) 3×1 Pierre-Hugues Herbert (FRA) 6/7 (7/5) 6/2 7/6 (7/5) 6/4
Gilles Muller (LUX) 3×0 Julien Benneteau (FRA) 6/4 7/6 (8/6) 7/6 (7/5)
Simone Bolelli (ITA) 3×1 Tatsuma Ito (JPN) 7/5 7/6 (7/3) 3/6 7/6 (7/5)
Lukasz Kubot (POL) 3×0 Jan-Lennard Struff (ALE) 7/6 (8/6) 6/4 6/4
Sam Querrey (EUA) 3×1 Bradley Klahn (EUA) 6/7 (7/5) 6/4 6/1 7/5
Nick Kyrgios (AUS) 3×1 Stephane Robert (FRA) 7/6 (7/2) 7/6 (7/1) 6/7 (8/6) 6/2

 

Masters 1000 de Madri: Wawrinka perde de virada na estreia. Nadal enfrenta Monaco nesta quarta

ATP 500 World Tour Barcelona Open Banco Sabadell 2013 - Day 5A terça-feira contou com uma grande surpresa na chave masculina do Masters 1000 de Madri, na Espanha, que é disputado no saibro.

O suíço Stanislas Wawrinka, que faz a melhor temporada da sua carreira depois dos títulos do Australian Open e em Monte Carlo, acabou caindo na sua estreia no torneio espanhol diante do austríaco Dominic Thiem, com parciais de 1/6 6/2 e 6/4. O nº 3 do mundo defendia o vice-campeonato na competição.

O espanhol David Ferrer teve trabalho contra o compatriota Albert Ramos, mas conseguiu vencer com parciais de 7/6(6) 5/7 e 6/3, enquanto Nicolas Almagro precisou de três sets para bater o cazaque Andrey Golubev por 6/3 6/7(9) e 7/6(4).

Nesta quarta-feira, o atual campeão e nº 1 do mundo Rafael Nadal vai fazer a sua estreia contra o argentino Juan Monaco, em busca de uma vaga nas oitavas de final.

Também nesta quarta, o britânico Andy Murray joga contra Almagro e o francês Jo-Wilfried Tsonga terá pela frente o colombiano Santiago Giraldo.

Masters 1000 de Madri: Tsonga tem dificuldade, mas vence na estreia. Ferrer e Wawrinka em ação nesta terça

Tsonga - Diego Souto - MMOO francês Jo-Wilfried Tsonga não encontrou facilidade na sua estreia no Masters 1000 de Madri, que é disputado no saibro.

Nesta segunda-feira, Tsonga precisou de três sets para bater o compatriota Edouard Roger-Vasselin, com parciais de 6/3 4/6 e 6/3. Seu adversário já nesta terça-feira será o colombiano Santiago Giraldo, responsável pela eliminação do australiano Lleyton Hewitt por 7/5 4/6 e 6/2.

Também nesta segunda, o japonês Kei Nishikori, embalado pelo título em Barcelona, na semana passada, venceu o croata Ivan Dodig por duplo 6/4, enquanto o búlgaro Grigor Dimitrov anotou 6/4 e 6/2 sobre o local Pablo Carreno-Busta.

Quem vai estrear nesta terça é o suíço Stanislas Wawrinka, que terá pela frente o austríaco Dominic Thiem. O espanhol David Ferrer, por sua vez, joga contra o seu compatriota Albert Ramos.

O canadense Milos Raonic encara o francês Jeremy Chardy, e o italiano Fabio Fognini, vice-campeão no ATP 250 de Munique, no último domingo, enfrenta o ucraniano Alexandr Dolgopolov.

Foto: Diego Souto/MMO

Masters 1000 de Madri: Com liderança do ranking em jogo, favoritos conhecem possíveis adversários de estreia

Nadal peqA chave masculina do Masters 1000 de Madri foi sorteada nesta sexta-feira e os principais favoritos conheceram seus possíveis na estreia do torneio disputado no saibro.

Principal favorito da chave e atual campeão, o espanhol Rafael Nadal, que pode perder a condição de líder do ranking na competição espanhola, aguarda o vencedor da partida entre o austríaco Jurgen Melzer e o argentino Juan Monaco.

O sérvio Novak Djokovic, por sua vez, terá pela frente o vencedor do confronto entre o croata Marin Cilic e o português João Sousa.

O embalado Stanislas Wawrinka, cabeça 3, encara o russo Dmitry Tursunov ou um qualifier, enquanto Roger Federer joga contra Gilles Simon ou Benoit Paire.

O espanhol David Ferrer é o quinto favorito e sua estreia será contra o compatriota Albert Ramos ou o francês Nicolas Mahut. Cabeça 6, o tcheco Tomas Berchy pega o sul-africano Kevin Anderson ou o tcheco Radek Stepanek.

Andy Murray joga contra Nicolas Almagro ou um qualifier, enquanto Milos Raonic enfrenta Lukas Rosol ou o francês Jeremy Chardy.

Monte Carlo: Nadal, Djokovic, Federer e Wawrinka estão nas quartas. Tsonga e Ferrer também vencem

Federer - Monte Carlo peqMais uma vez, os principais favoritos ao título do saibro do Masters 1000 de Monte Carlo venceram e com isso garantiram nesta quinta-feira um lugar nas quartas de final do torneio monegasco.

Na primeira partida do dia, o francês Jo-Wilfried Tsonga precisou de três sets para superar o italiano Fabio Fognini, garantindo o seu triunfo de virada, com parciais de 5/7 6/3 e 6/0.

Nesta sexta, Tsonga terá pela frente o suíço Roger Federer, que busca um dos poucos títulos que não possui no currículo. Nesta quinta, o ex-nº 1 do mundo precisou de menos de uma hora para superar o tcheco Lukas Rosol por 6/4 e 6/1.

O suíço Stanislas Wawrinka não precisou entrar em quadra para garantir seu lugar, já que o espanhol Nicolas Almagro, que seria seu adversário, abandonou o torneio alegando uma lesão.

Com isso, o campeão do Australian Open vai buscar uma vaga na semifinal contra o canadense Milos Raonic, que bateu o espanhol Tommy Robredo em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3.

O nº 1 do mundo Rafael Nadal foi outro que avançou com tranquilidade, vencendo o italiano Andreas Seppi por 6/1 e 6/3. Nesta sexta, o espanhol encara o compatriota David Ferrer, que conseguiu boa vitória contra o búlgaro Grigor Dimitrov, com parciais de 6/4 e 6/2.

O outro confronto das quartas será entre o atual campeão Novak Djokovic, que passou pelo espanhol Pablo Carreno-Busta por 6/0 6/1, e o espanhol Guillermo-Garcia Lopez, que virou sobre o tcheco Tomas Berdych, fechando a partida com parciais de 4/6 6/3 e 6/1.

Australian Open: Wawrinka tem grande atuação, vence Nadal em 4 sets e conquista seu primeiro Grand Slam

Wawrinka - campeão 3 peqEmocionante. Assim é que pode-se descrever a conquista de Stanislas Wawrinka neste domingo, quando faturou o seu primeiro título de Grand Slam, no Australian Open, disputado no piso duro do Melbourne Park.

O suíço fez o um primeiro set brilhante e, mesmo com dificuldade na hora de fechar, acabou levando a parcial por 6/3.

Manteve o ritmo e quebrou o saque do espanhol logo no primeiro game do segundo set e depois viu o nº 1 do mundo sentir uma lesão nas costas, que o deixou com uma grande limitação no saque. Wawrinka, por sua vez, aproveitou, foi ainda mais agressivo e fechou por 6/2.

As dores do espanhol se tornaram ainda maiores, mas mesmo assim ele não desistiu da partida. Pelo contrário. Lutando bastante, venceu o terceiro set, mas Wawrinka conseguiu se impor novamente no quarto set, aproveitou melhor as chances e confirmou a vitória com parciais de 6/3 6/2 3/6 e 6/3.

Com a vitória, Wawrinka vai aparecer nesta segunda-feira como nº 3 do ranking da ATP, ultrapassando Roger Federer, que será o 8º. Desta forma, a Suíça terá um novo nº 1 depois de 13 anos.

Ele foi o segundo jogador a disputar mais Grand Slams antes de ganhar o título, foram 36, número inferior apenas ao de Goran Ivanisevic, que precisou de 37 majors para ganhar o seu.

Fotos: Ben Solomon/Tennis Australia